Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Cine Ópera na tela do UCS Cinema neste sábado

28 de fevereiro de 2015 0

OperaGilmar Gomes 1991

É bacana ver a construção de uma linguagem cinematográfica se consolidando. Esta é uma das observações que já se pode fazer ao assistir ao filme Cine Ópera – Memória e Identidade, do diretor Robinson Cabral. A obra transita por metalinguagem, camadas de discursos estéticos, texturas visuais. E tem ainda uma capacidade de propor reflexão que é preciosa em tempos em que patrimônio histórico fica quase abaixo do cocô do cavalo do bandido, pra ficar em alegorias cinematográficas.

Por isso e muito mais, vale assistir ao filme que tem mais duas sessões neste sábado, às 18h e 20h30min, no UCS Cinema, com entrada franca. Depois, a produção será lançada no YouTube, que é uma janela oportuna de veiculação de produções audiovisuais que se tem na contemporaneidade. Sim, pois os velhos e prazerosos rituais da sala escura nesta Caxias de muita profissão de fé e trabalho foram quase alijados da vida de seus cidadãos no fogo dos interesses econômicos, alimentados pela cegueira ou inanição dos que então (melhor seria dizer “desde então” ?!….) diziam zelar pelos interesses da comunidade. Vá e veja!

A foto acima, de Gilmar Gomes/Divulgação, mostra os últimos dias de atividade do lendário cinema da esquina da Montaury com Pinheiro Machado. Pele que se vê, fantasmas já rondavam a edificação.

 

Movimentações na Cia. Municipal de Dança de Caxias

27 de fevereiro de 2015 0

Discotheque 2  Foto Antônio Carlos Lorenzett

A volta a cartaz da montagem Discotheque, que a Cia. Municipal de Dança de Caxias do Sul reapresenta dias 13, 14 e 15 de março, às 20h, na Sala de Teatro Prof. Valentim Lazzarotto, no Centro de Cultura Ordovás, marca o começo das comemorações dos 17 anos da estreia da formação e dos 18 anos da criação de sua lei.

O espetáculo concebido pelo coreógrafo paulista Luis Ferron (acima, uma foto de Antonio Carlos Lorenzett/Divulgação) foi mostrado pela primeira vez no ano passado, no Espaço Cultural Moinho da Cascata. Propões uma experiência entre bailarinos e público em torno de registros corporais e música, ambos remontando às memórias de cada intérprete – seja física, seja sonora. É uma experiência instigante para ambos os lados, público e Cia..

Outra boa nova é que, no segundo semestre, deve estrear um novo trabalho, reunindo duos, solos s trios dos coreógrafos Ney Moraes, Dagi Dornelles, Gislaine Sachet e Octávio Nassur que, aliás, esteve nesta semana em Caxias para começar a construir uma coreografia com alguns bailarinos. E, ainda, também está prevista a remontagem de um fragmento da obra De Parte em Parte (aquela das cordas nas paredes), de Brenda Angiel.

A entrada para a apresentação de Discotheque é franca e os ingressos estão disponíveis na sede da Unidade de Dança, no Centro de Cultura Ordovás.

Nesta quinta tem set bombado do DJ Cia em Caxias

26 de fevereiro de 2015 0

ciadj

A função é herança familiar, afinal o pai, DJ Alemão, já embalava festas e bailes na cena paulista nos anos 1970. Talvez por isso DJ Cia (acima, em foto de Ruy Mosmann/Divulgação) de virou um dois grandes nomes dessa profissão no Brasil. Nesta quinta-feira à noite, o cara é atração da festa Classic, às 22h, na Wazaki Temakeria.

Cia foi responsável pela masterização do mais recente disco dos Racionais MC’s, Cores & Valores. É militante sonoro da reverenciada família RZO e também tem seu nome na ficha técnica de uma penca de artistas brasileiros, tais como Marcelo D2, Charlie Brown Jr., Daniela Mercury e Caetano Veloso. Isso sem contar nos serviços prestados a artistas da cena hip hop nacional.

Mais? Sim. DJ Cia já discotecou ou abriu shows de Snoop Dogg, Lost Boys, Naught by Nature, Ja Rule, Dax Efx, Killarmy, Public Enemy, DJ Logic, DJ Mr Chuck (Beat Junkies) e Afrika Bambaataa. Para se animar, curte aí abaixo um set bombado da figura. Mas sobe o som!

Rima da inclusão da Mostra Música Daqui

25 de fevereiro de 2015 0

hp

Na ágora da cidade, na rima da inclusão, na afirmação de que, na contemporaneidade, periferia e centro urbano são conceitos cada vez mais borrados, eis a primeira ação da Mostra Música Daqui, no fim da tarde de terça-feira, na Praça Dante, na Batalha das Palavras.

O encontro de MCs que se desafiavam a rimar de improviso mostrou o fôlego do hip hop na cena musical caxiense. Essa é a coisa mais significativa que a cena vista acima, em foto de Breno Dallas, de divulgação, pode nos sugerir: Caxias precisa rever seus conceitos sobre produção cultural e contextos artísticos.

E, mais uma vez é importante reafirmar: o hip hop não precisa mais viver no gueto ou ser imposto a ele. Paredão? Talvez para um belo grafite, não para ações policiais com um quê de truculência e muito de desinformação. A disposição para o diálogo e ações como o da Mostra Música Daqui são fundamentais para a renovação do diálogo.

Na programação desta quarta-feira da Mostra, a pedida é o show da banda Cuscobayo, às 18h30min, no Monumento ao Imigrante. Na mistura de levadas roqueiras aos sons platinos, a moçada tem se projetado e conquistado elogios. Amanhã, quinta, mesmo local e horário, tem a Volux.

O fôlego de produção do Núcleo Audiovisual de Bento Gonçalves

24 de fevereiro de 2015 0

Foto_deisechagas-5

Foram encerradas na semana passada, em Bento Gonçalves, as gravações do documentário À Sombra das Videiras. Retratando as diferenças culturais, de comportamento, e a necessidade de adequação e convívio que surgem do encontro do produtor de uva com os migrantes temporários, o documentário demostra o fôlego do Núcleo Audiovisual Faculdade Cenecista de Bento Gonçalves – NAC na área do audiovisual.

Ligado ao curso de Publicidade e Propaganda da Faculdade Cenecista de Bento Gonçalves, o Núcleo tem como proposta fomentar a produção audiovisual na Serra Gaúcha, oportunizando a entrada de novos profissionais na área. Os filmes já produzidos são Gigante de Ferro, Eu Sou mais Eu – Ana Mazzotti, Oficina das Gaitas e, agora, À Sombra das Videiras, que deve ser lançado entre junho e julho deste ano.

A direção é Boca Migotto, direção de Fotografia de André Majola, direção de produção Deise Chagas, assistente de direção, pesquisa roteiro e trilha original de Felipe Martini.

A foto acima é de Deise Chagas/Divulgação

Chilenos abrirão o Tum Tum Instrumental em abril em Caxias

23 de fevereiro de 2015 0

chileAngeles Bertelsen

Conforme nota da coluna impressa desta segunda-feira, caberá aos chilenos do Ernesto Holman Trio (acima, em foto de Angeles Bertelsen/Divulgação) a abertura da terceira temporada do Tum Tum Instrumental. O show será dia 3 de abril, sexta, no Teatro Pedro Parenti às 20h, com entrada franca. Quem lidera a formação é o baixista Ernesto Holman cuja trajetória musical se caracteriza pela fusão de elementos do jazz às sonoridades étnicas chilenas.

Renovando sua estratégia de difundir ótima música em Caxias, nesta nova fase o Tum Tum vai itinerar, realizando shows, além do Teatro Pedro Parenti, na Sala de Teatro do Ordovás, no Sesc, no Zarabatana e encerrando com espetáculo ao ar livre no Largo do Ordovás, como aconteceu no ano passado com a ótima apresentação da Coutto Orchestra.

Este ano a empresa que patrocina integralmente o Tum Tum Instrumental é a Metadados (via LIC Municipal) e o apoiador é a agência a Soulbranding.

Drag bombada para festa em Porto Alegre

22 de fevereiro de 2015 0

jujubee 2 - credito divulgacao

Desde o ano passado, Porto Alegre sedia a Xtravaganza Drag Party. A quarta edição está marcada para dia 11 de março, no bar Opinião. A festa está vinculada ao relity RuPaul’s Drag Race, show campeão de audiência do Netflix. E quem vem é uma das participantes da atração, a norte-americana Jujubee (acima, em foto de divulgação), que foi uma das queridonas da temporada 2010.
No palco, lipsynchs de grandes hits do pop, visuais exagerados e performances impactantes para o público extravasar, além de um uma bonita homenagem às pioneiras da arte drag gaúcha: Charlene Voluntaire e Cassandra Calabouço serão encarregadas de aquecer a noite com o show de abertura. No comando das picapes, o time da Xtravaganza formado por Julia Franz, Tarciso Bressan, Asrah Vika & Isis King e Juliano Nunes.

A banda do filho mais novo de Caetano Veloso

22 de fevereiro de 2015 0

donica

Prepare-se! Você ainda vai ouvir falar deles. Formada por jovens cariocas, entre eles o filho mais novo de Caetano Veloso, Tom (o segundo da esquerda para a direita na foco acima, de Fernando Young/Divulgação), a banda Dônica deve lançar seu primeiro disco, que sai em abril pela Sony. A moçadinha faz um mix de MPB com rock progressivo e influências de Pink Floyd, Supertramp, Yes, Emerson, Lake and Palmer, Caetano, Mutantes, Lenine, Queen e bebendo no jazz e clássico.

É assim que eles escrevem em seu texto de apresentação na página oficial no Facebook. O padrinho da banda é ninguém menos do que Milton Nascimento, que cobre de elogios os pupilos. Uma provinha do som deles é Bicho Burro (abaixo), composta por Compositores Tom Veloso e José Ibarra. A música ganha em breve um clipe dirigido pelo ator francês Vincent Cassel (de Cisne Negro e À Deriva), que se radicou no Rio nos últimos anos.

Projeto CCOMA tem reencontro sonoro neste sábado no Zarabatana

21 de fevereiro de 2015 0

ccoma

Lá por setembro de 2006, o quarteto aí se lançava, ocupando o palco do Zarabatana Café. Eram, então, Dimas Timmers ( com o laptop), Luciano Balen, Moishe (de verde) e Roberto Scopel (com o trompete). De lá para cá muita coisa rolou. A formação teve Cédrik Damábiah também. Depois Moishe se mandou para Londres, onde tem trabalhado como DJ e produtor. O CCOMA tem se projetado nacional e internacionalmente com seu som e, para festejar estas coisas todas e voltar a se encontrar no palco, neste sábado, Balen, Scopel e Moishe se apresentam no Zaraba lá pelas 21h. Cédrik pode aparecer. E muita gente também, pois essa é uma daquelas coisas bacanas de festejar. E ouvir. E dançar.

Foto de Jeferson Botega/BD

Walter Rodrigues abre o Integramoda na próxima quarta-feira

20 de fevereiro de 2015 0

Walter Zé Roberto Muñiz (2)

Semana que vem – quarta-feira, às 18h40min, na CIC – é dia de ouvir o sempre bem articulado estilista Walter Rodrigues (acima, em foto de Zé Roberto Muñiz/Divulgação). A quantidade de informações sobre moda, comportamento e cultura, e a habilidade dele em organizá-las e relacioná-las é sempre estimulante. Walter vai abrir os trabalhos do 17º Integramoda RS com o Fórum de Inspirações sobre Inverno 2016.

Coordenador do núcleo de Design da Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal) e pesquisador do comportamento de consumo e de estudos iconográficos de várias regiões do Brasil, o estilista também apresentará o Projeto Economia Criativa, realizado pelo Instituto By Brasil com apoio do Sebrae e da Assintecal.

Em paralelo tem a Mostra dos Produtos Economia Criativa, que apresenta uma nova metodologia de desenvolvimento de produtos. Aqui, o foco é a identidade local e da empresa, trazendo diferenciação e valor, contribuindo para estimular a competitividade entre as micro e pequenas empresas gaúchas.

Inscrições e ingressos para o Integramoda: (54) 3027.4422, no Pólo de Moda, ou (54) 3228.4722, no Fitemasul.