Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

O ano que reencontramos Black Alien suave na nave em Caxias

30 de dezembro de 2015 0

Black

O ano musical em Caxias teve momentos bacanas como Jaques Morelenbaum no Tum Tum Instrumental e o Duo Assad, ambos no Teatro Pedro Parenti. Mas para mim, teve um momento vigoroso que não sai do pensamento, a reaparição de Black Alien por aqui, em show na All Need Master Hall, dia 20 de junho, na festa de sete anos da Luv Mansion. Dessa apresentação, escrevi o texto que segue, já postado por aqui, mas repetido em forma de revisão do ano:

suave na nave

Ele entra como Black Alien, tem Scarface na camiseta e logo avisa que também pode ser chamado de Gustavo. Babylon, a mítica confusão, se dissipa.

Gustavo inventou Black Alien pois queria ser como o personagem porrada de Al Pacino no filme de Brian de Palma. Dez anos depois, a Babylon by Gus é petardo de ritmo e poesia que ainda o mantém.

Mas o mítico mundo das drogas que saiu das telas e o atropelou reorganiza agora o verbo do princípio ao fim. O volume dois desta babilônica trajetória, que inclui zelo e abstinência, dizem, feito mantra, que os planos de Jah para ele são maiores que os seus próprios.

Ele bebe água, “da pura”, sugere sexo seguro, segue falando de desigualdades, ciente de que a vida se renova, as coisas melhoram. Alien pede para descer do táxi lunar, quer se reapresentar, avisa que o novo disco está prontinho.

Pede parceria para seguir, se reapresenta no hip hop, no reggae, no ragga e no rock’n’roll.

Por Shiva, Krishina, Alá Buda ou o que há.

Nem tão hemp, mas muito atento ao que rola no planeta, sempre seu pretexto de rima, suor e sina. Na Luv Mansion de sete anos, sábado, em meio a muito rapper de grife bebendo vodka com ceva, Gus e Alien propuseram outra batalha. Nem tão violenta como o do mito que imitou e lhe abriu o cadafalso e talvez até menos virulenta de certos manifestos hip hop que, por aqui e acolá, ainda constroem guetos: “procuro nossa semelhança e não a nossa diferença” .

Mas na alegoria, da repetição ad infinitum dos versos de Terra, seu novo e reincidente endereço, single do que ainda vem aí, ele renova os comandos de travessia: “ eu vou ficar bem, eu vou ficar bem” .

Ps.: Vamos ficar bem em 2016?!

Foto Bruno Rovatti/Divulgação

Abobrinhas recheadas com humor e boa dança no Porto Verão Alegre em janeiro

29 de dezembro de 2015 0

Abobrinhas-Recheadas---O-Jogo---Foto-Gui-Malgarizi-(3)
Janeiro inspira uns passeios por Porto Alegre onde, dentre tantas coisas, vai rolar o Porto Verão Alegre. Uma das opções desta programação é o espetáculo de Stand-Up Dance Comedy do Brasil, Abobrinhas Recheadas, (acima, em foto de Gui Malgarizi/Divulgação), que tem apresentações nos dias 12, 13 e 14, às 21h, na Sala Álvaro Moreyra (Av. Erico Veríssimo, 307).

Já apresentado em Caxias, o espetáculo é uma preciosidade na dobradinhda de dança com humor. Nesta a nona temporada o elenco continua a apresentar a edição DANCE A LETRA. São coreografias criadas a partir da mímica de letras de músicas famosas, que vão de Maria Bethânia a As Marcianas, passando por canções como Show das Poderosas, Vira-Vira e Faroeste Caboclo. Além dos tradicionais números mais pedidos pelo público, como Porto Alegre é Demais e A Veia a Fiar, novas mímicas de músicas foram preparadas especialmente para o Porto Verão Alegre 2016. A direção e coreografia é de Diego Mac. Recomendo!!!

Café de La Musique abre beatch club com festa neste sábado, em Antlântida,

26 de dezembro de 2015 0

café

Referência na noite caxiense, o Café de La Musique arma Beach Club de verão em Atlântida. A função começa neste sábado com uma mega estrutura que inclui ambiente para festas de fim de tarde, gastronomia, piscina, drinks e, claro, uma lista extensa de DJs que inclui Paulo Velloso, Frank Kirsch, Tom Keller, Nuno Marcial, Julius Rigotto, Leo Lanvin, Kiko Franco, Marco Hanna, Mitch LJ, Johnnie Pinton, Mario Velloso, Dudu Linhares, JetLeg, Pedro Almeida, Volkoder, Luiza Bernardi, Guz Zanotto, Jean Trindade, Rasi J, Dutra Vila, Elekfantz, Lio Krieger e showcase Tom Keller + Lumi. Além da primeira festa neste sábado – batizado de Grand Opening, a partir das 16h -, já está programado o Réveillon para a próxima quinta, dia 31.

Os altos e baixos da cena musical de 2015 segundo Patrick Tor4, que toca na Sorta de Natal do Zero54 nesta quinta

24 de dezembro de 2015 0

patrick

Atração desta noite de natal na festa Sorta, no Zero54, o DJ Patrick Torq4 sintetiza aqui para o blog o bom e o ruim da cena musical de 2015. Como a coluna e o blog são fãs da inteligência arejada e bem articulada do cara, a gente assina embaixo, confere aí:

De bom:

- Encontro da Karol Conka com o Tropkillaz
- O ótimo disco da Elza Soares com produção do Guilherme Kastrup
- Liniker, Johnn Hoocker e a ótima safra de cantores gays brasileiros que tem um papel importantíssimo musical, cultural e social.

De ruim:

- A Saída do Gilmar Bola da Nação Zumbi, do modo que foi!
- A Morte do Jupiter Maçã e Scott Weiland
- Em 2015 mais uma vez Machismo de Cantores, vocalistas e músicos foi notícia, por conta de atitudes deploráveis em relação a mulheres em geral, esposas e namoradas, péssimo exemplo pra fãs, outros homens e pra sociedade como um todo.

 

Foto Jedson Nobre/Divulgação

Garibaldi recebe documentário 'Brava Gente Italiana' dia 8 de janeiro no Hotel Casacurta

23 de dezembro de 2015 0

Marrasca_Créditos Kais Ismail

Garibaldi será a primeira cidade da Serra a assistir ao filme Brava Gente Italiana. A produção será exibida dia 8 de janeiro, às 19h, no Hotel Casacurta. Trata-se de um recorte da história da imigração italiana para o Brasil no século XIX, contada por seus descendentes. A produção dirigida por Sergio Sbragia tem cenas rodadas na Itália e no Brasil, nos estados do Paraná e Rio Grande do Sul.

Em Garibaldi, o destaque fica com Valmor Marasca (acima, em foto de Kais Ismail/Divulgação), que além de se personagem do documentário, é responsável por boa parte da trilha sonora. O grupo Sexta-feira Alegre, os Canarinhos de Carlos Barbosa e o grupo de teatro e música Vanti in Drio também participam do filme e contribuíram para a trilha sonora. De Caxias, há a participação de Sabrina Onzi, do bairro Forqueta.

O tem produção de Carlos Moletta e será lançado comercialmente nos cinemas em 2016. A exibição, em Garibaldi, conta com o apoio da Prefeitura de Garibaldi, por meio da Secretaria de Turismo e Cultura, e da Garibaldi Film Commission.

Abastecimento de combustível com personagem de 'Star Wars' nesta sexta e sábado em Caxias

18 de dezembro de 2015 0

storm2

Na carona da estreia mundial de Star Wars – O Despertar da Força, a rede de postos Catz convocou um Stormtrooper para fazer o abastecimento e para bater fotos com os fãs. A iniciativa começou na quinta-feira, segue nesta sexta, até às 20h, e continua amanhã, sábado, das 10h às 16h, no Catz da Os 18 do Forte, em Caxias. E ainda tem promoção: quem abastecer também concorre a cinco brindes exclusivos da Loja Kollector Colecionáveis.

Foto: Rafael Policastro, Divulgação

Sedução de academias na exposição de Cristiano de Oliveira neste sábado, no Pepsi Open Format

18 de dezembro de 2015 0

Fotocristiano

O trio aí da foto, formado Mariana e Sophia Bonfanti, mais Alex Paloschi, deve estar caprichando no treino desta sexta-feira para a festa de amanhã, sábado, no Pepsi Open Format. É que esta foto na qual eles aparecem é uma das que integra a exposição Ready4Summer , do fotógrafo Cristiano de Oliveira.
O tema do ensaio é o verão atração na academia, envolvimento e objeto de desejo. A fotografia e produção são de Cristiano em parceria com Raulino Prezzi. As fotos foram feitas na academia Engenharia do Corpo e têm participação de 20 modelos e personalidades da região. O make up é de Michele Passarela e o figurino da Exclusiva Fitness.

Foto Cristiano de Oliveira/Divulgação

Boa música e bom cinema nesta sexta, no encerramento do projeto Cinema na Estação, em Caxias

17 de dezembro de 2015 0

maga

Programa duplo e pra lá de simpático para amanhã, sexta-feira: show da banda Magabarat no encerramento do Cinema da Estação, cuja atração é o filme francês Delicatessen.

A Magabarat está na divulgação de seu disco recheado de sons instrumentais e com referências que vão da milonga pampeana às sononidade oriental. Tudo comandado pelo trio da foto acima (de Paulo Pretz/divulgação) formado por Guilherme Santin (sintetizadores e programações), Guido Bracagioli, (contrabaixo e flauta transversal) e Felipe Girotto (bateria e percussão), que está lançando seu primeiro álbum. O show começa às 18h30min.

Depois, às 19h30min, tem a projeção do filme Delicatessen (imagem abaixo) de Jean-Pierre Jeunet e Marc Marco, um delírio visual bem humorado sobre o amor de um palhaço e a violoncelista filha de um açougueiro sanguinário.

Programa duplo, bom, e gratuito!

deli2

Ocupa Maesa quer repensar a paisagem urbana e seus espaços de convívio em Caxias

16 de dezembro de 2015 0

Ocp2

Ocupar a cidade com os seus anseios é o que me parece ser um dos motes do Ocupa Maesa, movimento lançado pelo Facebook para promover um fórum virtual de ideias em torno do futuro da Maesa, este importante equipamento que, desde o início, se disse que teria destinação à cultura. Nesta quarta-feira, alguns lambe-lambes multicoloridos apareceram na região em torno da antiga fábrica e no Largo da Estação como mostram as fotos feitas pelo colega Jonas Ramos.

O trabalho é bacana, multicolorido, clamando por propostas arejadas, alto astral, com a cara das culturas urbanas. Nesta quarta-feira, também, será apresentado às 18h, na Biblioteca Parque, o relatório de ações previstas para o espaço, resultado do trabalho da Comissão Especial para Análise de Uso do Prédio. Não foi um processo nem tão seguro em sua estratégia, tampouco tranquilo em sua visibilidade. Algumas das coisas que estão como meta de ocupação na edição de hoje do Pioneiro (transferências de secretarias para o prédio, cessão de salas para ocupação pública, com uso a ser definido por associações de bairros, CTGS ou outras entidades) sinaliza algo que desde o começou não se queria para o lugar: um aglomerado de repartiçõezinhas sem organicidade.

Projetos urbanos contemporâneos atentam, cada vez mais, à configuração que a deriva humana dá à ocupação das áreas de convívio, sinalizando necessidade, premência, urgência, desejo. Penso que é disso que se fala quando se anuncia, com arte, este Ocupa Maesa. A inspiração, é óbvia, vem do Ocupa Estelita, movimento de recifenses em defesa do seu cais, da paisagem de seu entorno, contra a especulação imobiliária e outros interesses que não os do saudável exercício do convívio.

Aqui mais perto, em Porto Alegre, o projeto Vila Flores, apresentado como case significativo e potente pela arquiteta Ana Elísia Costa num seminário sobre uso e ocupação da Maesa, sinaliza que existem outros caminhos que não do simples ajuntamento de puxadinhos. A cidade e seus cidadãos têm na mão uma oportunidade ímpar de reconfigurar sua paisagem, seu futuro. Basta pensar qual o sentido que se quer dar para a ocupação desta área que carrega parte da história caxiense.

Por isso, Ocupa Maesa!

Ocp1

Pietro Ferretti lança CD nesta quarta-feira no cinema do Ordovás, em Caxias

16 de dezembro de 2015 0

pietro

O músico Pietro Ferretti lança o seu disco Amô, nesta quarta-feira, às 20h30min,na Sala de cinema Ulysses Geremia. O CD, que é o segundo de sua carreira, reúne 10 composições autorais.

Falando de amor, alegrias, tristezas e emoções conturbadas, o trabalho segue a estética da música popular brasileira e tem letras feitas em parceria com Audrey Arabela Simon, Bruno Khol, Edgar Ferretti, Juliano Moreira, Leonel Costa e Tien Nguyen, além de poemas de Marcos Leal e Helena Schoeber.

O projeto foi contemplado em 2014 pelo Financiarte e tem na equipe a produtora cultural Flor Nieto, da Lynch Gestão Cultural, técnico de gravação Dan Ferretti e mixagem/masterização de Aguinaldo Paz do Estúdio Sala de Artes; e fotografia de Mauricio Concatto. Para o show de lançamento, também conta com o apoio cultural da Racon Consórcios.

Ingressos Antecipados: R$ 15,00 | Na hora: R$ 20,00

Pontos de Venda dos Ingressos

Sala de Artes – Rua Coronel Flores, 810
Lynch Gestão Cultural – Rua Pinheiro Machado, 2659/603
Restaurante Zanuzi – Rua Alfredo Chaves, 978
São Patrício Bar – Rua Tronca, 2483

Foto Maurício Concatto/Divulgação