Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Veja quais são os lotes de leite contaminado e orientações para o consumidor

08 de maio de 2013 343




Promotor Alcindo Bastos Filho.




A Promotoria do Consumidor de Porto Alegre identificou os quatro fabricantes dos lotes de leite que apresentaram acréscimo de ureia na bebida. A substância tem formol, que é considerado cancerígeno. Foram coletadas amostras durante três meses em supermercados da Capital. Houve a identificação de ureia em 14 lotes.

Saiba Mais:
Cadeia leiteira já foi tema de CPI na Assembleia Legislativa
Oito pessoas são presas por adicionar substância cancerígena ao leite
Ministério da Agricultura afirma que fabricantes têm como identificar leite adulterado
Leite no Rio Grande do Sul já está livre de formol e ureia
Fraude no RS: Ministério Público descobre no leite substância que causa câncer

Segundo o promotor Alcindo Bastos Filho, estão sendo encaminhados inquéritos civis e será buscada reparação de dano à população. Foi determinado que as empresas retirassem o produto do mercado. No entanto, quem tiver em casa ou no seu estabelecimento algum dos produtos dos lotes abaixo deve comunicar o Ministério Público pelo e-mail consumidor@mp.rs.gov.br. O leite não deve ser consumido.

O promotor não identificou má-fé das indústrias, mas afirma que deveriam fazer uma análise após o transporte do leite para identificar a substância adicionada. Alcindo Bastos Filho defende que é preciso maior fiscalização do transportador, observando que não há norma específica que exija isso.

Veja quais são os lotes, divulgados pelo Ministério Público Estadual:



Italac Integral (Lotes L05KM3, L13KM3, L18KM3, L22KM4 e L23KM1)

Italac Semidesnatado (L12KM1),

Líder UHT Integral (lote TAP1MB),

Mumu UHT Integral (lote 3ARC),

Latvida UHT Desnatado (com fabricação em 16 de fevereiro de 2013 e validade até 16 de junho de 2013)

….

Problemas para a saúde

O médico oncologista Stephen Stefani acalma quem consumiu o leite, dizendo que não é preciso entrar em pânico. Segundo ele, o consumo pontual e eventual não provoca câncer. Os problemas surgiriam em caso de hiperexposição ou continuidade do consumo. No entanto, quem sentir algum sintoma, como problemas intestinais, pode procurar um médico e relatar o consumo do leite dos lotes citados acima.

Walmart

Proprietária de lojas como BIG e Nacional, a empresa Walmart informa que clientes que tenham comprado algum produto adulterado nas unidades da rede podem procurar as lojas para troca.

* Por Cid Martins, de Ibirubá, Guilherme Pulita, de Guaporé, e Giane Guerra, de Porto Alegre.

Leia mais sobre a Operação Leite Compen$ado no blog Caso de Polícia:

Fraude no RS: Ministério Público descobre no leite substância que causa câncer

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Comentários (343)

  • Gilmar diz: 8 de maio de 2013

    Novamente a indústria do leite envolvido em fraudes.
    Vai haver um boicote as empresas, porque naturalmente os consumidores vão deixar de consumir destas marcas, mas infelizmente, quem vai pagar o pato é o produtor.
    Está na hora do MA fazer normas mais rígidas neste setor!
    Lamentável estas pessoas não pensarem no que estavam fazendo! Crianças sendo alimentadas com este leite! Lamentável!

  • MARA GENRO LOPES REIS diz: 8 de maio de 2013

    FOI CONSUMIDO APENAS 2 GARRAFAS AQUI NA MINHA CASA DO LOTE 24 , COMO FAÇO PRA TOMAR AS PROVIDENCIAS , JA QUE ESTAVAM CONTAMINADOS E ONDE POSSO LEVAR ESSA GARRFA JA QUE A REDE DE SUPERMERCADOS DAQUI ESTA VENDENDO O PRODUTO SEM RESTRIÇÃO NENHUMA ,MORO EM CACHOEIRA DO SUL
    MEU FONE E 99978743

  • ANTONIO CARVALHAL diz: 8 de maio de 2013

    Bom dia
    Excelente o trabalho da imprensa colocando a disposição de ouvintes e internautas informações de utilidade, todavia neste caso a imprensa deveria cobrar das autoridades a demora na informação pois certamente os lotes contaminados já foram consumidos.
    Também deveria ser mais clara as informações de lotes pois em muitas das informações de produção na listagem fornecida não estão identificados lotes ou outra característica que permita ao eventual estocador do produto identificar corretamente o que obriga ao descarte de todo produto adquirido.
    Bom trabalho a todos

  • Carlos diz: 8 de maio de 2013

    Incrivel esse povo. Estão matando pessoas e certamente dando risada.
    Tem que botar essa gente na cadeia e fazer com que tomem do leite deles todos os dias, tres vezes por dia.
    Tirem deles tudo que adquiriram com esse dinheiro que custa a vida das pessoas. Botem na cadeia e joguem fora a chave. A sociedade não precisa de gente assim.
    Parabens a Promotoria do Consumidor e MP pelo trabalho. Mas que tal fazer desta investigação um ato permanente de controle?

  • RAFAEL PARIS DA SILVA diz: 8 de maio de 2013

    Pessoal,as informações das caixas de leite da marca Lativida não conferem. os números descritos acima são do registro do produtos na Secretaria da Agricultura, Pecuária e Agronegócio e não dos lotes contaminados. Aguardo a publicação do número dos lotes.
    Obrigado.
    Rafael Paris da Silva
    Alegrete-RS

  • rosane da fontoura duhr diz: 8 de maio de 2013

    Quem faz uma atrocidade deste nivel não tem filhos nem carater, deveriam ser todos punidos (tomar do seu proprio veneno por tempo indeterminado)

  • Danilo Duarte dos Santos diz: 8 de maio de 2013

    Ola bom dia,estava escutando a radio como faço todos os dias ao sair para o trabalho
    quando ouvi a noticia sobre a contaminação do leite,como todo consumidor me preocupei
    e fui olhar os lotes comentados por vcs
    sou acostumado a usar a marca PAVLAT gostaria de saber se esta incluido nesses lotes
    desde já muito obrigado,aguardo resposta

  • Henri A. Ruffatto diz: 8 de maio de 2013

    Isto tudo é reflexo da impunidade que vem de cima, onde políticos corruptos ficam alimentando nas pessoas comuns o descaso pelo próximo para obter lucro a qualquer custo.
    Até quando nós Brasileiros iremos suportar esta impunidade?

  • ismael da luz chavier diz: 8 de maio de 2013

    Ainda bem que temos algumas coisas de bom nesse pais, que fiscaliza e denuncia esses criminosos…..

  • Vanessa Letica Paim diz: 8 de maio de 2013

    Bom dia,eu só gostaria de esclarecer uma dúvida sobre o caso do leite contaminado,tenho uma menina de 4 anos e ela toma esse leite Latvida. Os outros meses eu não sei mais a caixa que tenho em casa no total de 10….estão com o lote e o registro de contaminados,como faço pra saber se ela não sofreu nada por causa disso,preciso procurar um médico imediatamente??????aguardo resposta de voces,por favor estou apavorada com isso.

  • Josiane Godoy diz: 8 de maio de 2013

    Cadeia é pouco para esses empresáros gananciosos, vamos alimenta-los com mamadeiras feitas com o leite comercializado por eles!!1 É aquele mesmo leite contaminado que demos para nossos filhos. Estamos horrorizados, revoltados! Qual é a orientação para que já consumiu esses leites contaminados?

  • gisandro de borba martins diz: 8 de maio de 2013

    SOU PAI DE 5 FILHOS E COMO ESTA CADA VEZ MAIS DIFÍCIL CRIAR NOSSOS FILHOS COM TODAS AS DIFICULDADES DIÁRIAS E AINDA TEMOS QUE CONTAR COM A SORTE DE NÃO DAR LEITE CONTAMINADO PARA ELES.AGORA COMO VOU SABER QUE AS OUTRAS MARCAR NÃO ESTÃO COM O MESMO PROBLEMA? QUEM VAI NOS GARANTIR? SE OS POLÍTICOS FAZEM O QUE QUEREM COM O POVO, SE A MÍDIA DIVULGA HOJE E AMANHA SE CALA. POR QUE TEM QUE SER ASSIM? SE O PAIS SÓ ANDA GRAÇAS A NÓS? POR QUE SEMPRE NÓS TEMOS QUE PAGAR POR TUDO, QUAL O ORGAO QUE É RESPONSÁVEL PELA FISCALIZAÇÃO DESTE LEITE? QUEM VAI ME DEVOLVER TODO O DINHEIRO QUE EU PAGUEI TODOS ESTES ANOS COMPRANDO 2 CAIXAS DE LEITES SEMANAIS? NINGUÉM POR QUE AMANHA JA ESQUECERAM DE TUDO E NÓS OS BOBOS QUE SE RALEM.NADA É JUSTO, NADA.

  • Eduardo Cereja Raymundo diz: 8 de maio de 2013

    É evidente que existe má fé sim, trabalhei alguns anos em controle de qualidade de leite, tanto na fazenda quanto nas indústrias, acompanhava todos os procedimentos ordenha, armazenagem, depois coleta para os caminhos e entrega nas fábricas, portanto estão colocando de má-fé, é necessário investigação e punição para os autores, são marcas famosas e vendem o leite por preço menor que outras marcas também famosas, qual o milagre? Nenhum, na verdade é falcatrua, golpe!!!!

  • Cristina Cardoso diz: 8 de maio de 2013

    Olha só..

  • Norton Bergonsi diz: 8 de maio de 2013

    Parabéns ao Ministério Público, porém vemos que os lotes são do ano passado, outubro, novembro e dezembro e tambem de janeiro do corrente ano. Creio que na maioria já foi consumido, estamos em Maio de 2013. Lamentável. Como disse o Macedo da Rádio gaúcha, manda eles pra cadeia e alimente-os sómente com o leite que estes transportadores adulteraram, pois é o que merecem. Quantas crianças não já não tomaram este leite do ano passado pra cá???? Talvez até as minhas, pois todas as grandes redes de supermercados vendem as marcas divulgadas.

  • vera lucia pereira stumpf diz: 8 de maio de 2013

    meu leite é ITALAC o lote é L 05 KM3 FABRICADO EM 30/10/2012. MEU COMENTÁRIO É ESTE LOTE ESTA CONTAMINADO?

  • Rocco Felicissimo diz: 8 de maio de 2013

    MUMU é o fim dos tempos…ai eles vem com a COW PARADE deixando a cidade mais alegre com as vaquinhas coloridas….NUNCA mais compro nada deles nem mesmo um chocolate!!! Falcatruas!!! Formol causa cancer!!

  • Ricardo Porto diz: 8 de maio de 2013

    Que vergonha,quantas crianças tomam estes venenos,até quando a injustiça vai permanecer,a própria legislação proteje estes vagabundos.

  • julio silva diz: 8 de maio de 2013

    na China, há mais ou menos 03 ou 04 anos atrás, produtores estavam adicionando soda cáustica no leite. a Justiça descobriu a fraude e todos os envolvidos foram condenados à morte. Brasil é esculhambação, falcatruagem, corrupção e impunidade. O advogado que defendesse bandidos assim e perdesse a causa, deveria cumprir pena junto com o bandido ou ser condenado à morte também

  • neusa vaz diz: 8 de maio de 2013

    onde ja se viu,tao querendo acabar com as pessoas,o k mais falta fazer,colocar substancias venenosas no leite,isso e caso de policia

  • Luciano camboim diz: 8 de maio de 2013

    Estão envenenando nossas crianças por ganancia que vergonha.

  • Ricardo diz: 8 de maio de 2013

    Agora, leitinho quente pra eles no presídio…….Gente PODRE !!!!!! Escória !!!!!

  • Melissa Ribeiro diz: 8 de maio de 2013

    A MUMU é tão nossa, tão gaucha!! Cresci comendo doce de leite MUMU e agora essa…..os donos da Vonpar-Mumu deveriam ter vergonha de aparecer em publico causar doença na população…todo gaucho com cancer deveria processar eles..e quem prova que não foi do formol…..ai sim ia doer no bolso destes empresarios !!
    Parabens ao Ministerio Publico!!

  • Eduardo Pereira diz: 8 de maio de 2013

    Depois da água oxigenada, de o preço do leite subir nas alturas agora é a vez da ureia e água de poço. Será que o preço do leite já não é caro o suficiente para alguns poucos lucrem? Além disso há, com certeza, o reaproveitamento do leite que, quando não consumido ou vendido, retorna para o fabricante para ser reprocessado e “ganhar” novamente alguns nutrientes.

    Isso que dá morar num país sem controle e onde um empresário pode pagar bons advogados para se ver livre de qualquer processo ou da cadeia.

  • Zelia diz: 8 de maio de 2013

    E, dessas mesmas marcas de leite, corremos o risco de termos comprado seus derivados (creme de leite, nata, queijo, leite condensado….) tb contaminados?

  • Antonio Leon diz: 8 de maio de 2013

    Parabéns ao M.P. Mais uma vitória na defesa do interesse público!!!

  • Homer diz: 8 de maio de 2013

    por isso que essas marcas custam menos nos mercados, como faço para me ressarcir do prejuízio, tendo em vista que só fico com as notas das últimas compras? bando de FDP!! deveriam ser torturados,cadeia é pouco!!!

  • Eduardo Bento Sica diz: 8 de maio de 2013

    Este caso do lite adulterado tem que ser tratado como crime , a punição aos envolvidos tem que ser exemplar , envolve a todos nós e em especial as crianças que já ficam marcadas para o câncer .

  • Gilberto Bocalon diz: 8 de maio de 2013

    Incrível a imaginação e criatividade para atos criminosos que esses elementos possuem. Num esquema organizacional se reúnem e traçam estratégias de como ferrar a população para satisfação da ganancia… com o custo da saúde e da vida da população.
    Por isso nossos filhos são acometidos de algum mal, que não conseguimos explicações naquele momento da sua origem e, que ainda não soubemos quais serão os reflexos futuros em suas vidas.
    Como já foi dito aqui, isto e reflexo da impunidade que existe no Pais e que só afeta os cidadãos de bem.

  • Ângela Maria da Costa diz: 8 de maio de 2013

    Parabéns pelas informações, Estamos a mercê dos bandidos, agora até no leite. Lamentável! Concordo c/o que diz o ouvinte abaixo:
    “RAFAEL PARIS DA SILVA diz:

    8 de maio de 2013

    Pessoal,as informações das caixas de leite da marca Lativida não conferem. os números descritos acima são do registro do produtos na Secretaria da Agricultura, Pecuária e Agronegócio e não dos lotes contaminados. Aguardo a publicação do número dos lotes.
    Obrigado.
    Rafael Paris da Silva
    Alegrete-RS ”

    Tem 1 l em casa e os dados não conferem. Tento o lote 185, fabricado em 01/04/13
    e validade 31/07/13. Copiei o post de Rafael Paris da Silva para reforçar. Muito obrigada. Abraço e bom trabalho a todos.

  • Paulo Ricardo Lima dos Santos diz: 8 de maio de 2013

    Observem que os lotes identificados foram de outubro, novembro, dezembro e Janeiro e só em abril veio à público. Que bom que descobriram, antes tarde do que nunca. Até quando vamos ser vítimas de envenenamentos, assaltos, corrupção e sabe lá o que mais. Cada dia aparece uma novidade que nem chega a ser mais novidade. São muitos venenos espalhados. E isso é o que me preocupa. A novidade é saber onde houve a falcatrua dessa vez. Água de poço ? Por favor.

  • Roberto Campani Leandro diz: 8 de maio de 2013

    A partir de agora nós consumidores deveremos marcar com X estas marcas, MUMU , Bom Gosto, Latvida, Italac , inclusive toda alinha que eles produzem e não comprar mais nada deles, e que os supermercados façam o mesmo..é um absurdo. a falta de respeito ao consumidor foi longe demais, e que as outras marcas que se cuidem também, vamos todos levantar esta bandeira e boicotar os produtos destes irresponsáveis, espero que o povo não esqueça disto.

  • Rejane Maria Bortolosso diz: 8 de maio de 2013

    Estou preocupada aqui em casa foi bebida 2 ou 3 marcas destas nos últimos 3 meses, se alguem apresentar algum problema poderá ser por causa do leite?O que é que agente faz senta e espera, alguém tem que nos dar uma resposta. Não podemos ficar calados, esses criminosos tem que ir para a cedeia e pagar . E leite contaminado para eles nada de comida que agente tem que pagar. E as empresas que recebem esse leite tem dever de examinar o leite que recebem, como assim vão sair ilesas. Tem culpa sim.

  • ALBERTO diz: 8 de maio de 2013

    Ratifico a pergunta do Gisandro: “Será que as outras marcas estão contaminadas também???” O poder público chega a ser ridículo em anunciar que a culpa não é dos empresários. É DE QUÉM ENTÃO??? Nossa???…. O empresário é culpado sim, pois deixou de fazer controle de qualidade dos produtos que vende caro para o povo! O dinheiro sempre fala mais alto nesse país maravilhoso administrado por corruptos e facinoras. A bandalheira continua pela falta de consequência, de punição severa. Bem que o Joaquim Barbosa afirmou “nesse país somente pobres, negros e desassistidos vão presos”. A mídia também não está longe disso, sempre dá a notícia e depois se aquieta, se apequena.

  • Maria diz: 8 de maio de 2013

    Tá e agora, como funciona para que tomou estes leites durante este periodo de 3 meses de investigação? Não sei os lotes, pois já foram consumidos e as embalagens jogadas fora, como faço para saber se consumi este produto? ele dá alguma reação?
    E grande palhaçada do MP, se os produtos já estavam sob investigação, por que não tiraram imediatamente do alcance do consumidor???? Mesmo sem confirmação eles deviam ter se preocupado com nós população mesmo que fossem apenas suspeitas!

  • Alex diz: 8 de maio de 2013

    E ainda querem acabar c/ o poder de investigação do MP, incrível não? E quem vai fazer o mínimo, que é apontar os responsáveis pelos crimes?

  • Leticia Maciel diz: 8 de maio de 2013

    Como assim “quem vai pagar o pato vai ser o Produtor”??? Vão pagar e com muuuita razão, pois como diz na notícia são ELES que estão adulterando o leite!!!!!!!
    Leia a reportagem antes de comentar bobagem!!!

  • silvio luiz s.silveira diz: 8 de maio de 2013

    Como passou pela inspeção esta fraude, como ninguém observou este gravíssimo problema antes dele acontecer, até quando vamos ter que conviver com isso? Gente estamos falando de saúde pública! LEITE: fonte riquíssima em nutrientes, cálcio etc…Agora URÉIA, por favor, cadeia é pouco para estes ” empresários”

  • jane castro diz: 8 de maio de 2013

    Estou chocada com esta pouca vergonha o que vão fazer agora???Todo mundo esta fazendo isso apelam para o bandidismo com o povo se paga caro o leite e sai esta BOMBA para nos deixar mais problema na nossa saúde quem vai nos indenizar por esta bandidagem que olha quantas pessoas com problema de saúde eu sou uma que a pouco tempo passei por uma cirurgia de urgência por estar com uma bactéria no intestino e os médicos não sabem como foi e do que esta bactéria!! Ai esta os nossos problemas quem nos paga pelos gasto de hospitais e em remédios garos como no meu caso eu fiquei 7 dia na UTI. por esta bactéria que constatado que é das nossas alimentações suja pois sou uma que uso sempre estes leite como fica agora ele vai só responder processo e nos que ficamos com a bomba maior…Olha esta demais eu vou entrar na justiça contra o que ouve comigo e quero indenização é o máximo que posso fazer para ter os gastos que tive!!! Por termos um Canalha destes solto ai fazendo maldade com tanta gente ele tinha que tomar o próprio veneno dele o Ministério Público tem que fazer algo sério com isso e quem tem que se rebelar é o povo que esta afetado por causa deste marginal…Quero saber o que vai dar e quem vai nos pagar por estes mal que vem pela frente que este e´o verdadeiro problema que vem aos poucos a nossa saúde estou até agora com varias complicação sobre esta bactéria quem vai me dar explicação???? Brasil de lei porcas por isso acontece isso e muito mais!!!! Acorda brasil temos que por um Basta nisso.

  • Melissa diz: 8 de maio de 2013

    Não entendi uma coisa: as indústrias não agiram de má-fé? Como que tu compra um produto perecível que irá revender e não o testa antes?
    E os outros lotes, de mais tempo atrás, quem garante que não estavam contaminados?
    Vão divulgar os produtores que estavam contaminando o leite? E qual a vantagem que eles tinham com esse procedimento, já que o leite depois era pausterizado na indústria? Para que, exatamente, serve colocar ureia no leite?
    A partir de agora, quem irá fiscalizar o leite? Terá um órgão responsável por isso?

  • gilberto martinez diz: 8 de maio de 2013

    Cade a fiscalização que não encherga nada, faz o oque ! Qual a secretária ,
    prisão o resposavel do governo aí funciona !

  • Augusto Sales diz: 8 de maio de 2013

    Veja Leite

  • Jane Oliveira diz: 8 de maio de 2013

    Ótima matéria

  • Natuelen diz: 8 de maio de 2013

    Olha pelas datas que vi , tem leite até do ano passado, mas não tenho mais essas caixas como vou saber se tomei um desses lotes??????
    as caixas já foram para o lixo a tempos, irresponsabilidades de vcs por avisarem só agora tem lotes de novembro de 2012.

  • Fernando diz: 8 de maio de 2013

    Parabéns ao MP. Sabe-se lá a quanto tempo isto ocorria e quanta porcaria comemos todos os dias, desde do leite, vegetais e carne em nome do lucro desmedido.

    Um comentário disse que “a impunidade vem de cima, dos políticos”
    Errado: A impunidade e vigarice fazem parte do nosso DNA brasileiro, que sempre quer levar vantagem em tudo, seja passando o sinal vermelho, na fila, mentindo, nas estradas, enfim, em todas as atitudes. Os políticos são uma amostra do povo. Na Dinamarca os políticos são honestos devido ao fato que o povo é honesto. Isto é a democracia. Vou jogar fora todo o leite que tenho em casa. Quem vai pagar?

  • sergio diz: 8 de maio de 2013

    O negócio é mandar fechar essas fabricas de merda! E o consumidor não comprar mais esses venenos, fazer boicote contra os produtos dessas empresas. Me admiro a MUMU que atende o Estado a tantos anos fazer essa sacanagem com o povo Gaúcho.

  • Giovani diz: 8 de maio de 2013

    Primeiro que isso não é novidade. A embalagem tetra pack, e o sistema que leite sofre para ser embalado nela, UHT, por si só já são altamente nocivos. Fui funcionário da Parmalat por 4 anos, nos tempos de ouro dela, e lá sabiam a muito tempo disso. Nos EUA e Europa, este tipo de embalagem nunca pegou. Olhem os filmes americanos, e vejam que não se encontram embalagens tetra pack, de caixinha. Eles usam leite apenas pasteurizado, o que também não é o ideal, más é melhor que o ultra fervido e queimado das embalagens tetra pack. Além disso no Brasil é permitido que se adicionem conservantes no leite, que muitas vezes mascaram outros produtos, e o percentual de água colocado nele. Os leites da Argentina e Uruguai não têm estes aditivos. É uma infelicidade dizer que mesmo cuidando muito, não têm como garantir a saúde dos nossos filhos, se tomarem o leite industrializado. Este leite posto no mercado não é saúde, ao contrário do que a muito nos dizem os médicos. Aliás, o selo da sociedade brasileira de cardiologia, é pago. Em geral estes órgãos privados não fazem pesquisa alguma antes de conferirem os selos de aprovado nas embalagens de leites, margarinas, e outros produtos do mercado.

  • José Mello diz: 8 de maio de 2013

    O que eu acho estranho é que as empresas “não fazerem” análise do leite que recebem. Faz alguns anos, mas vendíamos leite para um laticínio e era rotineiro eles fazerem análise, até porque na época tinha diferença de preço quanto à gordura e detectava-se nestas análises até se tinha impurezas de qualquer tipo desde água até outras por má higiene no processo de tirar o leite das vacas. Os vasilhames eram individuais, identificados por produtor.

  • Dilson Maciel Pinheiro Machado diz: 8 de maio de 2013

    Senhores,

    Até agora não consegui entender como a indústria, que possui técnicos habilitados para tal, não conseguiu detectar a presença dessas substãncias no leite

  • Henrique Cirio diz: 8 de maio de 2013

    Ainda não fiquei convencido sobre os demais lotes tendo em vista se isto é uma máfia, deveriam fazer isto em inúmeros lotes. Estas marcas sempre tinham os melhores preços nos grandes mercados (Atacadão, Makro, dentre outros), estavam sempre com alguma promoção bem mais baratos que os demais, agora ficou claro o porque, mas incisto e os demais lotes ??? A quanto tempo isto acontece ???? Tem muitas perguntas sem resposta, me desculpe o ministério público mas isto acontece a muitos anos.

  • Eduardo Gomes diz: 8 de maio de 2013

    Não consigo imaginar uma punição à altura para este tipo de gente – Talvez uma prisão perpétua, sendo alimentados somente pelo leite “batizado ” por eles mesmos. Em países civilizados com certeza seriam eliminados do convívio social para sempre, pois principalmente crianças e idosos são os mais afetados por estes atos sem denominação.

  • Maria Lucia Pires diz: 8 de maio de 2013

    Bom dia! Tenho algumas caixas do leite Italac, fabricado em 18/04/2013. Não estão listados nos lotes contaminados mas, quem garante que também não estejam, haja vista que, os “condenados” foram analisados ou investigados no ano passado? O melhor é não consumir mais nenhuma dessas marcas!

  • Thiago diz: 8 de maio de 2013

    Tenho uma filha de 2 anos e meio, e consumimosdurante bom tempo o Leite da MUMU, ainda tenho uma caixa em casa, como proceder ? Não tenho as caixas ja consumidas….Quero meus direitos, não podemos ficar na mão deste tipo de pessoa. E sim, a empresa responsavel pelo resfriamento e venda é responsavel por não ter fiscalizado a qualidade do leite.
    Com certeza boicotarei as marcas denunciadas….
    …Chega de ser explorado..

  • Adão Durand diz: 8 de maio de 2013

    Mais uma vez a ganancia, a falta de amor ao proximo, enfim, o descompromisso com a saúde pública. Tudo isto por que falta punição maior, para estes imbecis e meliantes que agem desta forma. Serão presos temporariamente, e logo estarão na rua agindo e cometendo os mesmos crimes. Até quando?

  • Daniel Muller Buttow diz: 8 de maio de 2013

    Bom dia!
    Pode até ser fácil para alguns, mas seria interessante se fosse adicionado no site algumas imagens de como encontrar os números dos lotes nas caixinhas de leite… é tanto código e tanta informação nas caixinhas que fica bem confuso de saber qual é o código que temos que verificar.

  • Daniel dos Santos diz: 8 de maio de 2013

    Não bastasse essa leva de médicos que estão vindo de cuba, sabe-se lá com que qualificação, agora mais essa do leite contaminado, numa verdadeira BANALIZAÇÂO DA SAÙDE E DA VIDA…( Desculpe estou gritando sim). Grato ao MP do Rio Grande do Sul nesse verdadeiro exemplo de comprometimento com a vida.

  • Ronaldo Muller diz: 8 de maio de 2013

    Este é nosso brasil, onde assassinos matam pessoas,por dinheiro, sem respeitar a vida alheia, para mim quem faz isto, principalmente pois muitas crianças tomam achocolatados,e normalmente usam muito leite(veneno), isso é o fim, para este pessoal mau carater, só resta o gas letal,ahh, desculpa, estamos no brasil, não dá nada.

  • paulo borba diz: 8 de maio de 2013

    ACHO QUE ESSA FALCATRUA JÁ É CRIME FEDERAL, PORQUE TODO O PAÍS CONSOME, O MUNDO TODO CONSOME LEITE. ESSAS PESSOAS SÃO DANOSAS PARA O POVO E DEVEM SER BANIDAS DO COMÉRCIO LEITEIRO.ACHO QUE JÁ É MAIS UM INDICIO DE QUE VÁRIOS ÓBITOS POR CANCER DA ANTIGA ESTÃO EXPLICADOS.

  • Aludo diz: 8 de maio de 2013

    Palhaçada, lucro acima de tudo!!!, crianças sendo alimentadas com uma substância cancerígena, onde isso vai parar!

  • NARA ALMEIDA diz: 8 de maio de 2013

    Somos consumidores (4 pessoas) de leite desnatado, semidesnatado e integral, de diversas marcas (o que estiver com melhor preço no Supermercado), bem como de Doce de Leite MU-MU (SIF 1792-está sendo consumido). Me preocupo deveras com a ingestão desse produto por tanto tempo, já que as caixas q poderiam, por ventura, me tranquilizar, já foram descartadas no lixo. Irresponsável essa indústria do leite, pois crianças e velhos fazem uso desse produto diariamente.

  • Régis de Britto diz: 8 de maio de 2013

    Felizmente, ainda que tardiamente, existem pessoas de órgãos públicos deste País chamado Brasil, que se importam com uma população a mercê de grandes salafrários que pretendem levar vantagem em tudo. Está mais do que na hora de serem exterminados estas pessoas, mas para que isto aconteça, primeiro teremos de reformular nossas Leis para não dar poderes aos que infringem e burlam, mas aos que as defendem, e para isto teremos que saber a quantas anda os que nos representam.

  • Marcio Sabadin diz: 8 de maio de 2013

    Racionais são os animais que protegem uns aos outros da sua Raça. Humanos! Que por alguns centavos colocam em risco a vida de milhares de Pessoas. Depois reclamam que algumas empresas sérias (Cooperativas) não conseguem competir em preço, mas a qualidade e a confiabilidade onde estão?

    Pergunto: Tenho Lote 227 da LActVida Semi Desnatado existe alguma orientação sobre os lotes não listados?

  • NACIR PENZ diz: 8 de maio de 2013

    Estamos falando de uma verdadeira máfia, dinheiro a qualquer custo, a situação é complexa, envolve muita coisa, inúmeros consumidores foram prejudicados mais uma vez, mas não vamos nos esquecer que nesta madrugada milhares de produtores de leite levantaram para apesar do frio tirar o leite e garantir o sustento da família. Infelizmente uma minoria e os números mostram isso tem atitudes desprezíveis e comprometem todo um setor que já é sofrido demais, vindo de um ano quase todo com prejuízos. Por outro lado vejo um banzé armado, a promotoria falando grosso, mas como está a situação dos infratores de outras épocas, foram devidamente punidos? se não, ficou provado o que se falou, que o único a pagar o pato é o produtor. Nas idas e vindas é fácil encontrar pessoas envolvidas em outros episódios atuando na mesma área. Justiça Brasileira…………..

  • Juliano Klein diz: 8 de maio de 2013

    Lembro de ter acontecido algo parecido na China. Porém lá os culpados foram condenados a pena de morte!

  • Tassi Bescoff diz: 8 de maio de 2013

    Bom dia! Uma pergunta: e os consumidores que já fizeram a ingestão de algum destes lotes de leites contaminados? Devem procurar algum médico, alguma especialidade? Qual a indicação?

  • Matheus diz: 8 de maio de 2013

    Como é que é??? “as empresas não tem culpa”??? Mas então elas não fazem nada alem de embalar o produto?? Sequer conferem a qualidade do produto?? é isso mesmo??? Só ficam com a parte boa, no caso os lucros?? E o selo de inspeção, é dado assim, sem controle algum?? Por favor né, depois pagar caro para consumir esta verdadeira estriquinina alimentar, o povo ainda tem que escutar uma barbaridade dessas?? No minimo, mas bem no minimo mesmo, todos os envolvidos deviam ser presos, do produtor, passando pelos empresarios, até os fiscais que liberam uma imundice dessas para a venda. Não é a toa que temos uma geração de crianças cheias de alergias e problemas de saude, agora até dá pra entende porque, afinal, o leite é o principal alimento na infancia. Safados ordinarios!!!

  • Jorge Paulo diz: 8 de maio de 2013

    Num país sério é prisão perpétua ou pena de morte para os responsáveis por essa falcatrua!

  • paulo nunes diz: 8 de maio de 2013

    Bom dia !

    o que devo fazer com os litros de leite que restaran?

  • Leonardo Volpatto diz: 8 de maio de 2013

    que horror, esse mundo está perdido.

  • Eloy Jossué Jung diz: 8 de maio de 2013

    Bom dia, temos o Latvida em casa, cispoa 661, L:204, 22/04 até 20/08/13, não encontrei registro conforme constam acima, mas não vamos consumir.
    Peço orientação de como agir, ligar pra quem etc.
    Isto é mais um absurdo cometido com o consumidor!!!!!!!!!!!!
    Obrigado.

  • IAMARA ZAMBRANO diz: 8 de maio de 2013

    Realmente é excelente o trabalho da imprensa que faz esse tipo de divulgação para alertar o povo,mas creio que deveriam também fornecer informações para quem consumiu ou tem um dos lotes em casa, tais como sintomas ou a que local se dirigir…
    Lembrem-se que as consequências disso pode aparecer em alguns anos e nós,que temos filhos,netos,viveremos com o eterno medo de ter sido atingido pela ambição de pessoas inconsequentes?Ficarão impunes enquanto amargamos a dúvida?

  • paulo nunes diz: 8 de maio de 2013

    Bom dia o que faço com o leite que sobrou????

  • Sandro Trindade, diz: 8 de maio de 2013

    bom dia gostaria de saber oque devo fazer comprei 24 litros desse leite com essa descrição SIF 1369 , ITALAC, FOI CONSUMIDO 5 LITROS NA MINHA RESIDENCIA 02 FILHOS , 06 E 10 ANOS E EU E MINHA ESPOSA, QUAIS SINTOMAS OQUE PODE PROVOCAR O CONSUMO DESSE LEITE, ……MINHA ESPOSA NOITE PASSADA TEVE ELEVAÇÃO DA PRESSÃO ARTERIAL, E UMA CRISE DE CÃIBRAS NOS PES E PERNAS, MUITOS ESTRANHAS, COMO VOU SABER SE NAÕ TEM NADA HAVER, AGORO TENHO DUVIDAS……
    Sandro Trindade, ELDORADO DO SUL..RS

  • Maurício Bueno diz: 8 de maio de 2013

    Qual o procedimento para aquelas pessoas que possuem algum produto do lote adulterado? Elas poderão trocar esses produtos nos estabelecimentos onde foram adquiridos?

  • Giovani diz: 8 de maio de 2013

    Existem “leites” e “leites”, e para desmistificar um pouco este assunto, um texto bastante esclarecedor e completo do Dr. Alexandre Feldman, um dos colaboradores do site Crianças na Cozinha.

    Este artigo é parte integrante do livro de minha autoria (o Dr. Alexandre Feldman é o co-autor – uma participação muito especial!)A DOR DE CABEÇA MORRE PELA BOCA. Lá tem muito mais sobre leite e outras informações interessantíssimas a respeito de alimentos!

    Boa leitura!

    O leite do supermercado é rotulado, por muitos (inclusive a maioria dos médicos e nutricionistas), como um alimento quase perfeito, muito necessário para o desenvolvimento dos ossos e dentes; tudo isso por conta do cálcio na sua composição.

    Quem já não ouviu que a criança precisa tomar bastante leite para evitar o raquitismo, enquanto que o adulto e o idoso devem ingerir muito leite para evitar a osteoporose? E que a proteína do leite é boa para o crescimento saudável?

    Tomar leite de supermercado não previne osteoporose. Está provado. Em um estudo científico enorme realizado pela universidade de Harvard, nos anos 90, e que recebeu o nome de Harvard Nurses Study, foram estudadas mais de 70 mil mulheres, e a conclusão foi estarrecedora: aquelas que tomavam pelo menos dois copos de leite ao dia, tinham significativamente mais osteoporose que o grupo que tomava um copo por semana.

    Como pode ser?

    Terá a ciência modificado seu conceito sobre o leite?

    Ou terá o leite se modificado?

    Pois é… foi o leite que mudou!

    Em muitas das minhas palestras, quando começo a falar sobre os malefícios do leite de supermercado, alguém, normalmente mais velho, na platéia, se levanta e pergunta: “- Mas doutor, como é possível? Eu e meus irmãos fomos criados na fazenda, tomando leite puro, quentinho, direto da vaca, e tivemos uma infância e adolescência muito saudável, nos tornamos adultos altos e fortes… Como pode o leite não ser bom?”

    E eu respondo: Aquele leite era ótimo!

    http://www.pat.feldman.com.br

    ? Grab this Headline Animator

    Existe uma grande, imensa diferença entre o leite tomado puro, recém-saído da vaca (ou da cabra, cavalo etc) e o leite de supermercado..

    O leite de supermercado é pasteurizado. Homogeneizado. Centrifugado. Clarificado. Filtrado. Bactofugado. Tratado à vácuo. Aquecido e reaquecido várias vezes. Só então ele alcança as gôndolas do mercado. Isso quando ele não é desnatado. Ou desidratado (em pó). Ou ambos.

    Como veremos, a indústria do leite está interessada apenas nos cifrões, na quantidade. Não na saúde. Para eles, todo esse processamento do leite é sinônimo de qualidade. Mas infelizmente, esse leite não possui mais nenhum parentesco com o leite cru, in natura. Ambos são brancos. Mas a semelhança para por aí. Em termos bioquímicos, enzimáticos e nutricionais, eles são completamente diferentes.

    A importância das enzimas presentes nos alimentos está começando a ser estudada só agora, pela ciência de ponta. A pasteurização do leite destrói as suas enzimas. Uma delas, a fostatase, é essencial para a absorção do cálcio. Agora, me responda: de que adianta o leite conter cálcio, se a sua absorção está prejudicada? Na prática, tudo se passa como se esse leite fosse pobre em cálcio! Você já reparou que a osteoporose está atacando pessoas cada vez mais jovens?

    Outra enzima presente no leite, a lipase, é útil para a absorção dos ácidos graxos (gorduras). Porém, é destruída pela pasteurização. A enzima galactase, importante para a digestão do açúcar do leite (que recebe o nome de galactose), é perdida. A catalase, peroxidase, diastase… todas as enzimas que facilitam e propiciam a utilização dos nutrientes desaparecem. Os próprios nutrientes do leite se alteram ou são destruídos com a pasteurização e o processamento industrial. Por exemplo: Você, que sempre acreditou nos benefícios do leite, rico em cálcio, aos dentes, precisa levar em conta que a destruição e alteração de outros de seus nutrientes, pelo processamento industrial, acaba causando um efeito radicalmente inesperado.

    O Dr. Ralph Steinman, professor emérito da faculdade de odontologia da Universidade Loma Linda na Califórnia, realizou num estudo científico em ratos, dividindo-os em 3 grupos: o primeiro, alimentado com ração normal, teve menos de uma cárie, em média, ao longo da vida. O segundo grupo recebeu uma alimentação recebeu numa dieta repleta de açúcar, e apresentou uma média de 5,6 cáries por rato, ao longo da vida. Mas o terceiro grupo foi alimentado com leite pasteurizado homogeneizado, e apresentou 9,4 cáries por rato, em média. A propósito, o processo de formação de cáries é idêntico em ratos e seres humanos. Se o leite industrializado faz isso com os dentes, imagine então os ossos!

    Agora, imagine as crianças, que além de leite industrializado, consomem avidamente chocolate, brigadeiro, leite condensado, bolacha, batata frita, macarrão e outras fontes de açúcar!!! O pior é que esse péssimo hábito é reforçado pelos pais, pela escola, pelos buffets infantis, pelos avós, enfim, por todo mundo! A saúde dos dentes reflete a saúde do organismo como um todo. Dentes ruins são sinal de saúde ruim. Hoje em dia, os cardiologistas já comprovaram que a aterosclerose e as cáries andam de mãos dadas. Ambos os processos fazem parte de um mesmo estado degenerativo. A única diferença é que as cáries aparecem primeiro.

    Você percebe?

    Não basta apenas o cálcio.

    O leite cru possui uma série de nutrientes, alguns dos quais ainda não foram nem sequer isolados e identificados pela ciência, mas cujos efeitos podem, sim, ser observados após a perda ou alteração desses nutrientes pelo processamento industrial. O leite contém um açúcar chamado lactose. Por sinal, em grandes quantidades. Se o leite for cru, essa lactose não possui o efeito destrutivo do açúcar comum (sacarose), pois é absorvido bem mais lentamente e, assim, não sobrecarrega o pâncreas na produção de quantidades excessivas de insulina.

    Por outro lado, se o leite for pasteurizado, a coisa muda: o aquecimento a altas temperaturas transforma a lactose em beta-lactose, que é um açúcar muito mais rapidamente absorvido pelo organismo, resultando em picos excessivos de insulina e sobrecarga do pâncreas. Quando essa insulina acaba de cumprir o papel de livrar o sangue do excesso de açúcar, ela permanece na circulação por mais um tempo, desta vez retirando açúcar necessário ao bom funcionamento do cérebro e do organismo. O organismo reage imediatamente a essa baixa anormal de açúcar, provocando uma sensação de fome. Fome por alguma coisa que reponha rapidamente esse açúcar, como por exemplo, um doce, ou quem sabe, mais leite. A coisa vira um ciclo, uma espiral, uma bola de neve. Um dos resultados é a obesidade, que por sinal, está se tornando uma epidemia.

    Outro resultado é a enxaqueca, depressão, ansiedade, crises de pânico e desequilíbrio hormonal (e suas conseqüências). O processo de homogeneização do leite consiste em filtrá-lo sob alta pressão, de modo a reduzir ao máximo o tamanho dos glóbulos de gordura que nele contém, de modo que o leite não separe, ou seja, não forme nata. Fique sempre homogêneo. Esses glóbulos de gordura possuem uma membrana externa, microscópica, constituída por uma certa proporção de proteínas e gorduras. Com a homogeneização, ocorre um aumento brutal na área de superfície desses glóbulos de gordura, a perda da estrutura original das membranas desses glóbulos e sua substituição por uma proporção bem maior de proteínas que no leite cru. Este fator pode ser um dos responsáveis pela tendência do leite industrializado a provocar alergias.

    As proteínas do leite, como a caseína, lactoalbumina e lactoglobulina, são estruturas químicas complexas que, quando aquecidas além de 46 graus, começam a sofrer um processo chamado desnaturação. Esse nome é ótimo, porque diz tudo. Com a pasteurização, Elas perdem (des) o seu estado natural (naturação) e se tornam substâncias estranhas ao organismo de quem as ingere. Quando entramos em contato com elas, nosso sistema imunológico as reconhece – em maior ou menor grau – como se fossem corpos estranhos! Quando é em maior grau, o indivíduo tem sorte, pois já sabe que, se tomar o leite do supermercado, sofrerá uma série de reações intensas (digestivas e outras). Quando esse reconhecimento é em menor grau, como no caso da maioria das pessoas, as reações não são visíveis, nem óbvias, mas acontecem. Um sistema imunológico voltado, ainda que em baixo grau, para uma reação inútil contra estruturas do leite de supermercado, está passando por uma sobrecarga desnecessária. E constante, naqueles indivíduos que fazem uso quotidiano desse leite. O sistema imunológico é quem comanda a regeneração e cura das doenças. Um sistema imunológico sobrecarregado não combina com nenhum tipo de melhora!

    Crianças e adultos, no meu consultório, com gripes e resfriados, infecções de ouvido freqüentes, dores de cabeça, enxaquecas… param o leite de supermercado, e em 3 meses, nunca mais querem ver esse leite pela frente, pois sentem-se melhor!

    Tente você também.

    E tem mais: essa reação do sistema imunológico, por menor que seja, é uma reação denominada inflamatória. Acompanhe o raciocínio: Qualquer dor, inclusive a dor de cabeça, compreende, entre outras coisas, no seu mecanismo, uma inflamação. Se você, além de sofrer de dores de cabeça, consome, sistematicamente, algum ingrediente que pode causar uma resposta inflamatória do corpo, estará criando um estado pró-inflamatório no seu organismo. Fica muito mais fácil ter dor!

    O leite de supermercado pode predispor a doenças auto-imunes, pois os anticorpos voltados contra as estruturas do leite podem, “sem querer”, reconhecer estruturas do nosso próprio corpo (articulações, pâncreas e outros órgãos e tecidos) como se fossem as estruturas do leite. Nessa hora, você começa a ser atacado pelos seus próprios anticorpos. São as assim chamadas doenças auto-imunes.

    Bebês que, nos primeiros 6 meses, se alimentam com leite pasteurizado em detrimento do materno, têm maior incidência de infecções respiratórias, diarréia, pneumonia, infecções de ouvidos, e outras doenças bacterianas e virais. Há até cientistas correlacionando a ingestão de leite pasteurizado no primeiro semestre de vida, com o aparecimento maior de doenças do sistema imune, por exemplo, diabetes, colite ulcerativa, doença celíaca e outras, em comparação aos não-consumidores de leite de vaca.

    Por que, então, consumimos leite pasteurizado?

    A resposta é simples: Propaganda, propaganda e propaganda.

    A última moda, agora, é o leite ultrapasteurizado. Dê uma olhada em muitas caixinhas de leite de supermercado, e você poderá ver as letras UHT impressas no rótulo. UHT nada mais é que a abreviatura de Ultra HighTemperature – temperatura ultra alta. Pelo que você já leu até aqui, já dá para entender que isso não é uma coisa nada boa. Pesquisadores da Universidade de Washington, em 1960, ficaram interessados em resultados de estudos mostrando uma incidência maior de infarto em portadores de úlcera do estômago, e levantaram a suspeita de que o leite pasteurizado, utilizado na época pelos pacientes para aliviar seus sintomas de queimação, pudesse estar exercendo um papel nesse processo. Fizeram, então, um estudo estatístico ligando o consumo do leite à incidência de infarto, e que foi publicado na revista Circulation, volume 21, página 438. O estudo comparou a incidência de ataques cardíacos em consumidores quotidianos de leite pasteurizado versus não consumidores.

    O resultado? Três vezes mais consumidores de leite tiveram ataques cardíacos, nos Estados Unidos. Na Inglaterra, seis vezes mais.

    Quem levou a culpa? A gordura do leite. E assim, desnataram o leite. O mundo inteiro passou a consumir leite desnatado e alimentos com baixos teores de gordura.

    Será que essa atitude levou a uma diminuição das doenças coronarianas? As estatísticas dizem que não.

    Atenção, leitora: apesar do que você lê ou ouve, saiba que qualquer recomendação para diminuir o consumo de gordura animal não possui fundamento científico. As gorduras animais são substâncias biológicas estáveis, não se oxidam facilmente, não dão origem a radicais livres facilmente e, sobretudo, contêm nutrientes fundamentais, essenciais, vitais para a sua saúde e da sua família. As crianças, em particular, necessitam de um ótimo suprimento de gordura animal de boa qualidade, a fim de garantir o seu perfeito desenvolvimento físico e neurológico.

    A que interesses atende o consumo de leite industrializado? Aos interesses de uma indústria multibilionária.

    A megaindústria investe bilhões para romancear o seu produto, associá-lo a bichinhos, a cenas da infância e musiquinhas, em propagandas espalhadas por todos os lugares, que absorvemos através dos nossos cinco sentidos, todos os dias, repetidas vezes. Uma verdadeira lavagem cerebral.

    E não descuidando de influenciar inteligentemente as áreas de conhecimento formadoras de opinião – nutrição e medicina – no sentido de convencer os profissionais dessas áreas (e assim, toda a população) de que o leite é a única fonte realmente boa de cálcio, e que sem o leite, o castigo será maligno, nossos ossos vão se desintegrar.

    Além disso, a grande mídia, a grande imprensa, se recusa a questionar os trabalhos que seguem os mandamentos ditatoriais da indústria multibilionária de alimentos. Pelo contrário, encoraja a todos que bebam bastante leite de vaca industrializado, e consumam seus derivados. Leite de soja também.

    Vamos supor que uma matéria é publicada numa revista de grande circulação e muito conhecida, falando bem sobre o leite, ou então algum novo remédio ou tratamento para dor de cabeça. Se nas próximas, 3 ou 4 edições não aparecer nenhuma contestação ou ressalva, isso significa, para todos os leitores, que a questão está fechada. O assunto está encerrado. Não há contestação. Pois caso houvesse, a revista publicaria, uma vez que a imprensa é livre. Mas veja bem: a imprensa também é livre para publicar ou não publicar, de modo que a revista, ou o jornal/rádio/TV, só vai publicar aquilo que estiver de acordo com os seus interesses. E os seus interesses coincidem com aqueles de seus anunciantes e patrocinadores, entre eles, quase sempre, a poderosa indústria de alimentos e de remédios. É claro que eles entrevistam médicos, nutricionistas, professores universitários e pessoas revestidas de autoridade em saúde. Eles entrevistam aquela parcela de profissionais que, honestamente, acredita que a natureza não foi capaz de criar alimentos suficientemente saudáveis, e que o homem pode melhorá-los através de processos industriais e engenharia genética. Eles entrevistam a parcela que acredita, honestamente, que as doenças nada mais são que um estado de deficiência de remédios.

    Toda essa filosofia foi criada por uma indústria visando um mercado multibilionário de alimentação e saúde. Os entrevistados típicos são profissionais altamente inteligentes, graduados e capacitados, que algum dia se envolveram em um trabalho científico de pesquisa que levou ao patrocínio de alguma indústria alimentícia e/ou farmacêutica, ou indiretamente, através de algum órgão governamental (no Brasil ou fora dele) controlado, financeiramente, pela indústria. Se alguma pesquisa destes cientistas apontar para um efeito negativo do remédio ou alimento em questão, este resultado é simplesmente omitido. Deixado de lado. E caso outro pesquisador qualquer tenha apontado para o mesmo problema, a solução típica é ignorar essa informação e, de quebra, o pesquisador. Assim, ninguém fica de consciência pesada.

    É claro que existem inúmeras pesquisas, patrocinadas pela indústria, sobre alimentos e remédios, realizadas por grandes cientistas, e todas estas pesquisas são de enorme importância – desde que seus resultados venham de encontro com os interesses maiores da indústria, e dêem a ela suporte de modo a evitar qualquer conflito de opiniões.

    Dica: Troque o Leite Pelo Iogurte

    Recebi uma pergunta, através do formulário que disponibilizo no meu site para esse propósito, de uma internauta de São José dos Campos (SP). Eis aqui a questão:

    - O site é bem organizado e muito esclarecedor para quem sofre de enxaqueca. Sofro deste mal, há muitos anos. Vi que o leite é um dos alimentos que é recomendado evitar, mas os seus derivados como o iogurte não. Por quê? Tudo que estava no leite está noiogurte, principalmente o caseiro. Entrei na menopausa (e a enxaqueca continua), mas não faço nenhum tipo de reposição hormonal, e acho o leite importante p/ evitar a osteoporose, sendo a fonte com grande quantidade de cálcio. É um dilema: tomar ou não tomar leite para evitar a enxaqueca.

    Esta pergunta é muito importante, e é com muita alegria que recebo esta oportunidade de tocar no assunto leite versus iogurte.

    O leite, em seu estado original (ou seja, recém-saído de uma vaquinha saudável, criada solta e não em confinamento, que não recebe hormônios e se alimenta não de ração mas sim de pasto – sem agrotóxicos – em suma, uma vaquinha feliz!), é um alimento muito saudável, denso em nutrientes importantíssimos, que nutriu nossos antepassados das mais variadas partes do planeta, em toda a sua jornada ao longo da História.

    Com o adensamento das cidades e a Revolução Industrial, a criação das vacas deixou de ser atributo de indivíduos que valorizavam os animais, passando a pessoas pagas para tal função, não necessariamente fazendo isso por vocação ou amor. As vacas se transformaram, de companheiras do homem, em fábricas de leite. O leite era ordenhado por pessoas mal-pagas, sem nenhuma noção de higiene. As vacas foram transferidas do campo para lotes de confinamento, e alimentadas com grãos cereais e uma série de alimentos inapropriados.

    As epidemias, nessa época, foram uma conseqüência natural. Tuberculose, brucelose, cólera e tantas outras, ceifaram muitas vidas.

    De repente, os cientistas da segunda metade do Século 19 descobriram os micróbios. Concluiu-se, com razão, que eram eles os responsáveis pelas doenças que causavam epidemias. Em seguida, descobriu-se que a fervura matava os micróbios. Nasce a pasteurização.

    Dentro desse contexto de falta absoluta de higiene, infecções, doenças, epidemias e alta mortalidade no Século 19, a pasteurização mudou drasticamente o cenário. Bastava submeter o leite sujo e contaminado a uma alta temperatura… e matavam-se os micróbios!

    Cuidados de higiene nos estábulos, na ordenha, nos funcionários, no armazenamento do leite? Para que?? A pasteurização mata tudo!

    De fato, mata. Inclusive o próprio leite.

    O que, naquela época, não se sabia, é que existem componentes do leite cuja estrutura química sofre modificações com a pasteurização. E essas modificações tornam tais componentes prejudiciais à nossa saúde, facilitando inclusive o surgimento de reações inflamatórias de toda espécie. E onde há inflamação, há dor.

    O mais sensato, face à potencial contaminação por micróbios nocivos, seria tirar o leite de vacas saudáveis, que se nutrem de capim e pasto (alimentos que a natureza lhes reservou para se manterem saudáveis); e comercializar esse leite como um produto altamente perecível. Isso é impossível numa mentalidade industrial cujo principal objetivo é o lucro, não a saúde. Afinal, o leite de verdade (não pasteurizado, portantocru) pode facilmente azedar ou coalhar – e como explicar isso para o consumidor?

    A propósito, leite cru azedo ou coalhado é tão ou mais saudável que a versão original. Essa transformação (na verdade, em uma forma de iogurte) é levada a cabo pelas bactérias benéficas que habitam o leite (lactobacilos vivos). Essas mesmas bactérias fazem um bem imenso ao nosso organismo e protegem o leite cru de contaminações por micróbios nocivos. Os lactobacilos, habitantes naturais do leite, morrem todos com a pasteurização, tornando-o vulnerável à contaminação pelo primeiro micróbio nocivo que aparecer. Esse sim é um produto perigoso!

    Se a estrutura química do leite é modificada pela pasteurização a ponto de se tornar estranha ao nosso sistema imunológico, a transformação desse leite – mesmo pasteurizado – em iogurte, modifica novamente a estrutura molecular do leite de modo a neutralizar o potencial malefício.

    Por isso, minha dica desta semana é: substitua o leite pelo iogurte em sua vida.

    Cuide apenas para que o iogurte seja integral e não desnatado. Quanto menos processamento, melhor.

    Lembre-se que não estou me referindo aos iogurtes que já vêm com sabor de frutas, repletos de corantes, conservantes e outras substâncias químicas. Prefira o iogurte natural, que você pode bater no liqüidificador com a fruta da sua preferência.

    © 2013 Microsoft
    Termos
    Privacidade
    Desenvolvedores
    Português (Brasil)

    Aviso

    {3}

    {3}

    {3}

    {3}

    {3}

    Favorito

    {3}

    Favorito

    Existem “leites” e “leites”, e para desmistificar um pouco este assunto, um texto bastante esclarecedor e completo do Dr. Alexandre Feldman, um dos colaboradores do site Crianças na Cozinha.

    Este artigo é parte integrante do livro de minha autoria (o Dr. Alexandre Feldman é o co-autor – uma participação muito especial!)A DOR DE CABEÇA MORRE PELA BOCA. Lá tem muito mais sobre leite e outras informações interessantíssimas a respeito de alimentos!

    Boa leitura!

    O leite do supermercado é rotulado, por muitos (inclusive a maioria dos médicos e nutricionistas), como um alimento quase perfeito, muito necessário para o desenvolvimento dos ossos e dentes; tudo isso por conta do cálcio na sua composição.

    Quem já não ouviu que a criança precisa tomar bastante leite para evitar o raquitismo, enquanto que o adulto e o idoso devem ingerir muito leite para evitar a osteoporose? E que a proteína do leite é boa para o crescimento saudável?

    Tomar leite de supermercado não previne osteoporose. Está provado. Em um estudo científico enorme realizado pela universidade de Harvard, nos anos 90, e que recebeu o nome de Harvard Nurses Study, foram estudadas mais de 70 mil mulheres, e a conclusão foi estarrecedora: aquelas que tomavam pelo menos dois copos de leite ao dia, tinham significativamente mais osteoporose que o grupo que tomava um copo por semana.

    Como pode ser?

    Terá a ciência modificado seu conceito sobre o leite?

    Ou terá o leite se modificado?

    Pois é… foi o leite que mudou!

    Em muitas das minhas palestras, quando começo a falar sobre os malefícios do leite de supermercado, alguém, normalmente mais velho, na platéia, se levanta e pergunta: “- Mas doutor, como é possível? Eu e meus irmãos fomos criados na fazenda, tomando leite puro, quentinho, direto da vaca, e tivemos uma infância e adolescência muito saudável, nos tornamos adultos altos e fortes… Como pode o leite não ser bom?”

    E eu respondo: Aquele leite era ótimo!

    http://www.pat.feldman.com.br

    ? Grab this Headline Animator

    Existe uma grande, imensa diferença entre o leite tomado puro, recém-saído da vaca (ou da cabra, cavalo etc) e o leite de supermercado..

    O leite de supermercado é pasteurizado. Homogeneizado. Centrifugado. Clarificado. Filtrado. Bactofugado. Tratado à vácuo. Aquecido e reaquecido várias vezes. Só então ele alcança as gôndolas do mercado. Isso quando ele não é desnatado. Ou desidratado (em pó). Ou ambos.

    Como veremos, a indústria do leite está interessada apenas nos cifrões, na quantidade. Não na saúde. Para eles, todo esse processamento do leite é sinônimo de qualidade. Mas infelizmente, esse leite não possui mais nenhum parentesco com o leite cru, in natura. Ambos são brancos. Mas a semelhança para por aí. Em termos bioquímicos, enzimáticos e nutricionais, eles são completamente diferentes.

    A importância das enzimas presentes nos alimentos está começando a ser estudada só agora, pela ciência de ponta. A pasteurização do leite destrói as suas enzimas. Uma delas, a fostatase, é essencial para a absorção do cálcio. Agora, me responda: de que adianta o leite conter cálcio, se a sua absorção está prejudicada? Na prática, tudo se passa como se esse leite fosse pobre em cálcio! Você já reparou que a osteoporose está atacando pessoas cada vez mais jovens?

    Outra enzima presente no leite, a lipase, é útil para a absorção dos ácidos graxos (gorduras). Porém, é destruída pela pasteurização. A enzima galactase, importante para a digestão do açúcar do leite (que recebe o nome de galactose), é perdida. A catalase, peroxidase, diastase… todas as enzimas que facilitam e propiciam a utilização dos nutrientes desaparecem. Os próprios nutrientes do leite se alteram ou são destruídos com a pasteurização e o processamento industrial. Por exemplo: Você, que sempre acreditou nos benefícios do leite, rico em cálcio, aos dentes, precisa levar em conta que a destruição e alteração de outros de seus nutrientes, pelo processamento industrial, acaba causando um efeito radicalmente inesperado.

    O Dr. Ralph Steinman, professor emérito da faculdade de odontologia da Universidade Loma Linda na Califórnia, realizou num estudo científico em ratos, dividindo-os em 3 grupos: o primeiro, alimentado com ração normal, teve menos de uma cárie, em média, ao longo da vida. O segundo grupo recebeu uma alimentação recebeu numa dieta repleta de açúcar, e apresentou uma média de 5,6 cáries por rato, ao longo da vida. Mas o terceiro grupo foi alimentado com leite pasteurizado homogeneizado, e apresentou 9,4 cáries por rato, em média. A propósito, o processo de formação de cáries é idêntico em ratos e seres humanos. Se o leite industrializado faz isso com os dentes, imagine então os ossos!

    Agora, imagine as crianças, que além de leite industrializado, consomem avidamente chocolate, brigadeiro, leite condensado, bolacha, batata frita, macarrão e outras fontes de açúcar!!! O pior é que esse péssimo hábito é reforçado pelos pais, pela escola, pelos buffets infantis, pelos avós, enfim, por todo mundo! A saúde dos dentes reflete a saúde do organismo como um todo. Dentes ruins são sinal de saúde ruim. Hoje em dia, os cardiologistas já comprovaram que a aterosclerose e as cáries andam de mãos dadas. Ambos os processos fazem parte de um mesmo estado degenerativo. A única diferença é que as cáries aparecem primeiro.

    Você percebe?

    Não basta apenas o cálcio.

    O leite cru possui uma série de nutrientes, alguns dos quais ainda não foram nem sequer isolados e identificados pela ciência, mas cujos efeitos podem, sim, ser observados após a perda ou alteração desses nutrientes pelo processamento industrial. O leite contém um açúcar chamado lactose. Por sinal, em grandes quantidades. Se o leite for cru, essa lactose não possui o efeito destrutivo do açúcar comum (sacarose), pois é absorvido bem mais lentamente e, assim, não sobrecarrega o pâncreas na produção de quantidades excessivas de insulina.

    Por outro lado, se o leite for pasteurizado, a coisa muda: o aquecimento a altas temperaturas transforma a lactose em beta-lactose, que é um açúcar muito mais rapidamente absorvido pelo organismo, resultando em picos excessivos de insulina e sobrecarga do pâncreas. Quando essa insulina acaba de cumprir o papel de livrar o sangue do excesso de açúcar, ela permanece na circulação por mais um tempo, desta vez retirando açúcar necessário ao bom funcionamento do cérebro e do organismo. O organismo reage imediatamente a essa baixa anormal de açúcar, provocando uma sensação de fome. Fome por alguma coisa que reponha rapidamente esse açúcar, como por exemplo, um doce, ou quem sabe, mais leite. A coisa vira um ciclo, uma espiral, uma bola de neve. Um dos resultados é a obesidade, que por sinal, está se tornando uma epidemia.

    Outro resultado é a enxaqueca, depressão, ansiedade, crises de pânico e desequilíbrio hormonal (e suas conseqüências). O processo de homogeneização do leite consiste em filtrá-lo sob alta pressão, de modo a reduzir ao máximo o tamanho dos glóbulos de gordura que nele contém, de modo que o leite não separe, ou seja, não forme nata. Fique sempre homogêneo. Esses glóbulos de gordura possuem uma membrana externa, microscópica, constituída por uma certa proporção de proteínas e gorduras. Com a homogeneização, ocorre um aumento brutal na área de superfície desses glóbulos de gordura, a perda da estrutura original das membranas desses glóbulos e sua substituição por uma proporção bem maior de proteínas que no leite cru. Este fator pode ser um dos responsáveis pela tendência do leite industrializado a provocar alergias.

    As proteínas do leite, como a caseína, lactoalbumina e lactoglobulina, são estruturas químicas complexas que, quando aquecidas além de 46 graus, começam a sofrer um processo chamado desnaturação. Esse nome é ótimo, porque diz tudo. Com a pasteurização, Elas perdem (des) o seu estado natural (naturação) e se tornam substâncias estranhas ao organismo de quem as ingere. Quando entramos em contato com elas, nosso sistema imunológico as reconhece – em maior ou menor grau – como se fossem corpos estranhos! Quando é em maior grau, o indivíduo tem sorte, pois já sabe que, se tomar o leite do supermercado, sofrerá uma série de reações intensas (digestivas e outras). Quando esse reconhecimento é em menor grau, como no caso da maioria das pessoas, as reações não são visíveis, nem óbvias, mas acontecem. Um sistema imunológico voltado, ainda que em baixo grau, para uma reação inútil contra estruturas do leite de supermercado, está passando por uma sobrecarga desnecessária. E constante, naqueles indivíduos que fazem uso quotidiano desse leite. O sistema imunológico é quem comanda a regeneração e cura das doenças. Um sistema imunológico sobrecarregado não combina com nenhum tipo de melhora!

    Crianças e adultos, no meu consultório, com gripes e resfriados, infecções de ouvido freqüentes, dores de cabeça, enxaquecas… param o leite de supermercado, e em 3 meses, nunca mais querem ver esse leite pela frente, pois sentem-se melhor!

    Tente você também.

    E tem mais: essa reação do sistema imunológico, por menor que seja, é uma reação denominada inflamatória. Acompanhe o raciocínio: Qualquer dor, inclusive a dor de cabeça, compreende, entre outras coisas, no seu mecanismo, uma inflamação. Se você, além de sofrer de dores de cabeça, consome, sistematicamente, algum ingrediente que pode causar uma resposta inflamatória do corpo, estará criando um estado pró-inflamatório no seu organismo. Fica muito mais fácil ter dor!

    O leite de supermercado pode predispor a doenças auto-imunes, pois os anticorpos voltados contra as estruturas do leite podem, “sem querer”, reconhecer estruturas do nosso próprio corpo (articulações, pâncreas e outros órgãos e tecidos) como se fossem as estruturas do leite. Nessa hora, você começa a ser atacado pelos seus próprios anticorpos. São as assim chamadas doenças auto-imunes.

    Bebês que, nos primeiros 6 meses, se alimentam com leite pasteurizado em detrimento do materno, têm maior incidência de infecções respiratórias, diarréia, pneumonia, infecções de ouvidos, e outras doenças bacterianas e virais. Há até cientistas correlacionando a ingestão de leite pasteurizado no primeiro semestre de vida, com o aparecimento maior de doenças do sistema imune, por exemplo, diabetes, colite ulcerativa, doença celíaca e outras, em comparação aos não-consumidores de leite de vaca.

    Por que, então, consumimos leite pasteurizado?

    A resposta é simples: Propaganda, propaganda e propaganda.

    A última moda, agora, é o leite ultrapasteurizado. Dê uma olhada em muitas caixinhas de leite de supermercado, e você poderá ver as letras UHT impressas no rótulo. UHT nada mais é que a abreviatura de Ultra HighTemperature – temperatura ultra alta. Pelo que você já leu até aqui, já dá para entender que isso não é uma coisa nada boa. Pesquisadores da Universidade de Washington, em 1960, ficaram interessados em resultados de estudos mostrando uma incidência maior de infarto em portadores de úlcera do estômago, e levantaram a suspeita de que o leite pasteurizado, utilizado na época pelos pacientes para aliviar seus sintomas de queimação, pudesse estar exercendo um papel nesse processo. Fizeram, então, um estudo estatístico ligando o consumo do leite à incidência de infarto, e que foi publicado na revista Circulation, volume 21, página 438. O estudo comparou a incidência de ataques cardíacos em consumidores quotidianos de leite pasteurizado versus não consumidores.

    O resultado? Três vezes mais consumidores de leite tiveram ataques cardíacos, nos Estados Unidos. Na Inglaterra, seis vezes mais.

    Quem levou a culpa? A gordura do leite. E assim, desnataram o leite. O mundo inteiro passou a consumir leite desnatado e alimentos com baixos teores de gordura.

    Será que essa atitude levou a uma diminuição das doenças coronarianas? As estatísticas dizem que não.

    Atenção, leitora: apesar do que você lê ou ouve, saiba que qualquer recomendação para diminuir o consumo de gordura animal não possui fundamento científico. As gorduras animais são substâncias biológicas estáveis, não se oxidam facilmente, não dão origem a radicais livres facilmente e, sobretudo, contêm nutrientes fundamentais, essenciais, vitais para a sua saúde e da sua família. As crianças, em particular, necessitam de um ótimo suprimento de gordura animal de boa qualidade, a fim de garantir o seu perfeito desenvolvimento físico e neurológico.

    A que interesses atende o consumo de leite industrializado? Aos interesses de uma indústria multibilionária.

    A megaindústria investe bilhões para romancear o seu produto, associá-lo a bichinhos, a cenas da infância e musiquinhas, em propagandas espalhadas por todos os lugares, que absorvemos através dos nossos cinco sentidos, todos os dias, repetidas vezes. Uma verdadeira lavagem cerebral.

    E não descuidando de influenciar inteligentemente as áreas de conhecimento formadoras de opinião – nutrição e medicina – no sentido de convencer os profissionais dessas áreas (e assim, toda a população) de que o leite é a única fonte realmente boa de cálcio, e que sem o leite, o castigo será maligno, nossos ossos vão se desintegrar.

    Além disso, a grande mídia, a grande imprensa, se recusa a questionar os trabalhos que seguem os mandamentos ditatoriais da indústria multibilionária de alimentos. Pelo contrário, encoraja a todos que bebam bastante leite de vaca industrializado, e consumam seus derivados. Leite de soja também.

    Vamos supor que uma matéria é publicada numa revista de grande circulação e muito conhecida, falando bem sobre o leite, ou então algum novo remédio ou tratamento para dor de cabeça. Se nas próximas, 3 ou 4 edições não aparecer nenhuma contestação ou ressalva, isso significa, para todos os leitores, que a questão está fechada. O assunto está encerrado. Não há contestação. Pois caso houvesse, a revista publicaria, uma vez que a imprensa é livre. Mas veja bem: a imprensa também é livre para publicar ou não publicar, de modo que a revista, ou o jornal/rádio/TV, só vai publicar aquilo que estiver de acordo com os seus interesses. E os seus interesses coincidem com aqueles de seus anunciantes e patrocinadores, entre eles, quase sempre, a poderosa indústria de alimentos e de remédios. É claro que eles entrevistam médicos, nutricionistas, professores universitários e pessoas revestidas de autoridade em saúde. Eles entrevistam aquela parcela de profissionais que, honestamente, acredita que a natureza não foi capaz de criar alimentos suficientemente saudáveis, e que o homem pode melhorá-los através de processos industriais e engenharia genética. Eles entrevistam a parcela que acredita, honestamente, que as doenças nada mais são que um estado de deficiência de remédios.

    Toda essa filosofia foi criada por uma indústria visando um mercado multibilionário de alimentação e saúde. Os entrevistados típicos são profissionais altamente inteligentes, graduados e capacitados, que algum dia se envolveram em um trabalho científico de pesquisa que levou ao patrocínio de alguma indústria alimentícia e/ou farmacêutica, ou indiretamente, através de algum órgão governamental (no Brasil ou fora dele) controlado, financeiramente, pela indústria. Se alguma pesquisa destes cientistas apontar para um efeito negativo do remédio ou alimento em questão, este resultado é simplesmente omitido. Deixado de lado. E caso outro pesquisador qualquer tenha apontado para o mesmo problema, a solução típica é ignorar essa informação e, de quebra, o pesquisador. Assim, ninguém fica de consciência pesada.

    É claro que existem inúmeras pesquisas, patrocinadas pela indústria, sobre alimentos e remédios, realizadas por grandes cientistas, e todas estas pesquisas são de enorme importância – desde que seus resultados venham de encontro com os interesses maiores da indústria, e dêem a ela suporte de modo a evitar qualquer conflito de opiniões.

    Dica: Troque o Leite Pelo Iogurte

    Recebi uma pergunta, através do formulário que disponibilizo no meu site para esse propósito, de uma internauta de São José dos Campos (SP). Eis aqui a questão:

    - O site é bem organizado e muito esclarecedor para quem sofre de enxaqueca. Sofro deste mal, há muitos anos. Vi que o leite é um dos alimentos que é recomendado evitar, mas os seus derivados como o iogurte não. Por quê? Tudo que estava no leite está noiogurte, principalmente o caseiro. Entrei na menopausa (e a enxaqueca continua), mas não faço nenhum tipo de reposição hormonal, e acho o leite importante p/ evitar a osteoporose, sendo a fonte com grande quantidade de cálcio. É um dilema: tomar ou não tomar leite para evitar a enxaqueca.

    Esta pergunta é muito importante, e é com muita alegria que recebo esta oportunidade de tocar no assunto leite versus iogurte.

    O leite, em seu estado original (ou seja, recém-saído de uma vaquinha saudável, criada solta e não em confinamento, que não recebe hormônios e se alimenta não de ração mas sim de pasto – sem agrotóxicos – em suma, uma vaquinha feliz!), é um alimento muito saudável, denso em nutrientes importantíssimos, que nutriu nossos antepassados das mais variadas partes do planeta, em toda a sua jornada ao longo da História.

    Com o adensamento das cidades e a Revolução Industrial, a criação das vacas deixou de ser atributo de indivíduos que valorizavam os animais, passando a pessoas pagas para tal função, não necessariamente fazendo isso por vocação ou amor. As vacas se transformaram, de companheiras do homem, em fábricas de leite. O leite era ordenhado por pessoas mal-pagas, sem nenhuma noção de higiene. As vacas foram transferidas do campo para lotes de confinamento, e alimentadas com grãos cereais e uma série de alimentos inapropriados.

    As epidemias, nessa época, foram uma conseqüência natural. Tuberculose, brucelose, cólera e tantas outras, ceifaram muitas vidas.

    De repente, os cientistas da segunda metade do Século 19 descobriram os micróbios. Concluiu-se, com razão, que eram eles os responsáveis pelas doenças que causavam epidemias. Em seguida, descobriu-se que a fervura matava os micróbios. Nasce a pasteurização.

    Dentro desse contexto de falta absoluta de higiene, infecções, doenças, epidemias e alta mortalidade no Século 19, a pasteurização mudou drasticamente o cenário. Bastava submeter o leite sujo e contaminado a uma alta temperatura… e matavam-se os micróbios!

    Cuidados de higiene nos estábulos, na ordenha, nos funcionários, no armazenamento do leite? Para que?? A pasteurização mata tudo!

    De fato, mata. Inclusive o próprio leite.

    O que, naquela época, não se sabia, é que existem componentes do leite cuja estrutura química sofre modificações com a pasteurização. E essas modificações tornam tais componentes prejudiciais à nossa saúde, facilitando inclusive o surgimento de reações inflamatórias de toda espécie. E onde há inflamação, há dor.

    O mais sensato, face à potencial contaminação por micróbios nocivos, seria tirar o leite de vacas saudáveis, que se nutrem de capim e pasto (alimentos que a natureza lhes reservou para se manterem saudáveis); e comercializar esse leite como um produto altamente perecível. Isso é impossível numa mentalidade industrial cujo principal objetivo é o lucro, não a saúde. Afinal, o leite de verdade (não pasteurizado, portantocru) pode facilmente azedar ou coalhar – e como explicar isso para o consumidor?

    A propósito, leite cru azedo ou coalhado é tão ou mais saudável que a versão original. Essa transformação (na verdade, em uma forma de iogurte) é levada a cabo pelas bactérias benéficas que habitam o leite (lactobacilos vivos). Essas mesmas bactérias fazem um bem imenso ao nosso organismo e protegem o leite cru de contaminações por micróbios nocivos. Os lactobacilos, habitantes naturais do leite, morrem todos com a pasteurização, tornando-o vulnerável à contaminação pelo primeiro micróbio nocivo que aparecer. Esse sim é um produto perigoso!

    Se a estrutura química do leite é modificada pela pasteurização a ponto de se tornar estranha ao nosso sistema imunológico, a transformação desse leite – mesmo pasteurizado – em iogurte, modifica novamente a estrutura molecular do leite de modo a neutralizar o potencial malefício.

    Por isso, minha dica desta semana é: substitua o leite pelo iogurte em sua vida.

    Cuide apenas para que o iogurte seja integral e não desnatado. Quanto menos processamento, melhor.

    Lembre-se que não estou me referindo aos iogurtes que já vêm com sabor de frutas, repletos de corantes, conservantes e outras substâncias químicas. Prefira o iogurte natural, que você pode bater no liqüidificador com a fruta da sua preferência.

    © 2013 Microsoft
    Termos
    Privacidade
    Desenvolvedores
    Português (Brasil)

    Aviso

    {3}

    {3}

    {3}

    {3}

    {3}

    Favorito

    {3}

    Favorito

    Existem “leites” e “leites”, e para desmistificar um pouco este assunto, um texto bastante esclarecedor e completo do Dr. Alexandre Feldman, um dos colaboradores do site Crianças na Cozinha.

    Este artigo é parte integrante do livro de minha autoria (o Dr. Alexandre Feldman é o co-autor – uma participação muito especial!)A DOR DE CABEÇA MORRE PELA BOCA. Lá tem muito mais sobre leite e outras informações interessantíssimas a respeito de alimentos!

    Boa leitura!

    O leite do supermercado é rotulado, por muitos (inclusive a maioria dos médicos e nutricionistas), como um alimento quase perfeito, muito necessário para o desenvolvimento dos ossos e dentes; tudo isso por conta do cálcio na sua composição.

    Quem já não ouviu que a criança precisa tomar bastante leite para evitar o raquitismo, enquanto que o adulto e o idoso devem ingerir muito leite para evitar a osteoporose? E que a proteína do leite é boa para o crescimento saudável?

    Tomar leite de supermercado não previne osteoporose. Está provado. Em um estudo científico enorme realizado pela universidade de Harvard, nos anos 90, e que recebeu o nome de Harvard Nurses Study, foram estudadas mais de 70 mil mulheres, e a conclusão foi estarrecedora: aquelas que tomavam pelo menos dois copos de leite ao dia, tinham significativamente mais osteoporose que o grupo que tomava um copo por semana.

    Como pode ser?

    Terá a ciência modificado seu conceito sobre o leite?

    Ou terá o leite se modificado?

    Pois é… foi o leite que mudou!

    Em muitas das minhas palestras, quando começo a falar sobre os malefícios do leite de supermercado, alguém, normalmente mais velho, na platéia, se levanta e pergunta: “- Mas doutor, como é possível? Eu e meus irmãos fomos criados na fazenda, tomando leite puro, quentinho, direto da vaca, e tivemos uma infância e adolescência muito saudável, nos tornamos adultos altos e fortes… Como pode o leite não ser bom?”

    E eu respondo: Aquele leite era ótimo!

    http://www.pat.feldman.com.br

    ? Grab this Headline Animator

    Existe uma grande, imensa diferença entre o leite tomado puro, recém-saído da vaca (ou da cabra, cavalo etc) e o leite de supermercado..

    O leite de supermercado é pasteurizado. Homogeneizado. Centrifugado. Clarificado. Filtrado. Bactofugado. Tratado à vácuo. Aquecido e reaquecido várias vezes. Só então ele alcança as gôndolas do mercado. Isso quando ele não é desnatado. Ou desidratado (em pó). Ou ambos.

    Como veremos, a indústria do leite está interessada apenas nos cifrões, na quantidade. Não na saúde. Para eles, todo esse processamento do leite é sinônimo de qualidade. Mas infelizmente, esse leite não possui mais nenhum parentesco com o leite cru, in natura. Ambos são brancos. Mas a semelhança para por aí. Em termos bioquímicos, enzimáticos e nutricionais, eles são completamente diferentes.

    A importância das enzimas presentes nos alimentos está começando a ser estudada só agora, pela ciência de ponta. A pasteurização do leite destrói as suas enzimas. Uma delas, a fostatase, é essencial para a absorção do cálcio. Agora, me responda: de que adianta o leite conter cálcio, se a sua absorção está prejudicada? Na prática, tudo se passa como se esse leite fosse pobre em cálcio! Você já reparou que a osteoporose está atacando pessoas cada vez mais jovens?

    Outra enzima presente no leite, a lipase, é útil para a absorção dos ácidos graxos (gorduras). Porém, é destruída pela pasteurização. A enzima galactase, importante para a digestão do açúcar do leite (que recebe o nome de galactose), é perdida. A catalase, peroxidase, diastase… todas as enzimas que facilitam e propiciam a utilização dos nutrientes desaparecem. Os próprios nutrientes do leite se alteram ou são destruídos com a pasteurização e o processamento industrial. Por exemplo: Você, que sempre acreditou nos benefícios do leite, rico em cálcio, aos dentes, precisa levar em conta que a destruição e alteração de outros de seus nutrientes, pelo processamento industrial, acaba causando um efeito radicalmente inesperado.

    O Dr. Ralph Steinman, professor emérito da faculdade de odontologia da Universidade Loma Linda na Califórnia, realizou num estudo científico em ratos, dividindo-os em 3 grupos: o primeiro, alimentado com ração normal, teve menos de uma cárie, em média, ao longo da vida. O segundo grupo recebeu uma alimentação recebeu numa dieta repleta de açúcar, e apresentou uma média de 5,6 cáries por rato, ao longo da vida. Mas o terceiro grupo foi alimentado com leite pasteurizado homogeneizado, e apresentou 9,4 cáries por rato, em média. A propósito, o processo de formação de cáries é idêntico em ratos e seres humanos. Se o leite industrializado faz isso com os dentes, imagine então os ossos!

    Agora, imagine as crianças, que além de leite industrializado, consomem avidamente chocolate, brigadeiro, leite condensado, bolacha, batata frita, macarrão e outras fontes de açúcar!!! O pior é que esse péssimo hábito é reforçado pelos pais, pela escola, pelos buffets infantis, pelos avós, enfim, por todo mundo! A saúde dos dentes reflete a saúde do organismo como um todo. Dentes ruins são sinal de saúde ruim. Hoje em dia, os cardiologistas já comprovaram que a aterosclerose e as cáries andam de mãos dadas. Ambos os processos fazem parte de um mesmo estado degenerativo. A única diferença é que as cáries aparecem primeiro.

    Você percebe?

    Não basta apenas o cálcio.

    O leite cru possui uma série de nutrientes, alguns dos quais ainda não foram nem sequer isolados e identificados pela ciência, mas cujos efeitos podem, sim, ser observados após a perda ou alteração desses nutrientes pelo processamento industrial. O leite contém um açúcar chamado lactose. Por sinal, em grandes quantidades. Se o leite for cru, essa lactose não possui o efeito destrutivo do açúcar comum (sacarose), pois é absorvido bem mais lentamente e, assim, não sobrecarrega o pâncreas na produção de quantidades excessivas de insulina.

    Por outro lado, se o leite for pasteurizado, a coisa muda: o aquecimento a altas temperaturas transforma a lactose em beta-lactose, que é um açúcar muito mais rapidamente absorvido pelo organismo, resultando em picos excessivos de insulina e sobrecarga do pâncreas. Quando essa insulina acaba de cumprir o papel de livrar o sangue do excesso de açúcar, ela permanece na circulação por mais um tempo, desta vez retirando açúcar necessário ao bom funcionamento do cérebro e do organismo. O organismo reage imediatamente a essa baixa anormal de açúcar, provocando uma sensação de fome. Fome por alguma coisa que reponha rapidamente esse açúcar, como por exemplo, um doce, ou quem sabe, mais leite. A coisa vira um ciclo, uma espiral, uma bola de neve. Um dos resultados é a obesidade, que por sinal, está se tornando uma epidemia.

    Outro resultado é a enxaqueca, depressão, ansiedade, crises de pânico e desequilíbrio hormonal (e suas conseqüências). O processo de homogeneização do leite consiste em filtrá-lo sob alta pressão, de modo a reduzir ao máximo o tamanho dos glóbulos de gordura que nele contém, de modo que o leite não separe, ou seja, não forme nata. Fique sempre homogêneo. Esses glóbulos de gordura possuem uma membrana externa, microscópica, constituída por uma certa proporção de proteínas e gorduras. Com a homogeneização, ocorre um aumento brutal na área de superfície desses glóbulos de gordura, a perda da estrutura original das membranas desses glóbulos e sua substituição por uma proporção bem maior de proteínas que no leite cru. Este fator pode ser um dos responsáveis pela tendência do leite industrializado a provocar alergias.

    As proteínas do leite, como a caseína, lactoalbumina e lactoglobulina, são estruturas químicas complexas que, quando aquecidas além de 46 graus, começam a sofrer um processo chamado desnaturação. Esse nome é ótimo, porque diz tudo. Com a pasteurização, Elas perdem (des) o seu estado natural (naturação) e se tornam substâncias estranhas ao organismo de quem as ingere. Quando entramos em contato com elas, nosso sistema imunológico as reconhece – em maior ou menor grau – como se fossem corpos estranhos! Quando é em maior grau, o indivíduo tem sorte, pois já sabe que, se tomar o leite do supermercado, sofrerá uma série de reações intensas (digestivas e outras). Quando esse reconhecimento é em menor grau, como no caso da maioria das pessoas, as reações não são visíveis, nem óbvias, mas acontecem. Um sistema imunológico voltado, ainda que em baixo grau, para uma reação inútil contra estruturas do leite de supermercado, está passando por uma sobrecarga desnecessária. E constante, naqueles indivíduos que fazem uso quotidiano desse leite. O sistema imunológico é quem comanda a regeneração e cura das doenças. Um sistema imunológico sobrecarregado não combina com nenhum tipo de melhora!

    Crianças e adultos, no meu consultório, com gripes e resfriados, infecções de ouvido freqüentes, dores de cabeça, enxaquecas… param o leite de supermercado, e em 3 meses, nunca mais querem ver esse leite pela frente, pois sentem-se melhor!

    Tente você também.

    E tem mais: essa reação do sistema imunológico, por menor que seja, é uma reação denominada inflamatória. Acompanhe o raciocínio: Qualquer dor, inclusive a dor de cabeça, compreende, entre outras coisas, no seu mecanismo, uma inflamação. Se você, além de sofrer de dores de cabeça, consome, sistematicamente, algum ingrediente que pode causar uma resposta inflamatória do corpo, estará criando um estado pró-inflamatório no seu organismo. Fica muito mais fácil ter dor!

    O leite de supermercado pode predispor a doenças auto-imunes, pois os anticorpos voltados contra as estruturas do leite podem, “sem querer”, reconhecer estruturas do nosso próprio corpo (articulações, pâncreas e outros órgãos e tecidos) como se fossem as estruturas do leite. Nessa hora, você começa a ser atacado pelos seus próprios anticorpos. São as assim chamadas doenças auto-imunes.

    Bebês que, nos primeiros 6 meses, se alimentam com leite pasteurizado em detrimento do materno, têm maior incidência de infecções respiratórias, diarréia, pneumonia, infecções de ouvidos, e outras doenças bacterianas e virais. Há até cientistas correlacionando a ingestão de leite pasteurizado no primeiro semestre de vida, com o aparecimento maior de doenças do sistema imune, por exemplo, diabetes, colite ulcerativa, doença celíaca e outras, em comparação aos não-consumidores de leite de vaca.

    Por que, então, consumimos leite pasteurizado?

    A resposta é simples: Propaganda, propaganda e propaganda.

    A última moda, agora, é o leite ultrapasteurizado. Dê uma olhada em muitas caixinhas de leite de supermercado, e você poderá ver as letras UHT impressas no rótulo. UHT nada mais é que a abreviatura de Ultra HighTemperature – temperatura ultra alta. Pelo que você já leu até aqui, já dá para entender que isso não é uma coisa nada boa. Pesquisadores da Universidade de Washington, em 1960, ficaram interessados em resultados de estudos mostrando uma incidência maior de infarto em portadores de úlcera do estômago, e levantaram a suspeita de que o leite pasteurizado, utilizado na época pelos pacientes para aliviar seus sintomas de queimação, pudesse estar exercendo um papel nesse processo. Fizeram, então, um estudo estatístico ligando o consumo do leite à incidência de infarto, e que foi publicado na revista Circulation, volume 21, página 438. O estudo comparou a incidência de ataques cardíacos em consumidores quotidianos de leite pasteurizado versus não consumidores.

    O resultado? Três vezes mais consumidores de leite tiveram ataques cardíacos, nos Estados Unidos. Na Inglaterra, seis vezes mais.

    Quem levou a culpa? A gordura do leite. E assim, desnataram o leite. O mundo inteiro passou a consumir leite desnatado e alimentos com baixos teores de gordura.

    Será que essa atitude levou a uma diminuição das doenças coronarianas? As estatísticas dizem que não.

    Atenção, leitora: apesar do que você lê ou ouve, saiba que qualquer recomendação para diminuir o consumo de gordura animal não possui fundamento científico. As gorduras animais são substâncias biológicas estáveis, não se oxidam facilmente, não dão origem a radicais livres facilmente e, sobretudo, contêm nutrientes fundamentais, essenciais, vitais para a sua saúde e da sua família. As crianças, em particular, necessitam de um ótimo suprimento de gordura animal de boa qualidade, a fim de garantir o seu perfeito desenvolvimento físico e neurológico.

    A que interesses atende o consumo de leite industrializado? Aos interesses de uma indústria multibilionária.

    A megaindústria investe bilhões para romancear o seu produto, associá-lo a bichinhos, a cenas da infância e musiquinhas, em propagandas espalhadas por todos os lugares, que absorvemos através dos nossos cinco sentidos, todos os dias, repetidas vezes. Uma verdadeira lavagem cerebral.

    E não descuidando de influenciar inteligentemente as áreas de conhecimento formadoras de opinião – nutrição e medicina – no sentido de convencer os profissionais dessas áreas (e assim, toda a população) de que o leite é a única fonte realmente boa de cálcio, e que sem o leite, o castigo será maligno, nossos ossos vão se desintegrar.

    Além disso, a grande mídia, a grande imprensa, se recusa a questionar os trabalhos que seguem os mandamentos ditatoriais da indústria multibilionária de alimentos. Pelo contrário, encoraja a todos que bebam bastante leite de vaca industrializado, e consumam seus derivados. Leite de soja também.

    Vamos supor que uma matéria é publicada numa revista de grande circulação e muito conhecida, falando bem sobre o leite, ou então algum novo remédio ou tratamento para dor de cabeça. Se nas próximas, 3 ou 4 edições não aparecer nenhuma contestação ou ressalva, isso significa, para todos os leitores, que a questão está fechada. O assunto está encerrado. Não há contestação. Pois caso houvesse, a revista publicaria, uma vez que a imprensa é livre. Mas veja bem: a imprensa também é livre para publicar ou não publicar, de modo que a revista, ou o jornal/rádio/TV, só vai publicar aquilo que estiver de acordo com os seus interesses. E os seus interesses coincidem com aqueles de seus anunciantes e patrocinadores, entre eles, quase sempre, a poderosa indústria de alimentos e de remédios. É claro que eles entrevistam médicos, nutricionistas, professores universitários e pessoas revestidas de autoridade em saúde. Eles entrevistam aquela parcela de profissionais que, honestamente, acredita que a natureza não foi capaz de criar alimentos suficientemente saudáveis, e que o homem pode melhorá-los através de processos industriais e engenharia genética. Eles entrevistam a parcela que acredita, honestamente, que as doenças nada mais são que um estado de deficiência de remédios.

    Toda essa filosofia foi criada por uma indústria visando um mercado multibilionário de alimentação e saúde. Os entrevistados típicos são profissionais altamente inteligentes, graduados e capacitados, que algum dia se envolveram em um trabalho científico de pesquisa que levou ao patrocínio de alguma indústria alimentícia e/ou farmacêutica, ou indiretamente, através de algum órgão governamental (no Brasil ou fora dele) controlado, financeiramente, pela indústria. Se alguma pesquisa destes cientistas apontar para um efeito negativo do remédio ou alimento em questão, este resultado é simplesmente omitido. Deixado de lado. E caso outro pesquisador qualquer tenha apontado para o mesmo problema, a solução típica é ignorar essa informação e, de quebra, o pesquisador. Assim, ninguém fica de consciência pesada.

    É claro que existem inúmeras pesquisas, patrocinadas pela indústria, sobre alimentos e remédios, realizadas por grandes cientistas, e todas estas pesquisas são de enorme importância – desde que seus resultados venham de encontro com os interesses maiores da indústria, e dêem a ela suporte de modo a evitar qualquer conflito de opiniões.

    Dica: Troque o Leite Pelo Iogurte

    Recebi uma pergunta, através do formulário que disponibilizo no meu site para esse propósito, de uma internauta de São José dos Campos (SP). Eis aqui a questão:

    - O site é bem organizado e muito esclarecedor para quem sofre de enxaqueca. Sofro deste mal, há muitos anos. Vi que o leite é um dos alimentos que é recomendado evitar, mas os seus derivados como o iogurte não. Por quê? Tudo que estava no leite está noiogurte, principalmente o caseiro. Entrei na menopausa (e a enxaqueca continua), mas não faço nenhum tipo de reposição hormonal, e acho o leite importante p/ evitar a osteoporose, sendo a fonte com grande quantidade de cálcio. É um dilema: tomar ou não tomar leite para evitar a enxaqueca.

    Esta pergunta é muito importante, e é com muita alegria que recebo esta oportunidade de tocar no assunto leite versus iogurte.

    O leite, em seu estado original (ou seja, recém-saído de uma vaquinha saudável, criada solta e não em confinamento, que não recebe hormônios e se alimenta não de ração mas sim de pasto – sem agrotóxicos – em suma, uma vaquinha feliz!), é um alimento muito saudável, denso em nutrientes importantíssimos, que nutriu nossos antepassados das mais variadas partes do planeta, em toda a sua jornada ao longo da História.

    Com o adensamento das cidades e a Revolução Industrial, a criação das vacas deixou de ser atributo de indivíduos que valorizavam os animais, passando a pessoas pagas para tal função, não necessariamente fazendo isso por vocação ou amor. As vacas se transformaram, de companheiras do homem, em fábricas de leite. O leite era ordenhado por pessoas mal-pagas, sem nenhuma noção de higiene. As vacas foram transferidas do campo para lotes de confinamento, e alimentadas com grãos cereais e uma série de alimentos inapropriados.

    As epidemias, nessa época, foram uma conseqüência natural. Tuberculose, brucelose, cólera e tantas outras, ceifaram muitas vidas.

    De repente, os cientistas da segunda metade do Século 19 descobriram os micróbios. Concluiu-se, com razão, que eram eles os responsáveis pelas doenças que causavam epidemias. Em seguida, descobriu-se que a fervura matava os micróbios. Nasce a pasteurização.

    Dentro desse contexto de falta absoluta de higiene, infecções, doenças, epidemias e alta mortalidade no Século 19, a pasteurização mudou drasticamente o cenário. Bastava submeter o leite sujo e contaminado a uma alta temperatura… e matavam-se os micróbios!

    Cuidados de higiene nos estábulos, na ordenha, nos funcionários, no armazenamento do leite? Para que?? A pasteurização mata tudo!

    De fato, mata. Inclusive o próprio leite.

    O que, naquela época, não se sabia, é que existem componentes do leite cuja estrutura química sofre modificações com a pasteurização. E essas modificações tornam tais componentes prejudiciais à nossa saúde, facilitando inclusive o surgimento de reações inflamatórias de toda espécie. E onde há inflamação, há dor.

    O mais sensato, face à potencial contaminação por micróbios nocivos, seria tirar o leite de vacas saudáveis, que se nutrem de capim e pasto (alimentos que a natureza lhes reservou para se manterem saudáveis); e comercializar esse leite como um produto altamente perecível. Isso é impossível numa mentalidade industrial cujo principal objetivo é o lucro, não a saúde. Afinal, o leite de verdade (não pasteurizado, portantocru) pode facilmente azedar ou coalhar – e como explicar isso para o consumidor?

    A propósito, leite cru azedo ou coalhado é tão ou mais saudável que a versão original. Essa transformação (na verdade, em uma forma de iogurte) é levada a cabo pelas bactérias benéficas que habitam o leite (lactobacilos vivos). Essas mesmas bactérias fazem um bem imenso ao nosso organismo e protegem o leite cru de contaminações por micróbios nocivos. Os lactobacilos, habitantes naturais do leite, morrem todos com a pasteurização, tornando-o vulnerável à contaminação pelo primeiro micróbio nocivo que aparecer. Esse sim é um produto perigoso!

    Se a estrutura química do leite é modificada pela pasteurização a ponto de se tornar estranha ao nosso sistema imunológico, a transformação desse leite – mesmo pasteuriz

  • cristiane diz: 8 de maio de 2013

    Na outra matéria que tem fala que não é culpa nem dos produtores nem da indústria…que quem acrescenta esses produtos são as transportadoras pra obter mais lucro…eles pegam o leite do produtor e no caminhão já está a mistura de produtos…ai levam pra indústria…claro que a indústria deveria testar e pecou nesse sentido também…enfim vamos aguardar o que vai acontecer…

  • João Luiz Vanzellotti Monteiro diz: 8 de maio de 2013

    Claro que não houve má-fé da indústria. Má fé implicaria SABER que o leite estava contaminado e assim mesmo utilizá-lo. O que houve foi “só” incompetência, desídia, negligência, descaso, irresponsabilidade e ganância. O mínimo que o consumidor pode fazer é não consumir mais tais marcas.

  • Jorge Köche diz: 8 de maio de 2013

    CRIME, este é o nome da ação promovida pelas empresas produtoras envolvidas, e como tal deve ser tratado. Quem toma um copo de vinho no jantar e dirige é tratado como criminoso. Quem adiciona produtos cancerigenos ao leite também o deve. Quem lucrou expondo a saúde da população devería perder o fruto desse enriquecimento e ainda pagar na forma da lei com sua prisão. Isso no entanto é para os promotores cuidarem, enquanto que nós, cidadões atingidos diariamente com situações parecidas temos que usar a única força que temos, que digasse de passagem é maior das forças, PARAR DE COMPRAR essas marcas. A alguns anos não compro NADA da marca Parmalat, desde que ela foi envolvida em escândalo semelhante. Já não consumia as marcas listadas na reportagem e sugiro o mesmo procedimento por parte da sociedade.

  • Roque Sérgio Wolf diz: 8 de maio de 2013

    Considerando que o governo tem “apenas 39 ministérios” surgiu mais uma oportunidade de criar o 40º Ministério, chamado Ministério do Leite, pois deve haver muitos políticos na fila para receber algum prêmio de consolação e ocupar este ministério. Abraços e boa sorte ao escolhido.

  • Mauro Pisoni diz: 8 de maio de 2013

    É verdade Antônio, acho que a justiça e a imprensa demoraram demais para a divulgação destas informações, pois o que foi produzido em outubro, novembro e dezembro, com certeza já foi consumido.
    Esta na hora de serem criadas regras mais rígidas para toda cadeia de produção de leite (produtor, transportador, beneficiador) e ainda MULTA PESADA NESTES CRETINOS.

  • joao batista diz: 8 de maio de 2013

    tenho duvidas! fiz reclamação por volta de 2 meses atrás a MUMU via 0800 sobre qualidade de leite envasado dia 04/01/2013 desnatado,pois alem de talhar ao ferver
    causava dores abdominais e vomito em minha filha de 6 anos inclusive ficou em observação no hospital por um dia,fizeram a troca do produto e não me deram retorno
    da causa.preciso de resposta urgente.

  • Gilmar diz: 8 de maio de 2013

    Leticia Maciel

    Leia a matéria antes de comentar (foi tu mesmo quem digitou isso): “Estão adicionando água de poço, não tratada, e ureia no leite que é transportado do produtor para postos de resfriamento, antes de chegar na indústria.” “mas afirma que deveriam fazer uma análise após o transporte do leite para identificar a substância adicionada.”

    Lamentável esta situação. Vão ter que fazer o que fizeram com mel, levar a vaca para ordenar numa certificadora (risos…)

  • eduardo menezes diz: 8 de maio de 2013

    Isso não é de agora na época que o governo administrava a CORLAC te consumidor que levou prá casa embalagem de leite com rato dentro.
    To fora a partir de hoje na minha casa não entra mais leite. Olhem nas fotos o galpão (espelunca) que recebe o leite para ser beneficiado.

  • ALVARO SARAIVA diz: 8 de maio de 2013

    Como sempre estava ouvindo o Macedo e constatei que estamos consumindo neste momento o Italac peguei uma das caixinhas e fui examinar o numero do Lote, não consta na relação indicada, mas, quem garante que outros lotes não estão contaminados ? Como sempre o povo que não tem proteção alguma dos poderes publicos pode pagar até com a própria vida o descaso dos orgãos responsáveis por esta proteção e a ganacia de gente que não merece ser considerada como humanos.
    Mas o pior de tudo isto, é que temos gente no Comgresso que ganha muito dinheiro pago pelos nossos volumosos impostos e estão altamente empenhados em afastar os MP´s das investigações criminosas, imaginem se dependesse-mos só das policias (atuais) para cuidar de casos como este.

  • Pauline Dias diz: 8 de maio de 2013

    O que podemos pensar, além de nunca mais consumir estas marcas? Mesmo que o fabricante não tenha culpa direta, também não há grande interesse por parte deles para manter a qualidade até o final do processo!
    Tenho uma filha de três anos e consumimos todas as marcas acima citadas! Eles serão presos por quanto tempo? Vão continuar com suas empresas abertas?
    É uma pouca vergonha o que acontece!

  • Altemir da Silveira diz: 8 de maio de 2013

    Bastaria análisar no ato de recebimento dos produtos na indústria que não estaríamos consumindo produtos contaminados. Além de legislação específica, pelo visto falta fiscalização. Nosso País nunca será considerado uma Nação séria enquanto a impunidade persistir e a “burrocracia” imperar. Imaginem o impacto no exterior desse fato no Rio Grande do Sul.

  • Veridiana Machado diz: 8 de maio de 2013

    Bom dia!!!! Tenho um filho de 4 anos que toma leite todos os dias, come queijo, consome iogurte… Quem diz que não estão todos os derivados do leite também comprometidos????? Compro o leite bom gosto, dentre outros… A quanto tempo isto vem acontecendo????? Isso é crime.. O Brasil já é uma bandalheira só, e agora para ajudar um pouco mais, esse absurdo.

  • silvana diz: 8 de maio de 2013

    bom dia,
    sou de Triunfo, e estou usando o lote 175 lactivida gostaria de saber se este esta contaminado?

  • Aline Garcia Fonseca diz: 8 de maio de 2013

    Em minha casa temos 2 caixas do latvida que batem com as informações listadas. Eu e meu esposo sentimos nos últimos dias cólica, azia e problemas intestinais. Já consumimos uma caixa das contaminadas, vimos hoje pela manhã a reportagem.

  • Joice diz: 8 de maio de 2013

    Concordo plenamente com o Carlos, essa gente, (não isso não é gente) esses ordinários tem que ir pra cadeia, tomar seu leite no minimo três vez por dia, e principalmente devolver todo o dinheiro que ganharam as custas da saúde e vida das pessoas, mas para isso nós temos que exigir dos nobres deputados, e agora é o momento antes das eleições, que é preciso urgentemente uma reforma na nossa Legislação, maioridade aos 16 anos, bandido , estuprador, prisão perpétua, corruptos devolver todo o dinheiro roubado com juros e correção como nós temos que pagar quando pagamos impostos em atraso, acredito que pra essa gente o castigo maior q prisão é tirar do bolso deles a grana suja que ganharam, isso seria o começo, muitas mudanças ainda seriam necessário. CHEGA DE IMPUNIDADE!!!!

  • rosana silva diz: 8 de maio de 2013

    Eu pergunto aonde entra a fiscalização do ministério da agricultura? o carimbo, que nos dá garantia que foi inspecionado? Como vamos saber que o que consumimos não é prejudicial à saúde? É por isso que os hospital estão cheios de pessoas doentes que não sabem nem explicar pro médico o que estão sentindo e a saúde fica ao relento e o povo sofrendo por causa da DONA GANÂNCIA isso é um absurdo. Por favor órgãos competentes façam sua parte FISCALIZEM.

  • Heitor Petersen da Silva diz: 8 de maio de 2013

    Felizmente temos no Brasil os que trabalham,fiscalizam, denunciam, prendem, julgam, divulgam. Mas nos faltam legisladores mais operantes para criarem leis mais rígidas que punam os infratores com mais rigor, seja la quem forem.
    Na impunidade está o mal do Brasil.

  • Décio M. Santos diz: 8 de maio de 2013

    O nosso maravilhoso congresso, ainda quer tirar o poder e investigação do MP, imaginem como ficaria as falcatruas nesse BRASIL afora sem leis, onde nao se cumpre nada, nao da cadeia para quem tem dinheiro. E o povo sofrido e que paga a conta. CADEIA NELES TODOS, SEM PIEDADE.

  • Alex diz: 8 de maio de 2013

    Culpados não são os que fazem isso, culpados são essas empresas que recebem o leite e não fazem nenhuma análise para saber o que estão recebendo se é leite ou bosta. As autoridades também são culpadas por não fiscalizar essa merda, a gente paga imposto e aconteçe isso, pagamos impostos para corruptos ficarem sentados e dando risada. Aliás, somos corruptos também, pq se uma pessoa faz isso para ganhar lucro é corrupto, é tudo merda da mesma lata. Cambada de vagabundo! Agora deveriam pegar os filhos de cada um que adicionava isso e fazer uma injeção de uréia e água de poço na veia deles. Olho por olho, dente por dente!

  • João Tchê! diz: 8 de maio de 2013

    Diante de tudo que tenho visto em nosso estado, estou perdendo o orgulho de ser Gaúcho. :/

  • Marcia Andrea Reis diz: 8 de maio de 2013

    Aqui em casa ,não tem como saber se bebemos ou não o leite destes lotes ,pois são três crianças e dois adultos e nos consumimos quatro litros de leite por dia,não tem como saber se tomamos ou não estes lotes pois aqui em casa tomamos estas marcas todas.

  • Clóvis diz: 8 de maio de 2013

    Como esses caras conseguem dormir à noite ! Perco a tolerância com essas coisas.
    Cambada…

  • Aldo diz: 8 de maio de 2013

    A estas alturas ninguém mais quer saber quais os lotes que estão contaminados, se é que são só estes.De minha parte já descartei os produtos da mu-mu que eu tinha em casa e não compro mais nenhum produto destas marcas, pois já se mostraram negligentes com o controle de qualidade, correndo-se, portanto, o risco de que outros produtos das ditas marcas também apresentem contaminações atual ou futuramente.

  • nilo puentes diz: 8 de maio de 2013

    Ta e agora o que eu faco com os 50 litros que ainda tenho em casa, uma vez que eu compro pro mes inteiro.???? Se estivessemos num pais serio os responsaveis ja estariam na cadeia e teriam pago uma multa milionaria ao estado e as pessoas. Como sempre nenhum orgao do governo vai abracar a causa. Infelizmente…

  • angela diz: 8 de maio de 2013

    a minha filha toma o italac , e ela está com infeccção intestinal será que é do leite? Gostaria q voces olhassem o lote do leite se é contaminado L 134D M4 Data de fabricação: 28/ABR/13

  • Jandir diz: 8 de maio de 2013

    Acabo de comprar (no fim de semana passado), uma caixa (12 litros) de leite ITALAC INTEGRAL, Fabricação 04/MAI/13-Validade 04/SET/13. no espaço Lote: NÃO CONSTA NADA, mas ao lado tem mais estas inscrições: PF 19 M6 L18E, acredito que o L18E refira-se ao Lote… mas mesmo assim, apesar da data da fabricação constar como Maio, e, se outras do final de 2012 e início de 2013, ja foram relacionadas como contaminadas, quem me garante que esta daí tambem não esta com contaminação?? Ainda mais com a terrível realidade que estamos no BRASIL, governados , fiscalizados e servidos por BRASILEIROS desta estirpe que fazem UMA BARBARIDADE DESTAS, sem medirem as consequências, visando somente seus lucros particulares, e, sabendo, a exemplo do próprio GOVERNO PRINCIPAL (Brasileiro), que a IMPUNIDADE É TOTAL… Cada vez mais, com a garganta embargada de sentimentos (pois eu sempre amei o pais que foi meu berço de existência) (já tenho 71 anos de vida)..Hoje, TENHO VERGONHA DE SER BRASILEIRO!

  • Indianara diz: 8 de maio de 2013

    Gostaria de saber que tipo de pessoa comete um crime dessa dimensão mesmo sabendo dos riscos que causará aos consumidores, sabendo que crianças consomem leite, como por exemplo meu filho de 3 anos que toma aproximadamente 1 litro por dia!! Me indigna ver do que as pessoas são capazes por dinheiro, pela ganância. Isso não pode ficar impune. CADEIA PARA TODOS, E COM DIREITO A MUITO LEITE ADULTERADO NAS REFEIÇÕES.

  • Roberto Cabrera diz: 8 de maio de 2013

    Fui criado com o famoso leite diretamente do leiteiro q entregava na porta da casa, e a unidade sanitária proibio esse procedimento, e agora o q irão fazer fechar a fabrica,vou voltar a procurar o vamoso leitero. o risco é menor de envenenamento.

  • Eliseu diz: 8 de maio de 2013

    Pessoal,

    Sou atuante no campo pecuária leiteira e gostaria de compartilhar o que ocorre na prática:

    - Infelizmente muitos consumidores compram leite no super em razão de preço: pesquise indices como CEPEA e veja quais são os preços praticados ao produtor. Gente, não tem como fazer milagre, os valores são muito próximos. Milagre só com fraude!!!!
    - Quem frauda faz escala, vende barato e como consequência, TEM $!
    - Quem tem $, compra mais nos produtores:
    - Produtores obviamente vendem p quem paga mais…
    - A legislação para fiscalização é muito antiga (1969), não faz parte na rotina de entrada na industria a pesquisa destas substâncias, dependemos de fiscalização por rastreamento no produto final, no mercado como é o caso!!!
    RESUMINDO: TODA CADEIA TEM PARTICIPAÇÃO (DIRETA OU INDIRETA). O produtor que vende seu produto para estas empresas, não deve vender. Ele está dando tiro no pé, agora quanto leite não será vendido??? Como ficarão os estoques???? Como será o preço pago????
    Consumidores, abram o olho com preços atraentes, não significa que p ser bom precisa ser caro. Pesquise sobre o produto que consome.
    Nossa legislação necessita de reformas com extrema urgência.
    PARABÉNS AO MP E IMPRENSA!
    TENHAMOS CERTEZA, NEM TODAS AS FRAUDES FORAM DESCOBERTAS OU DIVULGADAS, TEM MUITO AINDA POR FAZER!

  • Raul Ferreira diz: 8 de maio de 2013

    Ótimo trabalho da RBS, infelizmente nossos órgãos fiscalizadores não estão funcionando,nunca funcionaram, o que vale para eles é a corrupção, dinheiro (nem todos) … acredito que a RBS teve a inciativa própria em verificar e informar, logo que tomou conhecimento do caso, por alguém que estava sabendo desta barbária que está sendo feita não só contra a população gaúcha, mas também para outros estados. Creio que as empresas de lacticínios devem ter um profissional químico responsável pela análise do leite quando do recebimento na indústria; antes da pasteurização,… logo são responsáveis pela qualidade do produto. Lembram da indústria DEAL – DPTO ESTADUAL DE ABASTECIMENTO DE LEITE e posteriormente CORLAC – COMPANHIA RIOGRANDENSE DE LATICINIOS E CORRELATOS????,…ESTA EMPRESA NÃO DEIXAVA DESCARREGAR UM LITRO DE LEITE INATURA, SEM QUE UMA AMOSTRA FOSSE ANALISADA E CONSTATADA A ÓTIMA QUALIDADE DO LEITE, CASO CONTRARIO O CAMINHÃO QUE TRANSPORTAVA O LEITE CONTAMINADO OU COM EXCESSO DE ÁGUA, NÃO DESCARREGAVA . Mas quando os políticos descobriram o filão de dinheiro que era a empresa, logo tomaram conta e então começou a decadência, e de orgão controlador, passou a ser exemplo de má administração. Quando era administrada por militar, chegou a comprar uma área de terra onde seria construida a cidade do leite em Cachoeirinha, seria a maior e mais moderna da américa, mas outra vez os políticos acabaram vendendo tudo e a empresa ainda está devendo. O processo está em andamento. O político que deveria fazer funcionar e supervisionar a fiscalização dos orgãos competentes, simplesmente se preocupam com suas vidas particulares, saber quanto vai conseguir ganhar aprovando um determinado projeto, o que escuto é o seguinte: por traz de cada político existe uma ou mais empresas brasilieiras e multinacionais pagando valores que já consideram salário, para que sejam aprovadas emendas e projetos de interesses destas empresas.
    Enquanto tivermos políticos corrúptos e inescrupulosos (SEM PRINCÍPIO MORAL), nós continuaremos ficando sujeitos a situações ainda mais graves, pois não sabemos o que vem pela frente. Esperamos que nossos governantes pelo menos tomem um providência, agora imedita,… depois que a RBS, através de sua mídia colocou a população em alerta. E agora senhores governantes, quem vai fazer acompanhamento de cada criança ou de cada adulto que ingeriu este leite contaminado??? o SUS???
    Será que ainda é possível reverter esta situação???
    Esperamos.
    A RBS NÃO É UM ÓRGÃO PÚBLICO FISCALIZADOR. ESTÁ FAZENDO UM ÓTIMO TRABALHO DE BUSCA E INFORMARÇÕES E DEIXANDO A POPULAÇÃO BEM INFORMADA, MAS QUEM DEVERIA ESTAR FISCALIZANDO E MOSTRANDO TRABALHO AOS SEUS ELEITORES, SÃO OS POLÍTICOS RESPONSAVEIS POR CADA ÁREA.

  • Michele Moura diz: 8 de maio de 2013

    Quando vejo uma matéria assim, fico satisfeita com a imprensa! Esse é o seu papel: informar o povo do que realmente precisa saber!! Isso é fazer notícia!!!
    Sobre o assunto: há alguns meses atrás, ao abrir um saquinho de leite integral da PAVLAT (do qual eu havia comprado uma caixa fechada, ou seja, oito unidades) o leite estava todo talhado. Coloquei fora e abri outro saquinho: mesma coisa! Ao abrir o terceiro e ver que também estava estragado, fiz algumas fotos pra comprovar, contatei a empresa pelo e-mail e pelo site informado na embalagem, mas nada me foi respondido…
    Já tinha até esquecido desse episódio, mas agora a matéria me fez relembrar. Às vezes, somos vencidos pelo cansaço, pois a demora nos faz esquecer das coisas, mas isso não pode acontecer!! Vou adicioná-los ao RECLAME AQUI. E acioná-los junto à justiça. Coisas desse tipo não podem acontecer sem que tomemos providências! São principalmente crianças e velhinhos que tomam uma maior quantidade de leite!
    Extremamente LAMENTÁVEL!

  • Alisson diz: 8 de maio de 2013

    Querem ainda tirar o poder do mp com apec 33, vergonha.
    E as empresas mencionadas, mumu e bom gosto, não fiscalizaram o leite caramba…o consumidor que se lasque….por mim irão falir….vergonha, descaso.
    Agora irão colocar a culpa nas vacas, ninguém sabia de nada…

  • Sidney turazzi diz: 8 de maio de 2013

    POVO BRASILEIRO- TU TENS O PODER DE MUDAR.
    2014- DE UM NÃO BEM GRANDE PRA ESTES PARTIDOS, QUE AI ESTÃO
    VOTE CONTRA ESSA DILMA QUE NÃO FAZ NADA PELO POVO

  • André Vargas diz: 8 de maio de 2013

    Informando somente 4 marcas, quais são as outras ou os lotes são somente dessas Marcas: BOM GOSTO, MUMU, LEITE ITALAC, LEITE LATVIDA.

  • Jair Ribeiro diz: 8 de maio de 2013

    DE NOVO A BOM GOSTO, JÁ ESTEVE ENVOLVIDA EM FRAUDE NO PASSADO, TEM QUE PRENDER O DONO DESSA EMPRESA…

  • edenir silva diz: 8 de maio de 2013

    Tenho vernonha de ser brasileiro. Até se eu fosse paraguaio seria melhor

  • Antonio diz: 8 de maio de 2013

    Moro em Curitiba e consumi junto com meus familiares, inclusive crianças, estes venenos. Acho que as industrias envolvidas tambem são responsaveis. Não fazem analise quimica dos produtos que vendem? NUNCA mais vou consumir estas marcas e acho que deveriam ser fechadas. Sempre pensei que produtos vindos do RS eram confiáveis, e agora??? Parabens e obrigado a toda imprensa que alertou a população.

  • VANDERLEI diz: 8 de maio de 2013

    BHA ESTOU APAVORADO EU E MINHA MULHER SEMPRE TOMAMOS ESTES LEITE AI BOM GOSTO PAVLAT LATVIDA MINHA MULHER PERDEU FILHO DE 3 MES SERA QUE NÃO FOI DE TOMAR ESTES LEITE CONTAMINDO? QUEM ME GARANTE QUE NÃO.DEPOIS QUE TOMO CAFE ME DA AZIA QUE PORCARIA.

  • Cris diz: 8 de maio de 2013

    !!!!Muito interessante o comentário com o texto do Dr. Feldman!!!!!
    Há anos fala-se, e provou-se cientificamente, que o leite de vaca não é alimento para humanos (a intolerância a lactose e diarreia em crianças são uma prova disso, por ex.). Isso sem considerar todo processamento de desnaturalização citado pelo Dr. Fui criada com leite de leiteiro, daquele que entregava as garrafas de leite fresco na porta de casa, e bebi muito leite de cabra inclusive. Nunca bebia leite industrializado, até porque me fazia mal, e tenho doença autoimune; e não bebo leite há anos. Concordo com Dr. Feldman, mas será que o leite natural por si só já não causaria este tipo de doença? Claro que muitas outras coisas podem desencadear uma doença autoimune (como a vacina da rubéola, por ex.) e talvez tudo isso seja bobagem. Mas um coisa é certo: nossos antepassados tão saudáveis(como explica o Dr.), não bebiam tanto leite e não consumiam tantos derivados como ocorre hoje; não existia brigadeiro, doce de leite, leite condensado, e tantos outros alimentos com leite. Mesmo não bebendo o leite em si, hoje se consume um exagero em derivados do leite (puros ou em receitas e produtos de padaria); e se provou-se que o leite não é um alimento adequado ao ser humano então dá pra imaginar o estrago.

  • Homer diz: 8 de maio de 2013

    Depois de ler aquele extenso e excelente artigo parei de beber leite, agora só vinho e cerveja!

  • Evandro Cardoso diz: 8 de maio de 2013

    Muita coisa já foi dita a respeito, mas quero acrescentar algo mais. Sabendo-se os lotes e as marcas desse produto podre, podemos em casa identificar se o que compramos está dentro desses lotes, mas e o leite que já consumimos? Como fica? E o leite que consumimos fora, em padarias, cafés, hotéis, etc.? E o mais grave, o leite consumido em escolas, por crianças inocentes? Chego a uma conclusão : esse mundo está perdido. Essa é só mais uma das falcatruas e não será a última, acredito que aparecerão outras piores ainda. Onde vamos parar? Estamos nos destruindo por dinheiro. Emfim………………mas nada a dizer.

  • gesner sampaio diz: 8 de maio de 2013

    Parabéns e ainda querem tirar o poder do MP, daí sim é só o que falta mesmo, estamos com vcs……

  • Rafael diz: 8 de maio de 2013

    E os alimentos transgênicos? Estes podem, não é? Se formol , pode ocasionar câncer, então, alimentos geneticamente modificados podem ocasionar câncer³³³³! Há, mas estes o furo é mais embaixo, não conseguem nem rotular, quiçá proibir!! Hipócritas!!!

  • Henrique diz: 8 de maio de 2013

    Bah, faz uns 4 anos que parei de consumir leite porque eu tinha impressão de que me fazia mal.

  • Palo Ricardo Santos Lima diz: 8 de maio de 2013

    Como posso ser ressarcido pois, ainda tenho 9 caixas de leite LATVIDA cujo os quais constam com o lote contaminado.

  • Eliane diz: 8 de maio de 2013

    Estou chocada, na minha casa compramos de 4 a 5 caixas de 12 todo mês, e o que mais uso é o MUMU e Bom Gosto, precisamos saber o que fazer, minha filha tem se queixado de dor de barriga ultimamente, não dou bola pq criança sempre inventa uma dor…o que fazemos agora.
    Achamos que dando um leite nossos filhos vão estar bem alimentados….
    O que vamos pensar daqui para frente antes de dar um leite para nossos filhos!!!!

  • clara diz: 8 de maio de 2013

    São só estas marcas de leite que foram adulteradas? à pouco tempo comprei uma outra marca e parei de consumir pois em algumas caixas do leite o gosto era de sabão. Alguém já comeu sabão? nem eu, mas não era gosto de leite! Posso até dizer o nome da marca! Não é uma marca muito conhecida, estava em promoção no Zaffari por R$ 1,79 no mes de abril, Querem saber?

  • Anderson diz: 8 de maio de 2013

    A/C rosane da fontoura duhr
    e pior que os envolvidos tem filhos rosane
    em uma das gravações um dos envolvidos falou para outro: “antes de misturar a uréia, separa uns 10 litros pra mim levar pra casa pro meu filho..”
    cada vez mais a população sente a sensação de impotencia.. impunidade… onde vai parar este país?

  • Marcelo Luis diz: 8 de maio de 2013

    Brasil…sil sil sil!! Cada dia eu tenho mais orgulho do meu país e do povo. Nossa, a competência no Brasil é exemplo para o mundo. Ironias a parte… sem comentários.

  • Patricia diz: 8 de maio de 2013

    No Brasil só da Cadeia não pagar pensão alimentícia. Pode matar, roubar, colocar fogo nas pessoas, adulterar leite etc… Afinal a Policia prende e a justiça solta.

  • Salete diz: 8 de maio de 2013

    Bom dia tenho um filho de 4 anos ele sempre toma esse leite latvida e no mês passado comprei 5 caixas de leite um total de 60 litros de leite latvida cispoa 36/661,ele ja tomou 31 litros,sobraram 29 litros de leite na minha casa,como eu posso saber se os outros meses q ele tomou esse leite já não estavam contaminados,gostaria de saber se tem algum exame ou alguma medicação q meu filho possa tomar,como proceder com os 29 litros de leites q tenho em casa.
    Estou desesperada.
    Por favou me respondam.

  • Anderson diz: 8 de maio de 2013

    Essa é apenas a ponte de um grande iceberg, o que no Brasil é sempre comum tudo ser adulterado.

  • Adriana diz: 8 de maio de 2013

    Lendo essa matéria, deixo aqui minha pergunta, onde fica a responsabilidade da indústria, que recebe um produto e não atesta a qualidade do mesmo antes de processá-lo e distribuí-lo para venda? Quem se resposabilizará pelo danos que isso trará no futuro para tantas pessoas? Nesse momento penso na primeira frase que meu filho de 04 anos diz ao acordar: “mamãe, meu mámá”, e me dói a alma de sequer cogitar que ele tenha tomado algo que proderá trazer danos a sua saúde. O poder público e o consumidor precisam exigir mais rigor, mais resposabilidade, daqueles que ganham milhões vendendo produtos alimentícios. Enquanto a nossa legislação continuar essa piada, nas mais diversas esferas a população continuará sendo a grande vítima . Perdemos sempre, pagamos a mais alta taxa de impostos do mundo e recebemos o pior serviço possivel, na saúde, na segurança, na educação.

  • Arlei diz: 8 de maio de 2013

    Olha só, o povo em geral tem costume de priorizar o preço á qualidade, na carne por exemplo, preferem comprar uma carne barata, muitas vezes sem origem e com a qualidade baixíssima, do que comprar uma carne boa, macia, saudável, inspecionada e com procedência.
    Por isso de nada adianta criar normas mais rígidas, elas já existem, agora perguntem qual a disponibilidade de fiscalização das mesmas.

  • miguel diz: 8 de maio de 2013

    Sou usuário destas marcas a algum tempo. Isso é uma atrocidade contra os consumidores, VERGONHA PARA O BRASIL, PAIS DE TOLOS, punição já para todos os envolvidos e aposto que tem o poder público envolvido, quero ver se esses também seram punidos, ATENÇÃO: vamos boicotar essas marcas!!!

  • denise diz: 8 de maio de 2013

    socorro!!!!!!!

  • clelia ferreira diz: 8 de maio de 2013

    Filha, esta é pra termos vergonha das pessoas que fabricam nossos alimentos, aos poucos estão nos matando e o povo bem tranquilo.
    Clelia

  • Alisson diz: 8 de maio de 2013

    Peço que deixem mais claro na reportagem que a marca LIDER, da Bom Gosto, também está adulterada. Lendo rápido não dá para reparar nisso, parece que somente é somente a Bom Gosto. Só fui reparar em reportagem de outro site.
    Abraços.

  • clelia ferreira diz: 8 de maio de 2013

    Não quero mais tomar LEITE.

  • GIOVANNI ROBSON URTASSUM diz: 8 de maio de 2013

    SOLICITO, ASSIM COMO AS DEMAIS PESSOAS QUE UTILIZAM O LEITE LATVIDA, DESNATADO, SEMI OU INTEGRAL, QUE INFORMEM OS NÚMEROS DOS LOTES E DATA DE FABRICAÇÃO, POIS POIS OS TAIS REGISTROS MENCIONADOS NA MATERIA ACIMA, NÃO CONSTA, NAS CAIXINHAS DOS LEITES, SOMENTE OS LOTES E DATA DE FABRICAÇÃO E VALIDADE. PEÇO QUE INFORMEM O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL .

  • Daison Barboza diz: 8 de maio de 2013

    Quem garante que os lotes próximos a estes não estão contaminados,e a quanto tempo isso já vem ocorrendo????????

  • Cláudio,um cidadão gaúcho reconhecido ao MP do RS! diz: 8 de maio de 2013

    Recomendo que a “dieta alimentar” para esses BANDIDOS F.D.P. quando já estiverem na cadeia, que é o lugar deles, seja feita somente com FORMOL e URÉIA, devidamente enfiados goela abaixo!!!
    A propósito, ainda existem lotes dos últimos meses de 2012 e do início de 2013 escondidos para comercialização, nos mercadinhos da vida, aos consumidores vítimas inocentes deste crime, ou todos foram REALMENTE apreendidos e recolhidos?
    Que coisa mais nojenta e doida!
    Parabéns ao promotor ALCINDO e sua equipe!
    AGORA SIM (mudei de opinião HOJE, porque este fato é impactante, é terrível e o ministério público estadual foi fantástico, independente, não corporativo e especialmente cioso como protetor da população refém -por desinformada- em sua atuação!). Toda a FORÇA ao PODER INVESTIGATIVO do MP do RS e do BRASIL!!!
    Me convenceram pela firmeza e pró-atividade.

  • Roberto Campani leandro diz: 8 de maio de 2013

    Favor não me enviarem mais cópias para o meu e-mail comentarios , pois já fiz o meu e coloquei erroneamente em baixo que gostaria de receber cópia dos comentarios de outros, mas por favor cancelem pois o meu PC esta cheio de menssagens de comentarios desta matéria, agradeço

  • Valdir Santos diz: 8 de maio de 2013

    Isto é caso de saúde pública. Estes produtores que participam desta fraude e esta quadrilha envolvida tem que pagar perante a justiça. Sera que por serem primários vão se safar? E as milhares de pessoas contaminadas, com probabilidades de contrair câncer como ficarão? A quem recorrerão? Aos advogados que defenderão estes crápulas? Aos Juízes que,baseados nas leis BURRAS criadas por políticos incompetentes,com certeza absolverão estes bandidos? A QUEM RECORRERÃO? Ta na hora do povo começar a se movimentar começar a botar a boca no “TROMBONE”. Tem muita coisa errada neste Brasil.

  • CMB, consumidor indignado! diz: 8 de maio de 2013

    ALÔ, GOVERNADOR TARSO GENRO:
    ONDE FICOU E COMO ESTÁ A ATUAÇÃO “PREVENTIVA E FISCALIZADORA” DA SECRETARIA DE SAÚDE DO RS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    A POPULAÇÃO GAÚCHA FICOU REFÉM DOS BANDIDOS E CONSUMINDO LEITE ENVENENADO DURANTE MESES!
    CRUZES!
    PARABÉNS ao MP do RS.

  • isabel lima dos santos oliveira diz: 8 de maio de 2013

    Não compro mais nada destas marcas. Termos que ter o cuidado de observar qual novo nome eles se registrarão para continuar no mercado.
    Vamos também ter mais cuidado com nossos votos, para que tenhamos representantes sérios e compromissado com o povo, para numa situação como esta, termos a quem recorrer.

  • Rafael Severo Moreira diz: 8 de maio de 2013

    Graças a Deus que beber uma vez lá que outra não provoque câncer. Estou tão nervoso que vou fumar um cigarro. rsrsrs

    O Ministério da Saúda adverte: “O CIGARRO CAUSA CÂNCER DE TODOS OS TIPOS”.
    consumidor… “Ahhhh azar, se eu quiser eu FUMO MESMO, azar o câncer!”

    Clicrbs: “Alguns lotes de leite estão vindo com substâncias que podem causar câncer, mas só quando ingeridos freqüêntemente”
    Consumidor… “MEU DEUSSSSS ONDE VAMOS PARAR!!!! VAMOS TODOS TER CANCÊR!!! AHHHHHHHHHHH NAHHHHHHHHH MINHA FAMÍLIAAA”.

    KKKK

  • Valdir Santos diz: 8 de maio de 2013

    VAI UMA DICA: A partir destes problemas e daqui para a frente, BOICOTE total a estas marcas de leite. Vamos apagar da lista estas Empresas safadas que não pensam na saúde e bem estar do povo em detrimento do lucro, do crescimento a qualquer custo. E o povo gaúcho que tem fama de politizado,povo aguerrido que “vai pra cima do problema” a qualquer preço? Ta na hora de mostrar a nossa força,nosso poder de decisão.

  • Maria Regina diz: 8 de maio de 2013

    Parabenizo a promotoria e a matéria.
    Mas por favor algum jornalista tenha a coragem de perguntar ao promotor quando que começarão a prender com o mesmo rigor quem vende alimento contaminado de glúten informando não conter glúten. O glúten é literalmente um veneno para quem é celíaco, e celíacos são 1% da população gaúcha que não está beneficiada por esta proteção, pelo contrário, é uma população abandonada e que enfrenta dificuldades seríssimas no acesso diário ao seu direito de uma alimentação saudável, sem veneno.

  • franco soares diz: 8 de maio de 2013

    Quando O “leiteiro” entrega o leite em casa vindo de carroça era melhor, e o máximo que poderia ter é um “desdobramento” com água e ai proibiram este tipo de entrega, agora lamentavelmente tomamos uréia. Brasil, cada vez pior.

  • josé luiz kauer diz: 8 de maio de 2013

    já devo ter tomado esse veneno, pois sou um consumidor de leite sempre, e já tomei de todas essas marcas, eu e minha familia, como vou saber se tenho algo causado por essa barbaridade?, tem algum sintoma específico? é como disseram acima, esses caras alem de irem p cadeia, tem que ser alimentados só com esse leite, cretinos!!

  • Valdir Santos diz: 8 de maio de 2013

    Tem alguns comentários totalmente sem noção aí em cima como: dar um não a esta Dilma que n~faz nda pelo povo. Quero dizer a este “sem noção” que este é um problema local que esta acontecendo no Rio Grande do Sul, não é um problema nacional. A que ter paciência com certas pessoas mal informadas.

  • nelson loreto barcellos diz: 8 de maio de 2013

    Senhores, não devemos radicalizar, os culpados são os que recolhem dos produtores e levam para os embaladores, portanto a culpa não é dos produtores e nem dos embaladores, tem culpa a fiscalização federal que não examina o conteúdo quando chega nas fabricas.

  • Paulo Gaspar diz: 8 de maio de 2013

    até aqui em Joinville é vendido estas marcas no big….que vergonha para nós gauchos q moramos aqui saber que prativam estas falcatruas ai….estes vagabundo devem ficar um ano na cadeia pelo menos!!!

  • jorge diz: 8 de maio de 2013

    Por isso não me desfaço na Nica e da Gorda.. minhas duas vaquinhas leiteira…alem de me dar um leite de 1ª ainda me faz compania… e um chamego..que cosa bem boa

  • ito Ayata diz: 8 de maio de 2013

    Um comentário bem rápido:Procurem fazer seus próprios alimentos!Sei que é muito difícil nos dias de hoje,mas a todo momento,aparece alguma notícia sobre irregularidades nos alimentos industrializados!Imaginem o que não andamos comendo!Infelizmente,só é visado o lucro a qualquer preço por empresas fabricantes de alimentos!Esta é a realidade de nossos dias!

  • Silvia diz: 8 de maio de 2013

    Me admira a MUMU fazer isso com os gauchos!!
    Juntem os boletins medicos e processo neles!

  • Carmem Vidal diz: 8 de maio de 2013

    E ainda estão tentando tirar do Ministério Público o poder de investigação…. a policia vai ter condições, efetivo, etc… p/prestar esse serviço à população????

  • Soraya Lunardelli diz: 8 de maio de 2013

    Vamos aproveitar este momento para fazer uma opção saudável, nutritiva e sem crueldade para os animais, isto é, os leites vegetais, saborosos, que fazemos rapidamente em casa. http://www.cantinhovegetariano.com.br/2007/05/leites-vegetais.html

  • Paulo Dos Santos diz: 8 de maio de 2013

    TENHO O LEITE BOM GOSTO UHT INTEGRAL DO LOTE TAP 1 SZ GOSTARIA DE SABER SI ESTE LOTE ESTA ENTRE OS CONDENADOS OBRIGADO.

  • Márcia pereira diz: 8 de maio de 2013

    OI gostaria de saber se foi investigado o PAVLAT de saquinho pois ele é um leite bem mais barato nos supermercado aqui em Charqueadas. por favor espero resposta.

  • mario diz: 8 de maio de 2013

    coloca esses “caras” na parede e fuzila!!!!
    mas como estamos nos Brasil, eles ainda vão comer “PIZZA”
    e rirem dos “Troxas” (nós)!

  • Márcia pereira diz: 8 de maio de 2013

    Oi tenho o leite PAVLAT que é mais barato aqui na região carbonifera de charqueadas esse leite foi pesquizado também?

  • cleusa figueiredo diz: 8 de maio de 2013

    eu comprei recentemente 24 caixas de leite, como faço para trocar essas caixas ? é possivel? não quero mais consumir essa marca de leite ITALAC, não tenho mais confiança de dar para meus filhos e quero trocar, por favor me digam como posso proceder

  • Giovani diz: 8 de maio de 2013

    Me desculpe Sr Valdir Santos, más isso é problema nacional sim! A pouco tempo atrás foi noticiada a mesma situação no fantástico. Só que estava ocorrendo em Minas Gerais. Onde envazam leite, pode ter certeza, este problema ocorre. Em muito ele está ligado ao aumento do envaze de leite longa vida.

  • Leticia Rodriguez diz: 8 de maio de 2013

    Pergunto: esses foram os 14 lotes identificados como adulterados, os outros lotes foram analisados? Fica a dúvida quanto à marca em si e a adulteração na totalidade dos lotes.

  • RAFAEL diz: 8 de maio de 2013

    FAÇA USO DIARIO DO LEITE MARCA LACTIVIA E ITALAC DURANTE UM ANO!ESTOU DESESPERADO POIS DE UNS 4 MESES PARA CA MEU ESTOMAGO,ESOFAGO LA SEI EU ESTA DOENDO E COM SINTOMAS DE LESOES!JA ESTOU COM CONSULTA MARCADA COM MEDICO PARTICULAR GASTRO!QUEM VAI PAGAR A CONTA DA MINHA SAUDE?ESTOU INDIGNADO!”

  • Maria Regina diz: 8 de maio de 2013

    Deus que me perdoe mas acho até bom que essa sem-vergonhice aconteça, só assim pra sociedade começar a se sensibilizar com o drama que a população celíaca vive diariamente.

  • Clau diz: 8 de maio de 2013

    E as pessoas sendo orientadas para tomar leite de caixinha pq é tratado, livre de contaminações… Vou começar comprar leite de vaca no interior, e ferver, aí sim fica livre de contaminações.
    Triste saber q tem pessoas que não se importam com ninguém dessa forma, e que os órgãos de fiscalização no Brasil não funcionam, qual alimento mais não esta sendo fiscalizado??
    Estou com umas caixas de leite da ITALAC aqui e esta com selo do lado, Ministério da Agricultura(alimento inspecionado????)
    Foi inspecionado msm?? Pq contém Formol??? Nem uma escova no cabelo com Formol eu fiz de medo, mas leite com Formol eu já bebi??
    Quais alimentos mais são inspecionados dessa forma hein Ministério da Agricultura???
    Indignação.

  • RAFAEL diz: 8 de maio de 2013

    tomei esses leites italac e lactivida de 4 meses para ca estou com enorme dor de estomago e esofago!o que fazer?estou com medico gastro marcado!tenho feito consumo a mais de um ano ! O QUE FAZER?QUEM VAI PAGAR A CONTA

  • Alex Rogério Rosa diz: 8 de maio de 2013

    GOSTARIA DE SABERE SE OS DEMAIS LOTES DO LEITE UHT INTEGRAL,COMERCIALIZADO EM NOVO HAMBURGO PODEM SER CONSUMIDOS.
    ATT: ALEX R. ROSA

  • Maria Regina diz: 8 de maio de 2013

    Deus que me perdoe mas acho até bom que essa sem-vergonhice aconteça, só assim pra sociedade começar a se sensibilizar com o drama que a população celíaca vive diariamente. Bom pra que a sociedade veja como é ruim comprar alimentos sem poder confiar e também a sensação de traição depois de ter consumido algo que confiou que era saudável.

  • gabrieli diz: 8 de maio de 2013

    Isso é um absurdo mesmo, além de pagarmos um absurdo pelo L de leite, agora essa!!!Mas gostaria de saber, aqui em casa consumimos 2 destas marcas citadas aí e como vou saber se os outros que consumimos não estavam contaminados afinal esta fraude já vem de algum tempo, e as caixas que nos já consumimos já foram para o lixo…E quais serão os procedimentos que a população deverá seguir em relção a isso , afinal estamos lidando com um problema que afeta a saude de muita gente, inclusive as crianças

  • Adriana Souza diz: 8 de maio de 2013

    E o pior que vai pagar somos nós, quem assistiu o Jornal do Almoço de hoje, viu que o representante do ministério disse para jogar o leite fora, como assim nós pagamos tem muita família que da duro para alimentar os filhos, não saiu do bolso deles. O leite deve ser levado de volta onde compramos e devolvido, por que sempre o consumidor tem que pagar e neste caso com a própria saúde… VAMOS FAZER UMA CAMPANHA CONTRA ESTA FRAUDE, QUEREMOS NOSSO DINHEIRO DE VOLTA, E TODA A ASSISTÊNCIA AS FAMÍLIAS QUE CONSUMIRAM ESTE LEITE E DE PREFERÊNCIA COM O DINHEIRO QUE ELES LUCRARAM, AFINAL O DINHEIRO OU QUE FOI COMPRADO COM ELE ESTA EM ALGUM LUGAR!!!!

  • Evandro Lutz diz: 8 de maio de 2013

    Senhores. Lastimável isso que está acontecendo. Concordo que a fiscalização tem que haver e cada vez mais rígida. Mas isso gera um custo altíssimo aos cofres públicos. Para ter mais atuação destes fiscais, tem que ter mais pessoas. Logo gera custo. Claro que concordo que pagamos rios, aliás, nem são mais rios e sim mares de impostos, Mas isso precisamo pagar para que as pessoas possam desviar. Por que se não houver como desviar esse dinheiro, como que muitas pessoas vão ter carrões, jatinhos, casaronas, viagens etc e etc? Isso que falo não é só político(não defendo eles) mas são muitas pessoas corruptas que existem em todos os cantos que se vá. Mas podiamos partir de um outro ponto: onde está a honestidade do transportador? Onde está a honra e honestidade do fabricante?? Se essas pessoas fossem cumprir com seu papel, fazer a coisa certa, não estariamos a mercê de consumir uma porcaria dessas.Agora, outra questão:as outra marcas, como estão? Qem me garante que não tem probelmas?? Piá, dália, elegê e tantas outras que existem por aí!!!! E as outras porcarias que se consome? Por favor, isso merece pena máxima, isso merece morrer de fome, mas não só o leiteiro, mas sim o dono da fábrica também. E não adianta vir com discurso que não sabia de nada. Se não sabia, tem que ser exonerado do cargo de diretor, presidente ou sei lá o que faz dentro da empresa, por que se ele não sabe é por que é incompetente! Só tem escandalos mais acontecendo. Olhem a situação do Ibama essa semana. Por favor. Isso é muito triste. Ninguem leva mais nada a sério. Isso que dá ter essa tal de impunidade. Essas pessoas que fizeram isso, os responsáveis sobre isso, que respondam. Tomara que seus filhos consumam algo desse porte e aí vão sentir na pele o que é vender essa m… pra nós. E pagamos caro por isso ainda. Pagamos para sermos envenenados. Que vergonha!!!!!!!

  • Karen diz: 8 de maio de 2013

    Tenho uma caixa fechada do leite Italac Lote L1470 M6 posso consumir normalmente ou posso troca por um leite de outra marca? Estou com medo dce consumir!!!

  • Zaira fernandes Claro Camaquã rs diz: 8 de maio de 2013

    Eu acho isso um absurdo,ainda bem que nunca comprei estas marcas.Os mercados deveriam não comercializar mais nenhuma dessas MARCAS de leite.NÃO comprarei nada no mercado onde eu ver as marcas:italac,bom gosto,mumu,latvida.

  • Jerônimo diz: 8 de maio de 2013

    O MINISTÉRIO DA AGRICULTURA E A SECRETARIA ESTADUAL DE AGRICULTURA FOMENTAM ESSE TIPO DE INDUSTRIALIZAÇÃO, E MENOSPREZAM OS PEQUENOS PRODUTORES E NÃO NÃO NÃO FOMENTAM PEQUENAS E MICROINDUSTRIAS LOCAIS DEIXANDO PARA OS MUNICÍPIOS QUE NA MAIORIA DOS CASOS NÃO POSSUI SISTEMA DE INSPEÇÃO (SIM). O ESTADO DO RS ATRAVÉS DO “CISPOA” BARRA PROJETOS OU MELHOR NEM OLHA PROJETOS PEQUENOS… POIS O QUE INTERESSA É ACOBERTAR OS IMENSOS LUCROS DAS GRANDES INDUSTRIAS…. E OS PRODUTORES QUE SE VIREM COM AS MIGALHAS… NOSSA INSPEÇÃO SOBRE OS PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL ESTÁ UMA VERGONHA POIS TODO DIA HÁ UMA NOVIDADE: NO VERÃO O PESCADO CLANDESTINO, DEPOIS O ABATE DE BOVINOS CLANDESTINOS, AGORA O LEITE CLANDESTINO… O QUE ESTÁ POR VIR???
    RESTA PRA NÓS CONSUMIR DE OLHOS FECHADOS SEM PENSAR SE HÁ INSPEÇÃO OU NÃO!!!

  • Maria K U Silva diz: 8 de maio de 2013

    Na China tempos atrás empresários pegaram perpetua por adulteração do leite, e no Brasil logo em seguida estarão no mercado de novo.

  • veroni mello diz: 8 de maio de 2013

    Que absurdo e quem comprou em quantidade no Big de Gravatai oque fazer

  • JOSÉ PAULO PANDOLFO diz: 8 de maio de 2013

    TENHO UM AMIGO QUE VEM DENUNCIANDO HÁ MUITO TEMPO ESTA PRATICA NO MUNICÍPIO DE RONDINHA E NUNCA FOI TOMADO PROVIDÊNCIA . ATÉ QUANDO ESTES CRIMES SEGUEM IMPUNES?

  • Felipe Wenzel diz: 8 de maio de 2013

    O promotor não identificou má-fé das indústrias!? Isso é crime hediondo, uma atrocidade a população.

  • leanisse diz: 8 de maio de 2013

    Também tomo leite diaramente,mas não e grande quantidade, o que me preocupa que faço varias receitas diaramente usando esses leites,bolos, doces que muitas vezes não são fervidos e vi que tenho o leite do lote descrito como contaminado.

  • Carlos Silva Faustino diz: 8 de maio de 2013

    Bom, tem pessoas defendendo, outro acusando, enfim, quero que se danem, o que importa para mim é a saúde da minha filha, eu pago pelo produto.
    Afinal, comprei uma caixa, Bom Gosto Leite UHT Integral, lote FV117 U ?
    Aguardo uma resposta…

  • pedro diz: 8 de maio de 2013

    Latvida L208 FAB.26/03/13 VAL.24/07/13 esta envenenado tambem.

  • sonia diz: 8 de maio de 2013

    consumi 8 litros do leite latvida ,dei para meu filho de 5 anos,o eu faço agora,vou processar a latvida

  • edison junior diz: 8 de maio de 2013

    Mas isso não deve ser nenhum espanto, já que, certamente tem muitas outras coisas para adulterar o Leite e passar “batido” pela fiscalização.
    Não é de se espantar que venha ocorrendo aumento no número de casos de câncer no RS… tudo por causa do uso indiscriminado de “venenos” para conservar os alimentos.
    Isso porque um “bando” de gentinha sem vergonha, canalhas, “gente ” inescrupulosa, empresários de baixo nível sempre querendo maximizar os lucros…; Ah sim, pagar os cartões de crédito usado pela família, casa na praia, viagens, festas de alto padrão…
    e a vida do consumidor valendo um lixo bem fedorento!!!!

  • lasie diz: 8 de maio de 2013

    E agora o que vai acontecer com esses vagabundos que brincaram com a saúde pública? O mínimo que nós consumidores queremos é que sejam presos com pena inafiansável, embora acho um pouco difícil isso acontecer.

  • adriano trindade diz: 8 de maio de 2013

    pior é saber que em alguns dias esses bandidos,canalhas que se aproveitam da ingenuidade das pessoas estarão livres e fazendo falcatruas de novo porque no brasil o pais da impunidade tudo pode nada acontece começa dos que nos governam ate os que tem grana pra se safar é lamentavel fico indignado por saber que alimentamos nossa filha de 5 anos todos os dias muita ganancia

  • Vera R.S. Baumgarten diz: 8 de maio de 2013

    É uma vergonha,aonde estão os nossos governantes,querem um povo ignorante e doente.
    Quero saber se o leite integral lote 196, fabricado em 09-04-2013 e validade 07-08-2013 está contaminado.
    Atenciosamente.

  • Karen diz: 8 de maio de 2013

    OQUE DEVEMOS FAZER SE COMPRAMOS LEITE DESSAS MARCAS MAS DE OUTROS LOTES? MINHA FILHA TREM 2 ANOS E TENHO MEDO DE CONSUMIR!!!

  • MICHELLE diz: 8 de maio de 2013

    ola gostaria de saber se oq eu comprei lactvida do lote 136,nao esta comtaminado pois esse e’ integral.fabricado 11.03.2013.se nao teria perigo de meus filhos esta tomando.ele tem validade ate’ 09.07.2013.pois comprei no big de viamao.e nao estou mais com a nota .sera q esse pode esta contaminado?espero sua resposta.obrigado

  • GUDRUN SHÖHER diz: 8 de maio de 2013

    Enquanto a injustiça e a inpunidade reinar neste país, nós o povo ficamos a merce destes bandidos, que por pura ganância não estão nem ai para o bem estar da humanidade, isso acontece em todos os seguimentos.Nos precisamos é de PENA DE MORTE começando de cima para baixo. As leis são criadas para benefício próprio (DOS POLÍTICOS) seria melhor se tivesemos menos sigla partidárias e mais eficácia na fiscalização

  • LUIZ FERNANDO BISCHOFF diz: 8 de maio de 2013

    Pessoal isto aqui é o brasil temos que nos acostumar com isto vai ser sempre assim, é leite contaminado, alimentos, agua é praticamente tudo que utilizamos, a corrupção já tomou conta desta merda de pais já a muito tempo não temo mais como reverter esta situação vai ser sempres assim pois somos um pais sem lei. Tomamos como exemplo: Noticia de última hora “matou a família e foi ao cinema” – poderá ser preso. É sempre assim, logo tudo já é esquecido e os leites voltam as prateleiras dos supermercados contaminados ou não e a vida continua com outros problemas nada vai mudar.

  • savio diz: 8 de maio de 2013

    boa tarde ,

    o preço do leite na minha regiao que seria frontera e missoes

    a mumu estava vendendo o leite atraves de distribuidores

    que seriam os mesmo da distribuiaçao coca cola

    com preços inbativeis entao algo tem de errado

  • Aparecida Garcia diz: 8 de maio de 2013

    Gostaria de saber se o PAVLAT esta nesse rol,nesse ultimo mes estou usando esse,mas anteriormente usava ITALAC,eo LATVIDA,e minhas filhas assim como meu marido estiveram com grave problemas intestinais,agora venho saber dessa noticia bombastica, para as famílias que consomem o tão sagrado leite,espero resposta é o minimo que espero,pois até lá esta proibido a ingestão de leite,vou voltar a velha forma de leite in natura pelo menos ñ é pura quimica.

  • Fabio Dickel diz: 8 de maio de 2013

    Mais uma vergonha para condenar o leite gaúcho. O Rio Grande, como berço de gente trabalhadora e da agricultura deste país, não merece isto !

    Espero que agora, os consumidores dos grandes centros como Porto Alegre, Caxias do Sul e Santa Maria, por exemplo, abram os olhos e vejam que nem sempre, o “mais barato” na gôndola tem qualidade também.

    Como pode, são sempre as mesmas empresas privadas “detonando” o agronegócio gaúcho. Nunca comprei e nunca vou comprar NADA da Italac, Bom Gosto, Latvida e da Mumu. Pros leigos de plantão, e vou prestar um serviço de utilidade pública. O negócio deles é trazer “líquido branco” de tudo que é lugar, mesmo que seja do “inferno” e vender como leite. Os donos dessas empresas são de fora e nunca se importaram com a saúde dos gaúchos. Só de imaginar que tinha criança tomando “leite com uréia” me dá arrepios.

    Um profissional, que assim como eu, trabalha na cadeia leiteira, conhece as marcas que prestam. Alô galera. Tem que comprar leite da SANTA CLARA e da LANGUIRU. São de empresas (cooperativas gaúchas) sérias e idôneas que não gastam milhões em propagandas enganosas na Tv, mas que NUNCA vão brincar com a saúde do consumidor. São marcas de tradição e QUALIDADE, assim com letras maiúsculas. Podem confiar.

    Leite bom é SANTA CLARA E LANGUIRU !

  • Ranieri C. diz: 8 de maio de 2013

    Se o produtor não tem culpa, a industria não tem culpa, quem é culpado??? A VACA ???
    Pelo amor de Deus, os produtores podem muito bem colocar essas misturas direto no ”TAXO” para poder fazer render ainda mais… As transportadoras na maioria são diretamente vinculadas a essas empresas. PUNIR É POUCO ESSES DESGRAÇADOS.

  • Andre diz: 8 de maio de 2013

    Aquela parte do Hino “Sirvam nossas façanhas de modelo á toda a terra….” tá ficando cada vez mais sem sentido…

    Que vergonha !!!!!!!!!!

  • Nereu Vieira diz: 8 de maio de 2013

    Agora os donos das indústrias de laticínios que entregaram o produto embalado por elas tiram o corpo fora,dizendo que a responsabilidade é dos fornecedores(atravessadores). Dá pra entender? Como é que a indústria adquire uma matéria prima como o leite e não inspeciona as instalações do fornecedor? Não há controle de qualidade sobre os insumos? Qual é a garantia de que o produto final será de boa qualidade se a matéria prima já vem contaminada. Todos devem ser responsabilizados e terem seus nomes divulgados.

  • Jeania silva diz: 8 de maio de 2013

    E os lotes contaminados que as pessoas já tomaram??

  • Marcelo diz: 8 de maio de 2013

    Eu quero ouvir as esplicações do governador dos estado diante de mais um escandalo. Se já não bastassem a falta de fiscalização das casas noturnas(boate kiss 240 mortos)propina para liberações ambientais, agora contaminação do leite, quantas pessoas podem desenvolver cancer? será que apenas estes lotes estao contaminados?será que no passado nos já consumimos leite contaminado e nao ficamos sabendo.O estado do RS tem o maior índice de crescimento de cancer no brasil.É muita incompetencia para um governo só, Quero te ouvir governador!

  • Leandro diz: 8 de maio de 2013

    Gostaria de saber, porque não obrigam as pessoas que fizeram isso com muito satisfação e ciência de lucrar 10% sem pensar que milhares de consumidores iriam ter problemas para sempre se consumisse este leite, pior que isso crianças que não tem nada a ver com isso. Meu deus que pais e este onde pessoas que almejam o lucro matam as outras ou pelo menos tendo total ciência do crime não tentam ao menos aumentar o preço em vez de tentar fazer mal a população. Na minha humilde opinião deveriam serem obrigados a beber pelo menos um litro de leite cada pessoa que fez isso sabendo os riscos a saude que poderia ocorrer. Mas como tudo no Brasil jaja um Juiz vai liberar eles podem apostar……

  • marcelo alencar diz: 8 de maio de 2013

    muitos falavam dos leiteiros das antigas que misturavam agua .Mas ate ai tudo bem mais veneno nunca.

  • Valdo Nunes diz: 8 de maio de 2013

    Como diz o Guri de Uruguaiana : Mas que baaarbaridade !!!

  • Waldir diz: 8 de maio de 2013

    algumas dessas industrias envasam leite para outras marcas…. mais um cuidado que devemos ter

  • Julio cesar da silva diz: 8 de maio de 2013

    é realmente o Brasil nao é um PAÍS SéRIO. o que mais vai acontecer,todo dia uma vergonha nova,nao temos terremotos mas também só.

  • GORGIA diz: 8 de maio de 2013

    Pelo amor de Deus, que esculhambação é essa! Eu estou chocada com tudo isso. Agora temos que desconfiar até de um simples “leitinho” que bebemos. Nada neste país é levado a sério, somos enganados a todo instante por pessoas egoístas que não se importa em vê a desgraça alheia. Pessoas sendo envenenada, morrendo de câncer e gente feliz lucrando com isso. Eu mesmo já tomei muito leite ITALAC desnatado. To pensando em comprar uma vaca e criar no meu quintal, para eu mesmo tirar o leite dela, só assim beberei leite de consciência tranquila. Ah! que ódio.

  • Jorge diz: 8 de maio de 2013

    Um absurdo! Quantas crianças tomaram esses leites? Tem que engaiolar todos, cana, cadeia para esse bando de safados! Este País é tão grande mas está se tornando cada dia pior. Onde vamos parar com essa impunidade. Ladrões andam armados e cidadãos desarmados, combustíveis adulterados, leite adulterado, carne podre ou de cavalo, estão injetando água na carne para pesar mais nos mercados nota-se água dentro dos pacotes não é sangue. Onde vamos parar!! Vamos ter que voltar a revolução de 1932??

  • Marcielle Berny diz: 8 de maio de 2013

    Eu to indignada…com tudo isso tenhu uma filha de 1 aninho e dou pra ela esse leite..inclusive ela tomou esse leite infectado…depois acontecem tragedias aii sim as fabricas resolvem se manifestar..to cansadaaa já

  • márcio diz: 8 de maio de 2013

    Vocês têm certeza que são só esses? Comprei uma caixa de leite Bom Gosto semi-desnatado com fabricação em 07/03/2013. Como saber se outros lotes não foram contaminados?

  • carlos vieira azevedo diz: 8 de maio de 2013

    Tenho duas caixas de italac,com data de fabricacão,27 de abril.mas os lotes não coinsiden com os publicados: o que devo fazer?

  • Juarez Pires diz: 8 de maio de 2013

    Se fosse num país sério como nos Estados Unidos era prisão perpétua pra estes canalhas. Mas como é na república das bananas não dá nada…. E viva o Brasilsão dos vivaldinos…………

  • Anal Cavity diz: 8 de maio de 2013

    Tomei um copo de um desse leites ai e não senti nada diferente até agora. Se sentir dor de barriga, aviso o blogue. Só um pouquinho, que vou ao banheiro e já volto. Voltei. Socorro! Tô com dor de barriga! Me c … todo.

  • cloves diz: 8 de maio de 2013

    na verdade é uma pergunta eu tenho leite latvida com a data de fabricaçao de 06/03/13 valido 04/07/13 devo me preocupar? devo ir trocar ?

  • Susana Oliveira Oliveira diz: 8 de maio de 2013

    Ganância desses criminosos ,isso é um atentado contra a saúde das pessoas ,principalmente das crianças !Onde estão os técnicos responsáveis que aprovaram a adição desse produto no leite !

  • JORGE PONTUAL diz: 8 de maio de 2013

    TEM BEM MAIS GENTE FAZENDO ISTO….JA INVESTIGARAM AS QUEIJARIAS??? CUIDADO…TEM ATE FISCAL DO SIF ENVOLVIDO, PARA QUE A COISA VÁ GERANDO LUCROS. MAPA…INVESTIGUE QUE VOCES VAO ENCDONTRAR EM BAIXO DO PROPRIO TAPETE.

  • Roberto diz: 8 de maio de 2013

    Sabe o que deveria ser feito com estes envolvidos nesta pouca vergonha, deveriam ser presos e ser tratados só com este leite”veneno”, voces acreditam que eles vao parar “voces acreditam em justiça”.
    o que faz a ganancia, por dinheiro são capaz de contaminar nossos filhos ou levalos a morte.

  • Rildo Nunes diz: 8 de maio de 2013

    Por que demoraram tanto para divulgar uma questão de saúde pública?????????????????????

  • MÁRCIO diz: 8 de maio de 2013

    Estou só aguardando qual juiz dará liberdade provisória pra essa escória, coloquem no central e mandem eles beberem o leite.

  • Alex diz: 8 de maio de 2013

    Na China aconteceu um caso parecido anos atrás, a solução? Pena de morte para os empresários envolvidos… Nunca mais aconteceu nada do tipo.

    Lembram que pouco tempo atrás aconteceu quase o mesmo problema com Toddynho e hoje em dia todo mundo continua consumindo o produto, brasileiro tem memória curta, felizes dos empresários que seguem matando e ganhando dinheiro da população.

  • Roberto Luiz de Almeida diz: 8 de maio de 2013

    QUE SAUDADE DO TEMPO EM QUE A MINHA MÃE,COMPRAVA O LEITE DIRETO DA CARROÇA QUANDO O LEITEIRO BATIA A PORTA HOJE NÃO SABEMOS MAIS O QUE ESTAMOS CONSUMINDO. ESSE PESSOAL TEM QUE SER PRESO E NO CAFE DA MANHA,ALMOÇO E JANTA SERVIR A ELES UM LITRO DE LEITE POR REFEIÇAO E COMO SOBREMESA SERVIR UM MINGAUZINHO AMIGO COM COBERTURA DE LEITE EM PO.

  • Anderson diz: 8 de maio de 2013

    savio não tem nada errado em a empresa q faz distribuição da coca cola vender tbm leite mumu… a vonpar alimentos é proprietária da MUMU parceiro

  • Anderson diz: 8 de maio de 2013

    gente pelo amor de Deus, dá uma agonia ler alguns comentários
    os lotes contaminados estão descritos no texto do post
    e ficam informando e pergunta se tal lote e tal lote esta com problemas… por favor, leiam o post inteiro q vcs saberão os lotes até então contaminados..
    façam como eu, na dúvida, independente do lote não irei mais comprar estas marcas e farei o descarte dos dois litros de leite q tenho em casa da mumu, pronto… vcs são maiores de idade e pais de familia como eu

  • Marcos diz: 8 de maio de 2013

    QUANTO COMENTÁRIO BESTA! SE TEM O LEITE EM CASA DEVOLVA NO MERCADO, SE TEM DÚVIDA COLOQUE FORA! NÃO É POR NADA QUE NO BRASIL EXISTEM TANTOS SE DANDO BEM A CUSTA DOS OUTROS, COM TANTO OTÁRIO ASSIM JUNTO NÃO É NEM DE SE SURPREENDER!!!!

  • nadia diz: 8 de maio de 2013

    Estou muito preocupada, tenho feito exames em cima de exames desde janeiro para saber que dores horrorosa tenho tido no estômago e agora vejo que consumimos o leite lativida, meu filho também tem tido dores abdominais constantemente, será que todo o pavor que tenho passado pode ser deste leite contaminado??? Quantas pessoas devem estar como eu, tomando medicamentos para dor e continua bebendo este leite sem saber que ele pode ser o causador de tudo, abramos os nossos olhos para a justiça, se for, isso não pode ficar assim!!! Obrigada.

  • Valtemir Santos diz: 8 de maio de 2013

    Gostaria de saber se os outros produtos da Latvida como yogurte, queijo e bebida láctea podem estar contaminados também.

  • knight diz: 8 de maio de 2013

    Esqueceram de avisar que o leite Santa Clara tambem esta contaminado, sei disso pq tomei ontem e hj foi um corre corre aki:

    Dores abdominais inssuportavel.
    Aumento de temperatura anormal.
    FEzes liquida com muito sangue.
    Queda da pressão.

    Guardei o leite no congelador, porem não tenho a minima ideia de como proceder.

    UM ABSURDO ISSO !!!!

  • nany diz: 8 de maio de 2013

    Estou sofrendo com dores estomacais e fazendo vários exames desde janeiro/2013 para saber qual a origem de tanta dor, meu filho também tem tido muitas dores abdominais, agora estoura este assunto do leite contaminado, consumimos em média 3 litros de leite por dia (LATIVIDA), quem me garante que todo o horror que tenho passado com idas e vindas ao hospital com dores, não tem a ver com esse leite???? Onde está a fiscalização???Estou tomando vários medicamentos para dor e continuo tomando o tal leite sem saber que pode ser ele mesmo o causador de tudo.Que vergonha nacional!!! Que DEUS nos ajude!!

  • Luiz Roberto Rippel diz: 8 de maio de 2013

    DESGRAÇADOS,mais uma vez os ganânciosos atacando a população,o meu neto já tomou o PAVLAT e últimamente estava tomando o BOM GOSTO, a mais de 20 dias saiu um monte de feridas na boca da criança,tivemos que levar em um pediatra particular para no fim , o médico dizer para minha filha—É ESTOMATITE MÃE—,isso é do estomago MÃE, alguma coisa está fazendo mal, e lá se foram reais e mais reais e a criança aínda não esta completamente curada—E AGORA NÓS FICAMOS SABENDO DESSA BARBARIDADE——Pelo amor de Deus botem esses DESGRAÇADOS NA CADEIA, quando não é soda, é detergente e agora chegamos ao cúmulo do FORMOL,
    A FISCALIZAÇÃO E A JUSTIÇA TEM QUE BOTAR ESSA CAMBADA NA CADEIA, é o minimo que se espera—-boa noite—–

  • Clademir Marques diz: 8 de maio de 2013

    Vai saber quantos mil litros foram consumidos, isso foi lucro para as industrias e prejuízo aos consumidores a lei é branda, logo voltam a adulterar a multa é menor que o lucro com adulteração.

  • Luiz Roberto Rippel diz: 8 de maio de 2013

    Engano teu Sr. Marcos, já sou vivido pra saber que esse papo furado de LOTE ´´é estória pra boi dormir, ESTÁ SIM TUDO CONTAMINADO, LEITE E SEUS DERIVADOS,sabe porque Marcos? porque os GANÂNCIOSOS NÃO SE CONTENTAM COM POUCO, eles querem sempre mais, massss se tu quer continuar comprando outro LOTE dessas MARCAS ASSASSINAS – BOM AÍ O PROBLEMA É TEU—-

  • knight diz: 8 de maio de 2013

    De pronto escrevi para o ministerio da agricultura narrando os fatos com lote val do leite santa clara uht integral gordura 3%

  • Marco Aurélio diz: 8 de maio de 2013

    Acompanhei toda a cobertura realizada pela RBS. No entanto, acho que ela pecou por não ter dado a devida ênfase às atribuições e à responsabilidade dos órgãos de fiscalização (Município, Estado, União). Todo esse desrespeito ao cidadão só é possível pela desídia e leniência do Poder Público.
    Marco Aurélio

  • Renata Abreu diz: 8 de maio de 2013

    RBS é mentirosa! Leite LatVida não está na nota técnica do Ministério da Agricultura, não está envolvido nesta operação.
    Por favor, sejamos coerentes e que informações distorcidas e sem veracidade não cheguem aos ouvidos da população.
    Não esqueçam que esta empresa emprega diversos pais de família e que estes podem ser afetados com uma baixa venda.
    Pelo amor de Deus, mais uma vez temos que receber informações manipuladas.

  • Ubirajara dos Santos diz: 8 de maio de 2013

    E agora,como vou saber que o leite LATVIDA integral também não está contaminado,acabei de comprar três caixas. (insegurança total)

  • José Antônio diz: 8 de maio de 2013

    Peço as autoridades judiciárias o máximo rigor em punir os responsáveis. É uma injúria ao ser humano! Não é tolerável qualquer desculpa das empresas. Não há justificativa! Prisão imediata aos responsáveis! Isso é pouco! Que vergonha! Levanta Rio Grande! Tá na hora de acordar!

  • Irno Roque Devitte diz: 8 de maio de 2013

    Desnecessário dar mais ênfase ao crime praticado por estes malditos empresários. Considero o mais importante é o procedimentos a ser adotado doravante pelo Ministério Público na defesa do povo gaúcho, condenando exemplarmente esta ratazana de esgoto, dando ampla publicidade das medidas tomadas por meio da imprensa escrita, falada, apontando, além dos nomes das pessoas envolvidas, as empresas e marcas que comercializam.
    O MP precisa agir com todo o rigor que os meus irmãos gaúchos esperam, porém não se surpreendam se o assunto continuar em evidência apenas enquanto as autoridades estarão aparecendo na ‘telinha’, diante das câmeras de TVs e de jornalistas.
    A cadeia produtiva do leite conta com milhares de produtores, mas que lamentavelmente ‘comem o pão que o diabo amassou’ nas mãos de uma verdadeira máfia que comanda o setor, instaladas confortavelmente longe da região produtora .

  • Marco Aurélio diz: 8 de maio de 2013

    O Brasil não é mesmo um país sério, como já afirmava um ex-presidente francês. Formalmente, parece perfeito, senão vejamos:
    1.No rótulo de duas marcas de leite de nosso Estado, leio “INSPECIONADO S.I.F.” e “INSPECIONADO CISPOA”. Fantástico, não?
    2.Telefono para o SAC 0800 da LATVIDA por toda a manhã e por toda a tarde. Ninguém atende. Notem bem: Serviço de Atendimento ao Consumidor.
    Marco Aurélio

  • Rui Cunha diz: 8 de maio de 2013

    em Sant’Ana do Livramento, fronteira do RS na região da campanha, todo o leite consumido pelas escolas municipais no mês de abril, inclusive de creches foram preparados na merenda escolar das crianças, segundo Secretário Municipal de Educação, Mario Santanna, em entrevista a tarde numa estação de rádio da cidade. Dos 17 mil litros comprados junto a um fornecedor foram consumidos 15 mil litros e ainda sobra 2 mil litros que serão devolvidos ao fornecedor. Aqui em Sant’Ana do Livramento todo mundo está temeroso. Comprei 2 caixas de uma marca, não estão nos lotes contaminados, mas vou jogar fora, pois o Ministério da Agricultura anunciou que os lotes contaminados não estavam no mercado, mas como foi servido na merenda das escolas municipais da cidade? O Ministério da Agricultura não está com as devidas dimensões do problema.

  • denis marques diz: 8 de maio de 2013

    porque o ministerio publico levou mais de 1 ano sabendo que estavam adulterando o leite, deve ser muito mais…

  • Ulisses Jansen diz: 8 de maio de 2013

    O que ninguém fala é que os LOTES em sua TOTALIDADE já foram consumidos, eu mesmo devo ter consumido junto com meus filhos, pois ninguém é idiota de guardar caixas de leites consumidos, mas somos trouxas por mais uma vez estarmos na plateia vendo o espetáculo da impunidade frente a showzinhos da policia civil que prede e depois solta e o tempo é o aliado para o esquecimento deste absurdo!

  • Paulo Fortes diz: 8 de maio de 2013

    Eu E milhoes de brasileriros,facamos como????
    Só levar a nota fiscal e trocar pelo valor pago???
    E a nossa saude como fica???
    Eu q compro leite mumu como fico???
    E a coca cola q distribui e e dona do mumu o q fazer.
    O povo,nós pagamos sempre e eleS saindo fotos tds os diAS,EM COLUNA SSOCIAL…VAMOS ACORDAR E BOICOTAR ESTA GENTE E NÃO COMPRAR MAIS ESTES
    PRODUTOS..aCORDA POVO

  • angelita fogaça diz: 8 de maio de 2013

    boa noite !
    tenho uma caixa de leite latvida integral lote 206 fabricado 23/04/2013 ,fora as outras de ja foi usadas quais são os procedimentos pois tenho um filho de 8 anos tenho que fazer algum exame nele
    ?

  • GISELE GIMENEZ MENGUE diz: 8 de maio de 2013

    Pois então a dúvida tenho 2 cx Bom gosto data de fabricação de 26 /03/13 FV99R, e 9 de LATVIDA FAB.01/04/13 L103 e ai como fica se estão contaminados? e como serei ressarcida do gasto com tais caixas e se tivermos algum dano a saúde que não aparece assim tão rápido o que fazermos .Não foi dito se as pessoas e crianças que tomaram podem ter algum sintoma.

  • izabel diz: 8 de maio de 2013

    Gostaria de saber tá já consumimos, e agora o que fazemos? temos que realmente boicotar essas marcas, ninguém guarda a nota fiscal quendo eu escutei no rádio. pasmem eu tomava meu café com leite ITALAC, gospi longe e os outros que tomei com meus filhos menores, é muito revoltante sacanagem pura, é a certeza da impunidade.GENTE NÓS TEMOS UM PODER MUITO GRANDE É SÓ SABER USAR

  • marcio diz: 8 de maio de 2013

    Depois os médicos não sabem porque o surto de CANCER!!!

  • isabel ebling diz: 8 de maio de 2013

    assim como eu milhares de brasileiros consomem produtos confiando assim na qualidade e na inspeçao dos produtos . Mas aqui no Brasil isso nao funciona o que é isso primeiro o achocolatado todynho depois o suco agora o leite qual sera o proximo alimento contaminado GENTE CUIDADO PRINCIPALMENTE COM O QUE VCS OFERECEM AOS FILHOS , ELES NAO TEM COMO IDENTIFICAR O PROBLEMA …..BRASIL PINICO DO MUNDO

  • Adriana Campo diz: 8 de maio de 2013

    Eu gostaria de saber se o creme de leite,leite condensado,doce de leite dessas marcas também estão contaminadas.

  • Carlos Comassetto diz: 8 de maio de 2013

    Pela manhã, estava a marca Bom Gosto. Por que agora não está mais?

  • julio cesar rodrigues dos santos diz: 8 de maio de 2013

    Isso agora que o ministerio publico descobriu, ja vem acontecendo a muitos anos, mas não penssemos que seja culpado o miseravel do produtor,que bom que tenha sido descoberto,agora só queremos que seja mais rigoroso o controle de qualidade daquilo que conssumimos,espero que esta fraude não fique impune, como tantas outras ja foram apuradas e ninguem pagou pelo crime meu querido povo riograndense ponham a boca no mundo,porque só assim podemos dizer verdadeiramente que somos cidadãos.

  • Samael diz: 8 de maio de 2013

    Olá, tenho aqui uma caixa com 12lts, um dos lts tem o lote diferente dos demais é do lote L01E 17, tava bem inchada, quando abri derramei sobre a pia e tava grosso, semelhante ao leite condensado, esse lote não esta identificado, mas acho que pertence a fraude.

  • marcelo diz: 8 de maio de 2013

    JA TA NA HORA DE PRENDER ESSES BANDIDOS QUANTAS CRIANÇAS E IDOSOS JÁ TOMARAM ESSE LEITE CHEGA DE LADRÃO NO MUNDO O GOVERNO À ROUBA DE MAIS DAS PESSOAS È TOMATE SUBINDO LEITE COM FORMOL ACHOCOLATADO CONTAMINADO SÓ A POLICIA QUE NÃO VE QUE ISSO TRUDO É TRAMADO PARA ELES GANHAREM MAIS VCS TEM QUE PRENDER ESSA GENTE CHEGA DE LADRÃOOOOO NO MUNDO SUA CAMBADA FARINHA DO MESMO SACO

  • Natália diz: 8 de maio de 2013

    Há possibilidade de haver adulteração em outros lotes ou já foi averiguado? Comprei um leite da Italac e tinha estranhado o gosto. Acredito que possa ser da marca, mas depois de ver a notícia fiquei preocupada. Os leites que comprei não pertencem aos lotes divulgados, mas gostaria de saber se há possibilidade de isso ter ocorrido com outros lotes ou se há certeza de que apenas esses estão adulterados.

  • Gelsedir Alves Dutra diz: 8 de maio de 2013

    Eles sabiam do mal que estavam fazendo, agora terão que pagar, na cadeia.

  • Elio Lagemann Junior diz: 8 de maio de 2013

    Esse crime é pior que o Racismo, o Nazismo, o estupro ou a venda de drogas, pois em todos os outros o criminoso acaba aparecendo e com sorte paga pelos atos ediondos que cometeu.

    Já a vende de um alimento tão nobre, como o leite, uma vez li uma slogan sobre o leite: “só o amor supera o leite”, é de uma crueldade impar, é pior que a negligência da Boate Kiss, pois nossos filhos são vitimas de um crime silencioso, onde o dinheiro facil esta acima de qualquer valor, nossa sociedade espera simplesmente a pena máxima, contra esses bandidos.
    Seria uma vergonha ver essas pessoas soltas.
    Já as industrias, que podem ou não serem vitimas é muito fácil a avaliação, temos que ver os valores pagos para esse fornecedores, caso haja a comprovação que a compra foi feita com um valor abaixo do praticado pelo mercado, fica claro a envolvimento delas também.
    Estamos de olho.

  • Rita diz: 8 de maio de 2013

    Como é que eu vou confiar de dar esses leites de mercado para meus filhos tomar, na verdade eu tenho medo é de todos alimentos que comemos, tudo tem químico e somos obrigados a comer se não morremos de fome. Vivemos nesse mundo por que temos um Deus todo poderoso que sempre está nos protegendo.O que esse povo fez é uma maldade muito grande.

  • Emerson luiz l diz: 8 de maio de 2013

    é nessas horas quem tem alergia a lactose agradece ainda bem que não sou fã de leite café só preto os laticineos q me desculpem leite bom é aquele direto da vaca essa história de leite pasteruorizado é maior conversa pra boi ou vaca dormir fica a dica ……

  • odenivaldo diz: 8 de maio de 2013

    Aposto que daqui a um mes ja estao na rua , agora se fosse um favelado ladrao de celular ia apodrecer na cadeia, APLIQUE SE A LEI DOA A QUEM DOER, MAS NO BRASIL ISSO E UTOPIA !!

  • Marcio diz: 8 de maio de 2013

    Agora 21:15h, 09.05.2013, já tem notícias que a justiça liberou 02 dos acusados, com isso percebe-se que a justiça é mais contaminada que esse LEITE, turma de vagabundos, um prende outro solta, só depende de quanto o advogado largou na mão do bonitão de gravata!

  • Fabricio diz: 8 de maio de 2013

    Fabriquetas estas que colocam no mercado um produto sem controle de qualidade minima, se não conseguem ao menos saber o que estão recebendo tem que lacrar as portas, trabalhava numa fabrica de ração para cachorro e gato e sem ter absoluta certeza que a materia prima estava livre de qualquer tipo de contaminação o caminhão nem passava na portaria da empresa .

  • Fábio Pimentel diz: 8 de maio de 2013

    BOCA A BOCA NO TROMBONE, OU MELHOR NO MÍDIA.

    Afinal de contas temos leite contaminado, bom, foi descoberta uma parte e agora em maio. Há quanto tempo isso já não é praticado? Chega de bla bla bla.

    Quero saber como faço para identificar de modo caseiro, aqui em casa mesmo, na cozinha como testar o leite que compro se possui formol, água, goma. Como faço para descobrir? Como?

    Vou depender apenas da vigilancia para descobrir a falcatrua?

  • Luciano Fonseca diz: 8 de maio de 2013

    Novamente, diante de um problema de adulteração como este, nós brasileiros vamos apenas lamentar e bravejar indignado por ter consumido os lotes contaminados, pois como já publicado abaixo, a grande maioria já consumiu estes possíveis lotes do final do ano passado, por ser um alimento de nosso cotidiano e já estarmos em Maio de 2013. Estou indignado por ser um consumidor assíduo da Italac, e acreditava até o presente momento em sua idoneidade. Acredito que as marcas são responsáveis sim por estes danos, pois se houvesse mais fiscalização, não haveriam as brechas para tais ocorrências. Felizmente, as 24 unidades (2 caixas) que constam em minha dispensa estão fora dos lotes contaminados mas como fica a credibilidade agora? E os lotes contaminados da Italac possivelmente já consumidos anteriormente à descoberta da fraude? Lamentável…

  • Anna Luiza F. Flores diz: 8 de maio de 2013

    Bom, as “autoridades” poderiam ter se pronunciados antes, pois provavelmente os lotes dos leites que aparecem acima já devem ser consumidos.
    Logo que minha mãe viu a reportagem no jornal do almoço, me comunicou e pediu para ver quais lotes eram, moramos com duas crianças pequenas então nosso cuidado é redobrado…
    Esperamos que com a reportagem, obtenha resultados …

  • fabiana diz: 8 de maio de 2013

    boa noite! o leite bom gosto é produzido pela lider uht integral?? alguma outro marca tbm é fabricada pela lider??

  • Edson diz: 8 de maio de 2013

    Quem colocou uréia foram os produtores, quem me garante que não seja uma prática normal nesta linha de produto? Só agora descobriram?
    Eu acho que esta prática de adicionar agua no leite co aditivos é muito antiga.

  • Paulo Abreu diz: 8 de maio de 2013

    Tem que haver punição para essas pessoas envolvidas nesse escândalo. Não se pode deixar impune quem trata com desonestidade as coisas que envolvem a saúde pública.Eu consumo o Elegê.É o mais caro, mas é o mais confiável.

  • Cairo Duarte diz: 8 de maio de 2013

    Na Azia este tipo de conduta tem julgamento sumário pelas autoridades.

  • Zenilda Melo diz: 8 de maio de 2013

    É revoltante em pensar que eu estava complementando a alimentação do meu filho com leite contaminado a ainda tenho uma caixa fechada do latvida como vou ter certeza que vou trocar por leite bom? O ditado é certo que o barato custa caro,

  • Daniel Goggia diz: 8 de maio de 2013

    É melhor compra uma vaca, e mesmo assim desconfia do lote dela… falando sério, isso ta demais!!!

  • Cléo Bilchi diz: 8 de maio de 2013

    QUERO SABER SE OS DERIVADOS COMO YOUGURT E REQUEIJÃO TAMBEM FORAM CONTAMINADOS…OBRIGADA

  • Antonio Aurélio Crestani diz: 9 de maio de 2013

    A adulteração criminosa. Pena de morte para essa bandidagem.

  • Elisete diz: 9 de maio de 2013

    Comprei um litro de leite ontem no supermercado Central daqui de Santos/SP, na parte superior da caixa existe data de fabr, validade, horário e PP i9 Li36D M4, onde sugere-se lote não consta nada,como posso identificar se esse litro pode estar dentre os contaminados?

  • Lisete Weiss diz: 9 de maio de 2013

    Aqui só está relacionado o lote do leite latvida desnatado, isso quer dizer que no integral não houve adulteração?

  • Gilmar diz: 9 de maio de 2013

    Depois de mais de anos sendo investigados, o órgãos que defende o consumidor resolveu dizer em rede nacional que o leite esta ou estava contaminado e isso vem de anos a fraude adulteração na composição do leite .
    Depois de crianças e idosos tomarem , estas marcas de leite e outros derivados do leite continuamente sendo que nos brasileiros estava tomando um leite que produz um cancer em doses homeopáticas ,
    Vejo que neste mesmo site esta informando os lotes dos contaminados humm, faço uma pergunta de duvida e os derivados do leite , pois vendo a reportagem a contaminação do leite era feito nos caminhões que transportavam o leite e que as fabricas junto com os órgãos de fiscalização não tinha recursos para se fiscalizar a procedência do produtos , poderia ser estas as desculpa para os brasileiros.
    BRASILEIROS O LEITE VEIO CONTAMINADOS ( PALAVRA BONITA DE SE FALAR ADUlTERADO ) NOS CAMINHÕES E DAI FOI FEITO VÁRIOS PRODUTOS DERIVADOS DO LEITE SE LIGA BRASIL.
    NO BRASIL ISSO VIROU ROTINA DAS ESTORIAS DE CONTO ERA UMA VEZ BLA BLA BLA BLA BLA

  • dennes diz: 9 de maio de 2013

    mas uma vez o brasil prova que tudo que consumimos è de péssima qualidade.

  • Roberto Alves diz: 9 de maio de 2013

    Não devemos pensar que nada será feito… Temos que irradiar tudo isto nas redes sociais… O que esses malfeitores fizeram, é crime contra a saúde pública, e não pode ficar sem uma punição. Vamos cobrar do M.P. providências enérgicas para o caso, como disse o Gilmar , não é só o leite, temos também que olhar para o lado dos seus derivados. Em um país onde tudo pode, é difícil crer que estas “Bestas Humanas”, serão punidos, más nos consumidores, devemos ficar em cima deles, sempre refrescando a memória dos agentes punitivos, para mostrar-mos que aquele tempo de povo “MASSA DE MANOBRA” terminou… Vamos cobrar atitudes e resultados, estou indignado.

  • Eduardo Pereira diz: 9 de maio de 2013

    Quem irá RESSARCIR o consumidor por possíveis e prováveis danos?

    Quem irá se responsabilizar com os gastos daqueles que compraram leite adulterado, o ingeriram e podem, nesse exato momento, estar em algum hospital, posto de saúde ou médico particular sem saber o que está acontecendo?

    Quem irá se responsabilizar com as trocas desses produtos?

    Posso elencar muitas perguntas que ficarão sem respostas, pois ninguém irá se responsabilizar, ao contrário, dentro de pouco tempo esses canalhas que querem tirar vantagem de tudo estarão soltos e cometendo os mesmos crimes.

    Produtor leiteiro, se por acaso ler esse comentário, pense na questão de vender leite diretamente ao consumidor final, pelo preço que achares certo, já que as indústrias te exploram e o governo não cumpre BEM o papel da fiscalização.

    Fui criado no campo, amamentado com leite puro tirado das vacas todas as manhãs; cresci sem nenhum problema de saúde nem problemas com lactose (que hoje é tão divulgado, e agora já podemos perceber um provável “por quê” de tantos casos de intolerância a laticínios).

  • mari diz: 9 de maio de 2013

    Bom dia,cadeia é pouco para esses criminosos, mas acho que justiça só a de Deus mesmo a nossa é muito falha, logo já estão aí fazendo tudo de novo!!!

  • ALBERTO diz: 9 de maio de 2013

    Incrível com há pessoas aqui protegendo os empresários, esquecendo o dano sofrido pela população. Estamos falando de nossos filhos, parentes etc.. As malandaragens acontecem no Brasil por conta de protetores de canalhas. As empresas “TEEM sim cupla!” As indústrias tem o DEVER de testar o que dende caro para a população. Independente de onde o leite foi contaminado a indústria que o vende deve saber o que está vendendo. Juridicamente os afetados podem entrar com ação reparatória diretamente contra as industrias. O consumidor não precisa ficar correndo atrás de quem colocu porcaria no leite, quem vende é responsável e ponto final. A parte criminal é outra coisa à parte e em nada se conflita com a ação de danos sofridos. Infelizmente, assim como na tragédia de Santa Maria, quem tem o dever de fiscalizar, por estar envolvido com a política fica ileso. Repito a spalavras do sábio Joaquim Barbosa: Prisão no Brasil é para pobres. E aos protetores de empresarios malandros que ganham às nossas custas, favor se informar primeiro antes falar besteiras. Devemos nos unir contra malandragens e não ficar olhando para o próprio umbigo.

  • luciana gomes diz: 9 de maio de 2013

    acho que isso já vem sendo feito á muito tempo,quero saber quem já tomou esses leites á muito tempo e nem sabe qual era o lote faz o que agora ?morre?

  • Wanderleia diz: 9 de maio de 2013

    Hà possibilidades desses lotes de leites da marca ITALAC esteve sendo distribuídos em outros estados sou aqui de MANAUS/AM?

  • jorge luis nascimento diz: 9 de maio de 2013

    Deveriam prender esses gananciosos e alimentalos somente com o produto que eles
    mesmos contaminaram.Isso da nojo!

  • mario diz: 9 de maio de 2013

    Agora! é todos aqueles que tiveram algum desses lotes em casa, entrarem na justiça
    e “ferrarem” com essa “cambada”! doa a quem doer, se é nos EUA essas empresas
    iam ter que indenizar muita gente! mas… estamos no Brasil.

  • EDNA diz: 9 de maio de 2013

    AQUI NO DF CONSUMIMOS O LEITE ITALAC, QUERO SABER SE AQUI TBM TEM ESSES LOTES. ACONSELHO QUE FAÇA ANALISE EM TODAS AS MARCAS.

  • Marjana Eloísa diz: 9 de maio de 2013

    Inacreditável. O mais triste de tudo é que sempre fui orientada ” DEVES CONSUMIR SOMENTE PRODUTO INSPECIONADO”, deixei de consumir leite sem procedência para comprar o leite com registro de inspeção. Incrível nós consumidores não podermos mais confiar em produtos que são vendidos no mercado com registro!!! Até quando esta dúvida??? Além do leite os derivados também estão “envenenados”, sim porque não considero isso FRAUDE E SIM CRIME CONTRA A POPULAÇÃO BRASILEIRA.

  • Marcio Burgonovo diz: 9 de maio de 2013

    Alguém pode dizer a quanto tempo estão nos fornecendo produtos contaminados, se descobriram agora o que pode nos garantir que isto já não venha ocorrendo há muitos anos, se os produtos contaminantes podem provocar câncer, quem está com a doença pode exigir indenização (pagamento do tratamento)? como provar que a doença se originou do leite contaminado? Pena que cadeia é somente pra pobre, pois queria ver os diretores, sócios, proprietário, dessas empresas presos, mas isto jamais vai acontecer, pois já estão responsabilizando “laranjas” (transportadores), e daqui a pouco não vou me surpreender se a culpa for dos motoristas.

  • Marcio Burgonovo diz: 9 de maio de 2013

    Duas grandes empresas envolvidas no “envenenamento” do leite, a VONPAR e a Laticínios Brasil SA, o governo gasta milhões em dinheiro público com campanhas pela saúde pública, e essas duas ganham milhões oferecendo produtos contaminados. Não seria mais fácil o governo pegar o dinheiro que gasta e ofertar direto para essas duas empresas, para que parem de contaminar o povo? Assim estaríamos livres dos males causados, pelos menos por essas duas empresas.

  • Eduardo Pereira diz: 9 de maio de 2013

    Em meio as polêmicas, ninguém fala do acréscimo do amido de milho no leite usado para compensar a quantidade absurda de água que o envasador coloca também para render mai$$$$$.

    Para descobrir se o leite é/foi adulterado com amido de milho ou água oxigenada basta colocar uma colher de sopa de leite em um copinho e pingar 3 ou 4 gotas de iodo (comprado em farmácias), se a mistura ficar roxa, azul, verde ou preta é porque o leite tem misturado em sua composição amido ou água oxigenada volume 10.

    Ahhh, não se preocupem, logo logo essas empresas/cooperativas mudarão de nome e breve breve colocarão seus produtos no mercado novamente.

    O pior é que um dos envolvidos já tinha sido indiciado em 2007 por colocar 15% de água no leite, depois soda…e tava solto. Agora foi preso por colocar formol…daqui a pouco ele é solto novamente daí ele colocará, quem sabe, talvez, vinagre ou ácido…

  • Diego diz: 9 de maio de 2013

    Por quê não se destina todos esses leites aos presidiários? Todos saem ganhando assim.

  • Marjana Eloísa diz: 9 de maio de 2013

    mario diz: 9 de maio de 2013: Agora! é todos aqueles que tiveram algum desses lotes em casa, entrarem na justiça e “ferrarem” com essa “cambada”! doa a quem doer, se é nos EUA essas empresas iam ter que indenizar muita gente! mas… estamos no Brasil.

    Quem sabe criamos a Associação dos Vítimas do Leite Envenenado e indenizar esta máfia!

  • Diego diz: 9 de maio de 2013

    Acho “engraçado” que na hora da propaganda os fabricantes fazem uma balaca dizendo que seus produtos passam por um rigoroso controle de qualidade! Na hora que são cobrados por estarem vendendo um produto adulterado eles dizem que não sabiam, não tinham como saber, que atendem às normas de fiscalização, blá blá blá… tiram o corpo fora. É o famoso: NÃO SEI DE NADA! A CULPA É DOS OUTROS…. MAS A COPA DO MUNDO VEM AÍ!!!! NOSSOS PROBLEMAS SERÃO RESOLVIDOS!

  • cleusa diz: 9 de maio de 2013

    nossa meu deus eu tomei o lider e o italac tomo direto porque adoro leite e teve uma epoca que eu tinha fissuras anais e evacuava sangue sera que por causa desses leite vai confiar agora como saber se os outros tambem nao tem coisas misturadas

  • cleusa diz: 9 de maio de 2013

    como vamos conseguir saber se foi o contaminado se ja compramos pagamos e as caixa ja tao no lixao tem que ver certinho as cidades pra onde foram enviadas os lotes por que eles tem como saber onde estavam os lotes ja consumidos e a quanto tempo os consumidores estao tomando essa droga e punir os responsaveis fazendo endenizarem as vitimas imagine quantas coisas nos comemos do mercado que podem estar envenenadas por anbiçao desmedida por ele nao da o leite pro filho dele

  • meryvazz diz: 9 de maio de 2013

    É MESMO UM ABSURDO ESSA NOTICIA QUE ABALOU A NOS CONSUMIDORES “…….. IMAGINE O MAL QUE PODE CAUSAR EM CRIANÇAS PEQUENINAS; TBEM PODE PREJUDICAR A ADULTOS; POIS NÃO ESTA LIVRE DE SER CONTAMINADO E PREJUDICADO PELA INGESTÃO….. EU, MESMA TOMO LEITE PURO E ADORO….. SENDO INGERIDO DE MANHÃ, DE TARDE E DE NOITE!!!! QUEM VAI PAGAR!!!!! QUEM VAI SER RESPONSÁVEL!!!! POIS ; TENHO SENTIDO DORES DE CABEÇA FREQUENTE; COISA QUE É DIFICIL TER DOR DE CABEÇA…….SABE=SE LA POR QUE!!!!!! MEU DEUS!!!! A SAUDE DA GENTE SERÁ QUE VALE MENOS QUE ESSES TRAPACEIROS,ASSASSINOS……VAMOS VER O QUE ACONTECERÁ!!!!!!! VAMOS EXIGIR…….MESMOOOOOO

  • Elaine diz: 9 de maio de 2013

    Olá tenho o lote 25D gostaria de saber se esta tudo fora da fraude.Desde de já agradeço os fiscais.

  • Elias S Rosa diz: 9 de maio de 2013

    A nossa arma como consumidores, é não comprar mais nenhum produto destas empresas, cujas marcas de leite foram adulteradas. Não é concebível que empresas recebam a matéria prima, embalem, coloquem o seu nome estampado sem conferir a qualidade do seu produto. São igualmente omissos de suas responsabilidades: o transportador (como foi divulgado, o envasador e o poder público que não fiscalizou, nem por amostragem esse volume todo de leite colocado no mercado. A quanto tempo isso ocorria? O caso é similar ao da boate Kiss de Sta Maria. Todos têm que ser punidos exemplarmente; principalmente por se tratar de produto alimentício…

  • Rodrigo diz: 10 de maio de 2013

    Isso se chama contaminação em Massa por indivíduos criminosos. Primeiro deixam as crianças beberem o leite , depois avisam que é cancerigino ! Que maravilha…. sabe o que acontece para estas pessoas nada! Pois isto na Industria do leite já é coisa recorrente… Agora aparece um monte de gente dando explicação,pois o assunto esta na mídia. E cada um quer tirar o seu da reta ! e o seu filho que tomou veneno, achando que era leite fica por isso mesmo. Eu também sou Pai e talvez tenha dado veneno para o meu filho que tanto amo, pois agora entendo por que estas marcas as vezes estão com preços mais competitivos no mercado.

  • Bruna diz: 10 de maio de 2013

    estou muito preocupada,tenho túmores na cabeça inoperáveis,estou com medo de terem crescido de tamanho,desde outubro do ano passado tenho vomitado seguidos de dor de cabeça,mas devido ao meu caso der grave,imaginamos que a doença teria avançado,só consumo essas marcas,bem como creme de leite,doce de leite,leite condensado..gostaria de saber se pode ter prejudicado o restante de saúde que eu tenho e se as dores de cabeça e vomitos poderiam estar ligadas,com o leite,grata.

  • knight diz: 10 de maio de 2013

    Hoje estou um pouco melhor.

    só vou dizer isso aki:

    NÃO COMPREM LEITE DE CAIXINHA, NINGUEM FISCALIZA PORCARIA NENHUMA, VOCÊ SÓ SABERA DE FATO QUE SE ENVENENOU APÓS TER TOMADO, NÃO SE ILUDA PENSANDO QUE ESTÃO FISCALIZANDO, PRIMEIRO ELES ESPERAM ALGUEM GRITAR DE DOR PARA DEPOIS VER O QUE ESTA ACONTECENDO, NÃO CONSUMAM LEITE DE CAIXINHA,

  • lucenildo de sousa diz: 10 de maio de 2013

    eu comprei uma caixa de leite integral da italac aqui em são paulo, com o lote L147C M1
    e eu gostaria de saber a procedência deste lote, pois estou preocupado porque eu tenho 3 filhar lindas e não gostaria de ver elas doentes por favor! aguardo resposta urgente.

  • Richard diz: 10 de maio de 2013

    comprei 3 caixas de leite ITALAC (36un.) do lote L149DM5, como devolvo ou troco isso este lote que comprei esta contaminado????? por favor me ajudem!!!!

  • Luciana diz: 10 de maio de 2013

    Aqui na minha casa temos consumido o leite PAVLAT que não está na lista até o momento, só que lendo referente ao assunto eu vi que o sócio desse empresa está preso na operação, como vou consumir o leite com segurança?

  • Alinecosta diz: 10 de maio de 2013

    Eles tem que para na cadeia porque eles são criminoso como qual quer outros, mais eu duvido que eles ficao um mês na cadeia agora um traficante apodrece na cadeia mesmo sabendo que a droga usa quem que ninguém e formado a usa agora o leite ninguém sabia oque esses desgraçados estavam fazendo esse o leite trais algum problema pras crianças quem vai paga eu fiquei revoltada com isso eles não tem vergonha na cara eles que pegam esses leites contaminado e botão na B….a deles.

  • Darliane Maria da silva diz: 10 de maio de 2013

    comprei 3 cx no carrefur mas perdi a nota, pois eu dou deste leite para minha bebe.o q posso fazer?

  • Carlos M. Neuhof diz: 10 de maio de 2013

    Para quem ja tinha cancer no intestino e tomava leite por recommendação, faz o que , toma logo esta mistura de ureia ou se atira no precicpicio.

  • Daiane Coelho diz: 11 de maio de 2013

    Érealmente um absurdo!Estou chocada com tudo isso,mas não muito pois isso tudo é a aproximidade do FIM DOS TEMPOS cumprimento da palavra de DEUS.A maldita ganancia tomando conta dos corações!!MAS oque me consola é que a justiça do homen pode falhar mas a de DEUS JAMAIS FALHARÁ!!!!!!ps:Uso o leite pavlat e omeu filhinho de 3 anos tem se queixado de dor no estômago;oque fazer???????????Fiquem com Deus.

  • Gilberto Saugen diz: 11 de maio de 2013

    Giane: Esse caso foi descoberto somente porque alguém da quadrilha não levou a sua parte do bolo e denunciou às autoridades! A polícia não é tão eficiente assim! As autoridades erradamente não informaram há quanto tempo esse golpe era aplicado. Você, cara jornalista, saberia nos dizer?

  • francisco diz: 11 de maio de 2013

    estou apavorado com esta noticia ,cheguei mandar uma notificaçao para o fabricante mas ele falou que o leite integral fabricado 09/04/13valido07/03/13 lote 196 13:17 nao estava contaminado e sim o lote de leite desnatado,fica entao a pergunta ate quando estes bandidos ficarao impune nao estou dizendo o funcionario que colocou o produto {sabia o que era mas foi mandado }mas sim o dono ,bandido que sertamente nao vai ser pego e se for vai pagar fiança e sera liberado ,pensa comigo ate quando ; pena de morte talves ???????????????

  • eric diz: 12 de maio de 2013

    nesse país deveria ter pena de morte para aqueles que passam dos limites como esses fabricantes ai de leite

  • eric diz: 12 de maio de 2013

    queria saber o que os supermercados e padarias irão fazer com esses leites irão devolver o irão fabricar pães para nós consumidores a fiscalização deveria ir verificar se nenhuma padaria ou supermercado está fazendo isso eu acredito que não acho que irão jogar o leite fora mas há gente no mundo que é capaz de fazer qualquer coisa para ganhar dinheiro lamentável !

  • Giovani diz: 13 de maio de 2013

    O pior é que as grandes redes de supermercado continuam a comercializar alimentos derivados de leite das indústrias que foram autuadas. Tem queijo e requeijão da Italac sendo vendido aos montes. Estes derivados, que são produzidos com leite, foram fiscalizados pelo ministério público? Que confiança pode toda existir em alguma destas marcas? O chocolate da neugebauer é feito com leite mumu, pois pertence a mesma Vonpar que é dona da mumu. Foi fiscalizado o leite usado na produção das barras de chocolate?

    Se é para fiscalizar, o ministério público tem de ir a fundo e fazer o serviço bem feito. Fiscalizem toda cadeia produtiva ligada a estas marcas de leite. Do contrário mais pessoas serão contaminadas sem suspeitarem de onde vêm a contaminação.

  • Marcelo Pinheiro diz: 14 de maio de 2013

    Aqui em SP não foi afetada somente a Italac mais sim toda a industria de leite do RGS, coloquem está gente na cadeia e publiquem para todo o Brasil.
    Na minha família tem crianças que tomam muito leite durante o dia…estes canalhas a princípio irão pagar com o boicote ao consumo e devem ser presos.

  • Izabel Cuaiato diz: 14 de maio de 2013

    Bom dia! Isso tudo acontece pelo fato comum em nosso país de não haver fiscalização e a legislação não ser tão rigorosa, sempre oferecendo brechas para que este tipo de situação continue acontecendo. As empresas também são extremamente negligentes por não adotarem procedimentos rigorosos em relação às análises do produto antes da fabricação. Estão recebendo leite com todo tipo de substâncias e nunca ninguém desconfia ou se preocupa se o que estão recebendo é uma matéria prima de qualidade? Acredito que as empresas também serão punidas, e o pior, terão sua credibilidade manchada. Os envolvidos nesta atrocidade são classificados como assassinos e devem ser punidos como tais, pois este crime não deixa de ser assassinato em massa, parecendo atos de terrorismo. Parabéns ao MP pelo trabalho e esperamos que estas pessoas percam tudo o que adquiriram as custas da saúde do consumidor e fiquem encarceradas sendo alimentadas pelo seu próprio leite.

  • tatiana novaes pereira diz: 14 de maio de 2013

    Estou indiguinada com tudo isso que está comtecendo nesse mundo.Leite é ultilizado por crianças e idosso e agora estão correndo risco por cusa da comtaminaçâo espero que os culpados sejam punido.

  • sheila de Fatima diz: 14 de maio de 2013

    gostaria de saber se o lote 31C da italac esta contaminado, pois eu tenho 7 caixa dele aqui em casa e estou com medo de tomar, por favor me responda o mais rápido possível.

  • Talita diz: 15 de maio de 2013

    Boa tarde!

    Por favor! tenho 3 caixas do Italac semi desnatado em casa, mas não é desse lote que esta descrito, gostaria de saber se ele pode estar contaminado tambem? estou com medo de consumir o produto! Obrigada, aguardo resposta.

  • cleuzaamada@hotmail.com diz: 15 de maio de 2013

    gente voces acreditam que foi so um lote de leite um lote uma ova eles tao dando soda caustica para nos ja tem muito tempo ses acham que eles iriam querer lucrar so um mes isso ja vem de tempo e que e tanta gente que pode ta contaminda que tao tentando falar de um unico lote e logico por que os outros nos ja consumimos ne tanto e verdade que nao tem estoque de italac nos mercado eles empurraram no consumidor com promoçoes igual teve no extra no ano passado e as marcas que estamos tomando agora e tantas outras sera que estao puras?? o tem soda caustica tambem??

  • cleuzaamada@hotmail.com diz: 15 de maio de 2013

    brasil nao acredito em so um lote contaminado isso vem de tempo e deve ter outras marcas com soda caustica por ai masi com outras marcas e talvez ate mudem o nome da impresa e numero no ministerio da agricultura pra continuar com a fraude

  • ludwig diz: 16 de maio de 2013

    As pessoas devem se unir, contratar um superadvogado e abrir um processo único – em conjunto – contra os proprietários dessas marcas. E depois, NUNCA mais consumir esse lixo.

  • andrea diz: 17 de maio de 2013

    EU ACHO QUE ESSA HISTORIA DE LEITE CONTAMINADO DEVERIA SER CASO DOS CONSUMIDORES QUE CONSUMIRAM PROCESSAR AS EMPRESAS E NÃO SOMENTE TER QUE IR NO MERCADO PARA TROCAR O PRODUTO. EU ACHO ISSO UMA FALTA DE RESPEITO COM O CONSUMIDOR. ENTÃO É ASSIM: CONSUMIMOS PRODUTOS ENVENENADOS E SIMPLESMENTE TROCAMOS POR OUTRO. AONDE ESTA O RESPEITO E O COMPROMISSO COM A SAÚDE DOS CONSUMIDORES. É MUITO FÁCIL PARA OS FABRICANTE;. QUERIA VER SE TODOS OS CONSUMIDORES LESADOS PUDESSEM COLOCAR NA JUSTIÇA, COMO ELES FICARIAM? COM CERTEZA TOMARIAM VERGONHA NA CARA E NUNCA MAIS CONTAMINARIAM SEUS PRODUTOS.

  • SIRLEI F LOPES diz: 18 de maio de 2013

    Meus filhos eu e meu marido tomemos o leite lactivida e um dos meus filhos apareceu varias feridas na boca e eu me deu dor abdominal e enxaqueca ,que enclusive estou ainda em tratamento medico nós tomamos 12 caixas do leite lactivida notei que tinha um gosto horrivel e cheirava á leite azedo mas como nunca tinha consumido essa marca de leite achei que era normal e agora como vou saber se o leite era contaminado ou não? Não tenho +as embalagens somente a caixa grande que comprova que usei esta marca de leite mas não tem especificdo a data d validade

  • CLAUDETE ROSSET SATO diz: 21 de maio de 2013

    Eu não tomo leite, mesmo assim fiquei indignada. Só cadeia para quem fez isso,e boicotar todas essas marcas .Tomara que ningém compre mais essas marcas.

  • Pai de Familia diz: 22 de maio de 2013

    ESTES FILHOS DA P.. DEVEM SER OBRIGADOS A BEBER FORMOL ATÉ MORRER, SÓ ASSIM VÃO PAGAR POR ESTE CRIME, QUANTAS CRIANÇAS INOCENTES FORAM CONTAMINADAS? CERTAMENTE MILHARES

  • roselena brum rodrigues diz: 23 de maio de 2013

    ESTAMOS VIVENDO UMA VERDADEIRA HIROSHIMA, ONDE OS GENS, AS CELULAS DAS CRIANÇAS QUE INGERIRAM O LEITE VAO TER FILHOS E NETOS COM ANOMALIAS. MAS ATÉ ESSA GERAÇAO NASCER OS CULPADOS ESTAO SOLTOS OU MORTOS!!!OS SOBRINHOS, AFILHADOS, PARENTES QUE TAMBEM BEBERAM ESSE LEITE QUE ESSES INESCRUPULOSOS ENVENENARAM VAO TER FILHOS SEM PERNAS, BRAÇOS, OLHOS,ETC.

  • ROSELENA BRUM RODRIGUES diz: 23 de maio de 2013

    SEI O QUE ESTOU FALANDO PORQUE TRABALHEI NUMA INSTITUIÇAO QUE TINHA PRODUTOS “FECHADOS” EM CONSERVA NO FORMOL, E UMA FUNCIONÁRIA ENGRAVIDOU E SEU FILHO NASCEU SEM AS PERNAS. ISSO FOI SÓ DE ESTAR NOMESMO AMBIENTE, IMAGINEM SE ELA INGERISSE ESSE FORMOL!!!

  • PAULO ROBERTO diz: 24 de maio de 2013

    COMPREI UM LT DE LEITE DA MU-MU E NAO TENHO CONFIANÇA MAIS NESSA MARCA. O LOTE E 4EFJ CPMPRADO EM MERCADO TEMOS QUE TER CONFIANÇA PARA CONSUMIR UM LEITE.

    ALGUEM PODERIA VER ESTE LOTE 4EFJ – JA QUE ESSA INDUSTRIA NÃO TEM CONTROLE DE QUALIDADE.

  • Fernanda diz: 24 de maio de 2013

    Tenho uma caixa do leite Latvida lote 175,comprado na rede Walmart porem nao tenho o cupom fiscal para troca,gostaria de saber como proceder…descartar ou consumir??? Fica uma grande indignaçao pois ha muitos anos meu filho faz uso dessa marca de leite.

  • ANA PAULA DE LIMA diz: 25 de maio de 2013

    comprei o leite pavlat lote 67A2 fabicado em 26/04/2013 valido até24/08/2013 .gostaria de saber se posso dar esse leite pra minha filha pois nem sei mais qual leite comprar

  • andréia diz: 28 de maio de 2013

    Oi estou com uma dúvida, tenho uma caixa do leite italac do lote adulterado, mas comprei 12 caixas, a que eu tenho em casa está aberta. Fui no estabeleciemnto que comprei Maxxi supermercado, com a nota e lá me disseram que só vão me ressarci a caixa que tenho as outras onze já foram consumidas. O que posso fazer?

  • Mauricio Oleiro Machado diz: 12 de junho de 2013

    Como vou saber se outros lotes possam estar contaminados?? pois acabamos comprando sem perceber que era uma das marcas citadas e mesmo o numero de lote não sendo os citados não tivemos coragem p beber e muito menos dar a nossos filhos e agora como fico quem me garante que esse leite não ta contaminado?????

  • Policiais que investigaram a fraude do leite serão ouvidos hoje pela Justiça | Caso de Polícia diz: 15 de agosto de 2013

    [...] Justiça realiza hoje a segunda audiência para depoimentos de testemunhas sobre a fraude do leite no Rio Grande do Sul. O processo é sobre a 1ª fase da Operação Leite Compensado e sobre a [...]

  • Polícia investiga suspeita de reutilização de leite vencido para fabricação de produtos derivados no vale do Taquari | Caso de Polícia diz: 21 de agosto de 2013

    [...] A investigação começou por uma denúncia e através de mandados judiciais, 16 policiais e sete técnicos da Agricultura realizaram hoje a operação. Com isso, foi instaurado um inquérito policial para apurar indícios da reutilização de leite vencido e um procedimento administrativo devido a inadequação e falta de higiene em determinados locais. Fiscais da secretaria interditaram alguns setores da fábrica. O Delegado Fernando Soares, da Delegacia do Consumidor, não descarta a prisão dos envolvidos. Ele diz ainda que a produção suspeita era feita durante a noite, após as 18h, quando  um fiscal da Secretária da Agricultura saia do local. A empresa estava funcionando sob fiscalização após denúncias de lotes com leite contaminado, conforme operação Leite Compensado do Ministério Público. [...]

  • Ronaldo Muller diz: 3 de setembro de 2013

    As marcas vagabundas tudo bem , mas a MUMU, que é da Vonpar(grupo coca-cola), já é uma marca solidificada no mercado, e milionaria não precisava fazer isto,isso é bobagem, se um lote esta contaminado, é logico que outro lotes feitos e datas diferentes estão tambem, ou será que eles só iriam colocar o leite comprado daqueles assassinos 1 vez, pense nisto, esta marca MUMU, ainda esta sendo vendiada, devia ser punida dos mercados,tudo deles,chocolates, doce de leite, creme de leite, fabricado com este leitinho batizado(envenenado), isto é Brasil, sem impunidade, onde o dinheiras das empresas fala mais alto.

  • Silvania diz: 4 de outubro de 2013

    Gostaria de saber se já fizeram testes em leite em pó, principalmente esse que a prefeitura da nas escolas municipais, bom primeiro a prefeitura dava o leite de marca ninho, depois passou para nutrisse, agora não tem marca , sempre tomei os dois primeiros agora fui tomar esse sem marca me deu uma dor no estomago, agora estou com medo de dar para meus filhos, por favor peço que metirem a duvida.

  • Maria Helena de Fátima diz: 11 de março de 2014

    Eu comprei no Walmart no mês de fevereiro/2014 de S.B.do Campo/SP 14 lts de leite ITALAC SEMIDESNATADO C/ BAIXA LACTOSE, mas qdo chequei em casa coloquei na geladeira, qdo. fui abrir vi que a cor era diferente (cor de café c/leite bem clarinho)eu
    nunca tina visto, liguei no Walmart e eles me trocaram todos, só que continua c/ a cor só mais clara, eu queria saber se não estou me envenenando com este produtos.

  • lucidio zolet diz: 14 de março de 2014

    eu acho muito estranho isso promotor e a policia estão convencido que estão adulterando o leite mas pense comigo como a ……..a industria na hora que recebe o leite não faz teste de qualidade do leite…… e tem mais me responde so o teste de qualidade da policia e mp que acha o leite adulterado……………pera ai tem algo erado nunca se falou da santa clara e outros que compram o leite dos transpotadores é tudo armação para tirar essa pessoas do mercado nos temos que ver isso não to contra as operação mas tem algo erado dr. promotor e delegado do caso a imprensa distorce o caso onde cair dinheiro a lei funciona

  • marcelo diz: 21 de março de 2014

    Eu estou assustado por isso minha família não consumirá esse leite, acho absurdo as empresas mostrarem em propaganda que tem controle rígido de qualidade e na verdade não tem! é tudo feito ao acaso!

  • Sílvia Luisa Teixeira diz: 25 de março de 2014

    Gostaria de saber como é feita esta avaliação dos lotes contaminados. Tenho o leite ITALAC em casa e não é dos lotes contaminados é o lote L85B M4, o que quero saber é se este lote foi avaliado e se realmente posso consumir com segurança, afinal a minha filha tem 7 anos e quero ficar muito tempo ao lado dela. É incrível como uma pessoal tem coragem de prejudicar a vida de crianças!!! Esta pessoal vai pro inferno direto sem escalas.

  • Luciana diz: 16 de abril de 2014

    Gente, não comprem leite de caixinha. Aquilo não é leite natural! (não importa a marca). Comprem aquele que vem em garrafa de plástico, que fica sempre em geladeira do supermercado ou padaria. Pode ver que até o gosto é diferente!

  • Neiva Maria Zambelli diz: 7 de maio de 2014

    Olá como se não bastasse o leite contaminado, resolveram contaminar o vinho também.
    Vocês não têm vergonha na cara enganar o consumidor desta forma.Vocês na valem nada, o fim de seres humanos que agem desta forma para ganhar dinheiro, vão morrer tão contaminados como o leite e demais produtos. o que se faz de mal para os outros, este mal volta em dobro para si mesmo. Tenho nojo de gananciosos que só pensam em dinheiro.Tomara que um dia na sua mesa só tenha dinheiro para comer.
    Vê se ponha à mão na consciência e vão trabalhar honestamente. Uma hora desta você bebera do seu próprio veneno;

  • MARIA DO CARMO SOUZA de OLIVEA diz: 10 de maio de 2014

    me apresentou ja a 7 meses de 2013, ate hoje estou sofrendo de uma queimasão e inflamasão eu cantava em coral parei porque não aguentava mais cantar, gastei o que ñ tinha todos esses meses ainda ñ sair do sofrimento e acredita passei em varios medico, uns meses atraz li na internete que os leite estava contamino ñ acreditei continuei tomando o leite italac e lider mas no ultimos meses eu estava tomando o italac mas agora ñ sei o que fazer vou jogar fora o leite mas a doeça continua quero saber o que eu faço porque agora tenho serteza que foi o leite aquem posso recorer

  • Gustavo diz: 21 de maio de 2014

    E a marca ELEGÊ foi autuada e retirada de circulação no Rio de Janeiro, PERGUNTO> pq esta notícia não foi divulgada por aqui tbm??

    Na minha opinião, estamos perdendo o sentido…

  • Jimmy Choo Shoes Outlet UK diz: 28 de julho de 2014

    Jimmy Choo Shoes Outlet UK

    Spring and summer series Jimmy Choo Shoes Sale with a fascinating multi-pointed shoes candy colors, metallic colors mixed colors mix and match results for these single product highlights a more feminine side. Jimmy Choo Shoes with classic design is uni…

  • louis vuitton outlet store diz: 12 de agosto de 2014

    louis vuitton outlet store

    This type of Louis Vuitton Cross Body Bags Women design with a new small size for an everlasting trendy and feminine look. Louis Vuitton Vernis with the silky soft meterials adds even more sophistication. Our products absolutely 100% quality guarantee.

  • Julian Cohen diz: 21 de outubro de 2014

    Eu morei no primeiro mundo a vida toda, jamais essa do leite ocorreria la. Primeiro porque o povo boicotaria o leite e destruiria o mercado, segundo porque os criminosos ou seriam executados, ou prisao perpetua sem chance de liberdade jamais. No entanto o povo brasileiro aceita tudo de ruim desse pais e governo. Eu tenho sorte porque minha estadia no Brazil e temporaria e sou naturalizado europeu. Mas quem defende os inocentes nesse pais? Dizem que cada povo tem o governo que merece. Os fatos falam por si.Inacreditavel!

  • ronaldo muller diz: 21 de outubro de 2014

    Isso só acontece porque o governo passa a mão por cima, são sempre as mesmas marcas, o que tem que ocorrer em uma caso como este é u ministério da saúde acabar com a marca, o governo faz a cordo, tipo também esta perdoado, mas não faz mais ta filhinho, ora em uma pais com leis acabaria isto(rigidas é claro), isto é atentado a morte.

  • J.Rubens diz: 20 de novembro de 2014

    Uma curiosidade: o “leite” industrializado brasileiro é servido em hotéis de todo o Brasil, é servido no Congresso Nacional, é servido no Palácio do Planalto, é servido no Palácio do Governo do Rio Grande do Sul e nos Palácios de Governo de todos os demais Estados brasileiros, é servido no Poder Judiciário, significando que todas as autoridades brasileiras ingerem SODA CÁUSTICA, FORMOL, URÉIA etc.?

Envie seu Comentário