Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Cliente chamada de safada por bancária receberá indenização

11 de dezembro de 2013 9

A Justiça gaúcha condenou o Banrisul a indenizar cliente ofendida por funcionária dentro da agência. A decisão foi da 3ª Turma Recursal Cível dos Juizados Especiais Cíveis do Rio Grande do Sul.

O caso ocorreu na Comarca de São Sepé. O dano moral foi fixado em R$ 2,5 mil.

Segundo a autora, uma das caixas do banco foi extremamente grosseira. Quando ia atender a pessoa acompanhada pela cliente, a funcionária do Banrisul disse, referindo-se à autora da ação: “essa mulher é uma baita de uma safada! Não vale nada! Tu não tem noção do que essa mulher faz!”

Testemunhas comprovaram a ofensa, dizendo que a mulher ofendida ficou, inclusive, muito nervosa e chorava ao sair do banco. O juiz Lucas Maltez Kachny, relator do processo, destacou que o Banrisul não apresentou provas, como vídeos das câmeras de segurança.

Leia mais:

Loja terá que indenizar dona de cartão furtado e usado para compras em seu nome

Devo, não nego – O devedor no Judiciário

Excesso de hora extra gera indenização por dano existencial

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Comentários (9)

  • RAFAEL oLIVERA diz: 11 de dezembro de 2013

    No mínimo a pobre cliente era negra! por isso deste tratamento. Bem feito pra servidora q tem q pagar! ta na hora dessas coisa pararem d acontecer com nós negro!

  • e explixSS diz: 11 de dezembro de 2013

    Se explicasse o motivo da ofensa também seria interessante pra entender a notícia.

  • Black Power diz: 11 de dezembro de 2013

    Bah Rafael, te assume como tu és, que serás mais feliz.

  • joão diz: 11 de dezembro de 2013

    Mas o que tem a ver o banco com essa história?
    As duas devem ter rusgas entre si na esfera pessoal. A notícia está incompleta.
    Claro que faltou profissionalismo à atendente. São sepé deve ser uma cidade pequena onde todos se conhecem, provavelmente uma pegou o marido da outra, pediu dinheiro emprestado ou é vizinha.

  • Willian diz: 11 de dezembro de 2013

    Também está na hora de PARAR de ficar se vitimando, igual o companheiro Rafael Oliveira. Em nenhum lugar fala que a mulher é negra. Chega disso também!

  • Andre diz: 11 de dezembro de 2013

    Se voce esta a servico de uma entidade voce e um funcionario dessa entidade naquele momento, nao uma pessoa; portanto, a ofensa nao foi de pessoa a pessoa e sim de um funcionario do Banrisul ao cliente. Assim e a lei…
    Sorte da “individua” que ela estava “amparada” pelo banco, se fosse na esfera pessoal teria saido mais caro, pois teria ficha na policia e condenacao civil registrada p/ o resto da vida… nao acahria emprego em lugar nenhum mais.

  • Juliana S. diz: 11 de dezembro de 2013

    é concordo Willian, nada a ver teu comentário Rafael Oliveira! já ouvi dizer que os próprios negros são mais preconceituosos, por este tipo de comentário aí acima! como acabar com isso se nós mesmos ficar se vitimando, daí não dá né!
    repense melhor… se necessário leio de novo o texto!

  • FRANCISCO diz: 11 de dezembro de 2013

    Isto parece armação da mulher que se disse “vitima’ exatamente para conseguir uma indenização. As pessoas não tem noção do que é ser caixa de banco, e do que tem de suportar de certos clientes. Sou cliente do banco a mais de 30 anos e sempre fui bem atendido.

  • Alaor diz: 11 de dezembro de 2013

    Errou a funcionária em chamar a safada de safada, mas garanto que era uma safada mesmo, que anda à caça de uma “questã” para arrancar dinheiro de alguém, provavelmente acompanhada de algum advogadozinho de porta de cadeia mais safado que ela.
    Sou cliente do banco a muitos anos e sempre fui muito bem atendido.

Envie seu Comentário