Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Mudanças da Aneel elevam para até 70% aumento da conta de luz para gaúchos

16 de fevereiro de 2015 9
Foto: Agencia RBS.

Foto: Agencia RBS.

As últimas medidas aprovadas pela diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica elevaram novamente as previsões para aumento da conta de luz em 2015. Entre as grandes distribuidoras gaúchas, pode ultrapassar 70%. O levantamento é do sócio-administrador da consultoria de energia TR Soluções, Paulo Steele.

- É importante deixar claro que essa elevação total na conta de luz para 2015 em relação aos valores totais pagos em dezembro de 2014 será sentida em diferentes momentos: o primeiro foi com a aplicação das bandeiras tarifárias já em janeiro (bandeira vermelha de R$ 30/MWh); a segunda com a elevação das bandeiras tarifárias em 83% para o dia primeiro de março (bandeira vermelha de R$ 55/MWh); a terceira com o reajuste tarifário extraordinário que irá repassar também em primeiro de março os novos custos com a CDE; Itaipu e Leilões de Ajustes; e por fim, o reajuste tarifário ordinário que ocorre na data de aniversário contratual de cada distribuidora. – disse o especialista ao programa Destaque Econômico, na Rádio Gaúcha.

As alterações da Aneel ainda vão passar por consulta pública. No entanto, dificilmente serão alteradas e devem entrar em vigor em março, sendo sentidas na conta de luz de abril.

- Você vai observar que o impacto para os consumidores comerciais e industriais conectados em média e alta tensão ainda é bem maior que o impacto esperado para os consumidores residenciais. Isso ocorre porque os custos que mais aumentaram – compra de energia, bandeiras tarifárias, etc – são exatamente os custos que são mais preponderantes nas faturas de energia destes tipos de consumidores. – completa Steele.

Veja os aumentos detalhadamente:

Ajuste médio total na conta de luz esperado em 2015 para a CEEE: 70,82%

Residencial em Baixa Tensão: 64,65%
Comercial/Industrial em Média Tensão: 78,04%
Industrial em Alta Tensão: 96,29%

.

Ajuste médio total na conta de luz esperado em 2015 para a AES-SUL: 64,37%; onde:

Residencial em Baixa Tensão: 57,07%
Comercial/Industrial em Média Tensão: 68,28%
Industrial em Alta Tensão: 82,24%

.

Ajuste médio total na conta de luz esperado em 2015  para a RGE: 57,03%; onde:

Residencial em Baixa Tensão: 49,78%
Comercial/Industrial em Média Tensão: 58,63%
Industrial em Alta Tensão: 69,61%

Ouça a entrevista completa com Paulo Steele no programa Destaque Econômico:

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

 

Comentários (9)

  • Pampeano diz: 16 de fevereiro de 2015

    Primeiro falava-se que o aumento em 2015, em relação a dez/2014, seria em torno de 30%, depois jogaram para 50%, dias atrás jogaram na nossa cara que a estimativa era de 66% e agora ainda têm a cara de pau em falar em mais de 70%!!
    Sério, daqui a uns dias vão dizer que a conta de energia elétrica vai subir 100% ou mais, em apenas um ano… fora o talagaço de 33% que tivemos ano passado.
    Incrível como só temos péssimas notícias, a cada dia que passa.
    Ok, baixo nível dos mananciais hídricos… mas temos que lembrar das obras inacabadas na geração de energia, falta de linhas de transmissão interligando o sistema norte/nordeste (onde o reajuste será de 4%… coincidência, hein?), falta de planejamento na matriz energética, deixando TUDO na dependência do regime hídrico, roubos nas estatais (temos que tapar o furo do caixa de algum jeito), obras de angra 3 que se arrastam há anos, não investimento em energia nuclear (maior relação de geração/espaço físico que existe) e outros.
    Há um ano e meio quando houve redução de 15% na conta foi um “auê danado”, com pronunciamento em rede aberta de TV, dois anos seguidos com aumento na casa dos 33% e 70% (até o momento)… e nenhuma líder de executivo nacional deu as caras.
    Leve mais e mais aumento, afinal… temos inflação em apenas 6,5%!

  • FLAVIO FAGUNDES DA SILVEIRA diz: 16 de fevereiro de 2015

    ROUBO!!!! ASSALTO!!!! EFEITO DILMENTIRA!!!! ISSO VAI TER QUE ACABAR.

  • Eduardo diz: 16 de fevereiro de 2015

    A industria já falida vai fechar as portas de vez.
    Desemprego total…………
    Sem a industria de quem o governo vai sugar $$$$ para pagar seus companheiros?
    O Bolsa Familia deve aumentar de 50 milhoes de pessoas para 180milhoes de pessoas rapido.

    Vai ter umas 500 pessoas tentando trabalhar e o resto querendo roubar elas……..

    Esse é o Brasil do PT, o mais corrupto e pior governo da historia desse país……..

    Parabens aos envolvidos na eleição que colocam esse tipo de gente lá………

    PT é o partido dos que NUNCA trabalharam e isso é UM FATO.

  • paulo diz: 16 de fevereiro de 2015

    eu tenho uma ideia se comesarem com esses aumentos abusivos a população inteira deveria nao pagar sua conta d3 luz qyerria ver se eles cortarian o fornecimento de todo mundo e nao se obrigavam a baixar o presso e cobrar um preço diguino para o povo pagar sem ser roubado ja guanham milhões e ainda querem ganhar mais o ganancia

  • Leo diz: 16 de fevereiro de 2015

    O Ministério Público tem que entrar com ação contra o governo para impedir esse assalto ao povo!!! Uma “inflação” divulgada oficialmente ridícula, aumento dos salários ridículos, aumento da tabela do IR ridículo, ou seja se é para dar para o povo os aumentos são simplesmente ridículos e para tirar são escorchantes!! Quando isto vai acabar??, quando teremos alguém defendendo realmente os interesses do povo???? Acho que só com ditadura mesmo(?!?!?!?!?) pois a democracia esta mostrando que não se aplica numa cultura como a nossa!!! quero esclarecer que sou um democrata mas não tem outra solução, está bem claro!!!

  • Edson diz: 16 de fevereiro de 2015

    o Leo diz que o ministério público deveria entrar com uma ação contra o governo! É difícil! Eles ganham muito pouco pra se estressarem com picuinhas de aumento da luz, ou do petróleo, ou da… tá, chega, entendi o recado!

  • André diz: 17 de fevereiro de 2015

    Engraçado como tu não vê mais ninguém defendendo essa máfia bando de ladrões

  • Pedro da Silva diz: 27 de fevereiro de 2015

    As eleições já pasaram, agora a suportar…

  • Antonio diz: 10 de julho de 2015

    pessoal vamos se unir e não pagar mais a conta de luz devido aos aumentos abusivos, não temos culpa se o Governo não tem planejamento não temos culpa se eles criaram um sistema politico podre.

Envie seu Comentário