Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Economistas projetam impacto direto de Brexit nas exportações gaúchas

09 de agosto de 2016 0
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS.

Foto: Porthus Junior / Agencia RBS.

 

“Para o Rio Grande do Sul, o Brexit poderá impactar diretamente as exportações oriundas do Estado para o Reino Unido e, indiretamente, as exportações para a União Europeia.”

Brexit foi o plebiscito que decidiu, em junho, pela saída do Reino Unido da União Europeia. E a previsão de impacto na economia gaúcha é dos pesquisadores Alessandro Miebach e Bruno Jubran, da Fundação de Economia e Estatística.

Em 2015, o Rio Grande do Sul exportou US$ 2,5 bilhões para a União Europeia. É quase 15% do total embarcado pelo Estado.

Da exportação para o bloco econômico, 93,8% são produtos da indústria da transfomação. Para o Reino Unido, também.

Segundo a FEE, o Reino Unido fica com 7,8% das exportações industriais para a União Europeia. Compra principalmente produtos de abate e carne, fumo processado, calçados, resinas e móveis.

As exportações gaúchas vão principalmente para Alemanha e Países Baixos. De lá, são redistribuídas. A saída do Reino Unido deve gerar um redirecionamento dos produtos gaúchos para lá.

“Mas há dúvidas se essa readequação será rápida e sem prejuízos aos exportadores gaúchos.”

Conforme for conduzida, os pesquisadores acreditam que a instabilidade política na Europa pode ter impacto direto na indústria do Rio Grande do Sul. Isso seria bastante ruim, pois o setor ainda enfrenta sérios efeitos negativos da crise econômica do próprio Brasil.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Envie seu Comentário