Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Banco Central aposta em inflação menor e crescimento da economia... no ano que vem

27 de setembro de 2016 1
Imagem:  CC0 Public Domain.

Imagem: CC0 Public Domain.

 

Um dos indicadores mais esperados da semana, o Banco Central divulgou há pouco o relatório trimestral de inflação. Houve revisão das expectativas da autoridade monetária para a inflação e para o PIB.

O banco acredita que o IPCA termine 2016 em 7,3%. Fica acima dos 6,9% projetados anteriormente e também acima do teto da meta do Governo Federal, que é de 6,5%.

Só que, para 2017, a coisa melhorou. O Banco Central projeta IPCA de 4,9%. É uma aposta menor do que os 5,5% projetados antes e bem próximo do centro da meta do governo, que é 4,5%.

“A evolução dos preços evidencia processo de desinflação em curso. (…) No entanto, a velocidade de desinflação permanece incerta.” – diz o texto.

Expectativa de que isso abra espaço para, finalmente, um corte na taxa básica de juros Selic na reunião de outubro do Comitê de Política Monetária (Copom). Os contratos futuros de juros já abriram em alta agora.

 

PIB

Para o PIB em 2016, o Banco Central manteve a expectativa de queda de 3,3%.

Indústria -3,3%
Serviços -2,7%
Agropecuária -2,2%

Já para 2017, a coisa melhora aqui também. Estima que a economia brasileira avance 1,3%.

Indústria +1,5%
Serviços +0,9%
Agropecuária +3,5%

 

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

 

Comentários (1)

  • João Da Veiga Antunes diz: 27 de setembro de 2016

    Eta Brasil véio de guerra. Quanta notícia estão plantando nestas vésperas de eleições. Existe um Brasil antes e outro deficitário depois da eleições. Ai cai a máscara. Aí Vem a realidade de tudo. Esperem sentados pra ver. Dia 03 de outubro a dura realidade dos Políticos, das politicagens, das ladroeiras, do não pode mais. “Há… mas eu não sabia que as prefeituras estavam desse jeito!. Agora eu vou ver o que dá pra fazer. Esqueçam tudo o que foi prometido nas campanhas políticas. “assim dirão os novos Prefeitos Eleitos, já no período da tal chamada transição de Governos… eleitos… Pensem nisto enquanto eu lhes digo até depois das eleições.

Envie seu Comentário