Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

"É jogar a criança fora junto com a água suja", diz Aod Cunha sobre extinção da FEE

22 de novembro de 2016 0
Foto: Delourdes Bressiani / Prefeitura de Porto Alegre.

Foto: Delourdes Bressiani / Prefeitura de Porto Alegre.

 

- Me parece que é um caso clássico de se jogar a criança fora junto com a água suja.

Ex-secretário da Fazenda conhecido pelo déficit zero, Aod Cunha também foi presidente da Fundação de Economia e Estatística. Em viagem pela Ásia para um período sabático, o economista escreveu nesta manhã uma manifestação no Facebook em favor da FEE.

Aod disse que acredita que a fundação será preservada porque ainda há a discussão sobre o pacote na Assembleia Legislativa.

- Não consigo ver na extinção da FEE os ganhos conceituais que foram revelados como norteadores do pacote: economia significativa de recursos ou foco naquilo que é relevante para o Estado.

O ex-secretário disse que a economia de recursos será pouco significativa, reforçando a relevância da entidade.

- A FEE produz uma longa lista de base de dados e análises absolutamente relevantes para a tomada de decisões do setor público e privado do Rio Grande do Sul: PIB dos municípios, os indicadores sócio econômicos de desenvolvimento, a demografia regional, etc. Não há boa política pública sem bons dados, indicadores e avaliações de desempenho. O resto é chute.

Seguiu dizendo que, sem a FEE, não teria conseguido entender a economia regional e o setor público.

- E sequer teria conseguido enxergar de 2003 a 2006 que o Estado precisava fazer um ajuste fiscal antes de conseguir avançar em outras políticas públicas.

Acrescentou que, sim, a FEE pode melhorar. Mas como toda instituição pública. Disse que o governo pode usar melhor as estatísticas da entidade na condução das políticas de educação, saúde e segurança.

E o que tem sido argumentado:

- Sem a FEE, não tenho dúvida que o Estado acabará contratando um número muito maior de consultorias privadas por um custo maior.

 

Pacote em geral

Mas Aod Cunha elogiou o pacote em geral, mesmo sem ter lido todo o texto. Diz que é amplo e traz muitas medidas necessárias.

- Mas de maneira geral me parece corajoso e de uma ousadia mais condizente com a gravidade da situação que o Rio Grande do Sul vive. Muitos comentaram que já veio tarde. Mas o importante é que veio. Na direção certa. É por isso eu o apoio.

E criticou o governo Tarso Genro:

- Se no governo anterior tivesse sido mantido a disciplina fiscal que levou ao equilíbrio fiscal entre 2007 e 2009, não teríamos chegado a essa situação calamitosa das finanças públicas. Mas a vida foi o que foi e é o que é.

Com a certeza de estar no pacote de cortes, FEE decidiu se articular na Assembleia

Extinção da Fundação de Economia e Estatística é estudada pelo Governo do Estado

 

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

E também curta a página Giane Guerra, no Facebook.

Envie seu Comentário