Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Dez municípios concentram mais de 40% do PIB do Rio Grande do Sul. Saiba quais são:

14 de dezembro de 2016 0

PIB

 

 

Dez municípios do Rio Grande do Sul concentram 42,2% do PIB do Rio Grande do Sul. O dado é de 2014 e mostrou uma leve redução. Em 2013, era 42,7%.

Porto Alegre e Caxias do Sul estão, tranquilos, no topo da lista. Veja:

 

tabelaaaa

 

O que mudou nesse ranking em relação a 2013:

- Gravataí subiu uma posição

- Canoas caiu uma posição

- Santa Cruz do Sul subiu de 8º para 5º lugar

- Novo Hamburgo subiu uma posição

- Passo Fundo caiu de 6º para 7º lugar

- Rio Grande caiu de 5º para 8º lugar

- Pelotas também caiu uma posição

- São Leopoldo entrou no ranking, assumindo o 9º lugar

- Saiu Triunfo, que caiu de 10ª para 15ª posição

A Fundação de Economia e Estatística aponta duas características em comum entre estes municípios: têm população expressiva e o setor de serviços é a atividade econômica mais importante. Os dados são calculados em parceria com o IBGE.

Aliás, o setor de serviços é determinante entre os principais ganhos dos municípios. Gerou R$ 208,6 bilhões em 2014, ou seja, os serviços são o setor de maior atividade econômica no Rio Grande do Sul. Predomina em 363 municípios.

A agropecuária domina em 111 municípios. Por fim, o setor industrial é o principal em 23 localidades.

O PIB per capita do Rio Grande do Sul foi de R$ 31.927. O maior valor segue em Triunfo: R$ 184.668,72, motivado pelo polo petroquímico. Depois, vem Muitos Capões: R$ 103.535,12, com a produção de soja. O menor PIB per capita fica em Ametista do Sul (R$ 10.701,15).

Cinco municípios com maior crescimento relativo do PIB: Candiota (82,8%), Nova Araçá (49,3%), Lindolfo Collor (37,2%), Santa Clara do Sul (35,4%) e Erval Grande (34,2%).

Municípios que tiveram maior ganho de participação no PIB do Estado: Porto Alegre (0,45p.p), Santa Cruz do Sul (0,21 p.p), Guaíba (0,18 p.p), São Leopoldo (0,12 p.p), Santa Maria (0,08 p.p), Sapiranga (0,07 p.p), Horizontina (0,07 p.p), Pelotas (0,06 p.p), Novo Hamburgo (0,059 p.p) e Bento Gonçalves (0,058 p.p).

Municípios que tiveram a maior queda de participação no PIB do Estado foram: Canoas (-0,58 p.p), Rio Grande (-0,39 p.p), Triunfo (-0,34 p.p), Caxias do Sul (-0,19 p.p), Passo Fundo (-0,11 p.p), Aratiba (-0,11 p.p), Erechim (-0,08 p.p), Cruz Alta (-0,05 p.p), Ijuí (-0,04 p.p) e Tupanciretã (-0,039 p.p).

*Post sendo atualizado. Acompanhe.

 

Envie seu Comentário