Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

"Vamos manter empregos, a marca Tumelero e abrir mais lojas." - diz diretor da Saint-Gobain

02 de março de 2017 5

1426177509_Tumelero

 

Saiu a aprovação e foi confirmada a compra da rede Tumelero pela Saint-Gobain. A empresa entra, com isso, no varejo de construção no Rio Grande do Sul.

O acordo para aquisição já tinha sido anunciado. A operação foi agora aprovada pela autoridade da concorrência brasileira, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

A rede Tumelero atua há 50 anos no Rio Grande do Sul. Tem 29 lojas.

Com a aquisição, o grupo francês se torna a maior rede de pontos de vendas desse mercado no País. Com 70 lojas operando com as bandeiras Telhanorte, Telhanorte Conceito, Pro Telhanorte e Tumelero, em 46 cidades em São Paulo, Minas Gerais, Paraná e Rio Grande do Sul.

Em entrevista ao blog Acerto de Conta$, o diretor-Geral da Saint-Gobain Distribuição, Manuel Corrêa, garantiu:

- Manter os empregos e pretendem aumentar investimentos. São 1 mil trabalhadores na Tumelero atualmente, sem contar empregos indiretos.

- Abrir mais lojas. Principalmente, em Porto Alegre e Caxias do Sul.

- Manter a marca Tumelero. Considera o gaúcho um dos consumidores mais exigentes do Brasil.

Corrêa está em Porto Alegre, passando um “calorão” e iniciando o processo de integração das atividades:

- Está sendo um dia muito intenso. Já tivemos reuniões com líderes da empresa e estamos nos surpreendendo para o bem.

 

manoel

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

E também curta a página Giane Guerra, no Facebook.

Comentários (5)

  • gerson carreira diz: 2 de março de 2017

    espero que com essa mudança o cliente seja bem mais visto pela loja pois a tumelero é uma loja que não da a mínima para as reclamações dos clientes para com a mesma.Eu não compraria mais nesta loja mas com essas mudanças à vista,vou olhar com outros olhos.mas fica o recado conversar com os clientes,e principalmente nas reclamações dar uma atenção pelo menos.

  • Jo diz: 2 de março de 2017

    Trabalhei por 2 anos na tumelero, a empresa tinha valores incríveis e bons fincionarios( a maioria das vezes os mais antigos, porem perdeu muita qualidade quando deixou de investir em tecnologia , é inaceitável que não disponha de loja on-line , nas vezes que precisei me deslocar até às lojas , eu mesmo me atendi, uma vez quando necessitei de um auxílio presenciei uma das cenas mais bizarras da minha vida com vendedores se escondendo. Investiram em produtos chineses e com a alta do dólar começou o pepino . Fico feliz que tenha caído em boas mãos a empresa ,é um nome consolidado , não tem como errar.

  • Maragato diz: 2 de março de 2017

    Mais uma marca gaúcha que daqui 5 anos no máximo, deixará de existir.. Mas fazer o quê né.. O empresariado uma hora cansa de dar murro em faca, gerar emprego e renda, e ser tratado como bandido por governos que não apenas não apóiam os geradores de emprego, como tentam impedir sua atuação com tanto engessamento dos órgãos públicos e sindicatos.. Só sindicalista burro e mamador, e servidor público burro e sem visão é contra o empregador, a galinha dos ovos de ouro..

  • Julio Silva diz: 3 de março de 2017

    Já não tem preço hoje, perde para a Leroy e para a Cassol, se continuar como estava, está feito o caminho para a extinção, assim como aconteceu com a Seven Boys

  • Carlos diz: 3 de março de 2017

    Até adquirir, prometem mundos e fundos para essa coisa chamada CADE. Depois um pontapé no traseiro, como fez agora a Coca-Cola na Vonpar.

Envie seu Comentário