Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Leitora demitida será recontratada e pergunta se solicita seguro-desemprego

20 de abril de 2017 0

Leitor pergunta. Acerto de Conta$ responde.

Leitora Thaís pergunta:

“Estou trabalhando há 1 ano e 4 meses. A empresa onde trabalho perdeu contrato e estamos sendo desligados. Uma nova empresa irá nos contratar. Porém, como trabalho na área da cozinha de um hospital, a implantação é muito estressante e tenho artrite. A nova empresa ofereceu para eu voltar depois da implantação, o que demora em torno de dois meses. Se, durante esse tempo em que ficar desempregada, eu não entrar com pedido do seguro-desemprego, eu perco o meu tempo caso entre na nova empresa e seja desligada novamente?”

FGTAS/Coordenação Técnica Seguro-Desemprego – SINE responde:

“Esta demissão sem justa causa dá direito ao Requerimento do Seguro Desemprego. Aconselhamos o encaminhamento.

Durante o período de desemprego, poderá ocorrer o recebimento do benefício: em 30 dias a primeira parcela, 45 a segunda, 75 a terceira e assim por diante.

Havendo nova contratação, ocorre a suspensão do recebimento e a possibilidade de retomá-lo – por término de contrato temporário ou nova demissão sem justa causa (por até 16 meses a partir da demissão que deu origem ao benefício).

É comum ocorrerem duas situações:
1ª – o trabalhador não encaminha o requerimento e o novo emprego não ocorre: em 120 dias da demissão perde o direito de requerer.
2ª – não encaminha e o novo contrato finda por ser temporário: não há o que retomar pois não ocorreu o encaminhamento em tempo hábil do contrato com demissão sem justa causa.

A recomendação é sempre encaminhar o requerimento, garantindo o seu direito.”

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

E também curta a página Giane Guerra, no Facebook.

Envie seu Comentário