Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Justiça determina licença remunerada para trabalhadores da Iesa Charqueadas

22 de novembro de 2014 0

A Justiça determinou que a Iesa Óleo e Gás coloque em licença remunerada os trabalhadores que pretendia demitir nesta segunda-feira. São cerca de 1,1 mil da fábrica de Charqueadas.

A decisão acrescenta que a demissão em massa precisa ser negociada coletivamente. Isso deve ser feito com o sindicato da categoria. Terá que ser mediada pelo Ministério Público do Trabalho em audiência judicial.

- A dúvida é se vai pagar. Manter o vínculo oficial de emprego é fácil. O difícil é pagar. No Rio de Janeiro, a empresa mantém vários pagando só 30% do salário. – conta um funcionário que pede para não ser identificado.

É uma decisão liminar. O mérito da ação coletiva ainda será analisado. No processo, é pedido bloqueio e sequestro de bens da Iesa e da Petrobras para pagamento das rescisões dos demitidos.

- Isso certamente vai trazer uma certa tranquilidade para os trabalhadores. Terão mais tempo para se organizar. – comenta o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Charqueadas, Jorge Luiz de Carvalho.

O não cumprimento da liminar gera multa de R$ 100 milhões. A decisão é da juíza do trabalho Lila Franca.

- Agora, é muito importante que a Petrobras também tenha que pagar estes valores. Não se sabe se a Iesa tem dinheiro para isso. – acrescenta o prefeito de Charqueadas, Davi Gilmar Souza.

A Iesa atrasa pagamentos de fornecedores há mais de um ano. Seu dono, o Grupo Inepar, está em recuperação judicial.

Metasa investigada na Lava Jato

21 de novembro de 2014 0

A empresa gaúcha Metasa é investigada na operação Lava Jato por contratar consultoria de fachada do doleiro Alberto Youssef.  No inquérito policial, que ainda está sob sigilo, a empresa de Marau é suspeita de peculato e lavagem de dinheiro.

Saiba mais na matéria da repórter da Rádio Gaúcha em Brasília, Renata Colombo:

Empresa gaúcha é investigada na operação Lava Jato por contratar consultoria de fachada de doleiro

 

Leia também:

Empresas da Região Metropolitana querem contratar demitidos da Iesa Óleo e Gás

Trabalhadores reúnem informações para ação coletiva contra Iesa e Petrobras

Iesa comunica demissões a trabalhadores de Charqueadas

Sine Móvel não foi enviada para Charqueadas

Nota da Iesa Óleo e Gás revolta empresários, trabalhadores e políticos

Contratadas da Petrobras devem mais de R$ 500 milhões para fornecedores gaúchos

Grupo dono da Iesa tem até segunda-feira para apresentar plano de recuperação judicial

Petrobras rescinde contrato com Iesa Óleo e Gás

É hoje audiência sobre Iesa Charqueadas na Presidência da República

Polícia Federal prende um diretor da Iesa Óleo e Gás

Iesa amplia dispensa de trabalhadores e estende para todos os funcionários

Petrobras analisa medidas sobre Iesa Charqueadas

Situação da Iesa Charqueadas será discutida na Presidência da República

Prefeito organiza protesto na frente da Iesa Charqueadas

Iesa adia retomada da produção em Charqueadas

Iesa garante pagamento dos funcionários dispensados em Charqueadas

Iesa suspende produção em Charqueadas por dez dias

Nova empresa deve entrar na Iesa em Charqueadas

Iesa Óleo e Gás demite dezenas de trabalhadores em Charqueadas

Terminam as férias coletivas na Iesa Charqueadas

Iesa Charqueadas confirma perda de oito módulos para a China

Dona da Iesa Óleo e Gás tem dívidas de quase R$ 49 milhões com bancos gaúchos

Justiça autoriza recuperação judicial e Iesa atrasa salários de novo

Metalúrgicos de Charqueadas vêm protestar em Porto Alegre contra crise na Iesa

Sindicato vai à Justiça tentar garantir pagamento de trabalhadores da Iesa

Metasa fecha dois contratos e garante a operação de Charqueadas

Iesa dá férias coletivas para trabalhadores de Charqueadas

Trabalhadores param na Iesa de Charqueadas

Iesa e Andrade Gutierrez fecham acordo sobre fábrica de Charqueadas

Petrobras reconhece que crise na Iesa começou ainda no ano passado

Prefeitos querem que trabalhadores suspendam greve na Iesa de Charqueadas

Prefeitos discutem situação da Iesa Charqueadas

Trabalhadores entram em greve na Iesa Charqueadas

Reunião nesta terça-feira decidirá sobre greve na Iesa

Protesto impede entrada de trabalhadores na Iesa de Charqueadas

Iesa retomará atividades em Charqueadas

Trabalhadores da Iesa em Charqueadas recebem salário atrasado

Metasa garante que ficará em Charqueadas

Trabalhadores protestam em frente à Iesa de Charqueadas

Iesa adia retorno de trabalhadores em Charqueadas 

Petrobras garante que está pagando Iesa em dia

Iesa promete regularizar na semana que vem todas as dívidas de Charqueadas

Trabalhadores da Iesa são dispensados em Charqueadas

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

 

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Vonpar encerra produção na fábrica de Viamão

21 de novembro de 2014 0

A Vonpar resolveu transferir para Arroio do Meio também a linha de produção de doce de leite, que restava na fábrica de Viamão. Em fevereiro, já tinha sido desativada a linha de leite longa vida e de creme de leite Mu-Mu. Mas, neste caso, a empresa deixou de produzir o leite.

Leia mais: Leite Mu-Mu deixa de ser fabricado

Para a transferência, será preciso ampliar a fábrica de Arroio do Meio. A ideia é começar a operar no segundo semestre de 2015. Lá, já são produzidas as balas e os chocolates Neugebauer.

Em relação ao terreno de Viamão, a Vonpar Alimentos diz que está analisando propostas de parcerias para dar um novo uso para o imóvel.

Leia mais:

Vonpar sofre impacto da inflação, queda no consumo e no emprego

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Justiça anula entrega de área para Wilson Sons construir estaleiro em Rio Grande

21 de novembro de 2014 1
Foto: Divulgação Porto de Rio Grande.

Foto: Divulgação Porto de Rio Grande.

A Justiça Federal considerou nula a decisão administrativa que alterou o Plano de Desenvolvimento e Zoneamento do Porto de Rio Grande. Foi em 2008 e a medida acabou por inviabilizar a instalação de um novo terminal de contêineres no local.

O entendimento da 1ª Vara Federal de Rio Grande. A ação foi do Ministério Público Federal, que questionava a entrega de uma área de mais de 68 mil metros quadrados para a empresa Wilson Sons Comércio, Indústria e Agência de Navegação.

Foi, então, declarada a nulidade da alteração do Plano de Desenvolvimento e Zoneamento. Foi ainda determinada a restauração da destinação anterior. Com a decisão, a Wilson e Sons não poderá instalar qualquer empreendimento na área.

Segundo o MPF, a modificação no plano foi proposta pelo Estado. Com isso, o espaço previsto para receber a carga e descarga foi destinado à implantação de um estaleiro. Argumentou que a medida prejudicaria a concorrência no setor, gerando monopólio. Acrescentou que a companhia beneficiada é do mesmo grupo econômico da Tecon Rio Grande S/A, responsável por cerca de 98% das operações portuárias.

Também são rés no processo o Estado do Rio Grande do Sul, a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) e a Superintendência do Porto de Rio Grande. Todos defenderam a legalidade e o interesse público na operação.

Para a juíza, foram comprovados vícios formais e materiais nos atos administrativos. Mencionou que um dos diretores do grupo no conselho que aprovou o plano de zoneamento e a deliberação ter ocorrido em votação com quórum inferior ao determinado por lei.

- Vale dizer, a agência reguladora, responsável pela gerência, fiscalização e controle dos serviços portuários, sequer foi informada sobre a alteração do PDZ, cuja repercussão na atividade portuária é flagrante.

Também destacou que diversos estudos técnicos concluíram o contrário do que foi feito.

- A área em debate corresponde à superfície de área com melhores condições dentro do porto organizado para a expansão portuária, visto que é a única área que reúne condições de acessibilidade terrestre e ferroviária adequadas e profundidades compatíveis para atender à navegação de maior porte.

No seu entendimento, o Conselho da Autoridade Portuária optou pela concentração excessiva do mercado.

- Conduz à prática de preços abusivos, possível ineficiência e se opõe à política pública que estimula a competitividade do setor portuário.

Os réus têm seis meses para publicar edital de licitação para a exploração de um novo Terminal Portuário Público para movimentação de contêineres no local.

Cabe recurso ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Dilma faz reuniões com cotados para a equipe econômica

21 de novembro de 2014 14

A manhã de sexta-feira é marcada por entra e sai no Palácio da Alvorada, em Brasília. A presidente Dilma Roussef reúne-se, principalmente, com os cotados para a equipe econômica. A intenção é anunciar às 15h os nomes mais esperados desde o resultado da eleição.

Por enquanto, os acertos são para que Nelson Barbosa fique no Ministério do Planejamento. Os outros dois nomes são Joaquim Levy e Alexandre Tombini. Levy deve ir para o Ministério da Fazenda e Tombini deve continuar no Banco Central.

Se confirmada esta distribuição, é o que agrada o mercado em geral. O preferido para a Fazenda era o presidente do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco. O executivo foi convidado nesta semana por Dilma, mas recusou.

Foto: Porthus Junior / Agencia RBS.

Foto: Porthus Junior / Agencia RBS.

 

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

 

Receita Federal suspende tributos para biodiesel

21 de novembro de 2014 0

A Receita Federal regulamentou incentivos fiscais ao setor de biodiesel. Está publicado no Diário Oficial da União.

Entre as medidas, suspende a incidência de dois tributos — PIS/Pasep e Cofins — sobre a receita obtida por pessoa jurídica ou cooperativa de produção na venda de matérias-primas vegetais in natura para fabricar biodiesel. Também foi autorizado crédito presumido por produtores de biodiesel sobre aquisições de matéria-prima feitas entre 15 de dezembro de 2011 e 9 de outubro de 2013, de pessoas físicas, jurídicas ou cooperativas.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Conselho de Administração abre concurso público no Rio Grande do Sul

21 de novembro de 2014 0
Foto: Piero Ragazzi / Agencia RBS.

Foto: Piero Ragazzi / Agencia RBS.

Publicado edital de concurso público do Conselho Regional de Administração do Rio Grande do Sul. Há vagas para admissão imediata e também para cadastro reserva. O regime é CLT.

Nível Superior:
Fiscal – Porto Alegre – 2 vagas e cadastro reserva
Fiscal – Caxias do Sul – cadastro reserva
Fiscal – Ijuí – cadastro reserva
Fiscal – Novo Hamburgo – cadastro reserva
Fiscal – Osório – cadastro reserva
Fiscal – Passo Fundo – cadastro reserva
Fiscal – Pelotas – cadastro reserva
Fiscal – Santa Maria – cadastro reserva
Fiscal – Uruguaiana – cadastro reserva
Carga Horária Mensal: 40h. Salário: R$ 3.286,70.

Nível Técnico:
Técnico de Informática – Porto Alegre – 1 vaga
Carga Horária Mensal: 40h. Salário: R$ 2.396,07.

Nível Médio:
Auxiliar Administrativo – Porto Alegre – 3 vagas e cadastro reserva
Auxiliar Administrativo – Caxias do Sul – cadastro reserva
Auxiliar Administrativo – Ijuí – cadastro reserva
Auxiliar Administrativo – Novo Hamburgo – cadastro reserva
Auxiliar Administrativo – Osório – cadastro reserva
Auxiliar Administrativo – Passo Fundo – cadastro reserva
Auxiliar Administrativo – Pelotas – cadastro reserva
Auxiliar Administrativo – Santa Maria – cadastro reserva
Auxiliar Administrativo – Uruguaiana – cadastro reserva
Carga Horária Mensal: 40h. Salário:R$ 1.385,15.

As inscrições podem ser feitas a partir desta sexta-feira e vão até 19 de dezembro. São pelo site www.fundatec.org.br, onde também está o edital completo.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Empresas da Região Metropolitana querem contratar demitidos da Iesa Óleo e Gás

21 de novembro de 2014 1
Foto: Rádio Gaúcha

Foto: Rádio Gaúcha

Empresas da Região Metropolitana de Porto Alegre entraram em contato pela manhã com o Sindicato dos Metalúrgicos de Charqueadas. Estão interessadas em contratar os trabalhadores demitidos da Iesa Óleo e Gás porque já estão treinados.

Inicialmente, são vagas na área de produção, como soldador, montador e maçariqueiro. A orientação é enviar currículo para o sindicato, que repassará os contatos dos trabalhadores que se encaixarem no perfil pedido pelas empresas.

A Iesa tinha cerca de 800 trabalhadores no chão de fábrica. Outros 300 aproximadamente trabalhavam no administrativo.

Os trabalhadores estão reunindo documentos para uma ação coletiva que vai exigir valores não apenas da Iesa, mas também da Petrobras. Haverá uma grande reunião às 14h em Charqueadas para tratar do assunto.

Leia mais:

Trabalhadores reúnem informações para ação coletiva contra Iesa e Petrobras

Iesa comunica demissões a trabalhadores de Charqueadas

Sine Móvel não foi enviada para Charqueadas

Nota da Iesa Óleo e Gás revolta empresários, trabalhadores e políticos

Contratadas da Petrobras devem mais de R$ 500 milhões para fornecedores gaúchos

Grupo dono da Iesa tem até segunda-feira para apresentar plano de recuperação judicial

Petrobras rescinde contrato com Iesa Óleo e Gás

É hoje audiência sobre Iesa Charqueadas na Presidência da República

Polícia Federal prende um diretor da Iesa Óleo e Gás

Iesa amplia dispensa de trabalhadores e estende para todos os funcionários

Petrobras analisa medidas sobre Iesa Charqueadas

Situação da Iesa Charqueadas será discutida na Presidência da República

Prefeito organiza protesto na frente da Iesa Charqueadas

Iesa adia retomada da produção em Charqueadas

Iesa garante pagamento dos funcionários dispensados em Charqueadas

Iesa suspende produção em Charqueadas por dez dias

Nova empresa deve entrar na Iesa em Charqueadas

Iesa Óleo e Gás demite dezenas de trabalhadores em Charqueadas

Terminam as férias coletivas na Iesa Charqueadas

Iesa Charqueadas confirma perda de oito módulos para a China

Dona da Iesa Óleo e Gás tem dívidas de quase R$ 49 milhões com bancos gaúchos

Justiça autoriza recuperação judicial e Iesa atrasa salários de novo

Metalúrgicos de Charqueadas vêm protestar em Porto Alegre contra crise na Iesa

Sindicato vai à Justiça tentar garantir pagamento de trabalhadores da Iesa

Metasa fecha dois contratos e garante a operação de Charqueadas

Iesa dá férias coletivas para trabalhadores de Charqueadas

Trabalhadores param na Iesa de Charqueadas

Iesa e Andrade Gutierrez fecham acordo sobre fábrica de Charqueadas

Petrobras reconhece que crise na Iesa começou ainda no ano passado

Prefeitos querem que trabalhadores suspendam greve na Iesa de Charqueadas

Prefeitos discutem situação da Iesa Charqueadas

Trabalhadores entram em greve na Iesa Charqueadas

Reunião nesta terça-feira decidirá sobre greve na Iesa

Protesto impede entrada de trabalhadores na Iesa de Charqueadas

Iesa retomará atividades em Charqueadas

Trabalhadores da Iesa em Charqueadas recebem salário atrasado

Metasa garante que ficará em Charqueadas

Trabalhadores protestam em frente à Iesa de Charqueadas

Iesa adia retorno de trabalhadores em Charqueadas 

Petrobras garante que está pagando Iesa em dia

Iesa promete regularizar na semana que vem todas as dívidas de Charqueadas

Trabalhadores da Iesa são dispensados em Charqueadas

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

 

 

Engebasa produz primeira torre eólica em Guaíba

21 de novembro de 2014 0

A unidade de Guaíba da Engebasa concluiu a primeira torre metálica para geradores de energia eólica. O equipamento foi enviado para o parque que a Gamesa está construindo em Chuí, no Sul do Estado.

A fábrica foi instalada em Guaíba em fevereiro de 2014. O investimento foi de R$ 90 milhões.

Foto: Divulgação Prefeitura de Guaíba.

Foto: Divulgação Prefeitura de Guaíba.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Agenda Econômica 21.11

21 de novembro de 2014 0

Receita Federal suspende incidência de tributos na aquisição de matérias-primas destinadas à produção de biodiesel. Está publicado no Diário Oficial da União.

FGV divulga o Indicador de Expectativa de Inflação dos Consumidores.
Apresenta ainda a prévia da Sondagem Industrial de novembro.

Câmara Arbitragem da Federasul apresenta o novo regulamento do órgão durante o Café da Arbitragem.

Sócio da Pmweb, Augusto Rocha palestra no Comitê de Gestão Empresarial da Amcham Porto Alegre.

Em Pelotas, o Capítulo Rio Grande do Sul do Project Management Institute (PMI-RS) realiza evento sobre Branch Sul.

Endeavor busca empreendedores para receberem apoio de grandes executivos e empresários que já estão no mercado. Inscrições até 15 de dezembro.

===

Há vagas:
Promessa da Secretaria do Trabalho de que, a partir das 9h, Sine Móvel cadastra e seleciona trabalhadores para 40 vagas de emprego em Charqueadas. O endereço da agência é Rua Orvalino Dorneles, 117.

Empresa de Tecnologia da informação, e-Core seleciona para Porto Alegre Analista de Testes Performance, Desenvolvedor Ruby Pleno/Sênior, Analista de Testes Automatizados – Selenium, Desenvolvedor Front-end, Desenvolvedor Java Pleno, Engenheiro de Suporte, Desenvolvedor Java Sênior e Analista de Suporte à Aplicação. Enviar currículo para: cibele@fabulosaideia.com.br.