Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Sindilojas Porto Alegre prevê impacto nas vendas de agosto em função do parcelamento de salários

03 de agosto de 2015 0
Adriana Franciosi/Agencia RBS

Adriana Franciosi/Agencia RBS

Reportagem feita por Babiana Mugnol (babiana.mugnol@rdgaucha.com.br). Giane Guerra está em licença maternidade.

Para o presidente do Sindilojas de Porto Alegre Paulo Kruse, o impacto do parcelamento dos salários do funcionalismo público estadual é muito psicológico. Segundo ele, na semana passada, as vendas foram ruins em função da expectativa, as pessoas deixaram de comprar porque não sabiam o que iria acontecer. Agora que já se sabe que o valor ainda não pago pelo Estado é de R$ 360 milhões, paralisações são o que mais preocupam. O presidente citou o exemplo da circulação de ônibus, que impacta na diminuição de movimento nas lojas em  plena semana do Dia dos Pais, a terceira data mais importante no comércio.

Tudo isso é cíclico. Se afeta o comércio, afeta na arrecadação do Estado e volta a atrapalhar o pagamento dos servidores no próximo mês. Se continuar assim, o Sindilojas prevê que a queda de vendas pode ficar em torno de 10% em Porto Alegre. A capital é justamente a mais prejudicada pelo número maior de funcionários públicos. Segundo Kruse, mesmo com o clima de incerteza no pagamento dos salários dos outros meses, não houve impacto direto no comércio.

Dica da Semana - Livro: O Homem Mais Rico da Babilônia

03 de agosto de 2015 0
Reprodução

Reprodução

Dica da Semana no Destaque Econômico 

Livro: “O Homem Mais Rico da Babilônia”

Autor: George S. Clason

Quem indica: administrador Márcio Fernando Mendes da Silva

“Ele trata da aplicação do dinheiro, de como utilizá-lo, ou seja, o dinheiro é um escravo, que tem que trabalhar a teu favor. Ele tem que ser guardado em lugar seguro, ele tem que se multiplicar. Esse é o resumo principal do livro. Ele manda que a gente se prepare para a velhice, guarde agora, que tenha casa própria e seja sábio. Na realidade, o livro se reporta a Babilônia para narrar a sua história. É um livre fácil de ler, bastante acessível, com lições simples, mas que eu considero muito eficazes.  “

Ouça o Destaque Econômico, na Rádio Gaúcha. Domingos, às 9h.

===

Professora troca aulas de História por Gastronomia

03 de agosto de 2015 0
Senac, Divulgação

Senac, Divulgação

Quadro Fique de Olho, no Destaque Econômico. Por Babiana Mugnol (babiana.mugnol@rdgaucha.com.br).

A última reportagem da série sobre profissionais que mudaram os rumos da carreira é sobre uma professora que trocou os livros pelas panelas. Mesmo assim, ela não deixou de ensinar. A chef Letícia Silva chegou a atuar como professora de História, mas optou em ser professora de Gastronomia na Faculdade Senac Porto Alegre. Antes disso tudo, ela ainda havia cursado alguns semestres de Engenharia Química. E hoje junta todos esses ingredientes parar ensinar a preparar os pratos da culinária brasileira.

“O que me encantou, e o que hoje me guia profissionalmente, é a antropologia da alimentação. Tratar a comida como cultura e identidade da sociedade. Eu consigo juntar um pouco mais de conhecimento técnico de química básica e o que chama atenção, e faz os alunos gostarem bastante das aulas, é a parte de história e de antropologia”, destaca.

Ao deixar o emprego como professora de escola regular para ministrar cursos do Senac, a chef também passou a ganhar mais. Assim como Letícia, muitos alunos do Senac estão buscando a gastronomia como alternativa, mas não só financeira, de qualidade de vida também.

“Vejo alunos que são advogados, publicitários e que querem trocar de profissão. O que faz com que eles fiquem um poucos mais temerosos é a questão do salário. Muitas vezes, os alunos tentam empreender, se juntar, começar como cozinheiros e até como chefs para tentar equiparar o salário a realidade deles”, exemplifica

A chef está há quatro anos no Senac e, a cada turma que passa, observa mais profissionais trocando de área.

Ouça o Destaque Econômico, na Rádio Gaúcha. Domingos, às 9h.

===

Lojistas gaúchos pretendem abrir normalmente nesta segunda

03 de agosto de 2015 0
Genaro Joner / Agencia RBS

Genaro Joner / Agencia RBS

Reportagem feita por Babiana Mugnol (babiana.mugnol@rdgaucha.com.br). Giane Guerra está em licença maternidade.

Os lojistas gaúchos pretendem abrir normalmente nesta segunda-feira (3), segundo o presidente da Associação Gaúcha para Desenvolvimento do Varejo, Vilson Noer.

Para o dirigente, apesar dos empresários do setor terem divergências de política, principalmente tributária, com o atual governo do Rio Grande do Sul, fechar as lojas em nada adiantaria na busca de soluções para sair da crise.

Lojas fechadas representariam menor faturamento, em um período em que o varejo já acumula queda de vendas por causa da crise econômica e pelo inverno menos rigoroso. Isso sem contar que o parcelamento dos salários dos funcionários públicos também devem refletir em vendas menores.

Agenda econômica 03.08.15

03 de agosto de 2015 0

- Índice de Preços ao Consumidor Semanal é divulgado pela Fundação Getúlio Vargas.

- Banco Central divulga o Boletim Focus.

- Tem também sondagem industrial e balança comercial.

- Pregão para Plano de Prevenção contra Incêndio da Expointer.

- Ministério Público do Trabalho em Caxias do Sul promove audiência com administradoras de condomínio da região.

 

Lei que acaba com emplacamento de tratores é sancionada

31 de julho de 2015 0
Maurício Vieira/Agencia RBS

Maurício Vieira/Agencia RBS

Reportagem feita por Babiana Mugnol (babiana.mugnol@rdgaucha.com.br). Giane Guerra está em licença maternidade.

A presidente Dilma Rousseff sancionou uma lei do Código de Trânsito Brasileiro que acaba com a polêmica sobre o emplacamento de tratores. A decisão foi publicada no Diário Oficial desta sexta-feira (31).

Segundo o texto, os veículos automotores destinados a puxar ou a arrastar maquinaria de qualquer natureza ou a executar trabalhos de construção ou de pavimentação, são sujeitos ao registro na repartição competente, se transitarem em via pública, mas estão dispensados de licenciamento e emplacamento.

As discussões sobre o tema vêm desde que o Contran publicou uma resolução em 2008 que obrigava o emplacamento. Uma nova resolução adiava a exigência até o fim do ano que vem, mas a lei sancionada agora coloca um ponto final nesta questão.

Indústria gaúcha tem maior ociosidade em cinco anos

31 de julho de 2015 0
Germano Rorato, Agencia RBS

Germano Rorato, Agencia RBS

Reportagem feita por Babiana Mugnol (babiana.mugnol@rdgaucha.com.br). Giane Guerra está em licença maternidade.

A Fiergs divulgou sondagem que aponta que a ociosidade nas linhas de produção da indústria gaúcha é a maior em cinco anos. A utilização da capacidade instalada operou com 65% do potencial, o que explica flexibilização de jornada e férias coletivas que as indústrias estão adotando.

A redução do emprego também se aprofundou nesse período, atingindo 40 pontos, assim como a produção, que caiu pela terceira vez seguida em comparação ao mês anterior, totalizando 40 pontos. Valores a partir de 50 significam maior satisfação e abaixo, insatisfação. A demanda interna insuficiente, apontada por 50% das empresas, foi a principal causa do fraco desempenho do setor no segundo trimestre.

Clientes que compraram carro novo na década de 90 terão reembolso de frete

31 de julho de 2015 0
Ronald Gomes / Agencia RBS

Ronald Gomes / Agencia RBS

Reportagem feita por Babiana Mugnol (babiana.mugnol@rdgaucha.com.br). Giane Guerra está em licença maternidade.

Concessionárias de veículos gaúchas vão ter que reembolsar clientes pela diferença entre o frete cobrado e o efetivo nas vendas ocorridas entre 94 e 96. A ação foi movida pela União Nacional em Defesa de Consumidores Consorciados e Usuários do Sistema Financeiro porque naquela época era comum cobrar frete da fábrica até a concessionária.

As concessionárias Sinoscar, Acasa Auto Canela, Guaibacar e Sinosvale Veículos publicaram nesta sexta-feira (31) o procedimento para obter o valor corrigido pelo índice de inflação. O cliente deve procurar o setor financeiro dessas concessionárias com nota fiscal de compra ou documento que comprove a aquisição do veículo zero.

Receita da Renner cresce 21% no segundo trimestre

31 de julho de 2015 0
Fernando Gomes / Agência RBS

Fernando Gomes / Agência RBS

Reportagem feita por Babiana Mugnol (babiana.mugnol@rdgaucha.com.br). Giane Guerra está em licença maternidade.

A temporada agora é de balanço de grandes empresas. É o caso da gaúcha Renner que apresentou um saldo positivo no segundo trimestre, mesmo com o setor do varejo registrando quedas expressivas. A receita líquida das vendas cresceu  21% comparado ao mesmo período de 2014.

A empresa diz que a boa aceitação das coleções e o desempenhos do Dias das Mães e Namorados contribuíram para o lucro líquido de R$ 158 milhões, 33,5% maior. A Renner opera com 259 lojas no Brasil e também detém as lojas Youcom e a Camicado.

Agenda econômica 31.07.15

31 de julho de 2015 0

- Banco Central divulga nota de política fiscal.

- O Conselho Regional de Administração do Rio Grande do Sul recebe o empreendedor Sérgio Detoie, que abordará o tema empreendedorismo e inovação em momentos de crise, às 8h30min.

- Inaugura nova fábrica da Gama Indústria de Matrizes, em Caxias do Sul.

- Último para inscrições do Prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresas do Sebrae e da Gerdau. Mais informações no site mpepremio.postbox.com.br/login.

- Tem o 2º Seminário Gestão no Agronegócio no município de General Câmara.

- Começa a Expoleite Missões, em Salvador das Missões.