Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Agenda Econômica 28.11

28 de novembro de 2014 0

IBGE divulga o PIB do Brasil no terceiro trimestre.

Protesto no Centro de Charqueadas sobre a crise no Polo Naval do Jacuí. Às 8h.

Leilão A-5 de compra de energia.
Leia mais: Rio Grande do Sul terá 113 projetos disputando leilão de energia

Promoções de Black Friday.
Leia mais: Pesquise mesmo na Black Friday

Ministério do Trabalho divulga detalhes da investigação de trabalho escravo em ateliês fornecedores da Lojas Renner.

Abertura da campanha Brilha Porto Alegre.

Estúdio de Finanças, da PUCRS, realiza amanhã dois cursos na área de investimentos imobiliários e financeiros. Informações pelo telefone 51.33203727.

Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil (STICC) promove a segunda edição
do Encontro dos Trabalhadores Migrantes.

Evento “Pelotas como eu quero”, na Idealiza Urbanismo. No fim de semana.

Também neste sábado, tem a Mostra Confraria – Negócios Femininos.

===
Há vagas:

Agência FGTAS/SINE Centro (Rua José Montaury, 31) realiza seleção de emprego das 9h às 12h e das 13h às 16h. São 45 vagas para atendente de lojas e mercados. Não é necessário ter experiência. Ensino Fundamental incompleto. É preciso ter cursado, no mínimo, até a 5ª série. O salário é de R$ 960.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Mercado quer saber quem será o maestro na equipe econômica do Governo Federal

27 de novembro de 2014 0
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS.

Foto: Porthus Junior / Agencia RBS.

Presidente da Associação dos Profissionais de Investimento no Mercado de Capitais na Região Sul, Marco Martins ajuda os leitores do blog Acerto de Conta$ a saber como mercado viu a confirmação dos três nomes da equipe econômica do Governo Federal. Confira:

Ministro da Fazenda, Joaquim Levy

“Uma boa dose de ortodoxia necessária para o momento. Tem experiência em lidar com o governo, pois trabalhou com o presidente Lula.”

Presidente do Banco Central, Alexandre Tombini

“Um presidente de banco central discreto, competente. Porém, menos autônomo do que o necessário.”

Ministro do Planejamento, Nelson Barbosa

“Excelente técnico, dando um tom mais desenvolvimentista para a equipe. Foi aluno da Maria Conceição Tavares.”

O presidente da Apimec-Sul complementa:

- Em uma equipe como essa, vamos ter que ver quem será efetivamente o maestro.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Trabalhador é indenizado por divulgação de exame sobre uso de drogas

27 de novembro de 2014 0

O Tribunal Superior do Trabalho manteve indenização de R$ 10 mil por danos morais a um ex-empregado da Randon por divulgação de exame toxicológico que o apontou erroneamente como usuário de drogas. Segundo o ministro José Roberto Pimenta, houve conduta culposa da empresa gaúcha.

O operador de empilhadeira fez uma coleta de urina para exame de saúde exigido pela empresa e foi comunicado que o resultado foi positivo para o uso de entorpecentes. Um segundo exame não apontou uso de drogas. No entanto, o resultado do primeiro foi divulgado dentro da empresa. Ele foi acusado de usar drogas e recebeu apelidos humilhantes.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Ministério do Trabalho flagra trabalho escravo em fornecedor da Renner

27 de novembro de 2014 0
Foto: Fernando Gomes / Agência RBS.

Foto: Fernando Gomes / Agência RBS.

O Ministério do Trabalho resgatou trabalhadores mantidos em situação semelhante à escravidão em ateliês que produzem roupas para a Renner. Condições análogas à escravidão são chamadas pela lei as situações de trabalho forçado ou em condições degradantes.

A investigação durou três meses. A Renner é gaúcha, mas as empresas ficam em São Paulo. Fiscais do Rio Grande do Sul ajudaram.

Em nota, a Renner diz que repudia o uso de mão de obra irregular em qualquer etapa de produção dos itens que vende. Informa que a Oficina de Costura Letícia Paniágua Verdugues já foi descredenciada. A empresa também assinou um Termo de Ajustamento de Conduta com o Ministério Público do Trabalho garantindo a contratação destes trabalhadores, incluindo o pagamento das indenizações trabalhistas.

“As situações apontadas pelo MTE indicam que a Oficina de Costura Letícia Paniágua Verdugues, contratada por dois fornecedores da Lojas Renner – as indústrias têxteis nacionais Kabriolli e Betilha –, teria descumprido as leis trabalhistas.”

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Justiça manda Anatel centralizar dados e fiscalizar bloqueio de celulares perdidos ou roubados

27 de novembro de 2014 0

A 6ª Vara Federal de Porto Alegre condenou a Anatel a vincular o número de série, chamado Imei, ao chip usado no aparelho celular e a fiscalizar o bloqueio do telefone em caso de perda, furto ou roubo. Vale para ocorrências registradas junto às operadoras.

A ação civil pública é da Associação Nacional de Defesa e Informação do Consumidor. Pediu que a Anatel centalizasse em um banco de dados o Cadastro de Estações Móveis Impedidas. O Cemi tem os seriais de telefones móveis perdidos, furtados ou roubados. O autor requisitou também que a agência reguladora bloqueie as linhas telefônicas de aparelhos inseridos no Cemi para evitar novo uso.

A Anatel chegou a alegar que não tem relação com o cadastro e que ele era gerido pela ABRTelecom, associação que reúne operadoras de telefonia. Acrescentou que o usuário não tem que informar o número de série para pedir bloqueio do aparelho.

A informação, no entanto, vai contra nota técnica pela própria Anatel, que manda o proprietário do telefone fornecer o Imei nas comunicações de perda, furto ou roubo. A Justiça entendeu que a exigência da norma é abusiva.

- Uma vez que são 15 dígitos inscritos na embalagem do produto, no próprio aparelho ou na Nota Fiscal, é compreensível que o cidadão médio não mais possua essa informação por ocasião da comunicação do incidente. – explicou o juiz federal Altair Antonio Gregorio.
Cabe recurso da decisão ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Lojistas tiram do caixa para pagar o décimo terceiro dos funcionários

27 de novembro de 2014 1
Foto: Alan Pedro / Agencia RBS.

Foto: Alan Pedro / Agencia RBS.

Pesquisa mostra que 85% dos lojistas gaúchos usarão dinheiro do caixa para pagar o décimo terceiro dos funcionários. Apenas 3% fizeram reserva financeira durante o ano para bancar o gasto.

No entanto, a Associação Gaúcha para Desenvolvimento do Varejo vê como positivo que apenas 12% dos entrevistados tiveram que recorrer a empréstimos bancários.

- Foi um ano em que o varejo foi obrigado a criar alternativas para atrair os consumidores e chegar agora com resultados positivos. Seria ruim aumentar ou criar mais um endividamento tomando empréstimo nos bancos. – analisa o presidente da AGV, Vilson Noer.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Agenda Econômica 27.11

27 de novembro de 2014 0

Anúncio da equipe econômica do Governo Federal.

FGV divulga os resultados da Sondagem Conjuntural do Setor de Serviços e a Sondagem Conjuntural do Setor de Comércio.
Apresenta ainda a inflação pelo IGPM.

IBGE divulga os resultados do Índice de Preços ao Produtor – Indústrias de Transformação de outubro.

FEE divulga os resultados da Matriz Insumo-Produto do Rio Grande do Sul. Reúne e consolida uma série de dados sobre a economia gaúcha, de várias fontes.

Federasul realiza Congresso de Direito Empresarial.

4º Seminário de Tendências Econômicas, da Cooperativa Sicredi União Metropolitana RS.

FecoAgro/RS realiza o Seminário de Gestão Estratégica para o futuro das cooperativas agropecuárias.

Instituto CDL realiza o curso “O Vendedor Inteligente”.

Movergs e Sindmóveis promovem palestra em Bento Gonçalves sobre a arbitragem em conflitos comerciais e como ela pode ser aplicada para preservar ganhos e relacionamentos corporativos.

Hospital Mãe de Deus promove II Fórum de Prevenção e Promoção em Saúde.


Porto do Rio Grande recebe o transatlântico Marina.

Sindicato das Indústrias de Borracha do Rio Grande do Sul lança a cartilha de Suporte tecnológico à segurança do trabalho em máquinas e equipamentos.

===

Há vagas:

Agência FGTAS/SINE Zona Norte (Rua Domingos Rubbo, 51) realiza seleção para 50 vagas em empresa de materiais de construção, das 10h30 às 16h30. Os salários variam de R$ 644 a R$ 1.088 para jornadas de segunda a sábado. Com carga horária diária de 7h20, a contratante oferece vale transporte, assistências médica e odontológica, além de premiação por meta atingida para todos os cargos. As oportunidades também são para pessoas com deficiência (PcD). Interessados devem comparecer à agência com Carteira de Trabalho.

Hospital Moinhos de Vento procura estudantes para estágio de nível superior para atuação na área de Administração de Pessoal. É preciso estar cursando a partir do segundo semestre de Administração de Empresas ou áreas afins. As vagas do Hospital Moinhos de Vento também são oportunidades para pessoas com deficiência. E-mail recrutamento.estagio@hmv.org.br.

Contas da Petrobras são desbloqueadas no caso Iesa Charqueadas

26 de novembro de 2014 0

O juiz do Trabalho José Cesário Figueiredo Teixeira, do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região, revogou decisão que bloqueava contas da Petrobras para pagamento de funcionários da Iesa Óleo e Gás, em Charqueadas. Acatou o mandado de segurança impetrado pela estatal contra a liminar da Vara do Trabalho de São Jerônimo.

Para o magistrado, a responsabilidade da Petrobras é subsidiária, conforme súmula do Tribunal Superior do Trabalho. A execução contra a estatal só poderia ocorrer após o esgotamento das possibilidades contra o devedor principal, que é a própria Iesa.

A liminar do magistrado trata apenas do bloqueio dos valores em contas bancárias e aplicações financeiras da Petrobras. O sequestro dos bens, já efetuado em Charqueadas, não foi revogado.

Foto: Diego Vara / Agencia RBS.

Foto: Diego Vara / Agencia RBS.

Leia mais:

Iesa nega que rescisão de contrato de Charqueadas tenha relação com Lava Jato

Justiça apreende R$ 15 milhões em bens na Iesa Charqueadas

Justiça consegue notificar Iesa Óleo e Gás

Grupo dono da Iesa Óleo e Gás apresenta plano de recuperação judicial

Justiça manda bloquear contas e bens da Iesa e da Petrobras

Justiça tenta notificar Iesa com carta precatória

Justiça determina licença remunerada para trabalhadores em Charqueadas

Metasa investigada na Lava Jato

Empresas da Região Metropolitana querem contratar demitidos da Iesa Óleo e Gás

Trabalhadores reúnem informações para ação coletiva contra Iesa e Petrobras

Iesa comunica demissões a trabalhadores de Charqueadas

Sine Móvel não foi enviada para Charqueadas

Nota da Iesa Óleo e Gás revolta empresários, trabalhadores e políticos

Contratadas da Petrobras devem mais de R$ 500 milhões para fornecedores gaúchos

Grupo dono da Iesa tem até segunda-feira para apresentar plano de recuperação judicial

Petrobras rescinde contrato com Iesa Óleo e Gás

É hoje audiência sobre Iesa Charqueadas na Presidência da República

Polícia Federal prende um diretor da Iesa Óleo e Gás

Iesa amplia dispensa de trabalhadores e estende para todos os funcionários

Petrobras analisa medidas sobre Iesa Charqueadas

Situação da Iesa Charqueadas será discutida na Presidência da República

Prefeito organiza protesto na frente da Iesa Charqueadas

Iesa adia retomada da produção em Charqueadas

Iesa garante pagamento dos funcionários dispensados em Charqueadas

Iesa suspende produção em Charqueadas por dez dias

Nova empresa deve entrar na Iesa em Charqueadas

Iesa Óleo e Gás demite dezenas de trabalhadores em Charqueadas

Terminam as férias coletivas na Iesa Charqueadas

Iesa Charqueadas confirma perda de oito módulos para a China

Dona da Iesa Óleo e Gás tem dívidas de quase R$ 49 milhões com bancos gaúchos

Justiça autoriza recuperação judicial e Iesa atrasa salários de novo

Metalúrgicos de Charqueadas vêm protestar em Porto Alegre contra crise na Iesa

Sindicato vai à Justiça tentar garantir pagamento de trabalhadores da Iesa

Metasa fecha dois contratos e garante a operação de Charqueadas

Iesa dá férias coletivas para trabalhadores de Charqueadas

Trabalhadores param na Iesa de Charqueadas

Iesa e Andrade Gutierrez fecham acordo sobre fábrica de Charqueadas

Petrobras reconhece que crise na Iesa começou ainda no ano passado

Prefeitos querem que trabalhadores suspendam greve na Iesa de Charqueadas

Prefeitos discutem situação da Iesa Charqueadas

Trabalhadores entram em greve na Iesa Charqueadas

Reunião nesta terça-feira decidirá sobre greve na Iesa

Protesto impede entrada de trabalhadores na Iesa de Charqueadas

Iesa retomará atividades em Charqueadas

Trabalhadores da Iesa em Charqueadas recebem salário atrasado

Metasa garante que ficará em Charqueadas

Trabalhadores protestam em frente à Iesa de Charqueadas

Iesa adia retorno de trabalhadores em Charqueadas 

Petrobras garante que está pagando Iesa em dia

Iesa promete regularizar na semana que vem todas as dívidas de Charqueadas

Trabalhadores da Iesa são dispensados em Charqueadas

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Desemprego atinge maior patamar do ano na Região Metropolitana

26 de novembro de 2014 2

A taxa de desemprego na Região Metropolitana de Porto Alegre subiu para o maior patamar do ano. Fechou outubro em 6,5%, com a terceira alta consecutiva. Em setembro, estava em 6%.

O número estimado de desempregos é de 120 mil pessoas. São 10 mil a mais do que no mês anterior.

Aumentou em apenas 1 mil o número de postos de trabalho, enquanto 11 mil pessoas passaram a procurar emprego. Significa que a abertura de vagas não acompanhou a entrada de pessoas no mercado.

A pesquisa é feita por FEE, Dieese e Fundação Gaúcha do Trabalho.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

 

 

Celulose Riograndense terá 70 contratos para operação da nova fábrica

26 de novembro de 2014 0
Foto: Divulgação CMPC.

Foto: Divulgação CMPC.

A fábrica da Celulose Riograndense de Guaíba, ampliada, precisará de 70 contratos para quando entrar em operação. A inauguração está agendada para maio de  2015, data que o presidente, Walter Lídio Nunes, não abre mão.

Os contratos já começaram a ser fechados. Vai desde a operação na floresta até a manutenção das estradas usadas pela empresa.

- Nosso produto roda 14 mil quilômetros. Menos de 500 são em BRs. Preciso fazer manutenção de várias vias.

Ou serão empresas gaúchas ou os fornecedores de fora terão que montar sua estrutura no Rio Grande do Sul. Ou seja, a forte presença dos fornecedores locais não se restringirá à fase de construção da Celulose Riograndense, o maior investimento privado já feito no Rio Grande do Sul.

A empresa já começou a contratar trabalhadores para a operação da fábrica. Estão sendo treinados técnicos florestais.

Cheiro

O presidente da Celulose Riograndense, Walter Lídio Nunes, promete que a fábrica nova não vai mais provocar o cheiro ruim que é reclamação dos moradores da região.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.