Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts na categoria "Seu Bolso"

Justiça manda telefônica indenizar trabalhadora que se recusou a mentir para clientes

31 de julho de 2014 0

Uma funcionária da operadora de telefonia Vivo terá que receber uma indenização de R$ 50 mil por se recusar a mentir para clientes. A decisão é do Tribunal Regional do Trabalho, no Rio Grande do Sul.

A empresa queria priorizar a contratação de planos pós-pagos. Por isso, mandava os atendentes informarem aos clientes que o sistema para planos pré-pagos estava indisponível.

A trabalhadora não aceitou. Por isso, foi alvo de xingamentos e brincadeiras na companhia.

Uma testemunha contou à Justiça que tentou comprar um plano pré-pago, mas foi informado de que o sistema não estava funcionando. Quando tentou novamente, esta funcionária vendeu o plano normalmente e foi hostilizada pelos colegas. A trabalhadora ficou afastada e foi demitida ao retonar.

Além da reparação por danos morais, a Justiça mandou pagar salários equivalentes aos 12 meses de garantia de emprego a que teria direito por causa da doença ocupacional. A Vivo vai recorrer ao Tribunal Superior do Trabalho.

Liminar derruba regras que ampliavam direitos dos consumidores de telefone, TV e internet

31 de julho de 2014 0

A Justiça concedeu liminar desobrigando empresas de telefonia, tv por assinatura e internet de cumprirem regras determinadas pela Anatel. As normas ampliavam o direito de consumidores dos serviços. Entraram em vigor no início de julho.

Entre as regras atingidas, está a que obriga as empresas a retornar para o cliente a chamada para o call center que tenha caído durante o atendimento. Outra mandava estender para clientes antigos os mesmos benefícios das promoções feitas para captar novos usuários.

A liminar foi pedida pela Associação Brasileira das Prestadoras de Serviços de Telecomunicações Competitivas (Telcomp). Entre as empresas beneficiadas, estão Oi, Claro, Vivo, TIM, Embratel, GVT, Sky e Nextel.

Não foi atingida pela liminar a obrigação de as operadoras oferecerem canal para o cliente cancelar o serviço sem passar por um atendente.

A Anatel vai recorrer da decisão.

Seleção para vagas no Walmart com salário de até R$ 6 mil

31 de julho de 2014 0
Foto: Divulgação.

Foto: Divulgação.

O Sine realiza nesta sexta-feira, 1º de agosto, entrevistas para 92 vagas na rede de supermercados Walmart. Os salários variam entre R$ 1,2 mil e R$ 6 mil. A empresa é dona de lojas como Nacional e BIG.

A Agência FGTAS/SINE Montaury fica na Rua José Montaury, 31, em Porto Alegre. A seleção para o programa Líderes Walmart acontece das 9h às 13h. É preciso levar Carteira de Trabalho. Tem como requisito poder viajar e mudar-se de cidade e Estado.

Ensino Médio

Candidatos com Ensino Médio completo podem disputar vagas de encarregados, que exigem experiência de seis meses em comércio varejista ou atacadista. As vagas são para gerente de mercearia (10), supervisor de atendimento (caixas e bilheteiros: 10) e de encarregados de açougue (10), hortifrutigranjeiros (10), frios (10) e de padaria (10). O salário é de R$ 1,2 mil, mais de 20% de insalubridade.

Também podem concorrer às vagas de gerente de supermercado (gerente de área: 20), com salário de R$ 2,4 mil, e de gerente de loja e supermercado (gerente geral: 10), com salário que vai de R$ 2,8 mil a 3,9 mil. Ambas exigem um ano de experiência em comércio varejista ou atacadista.

Ensino Superior

Candidatos com Ensino Superior completo podem participar de seleção para duas vagas de diretor de operações comerciais, com salário de R$ 6 mil. Exige experiência de um ano em comércio varejista ou atacadista.

Benefícios

A empresa oferece assistência médica, refeição no local, vale transporte, previdência privada, seguro de vida, auxílio farmácia, além de programa de participação de resultados para todos os cargos.

Etapas

Os selecionados participarão de treinamento de 90 dias. Depois, serão encaminhados para unidades do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Supermercado terá que indenizar cliente impedido de assistir futebol por defeito na TV

31 de julho de 2014 7
Foto:  Ronald Mendes  /  Agencia RBS.

Foto: Ronald Mendes / Agencia RBS.

A Justiça gaúcha mandou o Carrefour indenizar um cliente que não conseguiu assistir aos jogos de futebol da Copa das Confederações por defeito na televisão. A 2ª Turma Recursal Cível fixou o dano moral em R$ 1 mil.

O consumidor relata que comprou a TV para ver os jogos. Só que, três dias depois, o aparelho mostrou defeito. A loja se negou a trocar a televisão e mandou o cliente procurar a assistência técnica. Após 10 dias, ainda não tinha chegado a peça.

Relatora do processo, a juíza Vivian Spengler diz que houve descaso e demora na resolução do problema.

- As circunstâncias inegavelmente ultrapassam a seara dos meros dissabores, contratempos e aborrecimentos da vida cotidiana, já que o autor ficou sem utilizar a televisão por mais de 40 dias, exatamente no período da Copa das Confederações.

A indenização, segundo a juíza, tem o objetivo de incentivar que as empresas adotem mecanismos para evitar a repetição de condutas lesivas aos consumidores em geral.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Justiça gaúcha suspende registros de dados pessoais no SPC sem autorização do consumidor

30 de julho de 2014 0
Foto: Diego Vara / Agencia RBS.

Foto: Diego Vara / Agencia RBS.

A Justiça suspendeu o registro de dados pessoais no banco de dados do SPC sem autorização prévia do consumidor. A empresa também não pode divulgar nem comercializar as informações sem a permissão. A liminar determina pagamento de multa por descumprimento.

A decisão é da 16ª Vara Cível do Foro Central de Porto Alegre. Atende pedido em ação coletiva do Ministério Público Estadual.

O órgão alega que a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas, que gerencia o SPC, vende as informações para empresas de marketing e telemarketing, deixando vulnerável a privacidade do consumidor. Na ação, coloca imagens do site da entidade oferecendo diversas informações. Até mesmo o signo dos cadastrados.

Na argumentação jurídica, a Promotoria do Consumidor afirma que diversas pessoas manifestaram não ter autorizado e muito menos consentido com a divulgação e comercialização. Segundo o Ministério Público, são dados excessivos que ultrapassam a função de cadastros de restrição de crédito de apenas informar o inadimplemento de pessoa física ou jurídica. Inclusive o próprio cadastro positivo, com histótico de bom pagador, exige autorização prévia do consumidor.

O SPC Brasil foi procurado, mas disse que não foi notificado da decisão judicial e não vai se manifestar. Cabe recurso.

Ações individuais estão suspensas

Na decisão liminar, o juiz Silvio de Avila determinou a suspensão das ações individuais sobre o assunto. Nesta semana, o presidente do Tribunal de Justiça, José Aquino Flôres de Camargo, editou também uma orientação para a suspensão de todas as ações individuais que tramitam no Rio Grande do Sul contra o SPC Brasil e sobre o mesmo assunto.

São mais de 3 mil processos. A ideia é que a ação coletiva siga o trâmite mais rapidamente até transitar em julgado, ou seja, não couber mais recursos. O mesmo posicionamento, então, poderá ser usado para avaliar as ações individuais, independente de qual for a decisão.

- O objetivo é alcançar mais eficiência. Este projeto, para assuntos que envolvem milhares de ações, permite agilidade, redução de custo e segurança jurídica quanto ao posicionamento do Judiciário. – explica a juíza-auxiliar do TJ-RS, Maria Thereza Barbieri.

Outros bancos de dados

O caso analisado diz respeito apenas ao SPC Brasil. No entanto, o Ministério Público Estadual trabalha em mais inquéritos civis que devem originar ações coletivas também contra outros bancos de dados.

Leia mais: Ação no Supremo Tribunal Federal pede suspensão de registros em cadastros de inadimplentes

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Justiça manda operadora indenizar cliente por excesso de ligações

29 de julho de 2014 0

A Justiça gaúcha mandou a Telefônica Brasil indenizar por dano moral cliente por excesso de ligações. A Primeira Turma Recursal Cível dos Juizados Especiais Cíveis negou recurso da empresa e fixou o valor em R$ 2 mil.

O autor, de Santa Maria, argumenta que as ligações do call center da operadora eram insistentes. Conta que pediu diversas vezes para que parassem de ligar. Agravou a situação o fato de o cliente ter sofrido um acidente e estava em regime de internação domiciliar.

O cliente relatou ainda que as ligações ocorriam entre 8h e 21h, ofertando serviços. Houve dias com dez ligações.

A empresa alegou que foram realizadas ligações informativas pela central de atendimento, não caracterizando abalo moral. Cabe recurso da decisão.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Pesquisar juros gera economia de até R$ 4 mil na compra de um carro

29 de julho de 2014 0

Confira a coluna Acerto de Conta$, no Diário Gaúcho. Todas as terças.

Carro é sonho de consumo

O carro não perde espaço entre os desejos de consumo do brasileiro. Entre aqueles que têm financiamento, 35% pediram dinheiro emprestado para comprar um carro. O levantamento é do portal Meu Bolso Feliz.

A economista Marcela Kawauti explica que o consumidor pode economizar até R$ 4 mil do valor total do financiamento de um carro novo, simplesmente pesquisando as diferenças nas taxas de juros e de administração cobradas pelos bancos para emprestar o dinheiro.

Exemplo: O consumidor quer financiar um carro de R$ 25 mil no prazo de 36 meses, sem entrada:

Banco A
Juros: 1,7% ao mês
Vai pagar:  R$ 33,6 mil

Banco B
Juros: 1% ao mês
Vai pagar R$ 29,8 mil

Foto: Diego Vara / Agencia RBS.

Foto: Diego Vara / Agencia RBS.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Demissões a pedido do trabalhador crescem 70% no Rio Grande do Sul

29 de julho de 2014 0

Confira a coluna Acerto de Conta$, no Diário Gaúcho. Todas as terças.

Hoje, mais de 32% das demissões no Rio Grande do Sul são pedidas pelo próprio trabalhador. Há dez anos, eram apenas 18,9%.

O que explica esse avanço superior à 70%? Para o pesquisador da Fundação de Economia e Estatística, Guilherme Xavier Sobrinho, a análise começa pelo mercado de trabalho aquecido e a possibilidade de o trabalhador encontrar melhores oportunidades.

O número de pedidos de demissões é mais representativo em algumas regiões, como a Serra e o Vale do Caí. A rotatividade também aumenta entre os trabalhadores com mais estudo.

Mas cuidado…

O período analisado contemplou épocas de economia aquecida no Brasil. Agora, estamos com indicadores bem difíceis e queda na confiança: famílias compram menos e empresários cortam investimentos. Demissões estão aparecendo. Por isso, muita calma ao pedir demissão sem ter uma nova vaga segura já engatilhada.

Foto: Diego Redel / Agencia RBS

Foto: Diego Redel / Agencia RBS

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Dica da Semana - Cartilha da Casa Própria

28 de julho de 2014 0

Dica da Semana no Destaque Econômico

Cartilha da Casa Própria

Quem indica: Maria Inês Dolci, coordenadora Institucional da Proteste, Associação de Consumidores.

“É um sonho de todo brasileiro ter o seu imóvel. Comprar a casa própria é um grande passo. Mas antes de adquirir é necessário ter um bom conhecimento prévio da infraestrutura ao redor do prédio: se tem transporte e demais serviços. Isto tudo pode valorizar ou desvalorizar o imóvel. O consumidor, antes de comprar, também tem que avaliar, por exemplo, todas as condições do imóvel: paredes, teto, rachaduras, problemas hidráulicos… Verificar se precisa de reforma, pois terá um gasto maior. Além disso, é ideal que vá até o local pela manhã, à tarde e à noite para verificar se a vizinhança é boa, se a rua é movimentada e há incidência de sol ou não. É bom fazer um check list e isso a cartilha da Proteste oferece, com todas as certidões necessárias, desde o proprietário até o vendedor.”

Pode ser baixada no site da Proteste.

foto blog

Ouça o programa Destaque Econômico, na Rádio Gaúcha. Domingos, às 9h.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Walmart tem mais de 100 vagas para cargos de liderança no Rio Grande do Sul

24 de julho de 2014 0

O Walmart está com 108 vagas para o Programa Líderes, no Rio Grande do Sul. Há oportunidades para diretores, gerente geral, gerente de área (perecíveis e mercearia) e encarregados.

Exige Ensino Médio completo, mas um curso superior é considerado diferencial importante. Um dos pré-requisitos é experiência anterior no varejo. O Walmart informa que é imprescindível ter disponibilidade para viagens, mudança de cidade e até de Estado.

Interessados podem enviar currículos para o endereço recrutamento@wmsul.com.br. Até 30 de agosto.

A rede de supermercados é dona de bandeiras como BIG e Nacional.

Escola Social

O Walmart também está com 100 vagas para a Escola Social do Varejo, em Porto Alegre. É um curso gratuito para preparar jovens para o mercado de trabalho. Cerca de 80% são contratados. As inscrições podem ser feitas pelo e-mail esvpars@gmail.com.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.