Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts na categoria "Seu Bolso"

Porto Alegre: 8% dizem que namorados são rabugentos e possessivos

26 de maio de 2016 0

A pergunta foi:

As três formas mais comuns de caracterizar as pessoas presenteadas:

Uma das opções:

Rabugento, possessivo e ciumento

E ela foi apontada por 8% (!!!) dos entrevistados na pesquisa da CDL Porto Alegre e do Sindilojas.

 

Foto: InMagine Free images / Reprodução.

Foto: InMagine Free images / Reprodução.

 

Mas – ainda bem – não foi a mais citada. Ficaram na frente, as opções:

Carinhoso, atencioso e amoroso – 16%
Alegre, engraçado e brincalhão – 15%

Outros dados curiosos:

Jovens vão receber mais presentes: 69% dos presenteados têm de 18 a 35 anos.

Pouco mais da metade vai comprar em lojas de rua. Como esperado, a opção é a preferida entre famílias com renda inferior a cinco salários mínimos. O principal motivo: preços mais baixos.

 

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Justiça fará centenas de audiências em busca de acordo em processos trabalhistas

26 de maio de 2016 0
Foto: Diego Vara / Agencia RBS.

Foto: Diego Vara / Agencia RBS.

 

A Justiça do Trabalho do Rio Grande do Sul planeja fazer centenas de audiências para conseguir acordos em processos. Será dentro da 2ª Semana Nacional de Conciliação Trabalhista, entre 13 e 17 de junho.

Enquanto isso, a Justiça já recebe as inscrições de quem tem interesse em fazer acordo e encerrar o processo. O formulário fica no site no Tribunal Regional do Trabalho do Rio Grande do Sul.

As duas partes podem fazer o pedido, mas o TRT-RS recomenda procurar ajuda do advogado. Uma das possibilidades que aumentam as chances de acordo é o credor aceitar o parcelamento dos valores que tem a receber.

O Rio Grande do Sul tem, inclusive, um índice de acordos acima da média nacional.

O blog Acerto de Conta$ entrevistou o juiz do Trabalho Luis Henrique Bisso Tatsch, do Juízo Auxiliar de Conciliação, Execução e Precatórios do TRT-RS. Confira:

Procon alerta para uso obrigatório da carteira nacional de meia-entrada

25 de maio de 2016 1

 

Foto: Divulgação.

Foto: Divulgação.

 

Depois de muitas reclamações de empresários e de confusões em bilheterias, o Procon do Rio Grande do Sul alerta: é obrigatório o uso da nova Carteira Nacional de Meia-Entrada. O documento tem que ser apresentado para o estudante conseguir o benefício, afirma a diretora Flávia do Canto Pereira.

Inclusive, foi lançada nesta quarta-feira uma campanha de divulgação da carteira. O vídeo promocional será projetado nos cinemas.

E mais: uma unidade móvel do Procon está nesta semana em frente ao prédio 40, da PUCRS, em Porto Alegre. Em parceria com a União Estadual dos Estudantes, estão fazendo a carteirinha na hora. Inclusive, tirando a foto.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

 

Leitora reclama que lojas negam crédito alegando "pontuação baixa" da cliente

24 de maio de 2016 0

Leitor pergunta. Acerto de Conta$ responde.

 

Foto: Cleber Gomes / Agencia RBS.

Foto: Cleber Gomes / Agencia RBS.

 

 

 

Leitora Janaína (e vários outros leitores) relata:

“Tive crediário negado em duas grandes redes de varejo. Não estou com restrição atualmente no meu CPF. Tenho carteira assinada. Disseram que minha pontuação não era suficiente”

Provavelmente, as lojas estão usando os bancos de dados que pontuam os consumidores conforme o histórico anterior de pagamentos. Mesmo que ele já tenha quitado a dívida, aquilo puxa a pontuação para baixo. Por receio de inadimplência, a loja opta por não dar o crédito.

O Superior Tribunal de Justiça permite o uso desses mecanismos de pontuação pelo comércio.

Leia: STJ autoriza uso de pontuação para liberar crédito ao consumidor

Mas…

O diretor do Procon Porto Alegre, Cauê Vieira alerta:

“O sistema entende que a negativa sem motivos é irregular, já que o consumidor tem o direito de saber o motivo. O problema é que o atendimento à lei se dá de modo superficial: “nosso sistema de análise trabalha com variáveis que não aparecem no sistema” é a resposta geral.
Nossa orientação: não recebeu a informação adequada ou não ficou satisfeito com a justificativa, reclama no Procon.
Notificamos a empresa, com base no direito à informação ampla, clara e ostensiva, e buscamos as justificativas.”

 

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

 

Leitor foi demitido e pergunta como seguir guardando dinheiro para aposentadoria

24 de maio de 2016 0

Leitor pergunta. Acerto de Conta$ responde. 

 

14004239-e1452768243448

 

 

Leitor Juliano quer fazer “previdência privada”:

“Há um ano, tenho uma aplicação automática de R$ 100 na poupança. A intenção era que fosse uma grana para longo prazo, mas não funcionou. Concluí que o rendimento é baixo e acabei misturando o recurso com outro e usando o dinheiro.
Penso em começar com R$ 100 mensais no Tesouro Direto porque o rendimento é maior, a aplicação pode ser automática e a aplicação favorece mais um uso como previdência. Também vou continuar a contribuir com o INSS, depois de 15 anos de contribuição e uma demissão em 2015 (como muitos).
Conclusão minha: alguém que perde o emprego não pode deixar de pensar no futuro enquanto decide o que vai fazer, se vai buscar recolocação ou empreender.”

 

Sócio da Monte Bravo Investimentos, Pier Mattei responde:

O raciocínio do leitor, na minha opinião, está perfeito. Gosto de pensar que um planejamento ideal consiste em dividir as sobras que conseguimos acumular ao longo do tempo em três bolsos:

- bolso da liquidez: para este bolso, separamos um pouco mensalmente para nos prepararmos para eventuais emergências que exijam desembolsos imediatos, como uma despesa médica inesperada por exemplo. Uma vez constituído este colchão de segurança, devemos partir para o próximo bolso.
- bolso dos investimentos: neste pensamos em acumular para objetivos definidos de médio prazo, como compra de carro, viagens, entrada em imóvel, entre outros.
- bolso da aposentadoria: aqui o objetivo é formar uma reserva que sirva como uma previdência para o futuro. Como o prazo geralmente é bem longo, pode ser a menor fatia das sobras. O mais importante neste caso é realmente a constância e o comprometimento de manter os aportes ao longo do tempo.

Usando o exemplo do leitor, a parcela de liquidez poderia estar numa poupança, os investimentos em renda fixa como CDB/Fundos e a parte da aposentadoria em títulos públicos. Assim, ele saberá – tanto na hora de aplicar quanto na hora de resgatar – em qual bolso deve mexer.

Leia mais: Quanto investir para ter uma renda mensal de R$ 2,5 mil?

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

 

 

Brasileiro se endivida ainda mais para pagar contas

24 de maio de 2016 0
Foto: Jefferson Botega / Agencia RBS.

Foto: Jefferson Botega / Agencia RBS.

 

Parece estranho. Mas quatro em cada dez brasileiros tomam empréstimo pessoal com bancos e financeiras para quitar dívidas. São faturas de cartão de crédito, prestação de lojas e até outros empréstimos.

Em segundo lugar, estão contas básicas. É o aluguel, condomínio, luz, telefone e escola.

Não é sempre uma alternativa ruim:

- Se as dívidas saem do controle, pode ser conveniente trocar uma modalidade de crédito mais cara por outra mais barata. – pondera a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti.

Só que… Ainda há os 21% que admitem não analisar condições de taxas e juros. Significa que ignoraram o contrato e nem sabem se realmente valia a pena tomar aquele crédito. Muitos recorrer a financeiras, inclusive.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Batata e cigarro lideram pressões sobre o bolso do consumidor de Porto Alegre

24 de maio de 2016 0

 

Fotos: Agencia RBS.

Fotos: Agencia RBS.

 

Apesar do recuo, Porto Alegre está com inflação de 0,74% nos últimos 30 dias. A pesquisa é da Fundação Getúlio Vargas em sete Capitais. Apenas Salvador tem a inflação maior do que Porto Alegre.

As principais pressões de alta e os aumentos nos últimos 30 dias:

Batata-inglesa +29,9%
Cigarros +7,14%
Tarifa de ônibus urbano +3,10%

Sempre espanta vários leitores, mas cigarro segue com peso expressivo no cálculo dos índices de inflação. O motivo é o gasto elevado que a média das famílias tem com este item, o que acaba se refletindo na metodologia dos institutos de pesquisa.

Já o recuo que tem ocorrido nas últimas pesquisas tem sido permitido, principalmente, pela queda na tarifa de energia elétrica.

 

 

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Bons vinhos por cerca de R$ 20

24 de maio de 2016 24

Coluna Acerto de Conta$, no Diário Gaúcho. Todas as terças. 

 

 

Foto: Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Agencia RBS.

Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Agencia RBS.

 

Na Serra, é só o que se fala: Dia do Vinho. São duas semanas de programação, que vai até 5 de junho.

Mas vinho bom é só vinho caro? Não mesmo…

A coluna foi atrás de vinhos bons e que custam cerca de R$ 20 para uma ocasião especial ou até um presente. Veja as dicas de vinhos nacionais enviadas para os leitores pelo sommelier e professor do Senac e Unisinos, Maurício Roloff:

Almadén Tannat 2015 - (Pela internet: cerca de R$ 23. No supermercado, cerca de R$ 17.) Para quem gosta de vinhos mais encorpados. A uva Tannat se dá muito bem na região da Campanha, de onde vem esse vinho.

Salton Classic Cabernet Franc 2015 - (Pela internet: cerca de 20) Uva importante na história da vinicultura gaúcha. É um pouco mais leve do que outras uvas tintas, agradando os iniciantes no mundo dos vinhos.

Santa Colina Chardonnay - (Pela internet: cerca de R$ 19) Vinhos brancos também combinam com as comidas quentes de inverno. Com sopa, este Chardonnay se sai muito bem. Excelente custo/benefício.

Leia mais: Qual a quantidade limite de vinho para homens e mulheres?

 

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Oito em cada dez namorados pagarão presente à vista

23 de maio de 2016 0
 Foto: Edu Cavalcanti / Agencia RBS.

Foto: Edu Cavalcanti / Agencia RBS.

 

Pesquisa do Dia dos Namorados mostra que quase 81% dos consumidores gaúchos pagarão o presente à vista. Para a Fecomércio-RS, é um destaque do levantamento, mostrando que os consumidores estão evitando maior endividamento. Ainda entre os menos de 20% que pretendem parcelar, a maioria vai fazer o pagamento em até três vezes.

Pela pesquisa, a entidade que representa o comércio está apostando em vendas fracas. As vendas do varejo gaúcho para o Dia dos Namorados devem apresentar uma queda real – já descontada a inflação – entre 3,5% e 4,5% em relação à mesma data do ano passado.

O gasto médio deve ficar em R$ 129,44. Mais alto entre os homens:

Homens: R$ 133,88
Mulheres: R$ 125,58

A pesquisa ouviu 385 pessoas em Porto Alegre, Caxias do Sul, Santa Maria, Pelotas e Ijuí.

 

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

EntregueEmCasa - Site tem 5 mil produtos para consumidor comprar e receber em casa em Porto Alegre

20 de maio de 2016 0

 

entregueemcasa

 

 

Entrou em operação o site EntregueEmCasa já com cerca de 5 mil produtos. A plataforma reúne mais de dez estabelecimentos.

O consumidor de Porto Alegre compra pelo site e recebe em casa. Pode ser no mesmo dia e até em duas horas, na modalidade expressa.

O frete varia de R$ 8 e R$ 36, dependendo da região e do volume de compras. O pagamento pode ser com cartão de crédito, débito online ou boleto.

A iniciativa é do empresário Rafael Zatti. O EntregueEmCasa é uma ampliação do serviço que a empresa já oferece pela loja virtual do Mercado Público.

- O preço é o mesmo da loja. – garante Zatti.

Os produtos são escolhidos pelo consumidor no site. A mesma compra pode ter produtos de vários estabelecimentos. Os entregadores buscam os produtos nas lojas e entregam no endereço do cliente.

Por enquanto, participam:

- Mercado Público
- Café do Mercado
- Maestro Casa de Carnes
- Nutritivo
- Armazém da Redenção
- Padaria Pão de Açúcar
- Max Muscle
- Uniagro
- The Public Market
- Mais 2 mil itens de supermercado
- Mais 100 itens de frutas, verduras e legumes.

Mas, a todo momento, são acrescentados novos produtos e locais de compra.

 

Ouça entrevista com o empresário Rafael Zatti:

 

 

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.