Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts na categoria "Seu Bolso"

Conselho de Administração abre concurso público no Rio Grande do Sul

21 de novembro de 2014 0
Foto: Piero Ragazzi / Agencia RBS.

Foto: Piero Ragazzi / Agencia RBS.

Publicado edital de concurso público do Conselho Regional de Administração do Rio Grande do Sul. Há vagas para admissão imediata e também para cadastro reserva. O regime é CLT.

Nível Superior:
Fiscal – Porto Alegre – 2 vagas e cadastro reserva
Fiscal – Caxias do Sul – cadastro reserva
Fiscal – Ijuí – cadastro reserva
Fiscal – Novo Hamburgo – cadastro reserva
Fiscal – Osório – cadastro reserva
Fiscal – Passo Fundo – cadastro reserva
Fiscal – Pelotas – cadastro reserva
Fiscal – Santa Maria – cadastro reserva
Fiscal – Uruguaiana – cadastro reserva
Carga Horária Mensal: 40h. Salário: R$ 3.286,70.

Nível Técnico:
Técnico de Informática – Porto Alegre – 1 vaga
Carga Horária Mensal: 40h. Salário: R$ 2.396,07.

Nível Médio:
Auxiliar Administrativo – Porto Alegre – 3 vagas e cadastro reserva
Auxiliar Administrativo – Caxias do Sul – cadastro reserva
Auxiliar Administrativo – Ijuí – cadastro reserva
Auxiliar Administrativo – Novo Hamburgo – cadastro reserva
Auxiliar Administrativo – Osório – cadastro reserva
Auxiliar Administrativo – Passo Fundo – cadastro reserva
Auxiliar Administrativo – Pelotas – cadastro reserva
Auxiliar Administrativo – Santa Maria – cadastro reserva
Auxiliar Administrativo – Uruguaiana – cadastro reserva
Carga Horária Mensal: 40h. Salário:R$ 1.385,15.

As inscrições podem ser feitas a partir desta sexta-feira e vão até 19 de dezembro. São pelo site www.fundatec.org.br, onde também está o edital completo.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Aprovada criação de sete Varas de Trabalho no Rio Grande do Sul

20 de novembro de 2014 0

O plenário do Conselho Nacional de Justiça aprovou a criação de sete Varas do Trabalho no Rio Grande do Sul. Devem ser duas em Porto Alegre, destinadas à especialização em Acidente de Trabalho, e cinco distribuídas pelas cidades de Capão da Canoa, Marau, Nova Prata, São Sebastião do Caí e Tramandaí.

O CNJ também foi favorável à criação dos cargos de magistrados e servidores para as unidades. O pedido foi apresentado pelo Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (TRT4).

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Aneel volta a negar troca da data de reajuste da CEEE

19 de novembro de 2014 0
Foto: Marco Favero / Agência RBS

Foto: Marco Favero / Agência RBS

A Agência Nacional de Energia Elétrica voltou a negar a alteração da data do reajuste tarifário da CEEE. Em 30 de setembro, a Aneel já havia indeferido o pedido da companhia para passar de 25 de outubro para 25 de fevereiro.

O diretor-geral da Aneel, Romeu Rufino, reiterou que o processo de reajuste tarifário da CEEE continua suspenso. A empresa está inadimplente com obrigações setoriais.

Em 21 de outubro, a Aneel suspendeu o processo de reajuste tarifário da companhia devido a uma dívida de R$ 20 milhões da distribuidora com o governo federal. Com isso, as tarifas de energia foram congeladas até que a empresa regularize a situação. Foi o único caso de inadimplência este ano entre 60 distribuidoras.

Aneel não identificou motivos justificáveis para o adiamento do reajuste. O mercado entendeu como medida para empurrar o aumento para depois das eleições. A própria CEEE apontou em planilha a necessidade de elevação da tarifa em 34,99%.

A empresa atende 1,6 milhão de unidades consumidoras em Porto Alegre e outros 71 municípios do Rio Grande do Sul.

Leia mais:

CEEE dá explicações para Tribunal de Contas e adiamento do reajuste volta à pauta da Aneel

CEEE: Não há como fugir do aumento

Inadimplência da CEEE faz Aneel suspender reajuste na tarifa de energia

Técnicos da Aneel sugere reajuste de 28,28% nas tarifas da CEEE

Retirado da pauta da Aneel pedido de adiamento do reajuste da CEEE

Aneel julga novamente pedido de adiamento do reajuste da CEEE

Aneel chegou a dar apenas metade da alta pedida por distribuidoras de energia

CEEE quer aumentar conta de luz em quase 35%

Aneel nega pedido da CEEE para mudar data de reajuste da conta de luz

Consultoria estima aumento de 24% nas contas de luz da CEEE

Conta de luz da RGE ficará 22,77% mais cara

Conta de luz ficará 28,86% mais cara para clientes da AES Sul

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Leitor fez empréstimos para pagar empréstimos e pergunta como sair do endividamento

18 de novembro de 2014 0

Acerto de Conta$ no Supersábado

Foto: Porthus Junior/Agencia RBS.

Foto: Porthus Junior/Agencia RBS.

Leitor Juliano está bastante endividado, fazendo empréstimos para pagar outros empréstimos. Leu em algum lugar e pergunta se pode entrar na Justiça alegando que as dívidas podem somente comprometer até 30% da renda.

Diretora-executiva do Procon Porto Alegre, Flávia do Canto Pereira – Tem uma lei federal de 2003 e regulamentada por decreto que permite o comprometimento de até 30% da renda do consumidor. Provavelmente, este consumidor está com mais que isso em empréstimos consignados e financiamentos, o que é irregular. A financeira nem poderia conceder este crédito a ele. Como é contra a lei, ele pode ingressar com uma ação judicial para revisar as dívidas. Infelizmente, não temos como obrigar financeiras e bancos a cumprirem o limite ou, até mesmo, puni-los porque não foi aprovado o projeto do superendividamento. Mas o consumidor pode pedir essa revisão, reduzindo valores e evitando entrar na bola de neve de pagar juros em cima de juros. O ideal é pedir uma renegociação.

Acerto de Conta$ – Os juízes têm dado decisões favoráveis aos consumidores?

Flávia – Sim. Até porque isso está na lei. A financeira não pode comprometer mais de 30% da renda do consumidor e, muito menos, quitar a dívida e oferecer o dobro de crédito consignado. Até temos um apelido para este tipo: “Lá vem o pastinha.” É o cara da financeira que oferece cada vez mais crédito consignado para o consumidor. Diz: “Tu deve dez, eu te empresto 20.” O consumidor não deve fazer isso. Deve renegociar a dívida direto com o banco.

Acerto – Os juros são bem mais altos.

Flávia – Certamente. E a lei foi feita para resguardar o patrimônio do consumidor.

Acerto – E como têm sido as decisões dos juízes? O que eles fazem com as dívidas?

Flávia – Como não tem como punir quem empresta para o consumidor, o juiz determina a revisão dos juros e dos valores.

Acerto – No caso de a pessoa entrar na Justiça, o que faz com as dívidas enquanto não tem decisão ainda?  

Flávia – Primeira orientação é entrar em contato direto com a empresa e tentar renegociar a dívida sem Judiciário. O Tribunal de Justiça tem o projeto de renegociação, que consegue reduzir valores. Se não conseguir, entra com a ação na Justiça e faz depósitos judiciais até uma decisão. O depósito mostra boa-fé do consumidor. Mostra que ele não quer deixar de pagar, mas quer rever os valores.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Queda no preço do leite faz inflação recuar em Porto Alegre

18 de novembro de 2014 0
Foto: Diego Vara/Agencia RBS.

Foto: Diego Vara/Agencia RBS.

O preço do leite longa vida caiu, em média, 2,50% nos últimos 30 dias em Porto Alegre. A redução permitiu também o recuo da inflação para o consumidor da Capital. O item foi a principal pressão de queda no indicador.

O Índice de Preços ao Consumidor de Porto Alegre caiu de 0,66% para 0,57% na última apuração. Ainda assim, é a inflação mais alta entre as sete Capitais pesquisadas pela Fundação Getúlio Vargas.

Também ajudaram no recuo da inflação:

Massas congeladas -2,14%
Congelados de carne bovina -2,72%
Cebola -12,45%
Automóvel usado -1,09%

Leia mais: Leite está mais barato

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

 

Tem estômago para comprar ações da Petrobras?

17 de novembro de 2014 0

O blog Acerto de Conta$ perguntou para especialistas em investimentos se é uma boa hora para comprar ações da Petrobras. Confira as respostas:
Sócio da Vokin Investimentos, Igor Morais:

“As ações da empresa estão sem fundamentos, mas estão baratas. Só que é preciso ter estômago.”

Presidente da Associação dos Profissionais de Investimento no Mercado de Capitais na Região Sul (Apimec-Sul), Marco Martins:

“Acho que o investidor que tiver paciência para esperar estas turbulências passarem pode começar a comprar, embora eu acredite que possa vir um pouco mais de problemas. Não só para a Petrobras, mas para o mercado como um todo. Penso a definição da equipe econômica de Dilma é fundamental. Existe chance de vir um nome que desagrade mais ainda o mercado. Portanto, compre devagar, no aguardo de sinais positivos.”

Sócia-diretora da Zenith Asset, Débora Morsch:

“Apesar das fortes quedas, ainda é cedo para recomendar uma compra porque a magnitude do reconhecimento das perdas não foi definido. A empresa vem melhorando a níveis de produção. Temos que ver como as medidas que estão sendo tomadas para melhorar a governança da empresa vão ser aplicadas e se realmente ela vai conseguir apresentar o Balanço de 2014 sem muito atraso. Se atrasar muito, ela vai ter problemas de captação de recursos para os investimentos no próximo ano.”

Sócio-diretor da Privatto Investimentos, Eduardo Cairoli:

“Eu prefiro esperar os resultados ainda não divulgados para emitir qualquer recomendação. Por enquanto, estamos com cautela sobre a companhia. Petrobras com essa queda acentuada precifica um cenário bem negativo. Por outro lado, está nos mesmos níveis de preço de março.”

Foto: Agencia Petrobras.

Foto: Agencia Petrobras.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Fepam abre concurso com 100 vagas

17 de novembro de 2014 0
Foto: Piero Ragazzi / Agencia RBS.

Foto: Piero Ragazzi / Agencia RBS.

A Fundação Estadual de Proteção Ambiental abriu concurso com 100 vagas. As inscrições começaram nesta segunda-feira e vão até 1º de dezembro.

Além das vagas abertas, o concurso também será para formação de cadastro de reserva. O regime de trabalho é CLT.

A maioria das vagas é para Porto Alegre: são 15 para candidatos de nível médio e 46 para nível superior. Outros locais são: regionais de Alegrete, Caxias do Sul, Passo Fundo, Pelotas, Santa Cruz do Sul, Santa Maria, Santa Rosa ou Tramandaí.

As provas serão elaboradas pela Fundação para o Desenvolvimento de Recursos Humanos. Inscrições no site da FDRH-RS.

Para candidatos de nível superior, há vagas de Administrador (1), Advogado (3), Arquiteto (1), Biólogo (11), Contador (1), Engenheiro Agrônomo (12), Engenheiro Ambiental (6), Engenheiro Civil (6), Engenheiro de Minas (2), Engenheiro de Segurança do Trabalho (1), Engenheiro Florestal (5), Engenheiro Químico (8), Geógrafo (1), Geólogo (12), Hidrólogo (3), Médico Veterinário (CR), Químico (1) e Sociólogo (2). A remuneração será de R$ 5.116,50.

Os profissionais de nível médio e/ou técnico na área poderão pleitear cargos de Técnico em Eletrônica (CR), Técnico em Meio Ambiente (CR), Técnico em Processamento de Dados (4), Técnico em Secretariado (1), Técnico em Segurança do Trabalho (2) e Assistente Administrativo (17). Para estas funções, os salários variam entre R$ 1.912,11 e R$ 2.254,66.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Aplicativo que permite combinar caronas chega a Porto Alegre

17 de novembro de 2014 0

Reprodução

Um sistema de caronas criado em maio deste ano em São Paulo começou a atender usuários de Porto Alegre e outros municípios do Estado. Disponível em smartphones e por meio d site www.tripda.com.br, a plataforma tem como objetivo facilitar o contato entre motoristas e passageiros que buscam carona.

Quem deseja oferecer uma carona, se cadastra na ferramenta, define o trajeto e o horário de partida. O preço da corrida é estipulado com base em um custo estimado do combustível, já que o objetivo não é que o motorista lucre com a corrida. Quem deseja uma carona, pode entrar na plataforma e pesquisar os trajetos disponíveis. Normalmente, a procura é maior para destinos intermunicipais, com distância acima de 100 quilômetros.

De acordo com Mateus Papiani, responsável pela operação da empresa no Brasil, a ferramenta foi criada a partir da necessidade das pessoas de compartilhar meios de transporte.

- A gente viu que o mercado é superinteressante, viu que as caronas já eram feitas de forma informal por meio de redes sociais, como o Facebook e o Whatsapp. Então a nossa ideia é formalizar esse mercado e juntar as pessoas para que elas possam achar várias rotas disponíveis em um só lugar.

A ferramenta é totalmente gratuita. Mateus diz que o objetivo da empresa neste momento não é ganhar dinheiro, mas conquistar o maior número de usuários.

- Queremos que a plataforma cresça, depois vamos pensar em formas de monetização -, avalia o jovem de 23 anos, recém-formado em administração pela USP.

Por enquanto, o pagamento das corridas é feito diretamente entre o passageiro e o motorista do veículo, mas a ideia da empresa é disponibilizar no site uma ferramenta de pagamento antecipado.

Mateus diz que a ideia foi bem aceita no País  e já conta com mais de 50 mil usuários. No entanto, o modelo de negócios envolvendo caronas tem provocado controvérsias. O aplicativo mais famoso, o americano Uber, motivou protestos de taxistas em São Paulo, e o serviço foi considerado ilegal por se caracterizar como um modelo de transporte sem autorização.

Mateus diz, entretanto, que não há nenhuma contestação relativa ao Tripda porque o objetivo de quem usa a ferramenta não é o lucro. O motorista que oferece a carona ganha apenas um valor para ajudar nos custos da corrida, o que não caracterizaria como transporte remunerado de usuários.

Quadro Fique de Olho, no Destaque Econômico. Por Angela Chagas.

Ouça o Destaque Econômico, na Rádio Gaúcha. Domingos, às 9h.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Empresa terá que indenizar empregada que caiu na malha fina por declaração incorreta de rendimentos

17 de novembro de 2014 0
Foto: Agencia RBS.

Foto: Agencia RBS.

O Tribunal Superior do Trabalho mandou uma empresa indenizar a empregada que caiu na malha fina do Imposto de Renda. O motivo foi a Tigre – Tubos e Conexões ter enviado para a Receita Federal declaração incorreta de rendimentos da trabalhadora.

A indenização foi definida em R$ 5 mil. O TST reformou as decisões anteriores, que não identificaram dano moral no caso, ocorrido em Santa Catarina.

O erro ocorreu no informe de rendimentos de 2008. Tinha valores depositados pela empresa em juízo, mas ainda não recebidos pela funcionária. Com base nesse informe, teria apresentado declaração de imposto que resultou em uma restituição indevida, o que teria lhe causado transtornos junto à Receita Federal.

Ao examinar o recurso, o relator no TST, ministro Hugo Carlos Scheuermann, destacou que, ao fornecer à Receita Federal dados equivocados, a empresa causou à empregada o constrangimento e transtornos para a correção.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Quem paga ISS em Porto Alegre têm que adotar nota eletrônica até abril

17 de novembro de 2014 0

A obrigatoriedade da nota fiscal de serviços eletrônica valerá para todos os pagadores de ISS em Porto Alegre a partir de abril de 2015. O tributo é cobrado de prestadores de serviços com receita igual ou superior a R$ 240 mil. Na primeira fase, serão 31 empresas, que foram selecionadas pela Secretaria Municipal da Fazenda.

Em janeiro, fevereiro, março e abril, mais empresas precisam se cadastrar conforme a atividade econômica. Os prestadores de serviços pediram para a Prefeitura que a obrigação fosse gradual. As datas de cada segmento podem ser consultados no site da Nota Legal.

O site terá um sistema gratuito para emissão das notas fiscais eletrônicas. No entanto, o registro manual deve ser usado apenas por empresas que têm pouca movimentação, observa o secretário da Fazenda, Jorge Tonetto. As demais terão que contratar uma empresa para o serviço.

Uso dos créditos

A Secretaria Municipal da Fazenda ainda estuda como estimular o contribuinte a pedir a nota fiscal para o prestador de serviço. Ainda no verão, o secretário Tonetto espera lançar o sorteio de prêmios. Mas a ideia é ainda no primeiro semestre oferecer formas de as pessoas receberem parte do ISS pago. Uma delas é o abatimento parcial do IPTU já para o ano que vem.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.