Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts com a tag "consumo"

Gaúchos estão mais endividados

02 de março de 2015 0

Aumentou o endividamento entre os gaúchos em fevereiro. Passou para 50,9%. É 14% mais do que em janeiro e também é maior do que em fevereiro do ano passado.

A pesquisa é da Fecomércio-RS, que ainda diz não poder afirmar que é uma tendência. A preocupação é com o mercado de trabalho. Caso o nível de emprego caia, será difícil evitar alta do endividamento e da inadimplência.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Bloqueios: Indústrias suspendem envio de mercadorias para lojas

27 de fevereiro de 2015 0
Foto: André Fiedler / Gaúcha Serra.

Foto: André Fiedler / Gaúcha Serra.

As indústrias estão suspendendo o envio de mercadorias para as lojas. Segundo o presidente do Sindicato dos Lojistas de Porto Alegre, Paulo Kruse, os fornecedores estão com receio de mandar a carga e os produtos ficarem retidos nos bloqueios das estradas, correndo o risco de saques.

Kruse diz que a situação piorou quando os bloqueios se intensificaram na BR 101. Vários segmentos do varejo são abastecidos por mercadorias produzidas fora do Rio Grande do Sul. Principalmente, lojas de confecção.

- Quem tinha produto de meia estação, está vendendo. Quem não tem, segue fazendo só liquidação de verão. – conta o presidente do Sindilojas Porto Alegre.

A dúvida é se este consumo ficará represado para quando terminarem os protestos e o transporte for normalizado ou será perdido.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Gaúcho tem a terceira maior renda do País

26 de fevereiro de 2015 0
Foto: Marcelo Oliveira / Agencia RBS.

Foto: Marcelo Oliveira / Agencia RBS.

A renda média por morador dos domicílios do Rio Grande do Sul foi de R$ 1.318 em 2014. É a terceira maior do País. Fica atrás do Distrito Federal (R$ 2.055) e de São Paulo (R$ 1.432).

A média nacional é R$ 1.052. Os dados são divulgados pelo IBGE e servem de base para o rateio do Fundo de Participação dos Estados.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Cai segurança do gaúcho em relação ao emprego

24 de fevereiro de 2015 1

Calculado pela Fecomércio-RS, o indicador que mede a segurança com relação à situação do emprego caiu 4,9% em fevereiro na comparação com o mesmo mês de 2014, ficando em 124,4 pontos. O baixo crescimento econômico e a desaceleração do mercado de trabalho contribuem para abater o sentimento de segurança dos trabalhadores, segundo a entidade. A tendência de queda começou em meados de 2013, passou por um período de estabilidade e voltou a cair nos últimos três meses.

Ainda relacionada ao mercado de trabalho, a avaliação sobre renda também caiu. Recuo de 14,1% sobre fevereiro de 2014.

- A diminuição do fluxo de entrada de pessoas no mercado de trabalho ainda mantém o desemprego controlado, mas a baixa confiança de empresários e consumidores trazem um cenário de cautela à investimento e consumo. – avalia o presidente da Fecomércio-RS, Luiz Carlos Bohn.

==

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Lojas de Porto Alegre projetam prejuízo de quase R$ 600 milhões com feriados

20 de fevereiro de 2015 0

O varejo de Porto Alegre projeta prejuízo de R$ 594 milhões com os feriados prolongados em 2015. Serão 12, considerados no levantamento da CDL Porto Alegre.

O montante representa 15,3% do faturamento mensal do varejo da região. Feriados próximos aos finais de semana reduzem as consultas ao SCPC em todos os dias, o que é indicador de vendas.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Pesquisa mostra que quatro em cada dez gaúchos gastam mais do que ganham

17 de fevereiro de 2015 0
Foto: Porthus Junior/Agencia RBS.

Foto: Porthus Junior/Agencia RBS.

Pesquisa do Instituto Index no Rio Grande do Sul trouxe informações importantes sobre comportamento de finanças pessoais. Chama a atenção que praticamente quatro em cada dez entrevistados disseram que gastam mais do que ganham, seja com frequência ou mesmo às vezes. Confira algumas perguntas:

Gasta mais do que ganha?
Não 60%
Sim 29,3%
Às vezes 10,1%
Não sabe 0,3%

Consumista ou econômico?
Econômico 60,4%
Consumista 39,6%

Compara preços?
Sim 69,5%
Não 30,3%

No geral, opta pela qualidade ou pelo preço?
Qualidade 63,9%
Preço 34,8%

Analisando mais recortes da pesquisa, observa-se que mais mulheres admitem ser consumistas. Mas elas também representam a maior parte dos consumidores que consideram mais o preço na hora de comprar.

Outra curiosidade: gastar mais do que ganha ocorre mais entre os mais novos e com nível escolar maior. O mesmo ocorre com quem se diz consumista.

Chamou também a atenção do diretor do Instituto Index, Caco Arais, que apenas 35% dos entrevistados não têm financiamentos ou parcelamentos.

Outros dados da pesquisa do Instituto Index:

Na sua opinião, o Rio Grande do Sul está se desenvolvendo, está parado ou piorando?
Parado 58,9%
Piorando 25,5%
Desenvolvendo-se 13,6%

19,9% não têm conta em banco
Motivo:
Dinheiro 43,1%
Não quer 12,6%
Não tem fundos 12,6%
Taxas e juros de manutenção 4,2%
Não trabalha 4,2%
Filas 1,7%
Não precisa 1,7%
SPC 1,3%
Falta de investimentos 0,8%

Para que tipos de compras costuma utilizar cartão de crédito ou débito?
Alimentação 33,3%
Vestuário 11,1%
Compras via internet 10,3%
Combustível 9,8%
Viagem 5%
Móveis e eletrodomésticos 3,8%
Tecnologia 0,2%
Não usa 22,5%

O Index fez entrevistas entre os dias seis e oito de fevereiro. Foram ouvidas 1,2 mil pessoas em 30 municípios gaúchos.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Venda do varejo gaúcho cai forte em dezembro, mas fecha ano com crescimento

11 de fevereiro de 2015 0
Foto: Adriana Franciosi / Agencia RBS

Foto: Adriana Franciosi / Agencia RBS

Foi mês de Natal, mas as vendas do varejo do Rio Grande do Sul caíram 4,5% sobre novembro. A pesquisa é do IBGE e traz ajustes sazonais. O recuo foi bem mais intenso do que a média nacional: -2,6%.

Na comparação com dezembro de 2013, o volume de vendas foi 1,5% menor. O dado vai no mesmo sentido das apurações feitas pela CDL Porto Alegre e pela Associação Gaúcha para Desenvolvimento do Varejo:

Leia:

Natal do comércio gaúcho é o mais fraco desde 2009

Saldão de Natal começa timidamente na internet

Fechamento de 2014

A venda do varejo gaúcho fechou 2014 com crescimento de 2,3%. Resultado bem semelhante ao do País todo: +2,2%.

O maior crescimento foi na venda de artigos para uso pessoal e doméstico: +7,8%.

A maior queda ocorreu na venda de equipamentos para escritório, informática e comunicação: -15,9%.

O resultado por segmento mostra o depoimento de lojistas ao longo do ano apontando que o consumidor estava comprando mais produtos de menor valor e mais básicos no dia a dia.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Tesoura nos gastos escolares

13 de janeiro de 2015 1

Coluna Acerto de Conta$, no Diário Gaúcho. Todas as terças.

Os preços dos materiais escolares estão em média 15% mais altos. O vilão foi o dólar já que muita coisa é importada, mostrou a pesquisa da Associação Gaúcha para Desenvolvimento do Varejo.

Leia mais: Dólar faz preço do material escolar subir o dobro da inflação no Rio Grande do Sul

Para aproveitar a oportunidade, a educadora financeira de crianças Ana Pregardier enviou um jogo para a coluna. Pais e filhos leem a lista de material escolar juntos e depois:

1) Pesquisam preços para descobrir qual a ser pago em cada item.

2) Depois, buscam materiais que já têm guardados e que podem ser reaproveitados.

3) Pais e filhos juntos fazem a conta de quanto será economizado com os materiais escolares que os filhos acharam e que poderão ser reutilizados.

4) Depois de calculado o total, os pais dividem essa economia por dois. Metade será dos filhos e a outra parte será dos pais. Exemplo – Total de economia: R$ 82. R$ 41 para cada.

Importante!

- Não dê toda a economia para seus filhos. A divisão em duas partes é fundamental para que a criança ou jovem entenda que os pais também merecem participar dessa economia, uma vez que foram eles que compraram o material no ano passado. Como esse material foi fruto do trabalho e esforço dos pais, é justo que eles participem da divisão. – explica a educadora financeira.

Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS.

Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter

Intenção de consumo das famílias despencou em dezembro

12 de janeiro de 2015 1

A intenção de consumo das famílias gaúchas teve queda forte em dezembro. Em relação ao mesmo mês de 2013, o recuo foi de 10,6%. Mas houve redução também na comparação com novembro.

Embora ainda fique no patamar considerado otimista pela Fecomércio-RS, todos os sete componentes que formam o indicador apresentaram redução.

- O indicador fechou o ano com uma média 8% inferior ao ano anterior. Reflete o abatimento na confiança das famílias. É observado, inclusive, em todo o País. – comenta o presidente da Fecomércio-RS, Luiz Carlos Bohn.

Segundo a entidade, o motivo principal é a inflação em patamares elevados. O indicador que mede a segurança com relação ao emprego teve recuo de 9,6% em dezembro.

- Os dados referentes à situação de renda voltaram a apresentar queda após alguns meses de estabilidade.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter

O que perdeu espaço no carrinho dos gaúchos no supermercado

26 de dezembro de 2014 0
Foto: Artur Moser / Agencia RBS.

Foto: Artur Moser / Agencia RBS.

- Leite pasteurizado
- Leite em pó
- Sopa
- Polpa de tomate
- Sabão em pedra

Este são os produtos que mais perderam espaço no carrinho dos gaúchos quando vão aos supermercados. A pesquisa foi feita de janeiro a setembro pela empresa de consultoria Kantar WordlPanel, que produz estudos sobre o comportamento do consumidor no País.

Sobre o leite, a Associação Gaúcha de Supermercados não percebeu esse movimento:

“A AGAS não confirma a informação de queda nas vendas de leite, nem mesmo em pó. O que há é uma migração gradativa para leites especiais, como os sem lactose, mas ainda com baixíssima representatividade.”

De outro lado, o que mais ganhou espaço nas compras foi:

- Cream cheese
- Bonzeador/protetor solar
- Suco pronto
- Cloro
- Água mineral

“São produtos que demonstram a busca por praticidade e comodidade no dia a dia do consumidor.” – analisa a pesquisa.

Menos idas ao supermercado

A pesquisa da Kantar mostrou ainda que o consumidor do Sul está indo menos ao supermercado. De 63 visitas ao ponto de venda, caiu para 56. Compensando isso, houve aumento de 13% no volume de compras por vez.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.