Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "emprego"

Número de pessoas com trabalho cai pelo terceiro mês consecutivo na Região Metropolitana

27 de agosto de 2014 0

Caiu pelo terceiro mês consecutivo o número de pessoas com trabalho na Região Metropolitana de Porto Alegre. Na passagem de junho para julho, o recuo foi de 0,8%. Significa 14 mil a menos trabalhando. Construção, comércio e serviços cortaram postos de trabalho.

Pesquisa da FEE, Dieese e Fundação Gaúcha do Trabalho aponta uma estimativa de 1,714 milhão de pessoas empregadas. O número de desempregados é estimado em 104 mil pessoas.

A taxa de desemprego, no entanto, ficou estável em 5,7%. O índice não aumenta mesmo com a queda do número de empregados porque o cálculo considera pessoas que deixaram de procurar emprego e, por isso, a pesquisa considera que não estão mais no mercado de trabalho.

Renda

A renda média do trabalhador ficou em R$ 1.806. Cai há quatro meses seguidos.

 

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Oito empresas buscam trabalhadores sem experiência

27 de agosto de 2014 0

Recrutadores de oito empresas estão nesta quarta-feira na Agência FGTAS/SINE de São Leopoldo para selecionar profissionais sem experiência. São 170 vagas.

As primeiras entrevistas ocorrem às 8h30 para as vagas de auxiliares de linha de produção, limpeza e de jardinagem, além das funções de porteiro e de assistente administrativo (exclusiva para Pessoa com Deficiência). Após, às 9h, será realizada seleção para as vagas de auxiliares de depósito e de linha de produção (para Garibaldi) e de operadores de telemarketing receptivo e de mercadorias e derivados. E, à tarde, às 13h30, acontecem as entrevistas para as vagas de porteiro e de auxiliar de embalagem.

Interessados devem ir até a agência com Carteira de Trabalho. Endereço: Rua Independência, 490, em São Leopoldo. O atendimento ao público é das 8h às 16h30.

Foto: Diego Redel / Agencia RBS

Foto: Diego Redel / Agencia RBS

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Indústrias flexibilizam jornada de trabalho em Gravataí

26 de agosto de 2014 0
Foto: Arivaldo Chaves / Agencia RBS.

Foto: Arivaldo Chaves / Agencia RBS.

Empresas de Gravataí, que tem um parque industrial importante na Região Metropolitana, estão tentando flexibilizar a jornada de trabalho. A Molas Weber já implantou a redução. A Dana está negociando com o Sindicato dos Metalúrgicos.

O setor metalmecânico tem sentido o enfraquecimento da economia. Na Região Metropolitana de Porto Alegre, as indústrias cortaram mais de 2,5 mil empregos nos últimos 12 meses, conforme dados do Ministério do Trabalho.

Empresa importante da região, a GM deu férias coletivas durante a Copa do Mundo. Diretor do Sindicato dos Metalúrgicos de Gravataí, Valcir Ascari informa, no entanto, que a montadora tem recuperado bem a produção.

- Inclusive, estão quase atingindo as metas para pagamento integral de PPR negociado com a empresa.

Enquanto isso, o sindicato mantém a negociação de redução de jornada sem corte de salário. Já aderiram 21 empresas no município, que, juntas, empregam quase 12 mil metalúrgicos.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Há vagas

25 de agosto de 2014 0

Sinosbyte

Empresa de São Leopoldo, a Sinosbyte está selecionando programadores na plataforma SAP. São oito vagas de estágio com possibilidade de efetivação. A seleção ocorrerá durante um treinamento de um mês. Os melhores serão chamados. Mandar currículo para lfengel@sinosbyte.com.br.

MPT

O Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Sul está selecionando pessoas para vagas de estágio e formação de cadastro de reserva para alunos dos cursos técnicos em Informática e em Segurança do Trabalho e dos cursos superiores de Administração, Ciências Contábeis, Direito e Jornalismo. As inscrições vão até às 17h do dia 4 de setembro. Inscrições no site prt4.mpt.mp.br.

BCG

A consultoria BCG está recrutando no Rio Grande do Sul. O prazo para inscrição termina hoje. Amanhã, o diretor Daniel Azevedo palestra para os interessado e depois será aplicado um teste. Enviar currículo para recrutamentobrasil@bcg.com.

Rio Grande do Sul é o segundo Estado com maior corte de empregos em bancos

25 de agosto de 2014 0

Bancos do Rio Grande do Sul cortaram 621 empregos de janeiro a julho. Ficou atrás apenas do saldo de demissões e admissões de bancários registrado em São Paulo, onde foram fechados 1.524 postos de trabalho.

O levantamento é da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro e do Dieese em cima de dados do Ministério do Trabalho. Enquanto os bancos privados e o Banco do Brasil eliminaram postos de trabalho, a Caixa Econômica Federal abriu quase 1,6 mil vagas no Brasil.

A pesquisa mostra também que o salário médio dos admitidos pelos bancos nos primeiros sete meses do ano era R$ 3.303,55. O salário médio dos demitidos era de R$ 5.216,86.

A média dos salários dos homens na contratação foi R$ 3.756,96. A remuneração das mulheres ficou em R$ 2.829,77.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Todas as negociações tiveram reajuste salarial acima da inflação no Rio Grande do Sul

21 de agosto de 2014 2

Pesquisa do Dieese apontou reajuste acima da inflação em todas as negociações coletivas de trabalhadores no Rio Grande do Sul no primeiro semestre. No ano passado, esse índice havia ficado em 96,6%.

O ganho real médio, que já desconta o INPC, foi de 1,58%. Também maior do que em 2013, quando foi de 1,32%.

O maior aumento real registrado na pesquisa foi em uma unidade de negociação do setor da Indústria, que atingiu ganho de 2,79%, seguido por uma negociação de Serviços que conquistou 2,25% e pelo Comércio, com 2%.

Para o segundo semestre, O Dieese espera um comportamento semelhante com reajustes acima da inflação:

“Isso está vinculado à própria conjuntura econômica que tem registrado baixas taxas de desemprego e inflação com sinais de manutenção de tendência de queda. No segundo semestre há também o pagamento do 13º salário e um número maior de dias úteis impulsionando as vendas no comércio. Esses elementos tendem a ampliar o poder de negociação dos sindicatos junto às questões relacionadas aos contratos coletivos de trabalho entre eles o reajuste salarial.”

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Economia movida a confiança

19 de agosto de 2014 0

Coluna Acerto de Conta$, no Diário Gaúcho. Todas as terças.

A economia tem indicadores só para medir confiança. Seja ela do consumidor, dos industriais, do comércio, do setor imobiliário…

Mas por que a confiança é tão importante? Porque serve como um indicador de tendência. As famílias compram quando estão confiantes na economia e no seu emprego. O consumidor assume um parcelamento porque está tranquilo que poderá pagar.

O empresário confiante, então, pode mover montanhas! Quando aposta na economia, ele investe, amplia produção, contrata trabalhadores, faz a máquina da economia girar para frente e mais rápido.

O que está acontecendo agora no Brasil é que os níveis de confiança estão baixos. Como já faz algum tempo, os efeitos já são sentidos na prática. Tanto que os indicadores gerais da economia brasileira estão com desempenho preocupantemente negativos. Fora os dias parados da Copa do Mundo, os analistas atribuem o freio na economia exatamente ao baixo otimismo – e até pessimismo – de empresários e consumidores.

Quando deve melhorar?

Espera-se que, terminadas as eleições, a coisa melhore. Com o cenário político definido, os empresários tendem a retomar investimentos. Segurança no emprego pode fazer com que as famílias voltem a comprar.

Mas e se não melhorar?

Se a economia não reagir ainda no primeiro trimestre de 2015, há um receio de demissões em massa. O mais grave é o chamado efeito dominó no mercado de trabalho. Na expectativa, algumas empresas seguram seus funcionários mesmo sem ter produção suficiente para mantê-los trabalhando. Até porque demitir é caro e treinar novos empregados é mais caro ainda.

Por exemplo:

Um exemplo desse receio é a projeção da Associação Gaúcha para Desenvolvimento do Varejo para o Natal. É a principal data de vendas do ano, mas, ainda assim, as lojas devem contratar 7 mil trabalhadores temporários a menos do que no ano passado.

- O primeiro semestre não foi favorável para o varejo, com resultados abaixo do esperado em vendas. Isso afetou o custo das empresas, cujos resultados finais estão menores. As projeções de vendas do segundo semestre são moderadas e a tendência é que o aumento seja tímido. – comenta Vilson Noer, presidente da AGV.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Sindicato não concorda com demissões da Marfrig em Alegrete

18 de agosto de 2014 0

O Sindicato dos Trabalhadores na Indústria de Alimentação de Alegrete não concordou com as demissões de mais de 650 funcionários da Marfrig no município. A entidade teve reunião nesta tarde com a direção da empresa, que vai parar a produção na unidade a partir de primeiro de setembro.

Leia mais: Marfrig suspende atividades em Alegrete a partir de setembro

Presidente do Sindicato, Marcos Rosse disse que não poderia aceitar a parte da proposta em que a estrutura mantém-se arrendada para a Marfrig.

- Acaba com a possibilidade de outra empresa vir para Alegrete e operar o frigorífico, mantendo, quem sabe, parte dos empregos. E fala-se que há empresas interessadas no local. Acho que agora a solução será no Judiciário.

O Tribunal Superior do Trabalho tem entendido que é preciso negociação com o sindicato da categoria para empresas fazerem demissões em massa. Há uma ação no Superior Tribunal Federal questionando a constitucionalidade da exigência, usando o caso das mais de 4 mil demissões na Embraer, mas não há decisão, segundo o advogado Alexandre Tavares, da Pactum.

Marfrig foi procurada, mas não se pronunciou após a reunião.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Lojas gaúchas vão contratar 7 mil temporários a menos para o fim do ano

18 de agosto de 2014 0
Foto: Fabrício Barreto/Divulgação Walmart.

Foto: Fabrício Barreto/Divulgação Walmart.

O comércio do Rio Grande do Sul vai reduzir a contratação de trabalhadores temporários para o fim de ano. A projeção é da Associação Gaúcha para Desenvolvimento do Varejo.

Segundo o cálculo da AGV, serão 18 mil vagas. Ano passado, foram 25 mil temporários.

O Natal é a principal data de vendas do varejo. No entanto, a redução de 28% nas contratações também terá como objetivo compensar as perdas do primeiro semestre.

- O primeiro semestre não foi favorável para o varejo, com resultados abaixo do esperado em vendas. Isso afetou o custo das empresas, cujos resultados finais estão menores. – comenta Vilson Noer, presidente da AGV.

As projeções de vendas do segundo semestre são moderadas e a tendência é que o aumento seja tímido. Deve ficar em 8,5% e 9% nominais, lembrando que a inflação deve fechar o ano acima de 6%.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Sine tem 1,3 mil vagas de trabalho para pessoas com deficiência

18 de agosto de 2014 0

O Sine está com 1,3 mil vagas exclusivas para pessoas com deficiência. Estão disponíveis nas 62 agências.

As cidades com maior número de vagas são Porto Alegre (805), Passo Fundo (147), Santa Maria (41), Canoas (32), Pelotas (26), Novo Hamburgo (24), Farroupilha (17), Cachoeirinha (16), Rio Grande (15), Viamão (14) e São Leopoldo (10).

Para se inscrever nas vagas, os trabalhadores devem ir até as agências, onde são incluídos no cadastro de profissionais. Com isso, também podem matricular-se nos cursos gratuitos do Pronatec. Os profissionais devem levar Carteira de Trabalho.

As funções com maior número de vagas são faxineiro (89), auxiliar de escritório (88), técnico de enfermagem (68), recepcionista (50), alimentador de linha de produção (44), enfermeiro (39), vendedor de comércio varejista (32), assistente administrativo (29), dietista (28), trabalhador de manutenção de edificações (26), auxiliar nos serviços de alimentação (25), almoxarife (24), atendente de farmácia – balconista (24), médico clínico (21), operador de caixa (17), embalador a mão (16), técnico de apoio ao usuário de informática (15), atendente de enfermagem (15), analista de desenvolvimento de sistemas (14), repositor de mercadorias (14), vigilante (14), técnico em radiologia e imagenologia (13) e de auxiliar de lavanderia (12).

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.