Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "varejo"

Consumidor do Sul compra menos e reduz idas às lojas

12 de junho de 2015 0
Foto: Julio Cavalheiro / Agencia RBS.

Foto: Julio Cavalheiro / Agencia RBS.

O consumidor da Região Sul reduziu em 8,2% o volume de compras no comércio no primeiro trimestre do ano. O dado está na atualização da pesquisa Consumer Insight, da Kantar Worldpanel. O levantamento mostra ainda que o morador do Sul reduziu em uma vez a média de idas ao ponto de venda.

“A Região Sul mostra perfil mais racional” – analisa a Kantar.

A pesquisa mostra que todas as classes sociais tiveram mudança no comportamento. Mas a maior queda foi na Classe C, principalmente na redução de 12% no consumo.

A Classe DE teve a menor queda. Consumiu 3% menos no primeiro trimestre, apesar de ter reduzido também as idas ao mercado. A Classe AB não cortou as visitas ao ponto de venda, mas também diminui o consumo.

Entre os canais de venda, o atacarejo foi o que registrou o ticket médio mais elevado, R$ 74,12, e um crescimento de 22% no volume comercializado. Já o mais impactado pela mudança geral no comportamento foi o hipermercado, que vendeu 15% menos em volume.

Destaques de aumento no consumo: cream cheese, molho para salada, alvejante sem cloro, batata congelada e linguiças.

Destaques de queda no consumo: complemento alimentar, cloro, leite fermentado, pasteurizados e bebida à base de soja.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Novo shopping de Passo Fundo assina contrato com duas lojas âncoras

11 de junho de 2015 0
Imagem: Divulgação.

Imagem: Divulgação.

O Passo Fundo Shopping fechou contrato com duas grandes redes de varejo. Renner e Riachuelo são as duas primeiras lojas âncoras confirmadas no empreendimento.

A obra encerrou a fase de obtenção de licenças e a inauguração do shopping está prevista para 2017. Cada uma das lojas âncoras terá 2,5 mil metros quadrados.

 

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Juro no crediário subiu 38% no Rio Grande do Sul desde o início do aperto monetário

10 de junho de 2015 0

Desde março de 2013, o juro no crediário das lojas gaúchas aumentou 38%. Desde lá, o Banco Central iniciou o ciclo de aperto monetário, deixando de reduzir a taxa básica de juros Selic.

Atualmente, o juro médio do crédito no varejo do Rio Grande do Sul atinge 84,36% ao ano. A taxa mensal média fica em 5,23%.

A pesquisa é da Associação Nacional dos Executivos de Finanças. Entre os sete Estados pesquisados, o maior juro é cobrado em Minas Gerais.

Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Confiança do comércio segue em queda, afeta investimentos e empregos

10 de junho de 2015 0

O Índice de Confiança do Empresário do Comércio segue em queda. Passou para 80,6 pontos em maio, segundo a Fecomércio-RS. É uma queda em relação em abril e um recuo de 29% em relação a maio do ano passado.

- A redução da confiança, antes concentrada no âmbito da percepção e diagnóstico dos empresários, ganha novos contornos e começa a afetar com mais intensidade as iniciativas de investimento e de ampliação ou manutenção da força de trabalho. – observa o presidente da Fecomércio-RS, Luiz Carlos Bohn.

Os resultados de maio reforçam um aprofundamento mais severo desse cenário. É o quinto mês em que o índice fica no campo pessimista.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Calor fora de época afeta vendas do comércio gaúcho

08 de junho de 2015 0
Foto: Miro de Souza / Agencia RBS.

Foto: Miro de Souza / Agencia RBS.

O calor fora de época está preocupando os lojistas do Rio Grande do Sul até mais do que o aumento da inadimplência. Segundo o presidente da Associação Gaúcha para Desenvolvimento do Varejo, Vilson Noer, o frio é tradicionalmente o motor de vendas em maio e junho.

O atraso do frio traz prejuízos que o comércio não consegue recuperar. A maior parte das vendas não fica represada. Ela deixa de ocorrer.

- As pessoas só comprar em julho se for promoção. Então, se vai a margem de lucro do lojista.

Ainda conforme Noer, o comércio do interior sente mais ainda do que na Capital.

- Lá, vende-se muito fogão a lenha, aquecedores, alimentos de inverno como vinho, etc.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Cota de compra nos freeshops de fronteira cairá para US$ 150 em julho

05 de junho de 2015 0
Fotos: Nauro Júnior/Agência RBS.

Fotos: Nauro Júnior/Agência RBS.

A partir de 1º de julho, começa a valer a redução de US$ 300 para US$ 150 da cota de isenção para compras em freeshops do exterior para viajantes que entram no Brasil por terra ou mar. A Superintendência da Receita Federal no Rio Grande do Sul informa que, por enquanto, está mantida a regulamentação que foi publicada em dezembro de 2014.

A expectativa, no entanto, é que haja uma revogação da medida. Isso porque a ideia era estimular a compra nos freeshops brasileiros, mas estas lojas ainda não foram criadas.

Presidente da Associação Comercial de Livramento, Sérgio Oliveira prevê que muitos consumidores deixarão de ir até a fronteira comprar produtos importados. A economia não compensará o gasto com combustível e o desgaste de pegar a estrada.

- Não há como dizer que é um problema de lá. Afeta a economia dos municípios brasileiros também.

Segundo Oliveira, 70% dos salários de funcionários dos freeshops de Rivera é gasto no comércio de Livramento. Além disso, eles também representam metade da carteira de crédito dos lojistas.

- Sem falar na movimentação na economia local que os próprios turistas provocam, já que comem e se hospedam em estabelecimentos brasileiros.

Para quem chega no País de avião, a cota de isenção seguirá em US$ 500.

Dólar alto

Já com o dólar alto, os freeshops estão conseguindo lidar. Os lojistas reduziram as margens de lucro, mantendo preços atrativos mesmo com o aumento da cotação. Exemplos dados pelo presidente da Associação Comercial de Livramento:

Ar condicionado 9 mil BTUs
Antes do aumento do dólar: US$ 289
Hoje: US$ 189

Uísque
Antes do aumento do dólar: US$ 39
Hoje: US$ 18

O turista também consegue barganhar e, dependendo da compra, conseguir dólar a pouco mais de R$ 2,80.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Leitores perguntam sobre o shopping Praça Cavalhada

05 de junho de 2015 1

Leitores perguntam se há previsão para a construção do Praça Cavalhada Shopping Center.

O empreendimento foi anunciado ainda em 2012 pela 5R Shopping Center. A previsão inicial era inaugurar o shopping ainda em 2014 na Zona Sul de Porto Alegre. A última posição dada pela empresa:

“A 5R está trabalhando forte em Alvorada e Uberlândia. É difícil construir três shoppings simultaneamente na situação econômica em que o País se encontra. Dessa forma, ao que indica, Cavalhada (o shopping) começa a se materializar a partir de 2016.”

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Varejo projeta crescimento zero nas vendas também para Dia dos Namorados

04 de junho de 2015 0

O varejo está projetando crescimento zero de vendas também para o Dia dos Namorados, na comparação com o ano passado. Mas para o Dia das Mães, esta era a projeção e o que se constatou foi queda no faturamento do comércio no Rio Grande do Sul.

A Associação Gaúcha para Desenvolvimento do Varejo trabalha com um montante de R$ 347 milhões, que pode ser alcançado na compra de presentes. O tíquete médio ficaria entre R$ 120 e R$ 150.

A retração da economia demorou mais para chegar no varejo do que na indústria brasileira. Os indicadores, no entanto, já apontam os resultados negativos, o que é agravado com a inflação e o crédito mais caro e restrito.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Novo shopping de Canoas será lançado neste mês

04 de junho de 2015 0
Imagem: Divulgação Multiplan.

Imagem: Divulgação Multiplan.

No dia 18, ocorre o evento de lançamento do ParkShopping, novo empreendimento de Canoas. O anúncio do investimento ocorreu ainda em 2013, mas a inauguração está prevista para o segundo semestre de 2016.

O shopping é da Multiplan, que é a mesma empresa do BarraShoppingSul, em Porto Alegre. Investimento de cerca de R$ 300 milhões.

O empreendimento terá quase 260 lojas, com hipermercado e cinemas. Fica perto do chamado Capão do Corvo.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.

Cresce uso do cartão de crédito para comprar presente do Dia dos Namorados

02 de junho de 2015 0
Foto: Divulgação.

Foto: Divulgação.

O cartão de crédito será a forma de pagamento do presente do Dia dos Namorados para 42% dos consumidores entrevistados em Porto Alegre. A pesquisa é do Sindilojas Porto Alegre e CDL.

É um número bem maior do que no ano passado. Na pesquisa de 2014, o cartão foi citado por apenas 26% dos consumidores.

- A elevação de contas básicas como energia e transporte diminui o poder de compra e a opção tem sido, cada vez mais, o cartão de crédito. – analisa o presidente do Sindilojas, Paulo Kruse.

Já o pagamento à vista diminuiu de 71% para 58%.

===

Siga @GianeGuerra no Twitter.