Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Livro trata das diferenças e dos ajustes quando se fala de religião

25 de março de 2010 2

Quando o assunto é religião, a polêmica é geral. Até em uma sala de aula, onde cada um defende a sua. No livro “Não é o Fim do Mundo”, os autores Júlio Emílio Braz e Janaina Vieira contam a história de estudantes do ensino fundamental que se discriminam entre si porque não pertencem a uma mesma corrente religiosa.

Agressões verbais e provocações de todo tipo. Na verdade, os alunos não se entendem e nem querem se entender quando se trata de religião. Miriam é evangélica e motivo de gozação de Betina e suas amigas. Suzana é kardecista e, ao expor sua religiosidade, vira outro alvo de Betina e passa a ser discriminada por Miriam. Cris é de família católica não-praticante e começa a questionar a si e à sua mãe se elas não deveriam frequentar mais a igreja.

É quase uma guerra religiosa. Os desentendimentos chegam a tal ponto, que a professora Teresa resolve tomar uma atitude: mobilizar os professores e os pais dos alunos para tentar encontrar uma solução para os conflitos. Infelizmente, essa espécie de “bullying sagrado” ainda está presente no dia a dia das pessoas e tem provocado estragos de todo tipo.

Júlio Braz ressalta que o desafio do tema foi colocar a questão de maneira que não permita os parâmetros atuais de classificação. “Eu, particularmente, os considero como algo minimamente hipócrita. Para isso, alguns personagens foram baseados em colegas de escola que sofreram este tipo de perseguição religiosa. Outros são inspirados em fatos reais de jornais e revistas”, relata o autor.

“Não é o Fim do Mundo”, de Júlio Emílio Braz e Janaina Vieira, com ilustrações de Marcos Guilherme. Editora FTD, 95 páginas, preço não-informado.

Comentários (2)

  • Marcio diz: 26 de março de 2010

    O própio Jesus orava no monte pela união da sua Igreja (Livro de João), ele já sabia nos dias de hoje as diversas maneiras de anunciar seu evangelho, porém somente uma Religião tem a plenitude da GRAÇA, onde ELE o própio Jesus autorgou e entregou as chaves do reino do céu a Pedro (livro de MAteus) que foi nosso primeiro PAPA. Fora isso peço que leiam Colossenses, cap 2;8.
    OBS: “EVANGÉLICO” são aquelas pessoas que anunciam Jesus, (Padres, Diácono, Ministros, Leigo e Leigas, Seminaristas..Etc.) aqueles que estão fora do Cajado de São Pedro (pilar da Igreja Católica) até mesmo os católicos não praticaNntes são PROTESTANTES, oriundos de MARTIN LUTHERO (1517).

  • Norberto diz: 26 de março de 2010

    Sete anos depois de ser transformado no Parque da Juventude, o terreno onde funcionou a Casa de Detenção do Carandiru deve surpreender seus usuários. A fachada modernosa chama atenção pelo toldo em forma de velas de barco e o interior faz lembrar uma megastore. Seu acervo reúne 30 000 livros novinhos em folha, o catálogo completo das editoras Companhia das Letras, Cosac Naify, José Olympio e Record. O centro cultural disponibiliza ainda mais de 1 000 livros em braile e audiolivros. “Para formar novos leitores, é preciso oferecer títulos atraentes”, afirma a diretora Magda Montenegro. O espaço conta com oitenta computadores conectados à internet e 4 000 CDs e DVDs para empréstimo e fica situado próximo ao terminal rodoviário do Rio Tietê em São Paulo.

Envie seu Comentário