Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 20 abril 2010

E se Alice fosse para o país da natureza?

20 de abril de 2010 2

Neste mês, chega às telonas o tão esperado filme “Alice no País das Maravilhas”, de Tim Burton. Esse tipo de adaptação, realizada principalmente em longas, é uma ótima maneira de resgatar a cultura nos dias de hoje. A história de Lewis Carroll encanta gerações no mundo todo e, além de inspirar o diretor, também influenciou o mineiro Jorge Fernando dos Santos a lançar, pela Paulus, “Alice no País da Natureza”. O reconto é bastante atual e tem como objetivo trazer entretenimento unido à conscientização ambiental.

Alice, garotinha simpática e tagarela, é surpreendida por uma onça-pintada em seu quarto. Pinima é o nome dela, que não está à caça de comida, mas de algum humano disposto a ajudar o povo da Amazônia a combater a poluição das águas, o desmatamento, a caça predatória e tantas outras crueldades.

O autor conta a aventura das duas personagens e de inúmeros outros seres que elas encontram pela mata durante a missão, detalhando a fauna, a flora e a riqueza da beleza natural. “Alice estava fascinada com tantos bichos e plantas que só conhecia por livros e documentários da TV. Aos olhos de quem nasceu e morou a vida toda na cidade grande, árvores tão imensas pareciam edifícios verdes, em cujos galhos ficavam apartamentos habitados por pássaros coloridos e macacos das mais variadas espécies.”

Além disso, nomes importantíssimos como exemplo de força e determinação são citados ao longo da história: Marechal Rondon, Chico Mendes, Anita Garibaldi, entre outros. Com linguagem própria para jovens e ilustrações marcantes e coloridas, a obra convida o público infanto-juvenil a refletir sobre a importância da postura ética diante do meio ambiente, incentivando desde cedo o senso crítico dos futuros cidadãos.

“Alice no País da Natureza” pertence à coleção “Leitura Fluente”, que reúne mais seis títulos que tratam de assuntos importantes para o desenvolvimento intelectual dos leitores, abordando temas como sustentabilidade, combate à criminalidade, crises vividas durante a adolescência etc.

“Alice no País da Natureza”, de Jorge Fernando dos Santos, com ilustrações de Ayssa. Editora Paulus, 80 páginas, R$ 23,00.