Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts de junho 2010

Os ganhadores foram...

30 de junho de 2010 1

Natal, Carlos e Eti (1º, 2º e 3º) foram os ganhadores das bolsas ecológicas. Eles devem passar na recepção de “AN” até sexta (dia 2) para retirar o brinde.

Histórias de anjos, mutantes e dragões

29 de junho de 2010 0

Pela primeira vez num único volume, os contos de um dos melhores autores brasileiros de ficção científica e fantasia. Mesmo autor de “Imperatriz no Fim do Mundo: Memórias Dúbias de Amélia de Leuchtenberg”, base da minissérie “O Quinto dos Infernos”.

“Anjos, Mutantes e Dragões” é um volume extraordinário em sua variedade, reunindo contos resgatados de uma dúzia de antologias do Brasil e de Portugal. Viagens no tempo, espionagem high-tech e explorações cyberpunk. Encontros com dragões em um outro planeta, com a senhora dos destinos nos subúrbios cariocas, seres angelicais em Copacabana, uma espécie alienígena que manipula a conformação dos próprios corpos, e um avatar em crise. E em tudo, a extrema competência narrativa, o controle do desenrolar das histórias e a alternância de efeitos – suspense, humor, drama e especulação intelectual.

Presente, também, consciência ecológica, fascínio pela mitologia universal e pelo folclore brasileiro, e respeito pela memória em suas manifestações culturais e biológicas. Entre as tantas narrativas, estão a noveleta cyberpunk “O Altar dos Nossos Corações”, a de fantasia contemporânea “Tia Moira” e o conto de fantasia religiosa “Avthar”.

“Anjos, Mutantes e Dragões”, de Ivanir Calado. Devir Livraria, 292 páginas, R$ 34,50.

Bolsa ecológica e livros no Blog do Aldo

28 de junho de 2010 6

Já que estamos no mês do meio ambiente, o Blog do Aldo tem uma promoção bem legal para você: vai dar três bolsas ecológicas (ecobags) da Univille feitas de lona reaproveitada a partir de painéis coloridos. Bela sacada da universidade de reutilizar o material que serve para divulgar as notícias da Univille. Ações como essa ajudam a preservar o meio ambiente ao retirar dos lixões material que pode ser reciclado.

Voltando à promoção: para ganhar uma das ecobags, tente ser um dos três primeiros a postar um comentário no blog nos contando sobre um livro que seu pai ou sua mãe (ou até mesmo os avós e os irmãos mais velhos) contavam quando você era bem criança e que lhe marcou. O primeiro que responder, além da bolsa ecológica, ainda vai levar alguns livros de brinde. E não esqueça de colocar seu nome e telefone para contato. Os ganhadores deverão retirar a bolsa na recepção de “A Notícia” até sexta-feira, dia 2 de julho (o resultado sai quarta). Quem não cumprir todas as etapas (falar sobre o livro e deixar nome e telefone) não concorre à bolsa, mesmo que esteja entre os três primeiros.

Então, vamos lá: revire o baú da memória e mãos à obra.

A inclusão social sob a ótica do coração

27 de junho de 2010 1

A sala de aula é lugar de aprendizagem e formação, e não apenas para os alunos, mas também para os professores. Cada dia é um novo desafio, uma nova experiência… e por que não um novo olhar para a prática educacional?

Essa é a proposta de Lucy Silva e Regina Mara de Oliveira Conrado em “O Olho do Coração – uma Questão de Inclusão Social”, lançamento da Paulus que enfatiza aos educadores a atual necessidade de um ambiente escolar que agregue valores, e não apenas ensine conteúdo.

“Durante todo o contexto deste livro, nós enfatizamos a importância de um olhar no coração do outro, com amor; mas não com aquele sentimento mecânico de que basta apertar um botão para a coisa acontecer; nós lidamos com seres humanos em formação; portanto, é preciso ter sentimentos que venham das profundezas da alma”, afirmam as autoras.

Por meio de experiências e vivências em sala de aula, Lucy e Regina Mara retratam cenas que fazem parte do cotidiano dos educadores, estabelecendo verdadeiro diálogo e proximidade com o leitor. No capítulo “Rotular significa excluir”, as autoras tratam sobre alguns modelos de “alunos difíceis” e alertam: “Rótulos foram feitos para serem quebrados. Já houve um tempo em que o ensino tradicionalista era tido como modelo; hoje, podemos escolher entre vários”.

O livro também aborda a questão dos alunos indisciplinados, que, em muitos casos, não querem ser desobedientes, mas apenas se comunicar para pedir ajuda. As autoras ilustram essa atitude ao contar a história de um garoto visto como “problemático”, que escutava música durante a explicação da professora. Porém, em vez de brigar, ela escutou, juntamente com ele, a música da banda “The Doors”. Quando acabou, ela disse: “Você sabia que Jim Morrison, compositor e vocalista desse grupo, era um poeta?” Com essa atitude, a professora conseguiu se aproximar do aluno, sem brigar e nem confiscar o seu objeto, apenas dando-lhe atenção.

“O Olho do Coração – uma Questão de Inclusão Social” mostra aos professores e a todos aqueles comprometidos com a missão de educar que existem caminhos difíceis, árduos e desafiadores, mas que podem ser revertidos em histórias de superação, inesquecíveis e valiosas.

“O Olho do Coração – uma Questão de Inclusão Social”, de Lucy Silva e Regina Mara de Oliveira Conrado. Editora Paulus, 56 páginas, R$ 10,00.

"Todas as Estrelas do Céu" na Curitiba do Mueller

25 de junho de 2010 0

No próximo dia 28, será lançado na Megastore das Livrarias Curitiba em Joinville o livro “Todas as Estrelas do Céu”, de Enderson Rafael. Foram dez anos de espera e mais de 200 livros distribuídos gratuitamente pelo Brasil em shoppings, salas de embarque e praças. Para Enderson Rafael, valeram a pena a espera e todo o esforço para fazer seu primeiro romance ganhar a atenção de alguma editora.

E o mais curioso é que, antes mesmo de ser publicado, o livro já caiu nas graças dos adolescentes. E isso só foi possível pela determinação do autor, que acreditou na obra, e pela tecnologia, que fez o livro se popularizar por meio de blogs e comunidades na internet.

“Eu levei dez anos para publicar o ‘Todas as Estrelas do Céu’, cuja popularidade foi alavancada por uma tecnologia que engatinhava quando ele foi escrito. Ou seja, as coisas aconteceram ao seu tempo. O próprio Twitter, decisivo, tem pouquíssimo tempo que existe”, conta Enderson.

O livro é a primeira ficção do autor, que já tem publicado a obra “Propaganda e Marketing para Vestibulandos, Calouros, Curiosos e Simpatizantes”. Segundo o o editor Vítor Barreto, o que impulsionou a edição do livro foi a força que ele ganhou no meio virtual. “Tínhamos um certo receio em publicar ficção, já que somos uma editora focada em design, que até então só publicava livros didáticos, práticos, etc. Mas acompanhamos o crescimento de ‘Todas as Estrelas do Céu’ e resolvemos apostar neste jovem autor brasileiro e em seu livro que já é sucesso, antes mesmo de ser lançado”, fala Vítor.

Com projeto gráfico do Studio Creamcrackers, “Todas as Estrelas do Céu” se passa nos anos 90, nas cidades de Teresópolis e Florianópolis, e conta a história de Caroline e Leandro, dois adolescentes de uma bem-resolvida família de classe média. Ele é adotado e ela, a filha biológica do casal Marco e Lúcia. Diante dos conflitos da adolescência, do colégio, do vestibular, ambos se veem diante de mais um dilema: um amor impossível e todas as consequências da busca pela felicidade ao lado da pessoa amada. O desafio dos dois em entenderem o que se passa consigo mesmo, em enfrentar os pais, a sociedade e sua própia consciência é exposto neste romance honesto, ágil e de final surpreendente.

SERVIÇO

O QUÊ: lançamento do livro “Todas as Estrelas do Céu”, de Enderson Rafael (Editora Novas Ideias, 160 páginas). QUANDO E ONDE: dia 28 de junho, na Megastore das Livrarias Curitiba em Joinville, no Shopping Mueller, a partir das 19h30. QUANTO: o acesso ao evento é de graça. O livro custa R$ 29,00.

Professora da Univille lança livro sobre transtornos alimentares na adolescência

24 de junho de 2010 1

Adolescentes com transtornos alimentares, vítimas de um ideal estético supervalorizado nos últimos tempos, sentem profunda angústia com o sofrimento dos pais por causa do seu problema de saúde. Esta é uma das constatações que mais chamam a atenção no recente estudo científico da psicóloga e professora do curso de psicologia da Univille Arlene Leite Nunes, especialista em Gestalt-terapia. O estudo, que serviu de base para a conclusão do curso de especialização e para a dissertação do mestrado em nutrição, foi realizado durante o atendimento clínico de jovens em Florianópolis. Os resultados da pesquisa estão agora reunidos no livro “Transtornos Alimentares na Adolescência – Depoimentos das Adolescentes, Gestalt-terapia e Pesquisa”, da Editora Juruá Psicologia, que vai ser lançado em Joinville no dia 25 de junho, nas Livrarias Curitiba do Joinville Garten Shopping, às 19h30.

“Uma das intenções era mostrar a visão do problema do ponto de vista dos adolescentes que estão passando pelo problema, além do ponto de vista da ciência e da Gestalt-terapia”, explica Arlene. A ideia, segundo ela, é apresentar uma possibilidade na psicologia para trabalhar com este gênero de paciente e um modelo de pesquisa na área da saúde.

A obra traz o testemunho de adolescentes em tratamento na época e aborda uma lacuna na questão, que é também um grande desafio para os profissionais de saúde: a existência concreta dos transtornos alimentares associados à preocupação excessiva com a aparência e a negação do problema. O livro aborda, além dos transtornos alimentares mais comuns nos jovens, como bulimia e anorexia, hábitos alimentares em família, comparação com dependência química e práticas inadequadas de controle de peso. O livro vai ser vendido nas livrarias de Joinville ao preço de R$ 49,90.

A experiência com o estudo motivou a psicóloga a criar na Univille um projeto de extensão universitária com grupos de pessoas com sobrepeso ou obesas para ouvir e falar sobre saúde, nutrição, fatores emocionais e atividades físicas, entre outros. O objetivo, segundo a professora, é proporcionar aos participantes o entendimento, a aceitação e a compreensão dos múltiplos aspectos associados ao problema. “Queremos possibilitar o desenvolvimento de diferentes recursos para que essas pessoas possam lidar com seus conflitos individuais relacionados à questão”, enfatiza. O Projeto Encontro realiza encontros semanais de dois grupos, às terças à tarde e quartas à noite, no Serviço de Psicologia da Univille.

SERVIÇO
O QUÊ:
lançamento do livro “Transtornos Alimentares na Adolescência – Depoimentos das Adolescentes, Gestalt-terapia e Pesquisa”, de Arlene Leite Nunes. QUANDO: dia 25, às 19h30. ONDE: Livrarias Curitiba do Joinville Garten Shopping. QUANTO: o acesso ao evento é de graça. O livro custa R$ 49,90.

Os gatos guerreiros estão na floresta

23 de junho de 2010 0

O livro “Gatos Guerreiros: na Floresta”, de Erin Hunter, é a primeira aventura da incrível série “Gatos Guerreiros” (Warriors), que teve mais de 6 milhões de exemplares vendidos na Europa e nos Estados Unidos.

Ao longo de gerações, quatro clãs de gatos selvagens dividiram o território da floresta de acordo com as leis prescritas por seus ancestrais. Mas os gatos do Clã do Trovão correm sério risco porque o malévolo Clã das Sombras se fortalece a cada dia. No meio dessa turbulência aparece Ferrugem, que pode vir a se tornar o mais valente de todos os guerreiros.

Ferrugem, um “gatinho de gente”, é recrutado pelo Clã do Trovão e acaba se mostrando um verdadeiro guerreiro ao defender com coragem e integridade o clã que o acolheu.

“Gatos Guerreiros: na Floresta”, de Erin Hunter, com tradução de Marilena Moraes. Editora WMF Martins Fontes, 320 páginas, R$ 42,00.

Rubem Alves conta duas histórias cheias de fantasias e lições de vida

22 de junho de 2010 4

Quem é fã do escritor mineiro Rubem Alves não pode perder a chance de ler o livro “Sobre Reis, Ratos, Urubus e Pássaros”, lançado pela Loyola e que traz dois contos.

No conto “Os reis e os ratos”, um rei que é apaixonado por queijo torna seu país famoso devido ao laticínio. Mas um grande problema está por vir, pois onde há queijo, há ratos. Em uma divertida tentativa de resolver esse problema, gatos, cachorros, leões e elefantes são utilizados como solução, mas acabam se tornando um problema para o país dos queijos.

O conto “Os pássaros e os urubus” traz uma bela parábola ecumênica sobre as criações de Deus, as diversidades e beleza dos pássaros e seus cantos. Porém, a raposa resolve provocar a vaidade dos urubus, o que vai gerar uma grande confusão na floresta.

“Sobre Reis, Ratos, Urubus e Pássaros”, de Rubem Alves, com ilustrações de Rogério Coelho. Edições Loyola, 24 páginas, R$ 19,00.

Conheça a história de uma bruxinha inteligente

21 de junho de 2010 0

Com um texto claro e envolvente, o livro “A Bruxinha Inteligente”, de Lieve Baeten, conta a história de uma bruxinha e revela toda a curiosidade de Nita e intriga os pequenos leitores para saber qual é o resultado da aventura da menina. As ilustrações da autora e de Wietse Fossey interagem, prendem a atenção e provocam a curiosidade nos baixinhos.

Indicada para crianças de cinco a dez anos, a história começa em um belo dia quando Nita encontra uma mala diante de sua casa de bruxa. É claro que ela queria muito saber o que havia lá dentro. “Bugiganga de bruxa, abracadabra. Mala pequena, abra!” Mesmo ela dizendo as palavras mágicas, a mala pequena continua fechada. Não seria esta a mala pequena para bruxas grandes?

“A Bruxinha Inteligente”, de Lieve Baeten, com ilustrações da autora e de Wietse Fossey. Tradução de José Feres Sabino. Editora Brinque-Book, 28 páginas, R$ 30,00.

Livro discute a inclusão na educação

18 de junho de 2010 1

Com o tema girando em torno de uma educação igualitária, o livro “Inclusão: Reflexões e Possibilidades”, das Edições Loyola, afirma que a exclusão formal dos alunos das escolas é apenas um dos modos de práticas excludentes. Outras maneiras mais profundas se refletem nas políticas públicas em que crianças, jovens e adultos são separados uns dos outros por diferentes formas de preconceitos e discriminação.

A obra, elaborada por Herculano R. Campos, Maria Regina Viana Panutti e Maria Sirley dos Santos, é dirigida a professores preocupados com transformações concretas da nossa realidade educacional. O livro pretende evidenciar que o combate à exclusão e a construção de uma educação inclusiva são ações possíveis. A tese dos autores é de que a inclusão deve ser compreendida como direito à diferença na igualdade de direitos.

“Inclusão: Reflexões e Possibilidades”, de Herculano Ricardo Campos, Maria Regina Viana Panutti e Maria Sirley dos Santos. Edições Loyola, 144 páginas, R$ 22,00.