Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 6 setembro 2010

Grandes nomes para pequenos leitores

06 de setembro de 2010 1

Bebês são extremamente curiosos, e o potencial deles é imenso. Eles são fascinados por tudo o que veem e ouvem ao seu redor, e todo momento do dia é uma oportunidade para fazerem descobertas. Criados por uma mãe e desenvolvidos especialmente para crianças de até quatro anos, os livros da coleção “Baby Einstein” oferecem, além de diversão e estímulo para os pequenos, excelentes ideias para os adultos incentivarem o aprendizado dos bebês e interagirem com eles.

Com o livro “Baby Mozart – Há Música em todo Lugar”, enquanto você lê para a criança, aponte a imagem dos animais e objetos e pergunte se ela já os viu antes. Peça para localizá-los nas fotografias e ilustrações em cada página do livro. Depois de fazer a leitura, estimule-a com sons diversos, imitando ou reproduzindo os sons com algum instrumento musical. Faça-a ouvir músicas de estilos diferentes e peça que identifique um som ou instrumento que tenha aparecido no livro. Uma criança com idade entre três e quatro anos já reconhece rimas. Ajude-a também a localizar palavras que rimam com outras.

O livro “Baby da Vinci – Meu Corpo” mostra que a hora do banho é a oportunidade perfeita para ensinar as crianças sobre as partes do corpo. Use os brinquedos de banho preferidos dos pequenos para reforçar o entendimento das diferentes partes do corpo – convide-a a “encontrar” os olhos, o nariz, a boca, as orelhas e o cabelo do brinquedo. Depois da leitura deste livro, faça um desenho bem simples de um menino ou de uma menina e peça à criança que esse desenho a representa. Explore a criatividade perguntando, por exemplo, que cor de olhos e cabelos o desenho deve ter.

Bebês e crianças com menos de dois anos se fascinam com a beleza do mundo. O livro “O Mundo Colorido de Van Gogh” permite que se trabalhem as obras de artistas famosos ou as primeiras noções de cores. Se a criança tiver entre dois e quatro anos de idade, estimule-a a imaginar como seria se ela estivesse nas pinturas do livro e pergunte se alguma cor desperta nela algum tipo de sentimento, como paz, alegria, tristeza… Para os baixinhos de três e quatro anos, é possível começar o trabalho da combinação das cores primárias (vermelho, amarelo e azul) para formar as secundárias (laranja, verde e roxo).

Coleção “Baby Einstein” (três volumes). Criação de Julie Aigner-Clark, com ilustrações de Nadeem Zaidi. Editora Caramelo. Cada livro tem 12 páginas em papel rígido e custa R$ 24,90.