Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

"Drácula", de Bram Stoker, para os jovens

19 de novembro de 2010 0

O advogado Jonathan Harker hospeda-se no castelo do conde Drácula, na Transilvânia. Lá ele presencia fatos horríveis, de deixar qualquer um de cabelos em pé.

Para quem acha que eram só alguns sustinhos, uma coisa ainda pior ele veio a descobrir: o seu cliente era um vampiro, desses loucos para cravar os dentões nos pescoços alheios. Harker, assim que pôde, deu no pé e se mandou de volta para casa, na Inglaterra. Integrante da coleção Reencontro Infantil, a adaptação de Anna Claudia Ramos, com ilustrações de Mariana Massarani, da história de “Drácula”, criada originalmente por Bram Stoker, mostra que a aventura  não termina aí…

Para dar um jeito no dentuço, o bravo advogado contou com a ajuda do lorde Godalming, do doutor John Seward e do professor Van Helsing para se lançar em uma luta incansável contra a criatura das trevas.

O escritor Abraham Stoker nasceu em Dublin (Irlanda) em 1847  e morreu em Londres (Inglaterra) em 1912. Na infância, sofreu de uma doença estranha que o deixou fraco e incapaz de andar sem ajuda até os sete anos. Quando se curou, tornou-se atleta e jogador de rúgbi.

Estudou matemática no Trinity College da Universidade de Dublin, foi funcionário público, crítico teatral de um grande jornal e secretário de um ator famoso na época, Henry Irving. Teve vários de seus romances publicados, mas nenhum alcançou a repercussão de “Drácula”, lançado em 1897 com imenso sucesso. Foi traduzido para quase todas as línguas e já rendeu dezenas de filmes, peças e histórias em quadrinhos sobre o famoso personagem.

“Drácula”, de Bram Stoker, com adaptação de Anna Claudia Ramos e ilustrações de Mariana Massarani. Editora Scipione, 48 páginas, R$ 28,90.

Envie seu Comentário