Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts de janeiro 2011

É preciso saber viver

31 de janeiro de 2011 0

Alguém hoje pode pensar que o blogueiro deve estar ficando louco por colocar um livro que fala de Natal, afinal, a data de nascimento de Jesus Cristo já passou faz mais de um mês. Mas a razão da sugestão é válida por dois motivos: o primeiro é que ler independe de data; e o segundo é a história em si do livro “A Lista de Natal”, do escritor Richard Paul Evans.

Você consegue imaginar ou sentir qual seria sua reação se visse o seu próprio obituário em um jornal? Esse fato é que dá o pontapé inicial numa história comovente. A narrativa nasceu inspirada na tarefa escolar de escrever o próprio obituário que o escritor recebeu quando estava na sétima série.

A história começa três semanas antes do Natal, quando James Kier, megaempresário egoísta e indiferente aos sentimentos dos outros, lê no jornal a seguinte notícia:

“Magnata do ramo imobiliário morre em acidente de carro

“O incorporador imobiliário de Utah, James Kier, faleceu após seu carro colidir com um poste de concreto na rodovia I-80. Autoridades acreditam que Kier pode ter sofrido um ataque cardíaco antes de desviar para fora da estrada. Kier era presidente do Grupo Kier, uma das maiores empresas de incorporação imobiliária do Oeste.

“Ele era conhecido como um homem de negócios feroz e muitas vezes impiedoso. Ele disse uma vez: ‘Se você quer fazer amigos, entre para um grupo de bate-papo. Se quiser ganhar dinheiro, entre nos negócios. Só um tolo confunde os dois’. Kier deixa um filho, James Kier II, e sua esposa, Sara.” Kier abaixou o jornal. “Algum idiota vai perder o emprego por causa disso”, pensou.

Ele nem fazia ideia do que aquele texto estava prestes a desencadear. E a mudança foi causada pela constatação de que a “morte” dele trouxe alívio a muita gente. Pior ainda é descobrir que nem mesmo pessoas próximas, como a namorada, sentiram qualquer tipo de lamentação. Kier se dá conta do monstro em que tinha se transformado.

“A Lista de Natal” é uma bela e comovente história que consegue ser emocionante sem cair na pieguice, falar de Deus sem cair na pregação religiosa e transmitir mensagens de amor, esperança e redenção. Fazendo rir, chorar, odiar a humanidade e amá-la, esta obra singela e muito contemporânea nos fala sobre valores frequentemente deixados de lado, mas não de todo esquecidos, como lealdade, solidariedade, sacrifício.

“A Lista de Natal”, de Richard Paul Evans, com tradução de Paulo Schmidt. Geração Editorial, 352 páginas, R$ 39,90.

O menino azul

28 de janeiro de 2011 0

Cecília Meireles, organizadora da primeira biblioteca infantil do País, em sua cidade natal, o Rio de Janeiro, e um dos grandes valores de nossa literatura, tem um estilo voltado para a simplicidade da forma e marcado, ao mesmo tempo, pela riqueza das imagens e símbolos.

O menino quer um burrinho/ que saiba inventar/ histórias bonitas/ com pessoas e bichos/ e com barquinhos no mar. A suavidade de sua poesia encanta tanto criança como jovens e adultos. Em “O Menino Azul”, o imaginário infantil, tratado com leveza, é a tônica dos versos.

Esse sentimento toma cor e forma, com as ilustrações inspiradas em técnicas japonesas de Lúcia Hiratsuka, que busca, como a escritora, a simplicidade e a naturalidade presentes na natureza.

“O Menino Azul”, de Cecília Meireles, com ilustraçõe de Lúcia Hiratsuka. Global Editora, 16 páginas, R$ 19,50.

Mais uma aventura da bruxinha Nita

27 de janeiro de 2011 0

Já imaginou voar pelo céu num tapete mágico feito um cometa? Impossível? Não para a bruxinha Nita, novamente vivendo uma aventura, agora no livro “Nita e a Princesa das Bruxas”, de Lieve Baeten.

Na história, a bruxinha Nita diz umas palavras mágicas e, pronto!, transforma a pequena Trixie na princesa das bruxas e, ainda, lhe dá um tapete voador. É noite e elas saem a voar pelo céu todo estrelado tão rápido como se fossem um cometa. Não é para menos, pois o tapete voador é mais veloz do que cem vassouras juntas!

Pelo caminho, além de muita mágica, o encontro com a Bruxa Circense, com a Bruxa Barqueira e, até, uma surpresa incrível: com a Bruxa Baloeira. O passeio está delicioso, porém a noite já começa a se despedir e elas precisam voltar para casa antes de o dia clarear. Mas como? Que tal embarcar nessa fantástica viagem e descobrir?

“Nita e a Princesa das Bruxas”, texto e ilustrações de Lieve Baeten, com tradução de Gilda de Aquino. Editora Brinque-Book, 28 páginas, R$ 31,80.

Sonho de uma noite de verão

26 de janeiro de 2011 0

Shakespeare, tendo como pano de fundo a Grécia mítica, apresenta a narrativa “Sonho de uma Noite de Verão”, de em que seres élficos e personagens mitológicos são envolvidos pela magia e compartilham a mesma dimensão.

A história, adaptada por Douglas Tufano e Renata Tufano Ho e agora fazendo parte da coleção “Encontro com os Clássicos”, da Editora Paulus, se passa numa época em que o pai podia matar a filha caso ela não lhe obedecesse.

Vendo-se obrigada a casar contra sua vontade, a protagonista decide fugir. O desfecho se dá no bosque onde os seres mágicos intervêm em favor dos jovens enamorados.

A coleção “Encontro com os Clássicos” apresenta adaptações dos grandes clássicos da literatura universal para os leitores jovens. O objetivo é favorecer um primeiro contato com essas obras por meio de linguagem acessível às novas gerações, preservando o enredo e as principais características de cada obra, motivando o gosto pela boa leitura e pelo aprofundamento no conhecimento dos clássicos e de seus autores.

“Sonho de uma Noite de Verão”, de William Shakespeare, com adaptação de Douglas Tufano e Renata Tufano Ho. Coleção “Encontro com os Clássicos”, Editora Paulus, 80 páginas, R$ 8,00.

Uma história de amor e honra

25 de janeiro de 2011 0

Sargento norte-americano vai para a guerra do Iraque e à noite, depois de arriscadas missões, escreve um diário para o filho que acabou de nascer.

O soldado morre e quando a mãe – Dana Canedy, jornalista do “The New York Times” – recebe o corpo e os pertences do soldado, comove-se com o diário. Escreve uma crônica para seu jornal e o tema explode na internet. Editoras americanas oferecem adiantamentos milionários para ela escrever sua história e Denzel Washington compra os direitos para fazer um filme.

O livro “Um Diário para Jordan – Memórias de Amor e Perdas” está saindo no Brasil pela Geração Editorial. Uma história de amor e guerra em que, abafadas por explosões e tiros, ressoam, vindas do outro lado do mundo, as palavras ternas de um pai ao seu filho recém-nascido.

“Um Diário para Jordan – Memórias de Amor e Perdas”, de Dana Canedy, com tradução de Mirian Inês Ibañez. Geração Editorial, 288 páginas, 39,90.

Relatos de Zena em Beirute

24 de janeiro de 2011 0

O livro “Beirute, eu te Amo: um Relato”, de Zena el Khalil, conta a história de uma mulher jovem envolvida pelo fascínio de uma cidade que ameaça subemrgi-la na guerra, na dor e em casos amorosos.

Na narrativa, milícias armadas definem seu território nas ruas enquanto operários da construção, em roupas esfarrapadas, reconstroem a cidade. Refugiados dormem em cinco numa única cama, enquanto louras oxigenadas caminham pelas ruas até a próxima hiperdiscoteca movida a drogas. As bombas começarão a cair a qualquer momento.

Enquanto isso, no meio de toda essa loucura, Zena e sua melhor amiga, Maya, tentam dar um sentido à vida e chegar a um entendimento em relação às várias obsessões da cidade, que incluem cirurgias plásticas, caça a maridos e fuzis Kalashnikovs. As recordações da personagem, tão honestas quanto indulgentes, colocam o amor e a arte em contraponto à presença ameaçadora e constante da guerra.

“Beirute, eu te Amo: um Relato”, de Zena el Khalil, com tradução de Renée Eve Levié. Editora Martins Martins Fontes. 200 páginas, R$ 34,80.

Enrolados, o guia do filme

21 de janeiro de 2011 0

O que acontece quando reunimos uma princesa de cabelo mágico que foi sequestrada… uma mulher que não quer envelhecer… e um charmoso ladrão?

O resultado é uma aventura de deixar o cabelo em pé! Embarque no mundo de “Enrolados”, que no Brasil tem o selo da Caramelo. Conheça os divertidos personagens e descubra o que acontece quando Rapunzel joga seus cabelos.

Clique aqui e veja o trailer do filme.

“Enrolados – o Guia do Filme”, da Disney. Editora Caramelo, 48 páginas, R$ 34,90.

Pais que bebem, filhos que sofrem

20 de janeiro de 2011 0

O problema do consumo excessivo de álcool causa transtornos para a sociedade, de forma geral, e para as famílias, de modo específico. No meio de tudo isso, há uma parcela de pessoas que sofre, muitas vezes, silenciosamente: são os filhos de pais alcoólatras. É esse tema que norteia o livro “Macaco, Leão ou Porco? … o Abuso do Álcool e seus Problemas…”, de Fernando Behrens.

O livro, integrante da coleção “Crianças Criativas”, tem a intenção de ajudar as crianças, vítimas de maus-tratos domésticos, ocasionados por pais alcoólatras, a lidar melhor com a sua dor, com os seus problemas e sentimentos, uma vez que a questão do alcoolismo afeta todos os membros da família. As ilustrações, criadas com muito humor por Gian Calvi, expressam as várias situações constrangedoras vividas pelas crianças.

Veja um trecho do livro:

Era uma vez uma cidade que se chamava Alegria. Um lugar mágico, onde bichos e plantas andavam e falavam como nos sonhos (…) Alegria era uma cidade bonita, mas, nos últimos anos, havia se tornado suja e perigosa, porque as pessoas não sabiam mais parar de beber.

“Macaco, Leão ou Porco? … o Abuso do Álcool e seus Problemas…”, de Fernando Behrens, com ilustrações de Gian Calvi. Global Editora, 32 páginas, R$ 29,00.

A história de Ludo na favela de Heliópolis

19 de janeiro de 2011 0

Nascido numa favela de São Paulo, Ludo vê sua vida passar por uma incrível transformação. Conduzido por forças além de seu controle, ainda garoto é tirado de Heliópolis e passa a desfrutar de uma boa vida às custas de seu pai adotivo e rico. Mas, anos depois, ele precisa voltar, porém do lado oposto da fronteira social.

A partir daí, ele começa a repensar sua vida e todos os seus erros. Agora, com 27 anos, Ludo trabalha numa empresa de publicidade e se vê às voltas de um projeto que pretende levar às pessoas da comunidade onde nasceu produtos desnecessários e inacessíveis a maior parte delas. Nutre um amor incestuoso e obsessivo por sua irmã adotiva, cujo marido é seu único amigo. E tem um apetite insaciável. Bem-vindo ao mundo de Heliópolis.

Alternando momentos cômicos, violentos e comoventes, “Heliópolis”, de James Scudamore, é uma narrativa de ascensão social como nenhuma outra: a história de um homem que é movido pelo destino como uma peça de xadrez, num jogo que ameaça deixá-lo à beira da loucura e da brutalidade.

“Heliópolis”, de James Scudamore, com tradução de Cecília Camargo Bartalotti. Editora Martins Martins Fontes, 336 páginas, R$ 36,00.

Aventuras a fogo e gelo

18 de janeiro de 2011 0

Esta é a segunda aventura da incrível série “Gatos Guerreiros” (Warriors), que teve mais de 6 milhões de exemplares vendidos na Europa e nos Estados Unidos.

O livro, escrito por Erin Hunter, descreve a saga de quatro clãs de gatos selvagens que lutam pela sobrevivência numa floresta. Este volume, “Gatos Guerreiros: Fogo e Gelo”, mostra os perigos que Coração de Fogo, agora um guerreiro do Clã do Trovão, terá de enfrentar na floresta. Com o inverno chegando, os gatos rivais do Clã do Rio estão cada vez mais inquietos, enquanto o fraco Clã do Vento sofre ameaças de todos os lados.

O clima de tensão caminha para um desdobramento explosivo, e Coração de Fogo tem de lidar com a batalha iminente com os clãs rivais e a suspeita de traição dentro do próprio clã.

“Gatos Guerreiros: Fogo e Gelo”, de Erin Hunter, com tradução de Marilena Moraes. Editora WMF Martins Fontes, 356 páginas, R$ 42,00.