Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Se nome de mãe gastasse...

11 de outubro de 2011 0

O que acontece na casa dos personagens do livro “Mãenhê!”, de Ilan Brenman, é bem fácil de ser notado em qualquer lugar, principalmente onde existem crianças. Na história, todo dia era a mesma gritaria: “Mãenhê!”.

A mãe não aguentava mais os dois filhos a chamando por qualquer motivo. Então, resolveu bolar um plano para que isso parasse. Claro que a solução não apareceu do nada, foram várias as tentativas até que a mulher encontrasse um jeito de, pelo menos por alguns instantes durante o dia, não ter de ouvir de novo os insistentes chamados. Para descobrir o que aconteceu, é só começar a ler o livro!

A obra foi escrita pelo mesmo autor de “Até as Princesas Soltam Pum”, que vendeu mais de 50 mil cópias, e de vários livros premiados pela Fundação Nacional do Livro Infantojuvenil. As ilustrações são do blumenauense Guilherme Karsten.

“Mãenhê!”, de Ilan Brenman, com ilustrações de Guilherme Karsten. Editora Brinque-Book, 24 páginas, R$ 29,00.

Envie seu Comentário