Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de outubro 2012

No Dia da Reforma, reflexões de Lutero

31 de outubro de 2012 1

No mês da Reforma Protestante, celebrada neste dia 31 de outubro, a Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) apresenta uma edição especial da Bíblia Sagrada, que traz cerca de 900 reflexões de Martinho Lutero. Os textos foram selecionados por estudiosos especialistas no vasto acervo de escritos deixados pelo teólogo que, há alguns anos, estão sendo traduzidos e disponibilizados também em língua portuguesa.

Com texto bíblico na tradução de Almeida Revista e Atualizada, a obra está voltada mais para a compreensão histórica e exegética dos textos bíblicos, ou, ainda, para uma orientação pastoral e prática. A contribuição de Lutero na caminhada do cristianismo é reconhecida de forma universal, já que sua obra é citada por escritores de praticamente todas as correntes cristãs.

Para a publicação, foram escolhidas reflexões que estivessem relacionadas direta ou indiretamente ao texto bíblico, a partir de obras de Lutero publicadas em português pela Comissão Interluterana de Literatura (CIL), instituição formada por representantes da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB) e da Igreja Evangélica Luterana do Brasil (IELB). Entre elas estão: o devocionário “Castelo Forte”, de 1983; a obra “Pelo Evangelho de Cristo”, de 1984; e a coleção “Martinho Lutero – Obras Selecionadas”, volumes 1 ao 11.

A “Bíblia Sagrada com Reflexões de Lutero” oferece recursos que contribuem para pregação do Evangelho e edificação da Igreja cristã:

>> Texto bíblico: Almeida Revista e Atualizada, impresso em preto;
>>
Cerca de 900 reflexões de Martinho Lutero;
>>
Texto dos auxílios impresso em uma segunda cor (marrom);
>>
Notas textuais e referências cruzadas;
>>
Prefácio ao Antigo Testamento;
>>
Prefácio ao Novo Testamento;
>> Apêndices:

Prédicas semanais sobre Mateus 5—7 (prefácio);
O capítulo 15 da Primeira Carta de S. Paulo aos Coríntios (prefácio);
Comentário da Epístola aos Gálatas (prefácio);
Breve instrução sobre o que se deve procurar nos Evangelhos e esperar deles;
Seleção de hinos compostos por Martinho Lutero;
Catecismo Menor para os pastores e pregadores indoutos;
Biografia resumida de Martinho Lutero;
Glossário;
Índice remissivo.

“Bíblia Sagrada com Reflexões de Lutero”, da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), 1.344 páginas, R$ 84,90.

Cuidado! O bicho vai pegar!

30 de outubro de 2012 0

Você costuma chamar o seu irmão de burro? Diz que a sua prima é uma cobra? Então, fique ligado porque a coisa pode ficar complicada!

Aproveite também para avisar aquele pessoal que adora xingar os outros usando o nome dos bichos. Eu conheço um que vive dizendo: “O irmão da fulana é um porco!!”. Tenho uma vizinha que sempre cochicha para as amigas: “Aquela vaca da mulher do açougueiro é uma anta!”. “Aquele cara é um burro!”; “Como vai a besta do seu primo? E a cascavel da sua sogra?

Pois é, por causa desses “elogios” todos, em “O Berro da Bicharada”, de Cláudio Martins, os animais ficaram revoltados e resolveram dar um fim a isso! Sei não, mas acho que o bicho vai pegar!

“O Berro da Bicharada”, texto e ilustrações de Cláudio Martins. Coleção “Meu Livro”, Geração Editorial, 32 páginas, R$ 24,00.

Sonhar é preciso...

29 de outubro de 2012 0

Uma menina, uma escada, um sonho, um sorriso que encanta. O que existe além das nuvens? A menina vai tentar descobrir.

“Entre Nuvens” fala de uma menina que sonhava ser como um pássaro para poder ter uma nuvem só para ela. “Ela pensava: ‘Lá em cima, alguma coisa existe. Deus, fadas, anjos ou gente de verdade’.” Porém, na cidade em que vivia, ninguém tinha tempo para sonhar. O livro conta uma delicada história que mostra que sonhar é essencial para a vida e que, se persistirmos em alcançar nossos objetivos, tudo é possível.

A menina resolve subir a montanha mais alta daquele lugar para poder pegar uma nuvem. Nessa montanha vivia um menino. Ele não achava a menor graça em olhar o céu, mas achava o sorriso da menina a coisa mais bela do mundo. E para vê-la sorrir para sempre, ele deu o melhor presente que ela poderia imaginar…

A obra foi escrita pelo premiado autor André Neves, vencedor do Prêmio Jabuti 2011 com o livro “Obax”, publicado pela Brinque-Book. O livro tem uma curiosidade: de autor brasileiro, a obra foi publicada primeiro na Itália e agora chega ao Brasil.

“Entre Nuvens”, texto e ilustrações de André Neves. Editora Brinque-Book, 32 páginas, R$ 27,80.

Conto de fadas moderno para adultos

26 de outubro de 2012 0

“Uma Força Medonha” é o terceiro livro da “Trilogia Cósmica”, de C. S. Lewis, escrita nos tensos momentos que antecederam a Segunda Guerra Mundial e que foram concomitantes a ela. É uma parábola de sua época que acabou por resistir ao tempo e que tem sido apreciada por sucessivas gerações não só pela importância de seu conteúdo moral, como também em razão da maravilhosa narrativa.

Para o papel principal da trilogia, C. S. Lewis, autor de “As Crônicas de Nárnia”, criou aquele que talvez seja o personagem mais memorável de sua carreira – o brilhante filólogo Elwin Ransom, uma pessoa objetiva, veemente e corajosa – inspirado no amigo J. R. R. Tolkien; nada mais justo, pois no que se refere à amplitude imaginativa e à integridade criativa não de um, mas de dois mundos imaginários, a “Trilogia Cósmica” só foi igualada, no século 20, à trilogia tolkieniana de “O Senhor dos Anéis”.

Os leitores que na infância se apaixonam pela série fantástica nas “Crônicas de Nárnia”, invariavelmente, apreciam a “Trilogia Cósmica” quando ficam mais velhos. Também ela apresenta mundos estranhos e mágicos, onde se travam combates épicos entre as forças da luz e as das trevas e é uma das obras mais extraordinárias da literatura inglesa de todos os tempos.

Neste livro, o terceiro da empolgante trilogia de ficção científica de C. S. Lewis, os recém-casados Mark e Jane Studdock são arrastados para acontecimentos muito além do extraordinário. Na manhã seguinte a um pesadelo horrendo com uma cabeça decapitada, Jane vê o rosto do seu sonho no jornal e tem uma sensação cada vez maior de estar sendo alertada de algum fato real e ameaçador.

Enquanto isso, Mark é induzido a entrar para o Instituto Nacional de Experimentos Coordenados, cujo objetivo é controlar a sociedade humana.

“Uma Força Medonha”, de C. S. Lewis, com tradução de Waldéa Barcellos. Editora WMF Martins Fontes, 566 páginas, R$ 58,00.

Autora homenageia o pai, Nelson Rodrigues

25 de outubro de 2012 0

A sugestão de hoje é em dose dupla: são duas histórias, inclusive com duas capas diferentes, em um mesmo livro.

Os títulos da coleção “Reconstruir” sempre têm relação com um mito ou um conto maravilhoso. Neste livro, a autora Sonia Rodrigues decidiu contar a história de “Hipólita, a Rainha das Amazonas” e “Os Amores de meu Pai”.

Hipólita viveu há aproximadamente 3.300 anos, foi rainha duas vezes, primeiro de mulheres guerreiras como ela, livres, bonitas e bem treinadas nas artes das batalhas. Fundou o reino das amazonas. Conta-se que as lutas começaram entre as irmãs e não ocorriam por falta de afeto, e sim para treinarem a força, a destreza e a habilidade das guerreiras.

Sobre o outro lado do livro, “Os Amores de meu Pai”, Sonia Rodrigues diz: “Neste, o que surgiu primeiro foi o título. Talvez porque neste ano comemoramos o centenário do meu pai, o escritor Nelson Rodrigues, e muito da obra dele está relacionado com os amores que ele teve em vida”.

“Os Amores de meu Pai” conta a história de um garoto adolescente, João Henrique, que aposta com ele mesmo que vai deixar de ser virgem aos 15 anos. João sofre de amor por uma colega da escola e convive com seu pai maduro, que se diverte com mulheres e, com sua experiência, tenta dar conselhos amorosos ao seu filho.

“Hipólita, a Rainha das Amazonas” e “Os Amores de meu Pai”, de Sonia Rodrigues, com ilustrações de Márcio Koprowski. Editora Formato, 136 páginas, R$ 29,90.

Um livro cheio de cidadania

24 de outubro de 2012 0

Encontrar uma definição para a palavra “cidadania” é algo simples, mas compreender o seu verdadeiro sentido é um pouco mais complexo. Pensando em tratar desta delicada temática sobretudo para os jovens, o autor e jornalista João Pedro Roriz elaborou um manual abordando o assunto de forma completa e muito divertida.

Lançamento da Paulus, “Almanaque da Cidadania” é um livro que não pretende explicar, mas, sim, facilitar o contato do leitor com a sua tão sonhada, lúdica e abstrata cidadania, conceituando leis, direitos e deveres sem deixar de lado o bom humor.

O almanaque aborda, primeiramente, a vida em sociedade, falando sobre temas como livre-arbítrio, respeito à individualidade, respeito às leis, respeito no trânsito, família, escola e meio ambiente. Em seguida, trata dos direitos dos cidadãos, como o direito de votar, de ter documentos, os direitos do consumidor, entre outros. Já na terceira parte, intitulada “Nossa República”, o leitor encontrará informações sobre a Constituição Nacional, a nossa bandeira, o nosso hino, os três poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário), a nossa língua etc.

Por fim, são sugeridas diversas ideias para os jovens colocarem em prática em casa ou no bairro. Além de serem divertidas, ajudam a sociedade: trabalho voluntário, coleta seletiva, economia de água e luz, visita aos espaços públicos, montar uma companhia de teatro para sensibilizar as pessoas a cuidarem da natureza e a realizarem boas ações, criar um tribunal para julgar situações de conflito entre amigos e familiares, e muitas outras.

Com linguagem atual e projeto gráfico primoroso, o livro conta com diversos quadrinhos que ilustram as situações abordadas de maneira divertida. Somam-se a eles citações de grandes gênios universais, inúmeras informações complementares e curiosidades que servem de incentivo para o leitor se aprofundar nos temas propostos.

Ao final, são disponibilizadas listas com telefones úteis (Defesa Civil, Delegacia da Mulher, Disk Denúncia, Corpo de Bombeiros etc.), sites importantes (Portal da Transparência, Ibama, Previdência Social etc.) e datas relacionadas ao assunto.

Indicado para jovens que estejam cursando o ensino médio, “Almanaque da Cidadania” é uma obra inovadora, pois reúne, em um único material, informações válidas para o crescimento e amadurecimento de qualquer cidadão aliadas ao bom humor, tão comum a todos os brasileiros.

“Almanaque da Cidadania”, de João Pedro Roriz, com ilustrações de Marcelo Perrone Campos. Editora Paulus, 192 páginas, R$ 49,00.

Um passeio nos carros mais diferentes do mundo

23 de outubro de 2012 0

Que tal recortar, colar e montar os carros do futuro? Que tal um carro-piquenique para relaxar enquanto o semáforo não abre? Ou um carro-banheira para quem não tem tempo de tomar banho antes de sair? Quem sabe um carro invisível para ninguém ver que você não o lava há semanas.

Impresso em um papel especial, mais espesso do que o comum, “Auto Futuro”, de Davide Calì, tras, além de descrições engraçadíssimas sobre a utilidade de cada veículo e o funcionamento de seus opcionais, páginas para recortar, colar e montar seus próprios carros.

Então, amiguinho e amiguinha, preparem-se para um passeio nos carros mais diferente do mundo e boa viagem na leitura!

“Auto Futuro”, de Davide Calì, com ilustrações de Maurizio Santucci e tradução de Maria Amália Camargo. Editora Caramelo, 88 páginas, R$ 44,90.

Bullying é feio até debaixo d'água

22 de outubro de 2012 0

Mateus é um menino retraído que gosta de ficar em seu quarto dedicando-se a um hobby: observar os peixes de seu aquário e fazer pesquisas sobre eles, como qualquer adolescente normal. Mas ele não se sente normal. Acha que sua cabeça é tão grande que todos reparam nela.

O pior é que seus colegas de escola, principalmente Alexandre, não o deixam esquecer isso. Apelidaram Mateus de Cabeção, fazem piadas humilhantes sobre ele, jogam bolinhas de papel sobre o menino e dão tapas em sua cabeça.

Tudo o que ele queria era ser invisível para evitar os constantes ataques. Para complicar ainda mais a situação, Alexandre e Mateus moram no mesmo condomínio, no mesmo prédio, quase no mesmo espaço. Como peixes que dividem um aquário.

Em “Bullying no Aquário”, da coleção “Entre Linhas – Cotidiano”, o autor Ivan Jaf recorre a uma metáfora dentro da própria ação narrada. Na história, o protagonista Mateus é vítima de bullying por causa de sua cabeça grande, a qual lhe vale o clássico apelido de Cabeção. De forma indireta, Mateus estuda seu próprio problema num laboratório, usando uma dupla de Betta splendens, espécie de peixes ornamentais de exacerbado caráter territorialista, em que dois machos não podem conviver no mesmo espaço, sob risco de o mais forte destruir o mais fraco.

“Bullying no Aquário”, de Ivan Jaf, com ilustrações de Eduardo Arruda. Coleção “Entre Linhas – Cotidiano”, Atual Editora, 96 páginas, R$ 31,90.

As borboletas, o cheiro e o sabor da infância

19 de outubro de 2012 1

A Editora Saraiva lança mais uma obra juvenil: “Borboletas na Chuva”, de Neusa Sorrenti. A história aborda as relações de amizade, os sentimentos e a vida simples, mas também traz surpresas e imprevistos, capazes de ensinar muito às pessoas. A obra, que faz parte da coleção “Jabuti”, traz o cheiro e o sabor da infância típica de cidade do interior, onde vivem Stella, o irmão Germano, os pais e o tio Renzo.

Maria Marta, a mãe, faz doces e salgadinhos para ajudar no orçamento e não gosta que sua filha brinque na rua. Por isso, Stella passa boa parte do dia observando o jardim, admirando as borboletas e brincando com seu gato. Já o irmão Germano é divertido e extrovertido, mas também é desordeiro e desobediente. Tio Renzo é uma pessoa doce que, após a aposentadoria, dedica seu tempo a uma horta e a um jardim no quintal.

Além da família de Stella, a história tem também outros personagens: Joel, o padre, a professora e outros donos de destinos que se entrecruzam num vaivém de acontecimentos. Em meio a tudo isso, a história de Stella e de sua família é traçada.

“Borboletas na Chuva”, de Neusa Sorrenti, com ilustrações de Lúcia Brandão. Coleção “Jabuti”, Editora Saraiva, 64 páginas, R$ 29,90.

Livro oficial do filme "Hotel Transilvânia"

18 de outubro de 2012 0

Bem-vindos ao Hotel Transilvânia, o luxuoso resort “cinco estacas” de Drácula, onde monstros e suas famílias podem viver livres da intromissão dos humanos. Mas há um fato pouco conhecido sobre Drácula: ele não é apenas o príncipe das trevas, mas também é um pai superprotetor de uma filha adolescente, Mavis. Como um refúgio para Mavis, ele abre o Hotel Transilvânia, onde sua filha e outros monstros famosos como Frankenstein e sua noiva, o Homem Invisível, a Múmia e uma família de lobisomens podem relaxar com segurança e tranquilidade. Para Drac, servir a todos esses monstros lendários não é um problema – mas o seu mundo pode desabar quando um cara comum acaba indo parar no hotel e se encanta por Mavis.

No dia 5 de outubro, o filme estreou nas principais salas de cinema do País. O longa conta a história de um resort criado por Drácula que recebe monstros do mundo inteiro em busca do sossego, longe dos terríveis seres humanos. Na onda deste que deve ser mais um sucesso de bilheteria, a Editora Vale das Letras, de Blumenau, comprou a licença exclusiva da animação e lança quatro produtos que levam a cara dos personagens. “Queremos oferecer produtos que contribuam para a imaginação das crianças, fazendo com que possam ir além, ao interagir com estas obras. Diferente do filme, onde são espectadores, além de ler as histórias, elas podem brincar, colorir e se divertir com os livros”, destaca Eduardo Reis Silva, sócio da Vale das Letras.

A editora passa a comercializar os seguintes produtos, que levam as histórias dos simpáticos monstros para a casa da criançada: o “Livro do Filme” (R$ 29,90), com 136 páginas e um encarte colorido com cenas do longa; o “Livro Ilustrado” (R$ 19,90), com 24 páginas, dois modelos do “Livro de Atividades e Colorir” (R$ 16,90), e a maleta (preço sugerido de R$ 14,90), que conta com quatro livros de histórias, quatro de atividades e um CD multimídia, com conteúdo interativo.