Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

MIRO, UM MORADOR DA RUA ÂMBAR

11 de dezembro de 2013 1

Divulgação, Formato

Depois de um mês de férias, o blog volta a dar dicas para a galerinha querida. Para (re)começar, um livro escrito por ELOÍ BOCHECO, catarinense de Zortéa que iniciou a carreira literária em 1988, como cronista do caderno “Anexo”, do jornal “A Notícia”.

O livro “RUA ÂMBAR”, editado pela FORMATO, é uma história poética cheia de amizade entre crianças e adultos. O mar não é apenas um personagem, mas algo poderoso, de dar medo, e cheio de mistérios. Diante disso, o garoto Miro não quer seguir a profissão de pescador do pai, mas quer ser um pesquisador de tudo que existe no fundo do mar.

Miro tem duas caixas de madeira nas quais guarda o seu tesouro: em uma das caixas ficam as ferramentas, como martelo, chave de fenda, arames, torquês, alicate, tesoura e mais as latinhas de refrigerantes vazias, devidamente lavadas e secas. Na outra, ele guarda os objetos que inventa a partir das latinhas, como miniaturas de carrinhos, utensílios de cozinha, como panelas, caçarolas, bules, jarros, copos com alça…

O que se percebe nessa história é o crescimento do menino Miro, que, junto com a rua Âmbar, vai se transformando com o passar do tempo…

“RUA ÂMBAR”, de ELOÍ BOCHECO, com ilustrações de Márcia Cardeal. EDITORA FORMATO, 56 páginas, R$ 34,90.

Comentários (1)

  • Eloí Elisabete Bocheco diz: 11 de dezembro de 2013

    Fiquei muito feliz quando vi Rua Âmbar comentado em seu blog. Muito legal esta divulgação da obra. Super obrigada!
    Aproveito para passar o link do blog de Rua Âmbar: http://livroruaambar.blogspot.com.br/
    Grande abraço

Envie seu Comentário