Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

O Livrinho da Preguiça

07 de fevereiro de 2014 0

O Livrinho da PreguiçaGalerinha esperta, hoje tenho mais uma dica supermegalegal: trata-se do livro “O LIVRINHO DA PREGUIÇA”, de LUCY COOKE. Com ele, você vai descobrir por que o bicho-preguiça é o novo queridinho da vez.

Tudo começou quando a cineasta e zoóloga britânica Lucy Cooke produziu uma série de vídeos que apresentava os bichos-preguiça do santuário Preguicity, que fica na Costa Rica. Os vídeos da zoóloga, que é amante de bichos tido como “estranhos”, tiveram mais de 20 milhões de visualizações. O sucesso passou para o twitter quando celebridades como Ricky Gervais e Ashton Kutcher, tuitaram sobre o vídeo.

Depois do sucesso na internet, Lucy Cooke passou a produzir o documentário “Que Fofura! Bebê Preguiça” (“Too Cute! Baby Sloths!”) sobre os moradores sonolentos de Preguicity – considerado o primeiro orfanato preguiça do mundo – para o Animal Planet. Tamanha repercussão e entusiasmo foram transformados também no livro “A Little Book of Sloth”, que chega agora para os leitores brasileiros.

Quem trouxe essa novidade para o Brasil foi a Editora Nossa Cultura. O livro pode ser encontrado nas melhores livrarias do País. A obra é um grande convite para que todos conheçam melhor o santuário dos bichos que recebem cuidados mais que especiais neste local. Com fotos das preguiças em todas as páginas, o livro conta como é o dia a dia de cada um, desde uma simples refeição dos bichos já adultos até os cuidados especiais que um recém-nascido necessita.

“O que a preguiça deixa a desejar em velocidade ela compensa em acrobacias extravagantes, no mais alto estilo galho em galho. A preguiça-de-três-dedos é o único mamífero do planeta que possui algumas vértebras extras no pescoço, o que lhe permite virar a cabeça até 270 graus.”

A autora da obra fundou o Sloth Appreciation Society (Sociedade dos Apreciadores do Bicho-preguiça), que procura promover a preguiça como o verdadeiro rei da selva e educar um mundo em que ser rápido é imprescindível.

O trabalho de Lucy Cooke tem ajudado a levantar milhares de dólares para a conservação do bicho-preguiça. No final do livro, o leitor encontra informações sobre como “adotar” um preguiça e ajudar a manter a instituição por meio de doações.

Em “O Livrinho da Preguiça”, surpreenda-se com as imagens e uma rica ilustração do bicho-preguiça e conheça um pouco mais sobre esses animais que, segundo o jornal “Washington Post”, são os novos gatinhos.

“O LIVRINHO DA PREGUIÇA”, de LUCY COOKE. Editora Nossa Cultura, 42 páginas, R$ 27,00.

Envie seu Comentário