Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Graça e sabor em "A Festa das Letras"

20 de agosto de 2015 0
Divulgação, Global

Divulgação, Global

No final dos anos 1930, o governo de Getúlio Vargas concentrou suas forças para aperfeiçoar a qualidade da nutrição do povo brasileiro, tomando medidas não só para aumentar a produção de gêneros alimentícios no Brasil como também para instruir a população sobre os benefícios de cada um deles. É nesse contexto histórico que o livro “A Festa das Letras”, escrito por Cecília Meireles e Josué de Castro, está inserido. Esta 4ª edição foi primorosamente ilustrada por Claudia Scatamacchia.

Na época, pensando em um livro que aproximasse as crianças do universo de frutas, legumes, verduras e demais alimentos do cotidiano e, além disso, lhes ensinasse noções básicas de higiene alimentar, a Livraria do Globo convidou dois autores de relevo: Cecília Meireles e Josué de Castro. Poeta, cronista e educadora, Cecília tinha um dom raro para conceber textos envolventes para crianças e jovens, capacidade que mais tarde se comprovaria em seu consagrado “Ou Isto ou Aquilo” (1946). Josué de Castro, por sua vez, geógrafo e médico, uma das maiores autoridades brasileiras em alimentação, destacou-se com seu “Geopolítica da Fome” (1951).

Com poesias de A a Z, os autores não economizaram seus conhecimentos para o preparo desta obra. Aqui, eles temperam com muita graça e sabor as palavras, receitando como se pode alimentar bem o corpo e a alma.

“A Festa das Letras”, de Cecília Meireles e Josué de Castro, com ilustrações de Claudia Scatamacchia. Global Editora, 64 páginas, R$ 42,00.

Envie seu Comentário