Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Poemas para brincar com Manuel Bandeira

21 de março de 2016 0
Divulgação, Global

Divulgação, Global

Em Pra Brincar, Manuel Bandeira faz um convite às crianças: conhecer a poesia por meio das brincadeiras com as palavras. São doze poemas acompanhados pelos traços artísticos de Cláudia Scatamacchia, que reavivam as recordações da infância. Entre eles estão “Pardalzinho”, “Lenda Brasileira”, “Na Rua do Sabão”, “Trem de ferro”, “Porquinho-da-Índia” e “Vozes da Noite”.

Bandeira soube, como poucos escritores de sua geração, captar os aspectos mais simples do cotidiano, resgatar em seus versos a cultura popular, o humor e dar a eles linguagem coloquial, musicalidade, ritmo, sonoridade e lirismo.

Possibilitar o contato com os clássicos da literatura o mais cedo possível é quebrar o preconceito de que o clássico é sinônimo de velho, quando é, na verdade, algo que o tempo eternizou, certamente, por algum valor especial.

Café com pão
Café com pão
Café com pão

Virgem Maria, que foi isto maquinista?

Agora sim
Café com pão
Agora sim
Café com pão

[...]

(Trecho de “Trem de Ferro”, de Manuel Bandeira.)

“Pra Brincar”, de Manuel Bandeira, com ilustrações de Cláudia ScatamacchiaGlobal Editora, 32 páginas, R$ 39,00.

Envie seu Comentário