Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 
-->

Memórias Quase Póstumas de Machado de Assis

08 de julho de 2016 0
Reprodução

Reprodução

Todo mundo já deve ter pelo menos ouvido falar do livro “Memórias Póstumas de Brás Cubas”, de Machado de Assis. Hoje, a dica é de um livro que remete ao autor e a sua famosa obra: “Memórias Quase Póstumas de Machado de Assis”, de Álvaro Cardoso Gomes.

Às vésperas da morte, o escritor Machado de Assis decide registrar num caderno fatos relevantes de sua vida: a infância pobre, a relação com a família, a lenta ascensão social, o emprego público, o amor por Carolina e sua trajetória de escritor.

Entrelaçando fatos reais e ficção, este romance mostra Machado na intimidade do dia a dia e sua amizade com os escritores Manuel Antônio de Almeida, José de Alencar e Euclides da Cunha, entre outros.

Certo dia, Machado adota como secretário o filho da lavadeira da família, Hermenegildo. O rapaz, de 16 anos, passa a cuidar da limpeza e organização do escritório do autor. Nasce, então, uma bonita amizade.

Uma história tocante que nos permite imaginar como nasceram alguns contos e romances do grande escritor.

“Memórias Quase Póstumas de Machado de Assis”, de Álvaro Cardoso Gomes, com ilustrações de Alexandre Camanho. Coleção “Meu Amigo Escritor”, Editora FTD, 240 páginas, R$ 44,70.

Envie seu Comentário