Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Bíblia celebra 500 anos da Reforma Protestante

03 de abril de 2017 1
Divulgação, SBB

Divulgação, SBB

A Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) está lançando a “Bíblia de Estudo da Reforma”, em comemoração aos 500 anos da Reforma Protestante. A edição apresenta um rico e vasto material como notas, artigos e orações com base em cada livro das Escrituras Sagradas. Todos os livros da Bíblia trazem uma introdução sobre o pensamento de Martinho Lutero, bem como um amplo esboço com detalhes históricos e artigos.

O objetivo desta publicação é estimular no leitor a reflexão sobre o legado trazido pela Reforma Protestante e, especialmente, resgatar as raízes deste movimento, ao destacar a centralidade da Bíblia para a fé e a vida cristãs.

A Reforma foi um movimento iniciado na Alemanha no século 16 por Martinho Lutero e, entre seus méritos, possibilitou a redescoberta da mensagem da Bíblia para ser ouvida, refletida, cantada, estudada, ensinada e pregada em família e comunidade. Também buscou comunicar a mensagem da Bíblia de maneira compreensível. Antes registrada em latim e em alguns poucos dialetos germânicos de domínio restrito, a Bíblia completa foi traduzida por Lutero e lançada em 1534, sendo tão bem aceita que unificou a língua alemã.

Outro aspecto importante da Reforma foi o de ter aproveitado a tecnologia da época para difundir a mensagem bíblica. Por séculos, a Bíblia vinha sendo copiada manualmente, até que, entre 1450 e 1560, Gutenberg desenvolveu a prensa com tipos móveis. Em 1522, o Novo Testamento traduzido por Lutero foi publicado com essa tecnologia, o que diminuiu os custos e acelerou o processo de difusão do Livro Sagrado na língua do povo.

Para a “Bíblia de Estudo da Reforma”, adotou-se a consagrada edição Almeida Revista e Atualizada (RA). Fiel aos originais e uma das traduções preferidas pelos leitores, a RA segue a divisão-padrão de capítulos e versículos e traz vários subtítulos que ajudam o leitor a visualizar rapidamente o conteúdo das divisões/seções do texto bíblico. Nesta edição, o texto bíblico aparece disposto em duas colunas, com divisão por parágrafos.

A publicação da SBB traz vários recursos:

  • Introdução aos grupos de livros e a cada livro bíblico: cada livro bíblico é precedido por uma ampla introdução, que traz informações sobre o livro (autor, data, propósito) e outros elementos importantes (lugares, personagens, temas de lei e de evangelho). Além disso, traz o pensamento de Martinho Lutero sobre o referido livro, aponta temas que são desafiadores e que trazem bênção para o leitor, encerrando com um amplo esboço de conteúdo.
  • Mais de 40 mil notas de rodapé: explicam termos ou frases específicos (em itálico) ou fornecem informações variadas sobre a Bíblia, como história, geografia, cultura, características literárias e teologia.
  • Duas mil notas de aplicação de lei e evangelho: resumem as seções do texto bíblico, aplicando para o leitor tanto lei como evangelho e fornecendo um motivo para que a pessoa ore, pedindo ou agradecendo.
  • Referências cruzadas: indicam outros lugares na Bíblia em que aparece a mesma ideia.
  • Referências internas: as notas de estudo muitas vezes remetem o leitor a outros recursos desta Bíblia, como introduções, artigos, gráficos, mapas e outras notas. Essas referências ajudam o leitor a aprofundar-se no estudo. Há, ainda, um guia de referência, que facilita a localização do tema e texto de interesse.
  • Cerca de 120 quadros, mapas e diagramas.
  • Mais de 220 artigos e introduções aos livros e tópicos bíblicos.
  • Citações dos Pais da Igreja: inúmeros pensamentos extraídos do Livro de Concórdia, bem como da obra de escritores cristãos antigos, medievais e da era da Reforma, foram incluídos para dar ainda mais peso e profundidade às notas.
  • Mapas coloridos.
  • Ícones com ênfases teológicas: quatro ícones diferentes apontam para passagens importantes na Teologia:
    Excerto - Bíblia de Estudo da Reforma (2)-02.jpg  O ícone Trindade marca passagens sobre o Deus Triúno e profecias messiânicas no Antigo Testamento.
    Excerto - Bíblia de Estudo da Reforma (2)-03.png O ícone Palavra e Sacramentos destaca passagens sobre os meios da graça.
    Excerto - Bíblia de Estudo da Reforma (2)-04.png O ícone Missão indica passagens sobre a pregação do evangelho.
    Excerto - Bíblia de Estudo da Reforma (2)-01.png Notas de aplicação de lei e evangelho, resumem as seções do texto bíblico, aplicando para o leitor tanto lei como evangelho e fornecendo um motivo para que a pessoa ore, pedindo ou agradecendo.
  • A Rosa de Lutero: conheça, a seguir, o significado de cada elemento desse símbolo, utilizado com destaque na capa desta edição da Bíblia.
    Cruz: no centro da rosa, lembra que Deus vem ao nosso encontro com o seu amor por meio de Jesus crucificado.
    Coração: significa que Cristo agiu na nossa vida por meio da cruz, e que ela recebe novo sentido, se Cristo for o seu centro.
    Rosa: significa que, quando a cruz de Cristo tem lugar em nossa vida, ocorre uma transformação que traz verdadeira paz e alegria.
    Fundo: Deus está conosco. É possível viver com e para Deus, como sinais de seu Reino, já aqui e agora.
    Anel: Este anel representa as dádivas recebidas por meio da cruz e ressurreição de Jesus.

    “Bíblia de Estudo da Reforma”, da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), 2.304 páginas (capa em couro sintético preto-nobre ou vinho-nobre), R$ 159,90.

Comentários (1)

  • Wagner Penha diz: 4 de abril de 2017

    Gostei muito das informações. Parabens!

Envie seu Comentário