Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Aventura"

Aventura e adrenalina em alta com "Homem de Ferro: Extremis"

21 de setembro de 2017 0
Divulgação, Novo Século

Divulgação, Novo Século

A Editora Novo Século traz neste mês ao público brasileiro a obra “Homem de Ferro: Extremis”, um romance de Marie Javins, adaptado dos quadrinhos de Warren Ellis & Adi Granov.

Quando Tony Stark tornou-se o Homem de Ferro, ele resolveu usar sua riqueza e poder para fazer do mundo um lugar melhor. Ao revelar sua dupla identidade, tornou-se uma celebridade global de fama sem precedente, mas não era o bastante.

A doutora Maya Hansen, antiga colega de Tony, desenvolve um processo biológico batizado de Extremis, desenhado para reescrever o corpo humano de fora para dentro. Mas o Extremis é roubado e vendido para um terrorista chamado Mallen, o que resulta num sangrento tumulto pela América.

Nesse momento, entra em cena Tony Stark, mas uma trágica batalha contra as forças de Mallen obriga Tony a compreender: sua armadura é muito lenta, muito primitiva e muito mecânica. Para manter-se de pé perante as ameaças do século 21, o Homem de Ferro precisa evoluir. E assim começa uma obscura odisseia dentro do abismo que separa homem e máquina, numa jornada que transformará Tony Stark para sempre.

“Homem de Ferro: Extremis”, de Marie Javins. Editora Novo Século, 240 páginas, R$ 44,90.

Muita aventura em "Os Invisíveis e o Amuleto da Serpente"

20 de setembro de 2017 0
Divulgação, Outro Planeta

Divulgação, Outro Planeta

Com uma vida conturbada entre fugir dos valentões e entender tudo de biologia e matemática, Matheus Ueta vive uma aventura com seus amigos de tirar o folêgo. Em “Os Invisíveis e o Amuleto da Serpente”, publicado pelo selo Outro Planeta, da Editora Planeta, o pequeno personagem vai desvendar os mistérios deixados no PaleoPark, por seu avó e cientista Ueta San.

Ator, cantor e apresentador, Matheus Ueta agora se tornou escritor após muita aspiração e finalmente colocou seus escritos “para funcionar”, como ele diz. A intenção do jovem autor foi criar um personagem que se aventurasse no mundo incrível da ficção, com uma preciosa lição de responsabilidade ecológica.

O herói, com o mesmo nome do autor, não é popular na escola, é estudioso, tem uma criatividade e curiosidade sem tamanho. Sempre esta de olho no parque que seu avó havia comprado há muitos anos atrás. O PaleoPark fica em frente de sua casa, e ele terá momentos mágicos após um vulto chamar sua atenção em meio a tantas árvores.

Ao invadir a reserva para bisbilhotar, Matheus e seus amigos descobrem manuscritos secretos que irão levá-los à maior aventura de suas vidas: achar as quatro partes do amuleto da serpente, um objeto capaz de abrir o portal da cidade perdida de Shangri-lá. Porém, eles precisam correr, pois não estão sozinhos nessa busca.

Os leitores vão se entusiasmar quando encontrar no livro as definições do Mateus para palavras que têm outro significado no tradicional dicionário da língua portuguesa. Abaixo, uma mostra porque o garoto prodígio estreia na literatura com uma narrativa autêntica e divertida.

Século passado
A gente está no século XXI, por isso o século passado é o XX. Essa contagem surgiu lá na Roma Antiga e é representada com as letras maiúsculas, pois o alfabeto romano não tem letras minúsculas. Não entendeu nada?

A obra é um convite para todos embarcarem na Jikantabi — a incrível máquina do tempo, que leva a uma jornada pelas quatro partes do mundo atrás do segredo do cientista Ueta San. Esta aventura pode marcar a vida dos pequenos, além de trazer ensinamentos sobre reponsabilidade ecológica e a importância deles irem atrás dos sonhos e intuições.

“Os Invisíveis e o Amuleto da Serpente”, de Matheus Ueta, com ilustrações de Arthur Pandeki. Editora Outro Planeta, 160 páginas, R$ 31,90.

Para você, qual é o maior tesouro?

09 de agosto de 2017 0
Divulgação, MercadoLivros

Divulgação, MercadoLivros

O que nos encanta? O que tem valor para nós? Qual é a importância que damos à amizade? No livro “O Maior Tesouro”, o autor e ilustrador mexicano Ricardo Herrera nos apresenta Aitor, um duende que, junto com o amigo Tonho, o cisne, aventura-se na busca do maior tesouro do mundo. A história ganha um novo sentido quando eles se deparam com Bárbara, a baleia, e sua amiga Ana, a tartaruga. A magia do mundo de fantasia que une duendes e animais é o pano de fundo para esse conto que fala de respeito e amizade.

O livro conta que chega o dia em que os habitantes do país dos duendes devem escolher um novo rei. Aitor deseja obter o trono, e junto com seu amigo, o cisne Tonho, vai procurar o maior tesouro. A viagem destes dois amigos se torna uma incrível aventura, na qual Aitor está convencido de que o maior tesouro está no mar, mas não se trata de ouro, joias ou relíquias submersas, é algo mais importante, intimamente relacionado com amizade, respeito pela natureza e proteção dos animais e seus habitats.

O livro está à venda, nas edições em português ou espanhol, pelo site da editora: http://mercadolivros.net.br/omaiortesouro/

“O Maior Tesouro”, texto e ilustrações de Ricardo Herrera. Editora MercadoLivros, 20 páginas, R$ 30,00.

A lenda de Abelardo

07 de agosto de 2017 0
Divulgação, SM

Divulgação, SM

Abelardo tem dez anos e vive em um feudo em plena Idade Média. Gosta de desenhar dragões nas paredes do castelo e, mesmo que lhe digam o contrário, tem certeza de que eles existem. Assim como acredita que o pai, que partira anos antes para as Cruzadas, voltará para casa. Eis que um dia um intrigante mapa, indicando um local onde viveriam as criaturas aladas, cai em suas mãos. O garoto, corajoso, parte em busca dessa terra desconhecida, embarcando em uma viagem fantástica, repleta de espantos e surpresas, que confundirá os limites entre desejo e realidade.

“A Lenda de Abelardo”, nova narrativa de aventura e fantasia de Dionisio Jacob, tem tudo para agradar aos pré-adolescentes. A rica ambientação de época, baseada em pesquisa histórica sobre costumes e contexto sociocultural, e o inventivo mundo imaginário, rico em detalhes e coerência interna, combinam-se perfeitamente numa trama que, além de entreter combinando humor, emoções e sagacidade, chama atenção para questões atuais, como preservação ambiental e biodiversidade.

As vinhetas em preto e branco, feitas pelo ilustrador Rogério Coelho, inserem novos elementos na narrativa, contribuindo para o enriquecimento da leitura e instigando a imaginação.

“A Lenda de Abelardo”, de Dionisio Jacob, com ilustrações de Rogério Coelho. Coleção Barco a Vapor — Série Laranja, Editora SM264 páginas, R$ 42,00.

Atriz joinvilense Amanda Richter e o marido Max Fercondini lançam livro em Joinville e mais três cidades de SC

16 de junho de 2017 0
Divulgação

Divulgação

A atriz catarinense Amanda Richter e o seu marido e também ator, Max Fercondini, desembarcam em solo catarinense para uma turnê de lançamento do livro “América do Sul sobre Rodas”, a partir do dia 22 de junho. A convite do Grupo Livrarias Curitiba, que administra a Livrarias Catarinense, e em parceria com os shoppings do Grupo Almeida Júnior, quatro cidades receberão o casal de atores para uma sessão de autógrafos: Balneário Camboriú, Blumenau, Joinville e São José.

Em 2016, Amanda e Max embarcaram em um motorhome para uma aventura de mais de 180 dias que percorreu seis países da América do Sul: Uruguai, Argentina, Chile, Peru, Equador e Colômbia. No total, eles viajaram mais de 21 mil quilômetros desbravando novos lugares e a cultura, a gastronomia e a arte de cada povo.

As curiosidades e experiências da viagem estão reunidas no livro lançado pela Editora Novo Conceito e que se diferencia pela intensa interatividade com o leitor. O projeto colorido e repleto de imagens traz como diferencial a tecnologia do QR code, um código similar a um código de barras, que pode ser lido por meio de um aplicativo. Ao aproximar o smartphone do QR code, o leitor é levado a um conteúdo exclusivo que mostra as experiências gravadas pelo casal, com fotos e pequenos vídeos.

Outro destaque da obra é o prefácio escrito por uma das famílias mais aventureiras do Brasil e que divide com Amanda e Max o mesmo gosto por viagens inusitadas. As irmãs Klink, filhas do velejador Amyr Klink — famoso por sua volta ao mundo a bordo do veleiro Paratii — escreveram o prefácio de “América do Sul sobre Rodas”. É de responsabilidade delas introduzir o leitor no universo de descobertas que o livro traz e que fazem dele uma espécie de guia para quem deseja embarcar em uma grande aventura.

Sobre os autores

A joinvilense Amanda Richter sempre gostou de desbravar novos lugares. Aos 14 anos saiu de Joinville e foi morar em São Paulo. De lá, mudou para Taipei, em Taiwan e depois para Bangcoc, na Tailândia. Foi o contato com culturas diferentes que a fez ver a vida de uma maneira prática e com olhos curiosos. O paulista Max Fercondini iniciou a carreira de ator aos 14 anos. Além de novelas, minisséries e filmes, possui experiência como apresentador e diretor de TV, o que facilitou o registro da viagem pela América do Sul.

Sessão de autógrafos especial

Para participar do lançamento oficial em Santa Catarina e do bate-papo com o casal de atores é necessário retirar uma senha numérica nas lojas da Livrarias Catarinense em Balneário Camboriú (Balneário Shopping), Blumenau (Norte Shopping) e São José (Continente Shopping) e Livrarias Curitiba em Joinville (Garten Shopping). Para retirar a senha é necessário apresentar o cartão de fidelidade Leio+, do Grupo Livrarias Curitiba. É permitido levar celular para fotografar com os autores, porém os autógrafos serão dados apenas no livro.

Confira a programação de lançamento em Santa Catarina:

Dia 22 de junho — quinta-feira.
Livrarias Catarinense do Balneário Shopping, em Balneário Camboriú.
A partir das 19h30.

Dia 23 de junho — sexta-feira.
Livrarias Catarinense do Norte Shopping, em Blumenau.
A partir das 19h30.

Dia 24 de junho — sábado.
Livrarias Curitiba do Garten Shopping, em Joinville.
A partir das 19h30.

Dia 25 de junho — domingo.
Livrarias Catarinense do Continente Shopping, em São José.
A partir das 16h.

Ficha técnica

“América do Sul sobre Rodas”, de Max Fercondini e Amanda Richter. Editora Novo Conceito240 páginas, R$ 64,90.

Amanda Richter e Max Fercondini

Divulgação

Authentic x Ender Dragon: a batalha será épica

09 de maio de 2017 0
Divulgação, Astral Cultural

Divulgação, Astral Cultural

Para encerrar a trilogia “AuthenticGames”, do youtuber Marco Túlio, especializado em Minecraft e que é seguido por mais de oito milhões de fãs em seu canal, a Editora Astral Cultural lança o último volume da série, o “AuthenticGames: a Batalha Contra Ender Dragon”.

No primeiro título desta trilogia, “A Batalha da Torre”, o youtuber é sequestrado e precisa sair dessa enrascada; no segundo título, A Batalha Contra Herobrine”, ele e seus amigos resgatam a espada roubada do herói e, após esta aventura, ele ainda terá que enfrentar o temido Ender Dragon. Esses dois primeiros títulos ultrapassam a barreira dos 400 mil exemplares vendidos.

Nesta nova aventura, Authentic, Builder e Nina terão que seguir até a sombria dimensão do The End para enfrentar novos desafios e salvar o mundo da superfície das terríveis ameaças do Ender Dragon.

As batalhas para deter o vilão e, ainda, acabar com as ameaças dos mobs, não serão fáceis. A eletrizante jornada está cheia de conflitos emocionantes, enigmas instigantes para o leitor solucionar e, dessa forma, ajudar os heróis a salvarem a Vila Farmer.

E aí? Será que o leitor está preparado para mais uma jornada cheia de emoção e aventura?

“AuthenticGames: a Batalha Contra Ender Dragon”, de Marco Túlio. Editora Astral Cultural, 112 páginas, R$ 19,90.

Muita aventura com Angus, o primeiro guerreiro

29 de março de 2017 0
Divulgação, Novas Páginas

Divulgação, Novas Páginas

Com uma nova edição e conteúdo exclusivo, os aficionados pelas aventuras do guerreiro Angus irão vibrar  mais uma vez com essa narrativa épica e histórica, que conquistou fãs em mais de 30 países — sendo best-seller em nações como a China, Rússia, Coreia, além de regiões na América Latina, incluindo o Brasil.

Agora em uma trilogia publicada pelo Grupo Editorial Novo Conceito, por meio do selo Novas Páginas, a série do escritor Orlando Paes Filho mescla literatura fantástica com importantes fatos históricos da humanidade e vai garantir que os amantes de seriados como “Game of Thrones” e “Vikings” estejam muito bem entretidos entre as temporadas — e durante elas também!

“Angus — o Primeiro Guerreiro” é o título de início dessa história que narra o cotidiano dos cristãos primordiais na Europa e da briga sangrenta com os pagãos. Seguindo a vida do guerreiro Angus MacLachlan, o leitor será apresentado a essa incrível narrativa medieval sobre conflitos, sejam eles externos, como as batalhas pelo poder, ou do próprio personagem tentando separar o bem do mal.

Com um embasamento histórico muito bem preparado, “Angus” é muito mais que uma simples fantasia. O título apresenta para o leitor toda uma gama de fatos que revelam não só o cristianismo durante a idade das trevas, mas também como a influência da religião modificou toda uma sociedade para o que conhecemos atualmente.

Em extraordinárias batalhas, uma intricada rede de relacionamentos, costumes vikings, e uma formidável narrativa de estratégias de guerra, Orlando demonstra por que o título foi — e continua — um sucesso entre o público.

Saiba mais sobre o universo Angus! O spin-off do começo dessa incrível aventura está disponível para download gratuito na Amazon (http://bit.ly/Angus00) e o Instagram da série conta com ilustrações exclusivas dos personagens, é só acessar @angusserie.

“Angus — o Primeiro Guerreiro”, de Orlando Paes Filho. Editora Novo Conceito — selo Novas Páginas368 páginas, R$ 39,90.

Um Conto às Avessas de A Bela e a Fera

22 de março de 2017 0
Divulgação, Novo Século

Divulgação, Novo Século

No momento em que chega às telas dos cinemas brasileiros a nova versão de “A Bela e a Fera”, a Editora Novo Século lança o livro “Um Conto às avessas de A Bela e a Fera”, escrito pela autora Liz Braswell, que traz novos caminhos para a trama. A obra é uma saborosa e encantadora releitura, que inaugura uma série de livros para o público jovem adulto que reconta os clássicos Disney de um jeito jamais imaginado.

No conto, Bela é uma garota inteligente, engenhosa e inquieta, que anseia escapar de seu modesto e provinciano vilarejo. Quer explorar o mundo, apesar de seu pai relutar em deixar sua casinha para o caso de a mãe de Bela retornar — mãe da qual ela mal se lembra.

Um dia, os desejos da garota por novas aventuras acabam por se realizar — mas não da maneira que ela imaginava. Agora, ela é cativa de uma terrível fera, dentro de um castelo enfeitiçado.

Quando Bela toca a rosa encantada da Fera, intrigantes imagens inundam a mente da jovem — da mãe que ela acreditava que nunca mais veria. Ainda mais estranho que isso, ela descobre que sua mãe é ninguém menos que a bela Feiticeira que amaldiçoou a Fera, seu castelo e todos os seus habitantes. Chocados e confusos, Bela e Fera devem se unir para desvendar um assombroso mistério sobre suas famílias.

“Um Conto às avessas de A Bela e a Fera”, de Liz Braswell, com tradução de Marcia Men. Editora Novo Século, 320 páginas, R$ 39,90.

Livro explora o rico imaginário de uma menina solitária

23 de fevereiro de 2017 0
Divulgação, SM

Divulgação, SM

Cleo, a menina que dá título ao livro de Sassafras De Bruyn, sente-se como um peixe fora d’água, sem lugar no mundo. Embora seja apenas uma garota, está sempre sozinha e sofre com a sobrecarga das exigências externas. Para piorar, seus óculos são alvo de piada na escola.

Por isso, um dia ela resolve embarcar num veleiro rumo ao horizonte infinito. Lá a paisagem é bela e alegre de dia; de noite, as estrelas podem ser recolhidas e guardadas, pois trazem sorte. Tanta sorte que Cleo até encontrará um companheiro de jornada além de Amadeus, seu gato. Juntos, eles farão coisas incríveis como dormir em nuvens macias, combater monstros marinhos, conhecer a gruta das sereias, ganhando força para enfrentar o mundo inteiro.

Nesse livro sobre solidão infantil, a superação de problemas se dá via fantasia e amizade — solução de conflito típica da literatura infantil e que aqui ganha força nas ilustrações sofisticadas da jovem Sassafras De Bruyn. Feitas em aquarela, elas criam um efeito impactante na reunião de elementos surreais, na perspectiva opressiva ou de amplitude, no uso das cores e nos criativos cenários fantasiosos, reverberando os sentimentos de Cleo com sutileza e emoção.

Além de ampliar a percepção estética, a obra estimula a criatividade e favorece a imaginação. Para completar, propicia boas reflexões sobre bullying, sobrecarga de atividades e angústia infantil — assuntos atuais e sempre importantes de se abordar com as crianças.

“Cleo”, texto e ilustrações de Sassafras De Bruyn e tradução de Cristiano Zwiesele do Amaral. Coleção Tatu-bola, Editora SM, 32 páginas, R$ 42,00.

O senhor das almas

15 de fevereiro de 2017 0
Divulgação, Benvirá

Divulgação, Benvirá

Os fãs brasileiros de The Elder Scrolls, um dos games mais famosos da atualidade, têm motivos de sobra para comemorar. Acaba de ser lançado “O Senhor das Almas”, de Greg Keyes, livro inspirado no universo fascinante dessa franquia que já vendeu mais de 30 milhões de cópias no mundo todo.

No livro, que é continuação do primeiro volume, “A Cidade Infernal” (lançado em 2016), o príncipe Attrebus Mede, herdeiro do trono do império, continua determinado na busca por Umbra, a espada mágica que pode destruir de vez a terrível ilha flutuante que ameaça seu povo. Nessa jornada, conta com a ajuda de seu amigo Sull, que ainda quer vingar a morte de sua amada.

Enquanto isso, na Cidade Imperial, o espião Colin tenta encontrar provas de traição no coração do Império. E a incansável Annaïg, ainda presa na ilha, se tornou uma elogiada chef de cozinha e usa esse disfarce para esconder sua verdadeira intenção: destruir aquela terrível cidade flutuante e voltar para sua terra natal.

Será que algum deles irá encontrar a solução para acabar com esse mal de uma vez por todas? Será que o assustador exército de mortos-vivos deixará todos em paz?

“O Senhor das Almas”, de Greg Keyes. Editora Benvirá, 320 páginas, R$ 34,90.