Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Ciência"

Flor e Miga em uma viagem por dentro do corpo humano

28 de novembro de 2016 0
Divulgação, Boa Nova

Divulgação, Boa Nova

Começando a semana, o Blog do Aldo sugere fazer uma viagem. Não um passeio de ônibus, trem, carro ou avião, mas sim por dentro do corpo humano. Quer embarcar?

No livro “O que é que o Corpo Humano Tem por Dentro?”, escrito pela médium Danielle Veiga de Medeiros Carvalho, as crianças farão uma viagem pelo corpo humano acompanhadas de duas personagens muito fofas: as formigas Flor e Miga.

Depois da aula de ciências, na Escola Dulce Formiga, as meninas precisam fazer um trabalho em dupla que vale 10 pontos sobre como é o corpo humano por dentro. Apavoradas, as duas não sabem por onde começar, até que Miga tem uma ideia que vai muito além de acessar o Formigonet. O plano é entrar dentro do corpo humano de alguma criança. Equipadas, com roupas de mergulho e equipamento de rapel, as amigas embarcam na missão! Mas, na hora de viajar, bate um medo tão grande que quase faz Miga desistir.

Depois de tomar coragem, as duas começam o trajeto pelo ouvido de uma criança. A partir daí, as aventuras não param mais. As duas compartilham surpresas e descobrem como funciona essa máquina ligada ao espírito de cada pessoa.

Quando um humano está feliz, ele ri, canta, abraça, beija… Mas, quando está triste, ele chora. Para as lágrimas saírem, o cérebro manda uma mensagem aos olhos que diz: “Vamos colocar esta tristeza para fora!”. E a tristeza sai em forma de lágrimas.

Além de ensinar sobre o funcionamento do corpo humano e mostrar a importância de se cuidar bem do corpo para não ficar doente, por exemplo, a obra incentiva as crianças a enfrentarem seus próprios medos e serem mais corajosas.

“O que é que o Corpo Humano Tem por Dentro?”, de Danielle Veiga de Medeiros Carvalho, ditado por Santiago. Editora Boa Nova, 36 páginas, R$ 10,90.

O corpo humano em forma de poesias

02 de agosto de 2016 0
Divulgação, Penalux

Divulgação, Penalux

Com o objetivo de explicar a maravilhosa criação do corpo humano em forma de poesia, Alexandre Guarnieri brinca com as palavras para descrever a criação e a evolução dos seres por meio da biologia. Reeditado pela Penalux, o livro “Corpo de Festim”, vencedor do Prêmio Jabuti 2015, tem como proposta levar o leitor às infinitas descobertas sobre o início de nós mesmos e a continuidade da nossa história.

Segundo Guarnieri, a obra pretende acostumar o leitor à sua biologia, às suas entranhas e fazer com que estas lhe entreguem a verdade sobre o mundo, a vida e sua história, descobrindo e redescobrindo o novo e o antigo dentro da anatomia, da matéria orgânica e também das palavras.

Para o escritor Furio Lonza, autor do prefácio, o livro reúne poesias em torno de um tema, concentradas obsessivamente na materialidade da palavra, na dissecação, na anatomia, no voyeur biológico”.

– Sua repetição sobre seu objeto, o corpo, leva-nos a infinitas descobertas sobre o início de nós mesmos e a continuidade da nossa história, chegando perto das nossas interpretações de nossas verdades e mentiras – relata Lonza.

Para os editores Tonho França e Wilson Gorj, Guarnieri se enquadra nos pódios da poesia brasileira contemporânea, por sua linguagem inovadora e única. Com tema impressionantemente modernos, seu peso materialista é familiar devido à cultura ocidental do século 21, que precisa do material bruto para crer.

“Corpo de Festim” (2ª edição), de Alexandre Guarnieri. Editora Penalux, 130 páginas, R$ 42,00.

Um extraterrestre no Brasil

25 de setembro de 2015 0
Divulgação

Divulgação

Neste dia 25 de setembro, a escritora carioca Mel Cavichini vai lançar o livro “O Caso XXI”, da COP Editora, na Livrarias Curitiba de Londrina, no Paraná.

O evento será uma boa oportunidade de conhecer de perto a autora que criou uma história inteligente e envolvente que promete agradar aos fãs de sci-fi (ficção científica).

Em “O Caso XXI”, um alienígena surpreende todos ao aparecer na praia de Botafogo, no Rio de Janeiro, em uma missão de reconhecimento de novos planetas em novas dimensões. Em busca de ferro para gerar a energia necessária e salvar o planeta em que vive, o extraterrestre garante ensinar aos brasileiros, em troca, um processo de enriquecimento de urânio, sem geração de resíduos. Em meio a tudo isso, a investigação para descobrir o paradeiro de dois americanos desaparecidos promete abalar os países afora.

“O Caso XXI”, de Mel Cavichini. Editora COP, 220 páginas, R$ 39,90.

Histórias da Aids

24 de julho de 2015 0
Divulgação, Autêntica

Divulgação, Autêntica

A sugestão desta sexta-feira trata de um assunto sério: a aids. Um mal que assusta, que tira o chão de quem recebe o diagnóstico positivo. Ainda assim, resta esperança, principalmente de que uma cura definitiva seja encontrada. Mas, acima de tudo, é um assunto que deve despertar a consciência sobre o mal.

No livro “Histórias da Aids”, de Artur Timerman e Naiara Magalhães, estão narradas histórias de indivíduos que vivem com o vírus da aids hoje, numa realidade “pós-coquetel”. São relatos reais que vêm entrelaçados com a história de evolução da própria doença, em suas nuances médicas, científicas, comportamentais e sociais.

Como diz o jornalista Paulo Markun, “este não é um livro de ficção, nem de fábulas. Traz casos reais e informações precisas, apresentadas por quem há décadas lida com um assunto-tabu – o médico infectologista Artur Timerman, neste caso com o respaldo da jornalista Naiara Magalhães. Com clareza e objetividade, os autores navegam pelo tempo, sem apelar para fórmulas mágicas ou soluções místicas. Não oferecem promessas ilusórias, nem vendem otimismo irreal.”

“Histórias da Aids”, de Artur Timerman e Naiara Magalhães. Autêntica Editora, 152 páginas, R$ 34,00.

O que é que o corpo humano tem?

13 de março de 2015 0

 

O que é que o corpo humano tem

Divulgação, Boa Nova

Elas são cheias de curiosidade e algumas vezes fazem perguntas que nem os adultos conseguem responder. Na fase do crescimento, elas querem saber um pouco sobre tudo, principalmente sobre si mesmas e seus corpos. No livro “O que É que o Corpo Humano Tem?” – publicado pela Editora Boa Nova – a autora Danielle V. M. Carvalho dá uma força para os pais em algumas questões importantes no desenvolvimento dos pequenos.

“– Miga, eles são muito diferentes de nós, você não acha? – perguntou Flor.

– Muito mesmo, a começar pelo tamanho! Os humanos são gigantescos!

Isso porque este é um filhote! – comentou Miga.”

A publicação conta a história de duas formiguinhas, Miga e Flor, que saíram de seu formigueiro para fazer um trabalho de escola e estudar os humanos. De maneira divertida, Danielle explora os cincos sentidos: o olfato, a visão, o tato, a audição e o paladar, explicando o bem que o homem pode fazer a si mesmo e aos outros ao usá-los.

“– Aquelas duas bolinhas são os olhos, com elas os humanos
podem enxergar a beleza da natureza, podem ver as cores
das flores, o sol, a lua, as estrelas e as formigas.”

Ao estudar o corpo humano, as duas aprendem que há pessoas que não ouvem, enxergam ou falam, mas que mesmo assim conseguem se comunicar, sorrir e amar, em sua maneira especial. Elas mostram também a importância de tomar muito cuidado com as palavras para não magoar os outros.

As crianças irão se divertir com as explicações de Miga e Flor e também aprenderão com elas alguns conceitos, como escovar os dentes todos os dias e cuidar do meio ambiente. Com uma linguagem bastante didática e, ao mesmo tempo, de fácil compreensão, a autora ensina valores e bons hábitos que contribuirão para formar adultos conscientes.

“O que É que o Corpo Humano Tem?”, de Danielle M. V. Carvalho. Editora Boa Nova, 36 páginas, R$ 9,90.

Abecedário de Bichos Brasileiros

17 de março de 2014 0

Divulgação, WMF Martins Fontes

Muita gente se amarra em bichos. Seja grande, pequeno, que voa, que nada, que anda bem rápida ou beeeemmmmm devagar. Não importa: cada bicho tem seus admiradores. Então, para começar a semana, a dica é um livro com alguns animais da fauna brasileira.

Depois de “Abecedário de Aves Brasileiras”, Geraldo Valério confirma seu virtuosismo na arte das colagens retratando animais de várias famílias da fauna brasileira com o livro “ABECEDÁRIO DE BICHOS BRASILEIROS”. Acompanham as ilustrações algumas informações básicas sobre cada espécime, elaboradas pelo biólogo Humberto Conzo Junior.

Como sugestão de atividades para as crianças, dá para explorar a inicial de cada animal; comparações entre características dos bichos (grande, pequeno, veloz, lento…); e a técnica da colagem.

Valeu, bicho!?

“ABECEDÁRIO DE BICHOS BRASILEIROS”, de Geraldo Valério. Editora WMF Martins Fontes, 56 páginas, R$ 49,80.

O Livrinho da Preguiça

07 de fevereiro de 2014 0

O Livrinho da PreguiçaGalerinha esperta, hoje tenho mais uma dica supermegalegal: trata-se do livro “O LIVRINHO DA PREGUIÇA”, de LUCY COOKE. Com ele, você vai descobrir por que o bicho-preguiça é o novo queridinho da vez.

Tudo começou quando a cineasta e zoóloga britânica Lucy Cooke produziu uma série de vídeos que apresentava os bichos-preguiça do santuário Preguicity, que fica na Costa Rica. Os vídeos da zoóloga, que é amante de bichos tido como “estranhos”, tiveram mais de 20 milhões de visualizações. O sucesso passou para o twitter quando celebridades como Ricky Gervais e Ashton Kutcher, tuitaram sobre o vídeo.

Depois do sucesso na internet, Lucy Cooke passou a produzir o documentário “Que Fofura! Bebê Preguiça” (“Too Cute! Baby Sloths!”) sobre os moradores sonolentos de Preguicity – considerado o primeiro orfanato preguiça do mundo – para o Animal Planet. Tamanha repercussão e entusiasmo foram transformados também no livro “A Little Book of Sloth”, que chega agora para os leitores brasileiros.

Quem trouxe essa novidade para o Brasil foi a Editora Nossa Cultura. O livro pode ser encontrado nas melhores livrarias do País. A obra é um grande convite para que todos conheçam melhor o santuário dos bichos que recebem cuidados mais que especiais neste local. Com fotos das preguiças em todas as páginas, o livro conta como é o dia a dia de cada um, desde uma simples refeição dos bichos já adultos até os cuidados especiais que um recém-nascido necessita.

“O que a preguiça deixa a desejar em velocidade ela compensa em acrobacias extravagantes, no mais alto estilo galho em galho. A preguiça-de-três-dedos é o único mamífero do planeta que possui algumas vértebras extras no pescoço, o que lhe permite virar a cabeça até 270 graus.”

A autora da obra fundou o Sloth Appreciation Society (Sociedade dos Apreciadores do Bicho-preguiça), que procura promover a preguiça como o verdadeiro rei da selva e educar um mundo em que ser rápido é imprescindível.

O trabalho de Lucy Cooke tem ajudado a levantar milhares de dólares para a conservação do bicho-preguiça. No final do livro, o leitor encontra informações sobre como “adotar” um preguiça e ajudar a manter a instituição por meio de doações.

Em “O Livrinho da Preguiça”, surpreenda-se com as imagens e uma rica ilustração do bicho-preguiça e conheça um pouco mais sobre esses animais que, segundo o jornal “Washington Post”, são os novos gatinhos.

“O LIVRINHO DA PREGUIÇA”, de LUCY COOKE. Editora Nossa Cultura, 42 páginas, R$ 27,00.

Big Bang – Como o mundo foi criado

31 de janeiro de 2014 0

Divulgação, Geração

A origem do mundo sempre levanta uma pergunta que sempre causa debate: afinal, como ele surgiu? “BIG BANG – COMO O MUNDO FOI CRIADO”, de JULIE ANDKJAER OLSEN e MAREN WEISCHER, a sugestão de hoje, trata desse tema.

Você com certeza sabe que toda criança vem da barriga da mãe dela — você também veio. Mas você sabe dizer de onde vieram sua mãe e seu pai? Juntamente com todas as outras pessoas, todos os animais e todas as plantas, você veio das estrelas. Agora você vai ficar sabendo como o mundo foi criado e como a vida começou e foi dar em pessoas, que vieram dar em sua família, que veio dar em você.

Esta é história de como o mundo veio a existir, do Big Bang até hoje, contada para as crianças.

“BIG BANG – COMO O MUNDO FOI CRIADO”, de JULIE ANDKJAER OLSEN e MAREN WEISCHER, com tradução de Francis Henrik Aubert. Editora Geração (selo Geraçãozinha), 64 páginas, R$ 42,00.

NOSSO CORPO, NOSSA SOCIEDADE

31 de outubro de 2013 0

Reprodução, Aldo BrasilApesar das grande variedade de revistas que tratam de assuntos referentes ao corpo humano, as imagens que representam nosso corpo nessas publicações são todas muito parecidas. Quase sempre são figuras masculinas ou femininas com corpos musculosos e definidos. Mas por que os corpos mostrados nas revistas são tão diferentes daqueles que vemos no nossso dia a dia? Em “NOSSO CORPO, NOSSA SOCIEDADE”, de ROGÉRIO G. NIGRO e MARIA CRISTINA DA CUNHA CAMPOS, o leitor vai descobrir a resposta para essa pergunta e conhecer muitos outros aspectos do corpo humano.

Os capítulos são bem divididos, facilitando o entendimento do funcionamento do nosso universo interior, o conhecimento dos “mecanismos” básicos que mantêm o corpo em funcionamento, o que está por trás das nossas transformações corpóreas com o passar do tempo e em que medida a sociedade em que vivemos influi no desenvolvimento de nosso corpo.

Entenda melhor a relação entre sociedade, nosso corpo e a imagem do corpo que queremos ter. o livro faz parte da coleção “Projeto Ciência”, da Atual Editora.

ROGÉRIO G. NIGRO e MARIA CRISTINA DA CUNHA CAMPOS. Coleção “Projeto Ciência”, Atual Editora, 64 páginas, R$ 34,90.