Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts na categoria "Fábula"

Eugênia conta suas memórias

30 de outubro de 2017 0
Divulgação

Divulgação

Você já deve ter passado pela seguinte cena: algum familiar mais velho senta perto de você e começa a contar como era no tempo em que ele era mais novo, relatando coisas puxadas pela memória. Em geral, a conversa começa com a frase “no meu tempo…”. Por acaso, isso que conto não é verdade?

A sugestão de hoje, “As Memórias de Eugênia”, de Marcos Bagno, também tem alguém contando coisas do passado. A diferença é que a personagem é uma árvore. A protagonista e narradora desta história relaciona-se com o mundo e as pessoas de uma forma bem particular: Eugênia é uma árvore que presencia o surgimento e o crescimento da cidade onde vive e sofre as consequências do progresso.

Escrito com apuro de linguagem e um toque de poesia, este livro convida o leitor a revolver as memórias de Eugênia, que guardam surpreendentes segredos.

“As Memórias de Eugênia”, de Marcos Bagno, com ilustrações de Miguel Bezerra. Coleção “Metamorfose”, Editora Positivo, 88 páginas, R$ 45,90.

Esopo — Liberdade para as Fábulas

04 de outubro de 2017 0
Divulgação, Escarlate

Divulgação, Escarlate

Histórias como a da raposa e das uvas, da lebre e da tartaruga ou da cigarra e da formiga são conhecidas por quase todos, mas muito pouco se sabe sobre seu criador. No livro “Esopo — Liberdade para as Fábulas”, de forma intrigante e original, o autor Luiz Antonio Aguiar procura jogar luz sobre a enigmática vida de Esopo, a respeito da qual pouquíssimo se sabe.

Intercalando e criando paralelos entre algumas das mais conhecidas fábulas do narrador grego com a história de sua vida, o autor cria um livro que interessará tanto aqueles familiarizados com as fábulas de Esopo quanto os que entram em contato com sua obra pela primeira vez.

Para se debater em sala de aula, há várias sugestões. Esta história permite trabalhar temas como fábulas, tradição oral, história e imaginação. Discuta com os alunos o conceito de fábula e suas características enquanto gênero literário (por exemplo, a presença de animais antropomorfizados ou a existência de uma “moral da história”). Apesar de Esopo ser possivelmente seu mais conhecido autor, existiram outros escritores que também se dedicaram a esse gênero (como Jean de la Fontaine). Os alunos conhecem algum outro? Sob certos aspectos, é possível dizer também que o autor cria uma biografia de Esopo, isso é, um relato sobre sua vida, apesar de existirem poucas informações sobre ela? Debata com os alunos sobre a função e relevância das biografias.

“Esopo — Liberdade para as Fábulas”, de Luiz Antonio Aguiar, com ilustrações de Márcia Széliga. Editora Escarlate, 80 páginas, R$ 35,00.

Turma da Mônica visita "Alice no País das Maravilhas"

11 de setembro de 2017 0
Divulgação

Divulgação

“Um coelho apressado, de colete, olhando as horas no relógio de bolso? Aquilo, sim, era bem esquisito. Ela ficou olhando e viu quando ele entrou numa toca logo mais à frente. Levantou-se depressa e saiu correndo atrás dele. Alice pulou e, já dentro da toca, percebeu que caía numa espécie de poço.”

Uma história que conquistou e conquista gerações de leitores de todas as idades, que inspirou centenas de livros, filmes e animações ganha uma nova edição reinterpretada pela dentucinha mais amada do Brasil e seus amigos. Sim, a Turma da Mônica caiu na toca do coelho e chega às livrarias em setembro, pela Girassol Brasil. Com o texto original da obra de Lewis Carroll, numa versão assinada pela ensaísta e tradutora Márcia Lígia Guidin, Mauricio de Sousa escalou a turminha para reviver “Alice no País das Maravilhas”.

Mônica se transforma em Alice, uma menina com uma imaginação enorme, uma curiosidade que a mete em muitos problemas e uma inocência que enche os nossos corações. Depois de perseguir um coelho, nesse caso o Cebolinha, Alice acaba num mundo novo e completamente maluco, onde vai aprender sobre amizade, respeito, humildade, justiça, família e sonhos.

Nesta edição especial, capa dura, com ilustrações em cores e movimentos que dão mais “realidade” as cenas icônicas de Alice e seus personagens, Mauricio e sua equipe conseguiram dar uma nova vida ao clássico, escalando um “elenco” de diversas histórias do universo Turma da Mônica. Rolo, Pipa, Louco, Magali e até o Mingau mergulharam nessa história e vão conquistar os leitores.

E como diria o Rei de Copas, comece pelo começo, vá lendo e, quando chegar ao fim… fique maravilhado!!!

“Alice no País das Maravilhas”, de Lewis Carroll, traduzida e adaptada por Márcia Lígia Guidin, com ilustrações de Anderson Nunes. Editora Girassol80 páginas (capa dura), R$ 69,90.

A história de Pedro Coelho

21 de março de 2017 0
Divulgação, Barbatana

Divulgação, Barbatana

Em tradução da escritora Rosana Rios, a Edições Barbatana lança o grande clássico da escritora britânica Beatrix Potter (1866-1943), “A História de Pedro Coelho”, sucesso publicado originalmente em 1902. A pré-venda acontece no site da editora (http://www.edicoesbarbatana.com.br/pd-426f70) até 29 de março, para entrega a partir de 18 de abril, Dia Nacional do Livro Infantil.

Beatrix Potter é um dos maiores nomes da literatura infantil mundial. Nesta edição, o livro é publicado do modo como a autora o imaginou, com as aquarelas em página inteira dialogando pausadamente com os textos, em formato pequeno para caber nas mãos das crianças — o que, por si só, é uma novidade, porque não há atualmente edições brasileiras com esta característica fundamental. A publicação de “A História de Pedro Coelho” dá sequência à celebração dos 150 anos de nascimento de Beatrix Potter, iniciada pela Barbatana em 2016 com a publicação de “A História do Esquilo Nutkin.

A edição trará exemplares numerados e ilustrações de capa diferentes. Os livros adquiridos na pré-venda serão autografados por Rosana Rios.

“A História de Pedro Coelho”, de Beatrix Potter, com tradução de Rosana Rios. Edições Barbatana, 64 páginas, R$ 30,00.

Chico Buarque e Ziraldo contam a história de Chapeuzinho Amarelo

02 de março de 2017 0
Divulgação, Autêntica

Divulgação, Autêntica

O Blog do Aldo sugere hoje uma obra produzida por dois craques em seus trabalhos: “Chapeuzinho Amarelo”, de Chico Buarque, com ilustrações de Ziraldo. É pouco ou quer mais?

O livro conta a história de uma garotinha amarela de medo. Tinha medo de tudo, até do medo de ter medo. Era tão medrosa que já não se divertia, não brincava, não dormia, não comia. Seu maior receio era encontrar o Lobo, que era capaz de comer “duas avós, um caçador, rei, princesa, sete panelas de arroz e um chapéu de sobremesa”. Ao enfrentar o Lobo e passar a curtir a vida como toda criança, Chapeuzinho nos ensina uma valiosa lição sobre coragem e superação do medo.

Já em sua 40ª edição, este clássico de nossa literatura infantil vem encantando gerações e gerações de leitores. O livro de Chico Buarque recebeu, em 1979, o selo de “Altamente Recomendável”, da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ), e, em 1998, Ziraldo conquistou o Prêmio Jabuti na categoria Ilustração.

“Chapeuzinho Amarelo”, de Chico Buarque, com ilustrações de Ziraldo. Editora Autêntica, 36 páginas, R$ 37,90.

O presente da Vovó Loba

16 de dezembro de 2016 0
Divulgação, Brinque-Book

Divulgação, Brinque-Book

Numa segunda-feira de manhã, o lobo recebe um presente de sua avó… o que será? Quando o conteúdo do pacote aparenta ser indesejado, o lobo tenta passá-lo para frente, mas os outros animais da floresta também têm suas próprias ideias sobre quem deveria ser o dono desse misterioso presente… Nesta divertida e intrigante história, o leitor permanece sempre em suspense!

A divertida história do livro “O Presente da Vovó Loba”, de Didier Dufresne, permite trabalhar temas como: suspense, humor, boas maneiras e convivência social.

Um dos recursos narrativos utilizado é nunca mostrar ao leitor qual é o presente recebido. Discuta com os alunos qual o efeito desta estratégia e se ela é eficiente. Cada animal da história tem uma reação diferente ao presente misterioso: converse com os alunos sobre suas experiências recebendo presentes indesejados, quais foram suas reações e como lidaram com a situação. O que pensar sobre a atitude do lobo? Ele foi educado?

“O Presente da Vovó Loba”, de Didier Dufresne, com ilustrações de Armelle Modéré e tradução de Gilda de Aquino. Coleção “Brinque-Book na Mochila”, Editora Brinque-Book, 36 páginas, R$ 29,90.

Uma cabra, uma lâmpada mágica e uma viagem por diversas regiões brasileiras

07 de novembro de 2016 0
Divulgação, Brinque-Book

Divulgação, Brinque-Book

Você já reparou que tem gente que leva um estilo de vida e, de repente, passa por uma transformação e o muda totalmente? O livro “Abrapracabrasil!”, de Fernando Vilela, traz uma história assim, com a diferença de que a personagem é um bicho.

Cansada de sua vida pacata, a cabra decide recorrer a sua lâmpada mágica e, junto de seu amigo jacaré, que é guia de turismo, abre um portal mágico para diversas regiões e cidades brasileiras.

O livro permite aos professores trabalharem diversos temas, entre os quais: os alunos podem usar a obra como base para explorar a geografia e a cultura das diferentes regiões do Brasil. Alternativamente, o texto rimado permite também o estudo de gêneros textuais.

“Abrapracabrasil!”, texto e ilustrações de Fernando Vilela. Editora Brinque-Book, 36 páginas, R$ 38,00.

A gigantesca barba do mal

24 de outubro de 2016 0
Divulgação, Nemo

Divulgação, Nemo

Começando a semana, mais uma dica para a galerinha: “A Gigantesca Barba do Mal”, de Stephen Collins. A história se passa na ilha de Aqui, onde tudo é meticulosamente organizado e certinho. As ruas são asseadas, a grama é bem aparada e os homens são rigorosamente barbeados.

Dave não foge à regra. Tem um emprego que lhe permite pôr em prática todo o seu senso de organização, bem como distrair a mente de pensamentos indesejáveis, e encontra paz numa rotina totalmente ordeira.

Num dia fatídico, porém, Dave se vê como a raiz de um gigantesco problema: uma barba que irrompe de seus poros e desafia a lógica e a ciência. Logo ela se tornará uma questão de segurança pública e irá abalar as estruturas de Aqui, figurativa e literalmente.

A obra é uma fábula arrojada, que faz lembrar Roald Dahl, e convida a refletir sobre algumas das questões humanas deste século.

“A Gigantesca Barba do Mal”, de Stephen Collins, com tradução de Eduardo Soares. Editora Nemo, R$ 39,80.

O cardápio de hoje tem Sopa de Coragem. Quer experimentar?

17 de outubro de 2016 0
Divulgação

Divulgação

Todo mundo tem medo de alguma coisa. Acho que não existe ninguém 100% corajoso. Mas tem gente que tem muito medo de muitas coisas. Aí, como diz a galerinha, o bicho pega (ops, bicho não, porque tem gente com medo de bichos… aliás, conheço alguém que tem medo de… galinha! A sugestão de hoje do blog também tem um personagem que morre de medo de tudo, até mesmo da própria sombra.

O nome dele é Carlinhos, personagem do livro “Sopa de Coragem”, de Maryann Cocca-Leffler. Como eu disse algumas linhas ali em cima, o cara era o medo em pessoa. Até que um dia ele conhece o Grande Urso, o animal mais corajoso de toda a Terra, que tem uma receita para se tornar corajoso.

Sozinho, Carlinhos precisaria fazer uma viagem perigosa e trazer de volta um ingrediente secreto para a Sopa de Coragem do Grande Urso. Assustado, mas determinado, Carlinhos parte. Ele enfrenta os perigos da Floresta Proibida, da Montanha Misteriosa e da toca de um monstro feroz — tudo isso para encontrar a coragem no lugar mais inesperado.

O livro conta uma história simples, com ilustrações encantadoras da própria autora, que vai renovar a confiança das crianças e inspirá-las a enfrentarem seus próprios medos.

“Sopa de Coragem”, de Maryann Cocca-Leffler e tradução de Madalena Parisi Duarte. Editora Todolivro, 38 páginas, R$ 19,90.

Você tem uma solução para o soluço?

14 de outubro de 2016 0
Brinque-Book, divulgação

Brinque-Book, divulgação

Fechando a semana, o Blog do Aldo traz a sugestão de livro para as crianças, mas que também vai fazer muito adulto se identificar e se divertir porque mostra uma situação bem comum de acontecer: um ataque de soluço que não para e que reúne um monte de gente com soluções mirabolantes.

O livro “Hugo Está com Soluço”, de Sophie Schmid, conta que no Bosque das Amoras, os nervos estão à flor da pele: Hugo, o coelho, deixa todos os animais irritados com seu soluço. Seus amigos tentam ajudá-lo com remédios caseiros cada vez mais estranhos, mas nenhum funciona. Ainda bem que Maria, o esquilo-fêmea, tem uma ideia para resolver o problema de vez. Qual será?

Para os professores, há sugestões de como usar a obra em sala de aula, como: no Bosque das Amoras, vivem diferentes animais. Quais são eles? Faça com os alunos uma lista relacionando-os. Estes animais também existem no Brasil? Os animais tentam ajudar Hugo a curar seu soluço. Os alunos já ajudaram algum amigo? Converse com eles sobre essa experiência e, juntos, componham um texto. Por fim, o humor da história surge nos remédios caseiros inesperados que os animais encontram. Debata com os alunos por que essa soluções são engraçadas e se eles conhecem mais alguma alternativa para curar o soluço.

“Hugo Está com Soluço”, texto e ilustrações de Sophie Schmid, com tradução de Camila Werner. Editora Brinque-Book, 32 páginas, R$ 33,20.