Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "história"

Livro retrata a história contemporânea — da Revolução Francesa à Primeira Guerra Mundial

19 de agosto de 2017 0
Divulgação, Contexto

Divulgação, Contexto

O século 19 pode ser considerado “longo” do ponto de vista da História. E é justamente esse período o foco de estudo do historiador Luís Edmundo Moraes, autor de “História Contemporânea – da Revolução Russa à Primeira Guerra Mundial. Para Moraes, o início do período é marcado em 1789, com a Revolução Francesa, e seu fim, em 1914, início da Primeira Guerra Mundial.

Entre essas datas surgiram concepções políticas, sociais e econômicas que ainda regem o mundo. Em um ritmo então nunca visto, as novidades — técnicas, mas também espirituais, intelectuais e políticas — ocuparam espaço na vida pública de uma sociedade que se industrializava e adquiria novas feições.

A Revolução Francesa trouxe ideais republicanos; os avanços napoleônicos geraram tensão bélica e diplomática; a Revolução Industrial transformou formas de produção; o desenvolvimento científico levou a progressos, mas trouxe ideais que serviriam a propósitos eugenistas.

“História Contemporânea — da Revolução Francesa à Primeira Guerra Mundial”, de Luís Edmundo Moraes. Coleção “História na Universidade”, Editora Contexto, 176 páginas, R$ 35,00.

Passeie pelo mundo dos dinossauros

26 de abril de 2017 0
Divulgação, Vale das Letras

Divulgação, Vale das Letras

Dinossauros são animais extintos há muito tempo. Mas até hoje esses seres causam admiração, espanto e encantamento, principalmente entre as crianças.

Para quem gosta destes bichos, o Blog do Aldo sugere o livro “Tricerátope”, que faz parte da coleção “Meu Livro Favorito”, que tem ainda os títulos “Pterossauro”, “Velociraptor” e “Tiranossauro”.

A série, editada pela Vale das Letras, de Blumenau, vai fazer o leitor viajar pelo mundo da imaginação e conhecer os dinossauros mais famosos de todos os tempos. Com a coleção, você será transportado para aventuras pré-históricas.

Os livros ainda ajudam no aperfeiçoamento das habilidades em leitura, imaginação, criatividade e estímulo visual.

“Triceratope”, textos de Patricia Amorim e ilustrações de Jean C. Ferreira. Coleção “Meu Livro Favorito”, Editora Vale das Letras, 16 páginas, R$ 7,90.

Um Grito de Liberdade – a Saga de Zumbi dos Palmares

22 de novembro de 2016 0
Divulgação, Moderna

Divulgação, Moderna

No dia 20, comemorou-se no Brasil o Dia da Consciência Negra, data da morte de Zumbi dos Palmares, um escravo que foi líder quilombola e reivindicava os direitos do seu povo contra a escravidão. Para falar sobre a data, o Blog do Aldo sugere a leitura de um libro sobre o tema. Com muita ação, lutas sangrentas e atos de heroísmo, o livro “Um Grito de Liberdade – a Saga de Zumbi dos Palmares”, de Álvaro Cardoso Gomes e Rafael Lopes de Sousa procura resgatar a vida do último líder quilombola do período colonial.

A obra traz a história de um jovem escravo, batizado como Francisco, que vive em companhia de um padre, seu protetor. O protagonista aprendeu a ler, a escrever e tem regalias que seus companheiros não têm, porém, almeja conquistar o bem que considera mais precioso – a liberdade. Isso faz com que ele fuja em busca do reino dos negros, em Palmares, lugar que acolhe negros fugidos.

Perseguido como uma fera por caçadores de escravos, Francisco terá que mostrar toda sua coragem para conseguir o que deseja. Nesse título, o leitor também acompanhará o drama da jovem Kênia, uma escrava recém-chegada da África e que se apaixonará por um forte guerreiro chamado Vemba. No reino quilombola, estes personagens farão de tudo para manter acesa a chama da liberdade.

“Um Grito de Liberdade – a Saga de Zumbi dos Palmares”, de Álvaro Cardoso Gomes e Rafael Lopes de Sousa. Editora Moderna, 144 páginas, R$ 48,00.

Livro de diplomata brasileiro mostra como é o modo de vida dos escandinavos

18 de agosto de 2016 0
Divulgação, Contexto

Divulgação, Contexto

Terra do Papai Noel, de lindas mulheres loiras, paraíso democrático, igualitário, rico: é assim que se costuma pensar sobre a Escandinávia. Até que ponto essas afirmações são verdadeiras? Em “Os Escandinavos”, lançamento da Editora Contexto, o diplomata brasileiro Paulo Guimarães, casado com uma nórdica e com vivência nos países escandinavos, empresta para o leitor brasileiro seu olhar de quem conhece de dentro essa cultura.

Os nórdicos possuem uma herança cultural comum – feita de lendas, costumes, religiosidade luterana, vocação marítima e da experiência dos rigores do clima – que confere certa uniformidade. Mas ela é temperada por variações locais. A verdade é que, vistos de mais perto, os escandinavos não são todos iguais. Há uma diversidade de tipos físicos, de idiomas e de hábitos culturais por trás da unidade histórica e climática.

“Os Escandinavos”, de Paulo Guimarães. Editora Contexto, 240 páginas, R$ 45,00.

A Nova Terra — a Chegada dos Portugueses ao Brasil

19 de julho de 2016 0
Divulgação, Moderna

Divulgação, Moderna

Nesta terça-feira, que tal um livro que mostra parte da história do Brasil? Legal, né? Continue lendo, que eu conto mais.

O livro “A Nova Terra — a Chegada dos Portugueses ao Brasil”, de Álvaro Cardoso Gomes, conta que, no fim do século 15, Dom Manuel, o rei de Portugal, logo depois da descoberta do caminho para as Índias por Vasco da Gama, tem um grande sonho. Aparelha então uma armada, formada de 13 embarcações, sob o comando de um dos mais ilustres nobres portugueses. Para onde se dirigirão as naus e caravelas?

A bordo de uma dessas embarcações vai como clandestino o menino Manuel José, órfão de pai e mãe. Possuidor do mapa de um fabuloso tesouro na Índia, ele parte em busca de riquezas. Ao mesmo tempo, é perseguido por homens cruéis que farão de tudo para lhe roubar o mapa. Mas, no meio da viagem, Manuel José vem a descobrir que a rota da expedição foi alterada. E, assim, chega ele a uma terra paradisíaca, cheia de encantos e belezas naturais, onde fará novos amigos.

A obra, integrante da série “Recontando a História”, permite aos professores trabalharem assuntos como colonização e grandes navegações

“A Nova Terra — a Chegada dos Portugueses ao Brasil”, de Álvaro Cardoso Gomes. Série “Recontando a História”, Editora Moderna, 160 páginas, R$ 50,00.

Livro que relata os 500 anos da chegada dos espanhóis a SC terá sessão de autógrafos em Joinville

20 de junho de 2016 0
Divulgação

Divulgação

Amante da história, o escritor Roberto Lourenço quis compartilhar com leitores fatos curiosos e interessantes vividos pelos espanhóis em terras catarinenses nos últimos cinco séculos. O resultado é o livro “1516: 500 Anos da Chegada dos Espanhóis a Santa Catarina — Expedições Espanholas pelo Litoral Catarinense Entre 1500 e 1600″ (Editora Design/Rastros, 332 páginas, R$ 50), que será lançado no dia 24 de junho, às 19h30, na Livrarias Curitiba do Shopping Mueller Joinville.

A obra, contemplada com o Prêmio Catarinense de Literatura — Edital Elisabete Anderle/2014, traz a descrição detalhada de cada uma das 12 expedições espanholas que passaram pelo litoral e pelo interior de Santa Catarina no primeiro século de sua fundação, entre 1500 e 1600.

Além de relatar os pormenores de cada uma destas viagens, desde sua saída da Espanha, seus percalços durante a travessia marítima, sua passagem por Santa Catarina, até sua chegada ao seu destino, normalmente Buenos Aires na Argentina e Assunção no Paraguai, a obra relata as incursões terra a dentro, realizada por algumas destas expedições.

Comentando sobre estas entradas na selva catarinense e paranaense, principalmente pelo caminho do Peabiru, o autor traz o traçado destas viagens, saindo da região de Florianópolis, passando por diversas cidades como Barra Velha, Guaramirim, Jaraguá do Sul, Corupá, São Bento, Rio Negrinho e Mafra.

O livro traz ainda detalhes como a descoberta das cataratas de Foz de Iguaçu, realizada pela expedição espanhola de Cabeza de Vaca, e a ata de posse da Ilha de Santa Catarina para o reino da Espanha.

SERVIÇO

O QUÊ: lançamento do livro “1516: 500 anos da chegada dos espanhóis a Santa Catarina” e sessão de autógrafos com Roberto Lourenço.
ONDE: 
Livrarias Curitiba do Shopping Mueller Joinville — Rua Visconde de Taunay, n° 235, Centro.
QUANDO: 24 de junho, às 19h30.
QUANTO: o acesso ao evento é gratuito.
MAIS INFORMAÇÕES: (47) 3145-2600..

À sombra da figueira

07 de janeiro de 2016 0
Divulgação, Geração

Divulgação, Geração

Para a menina Raami, de sete anos de idade, o fim abrupto e trágico da infância começa com os passos de seu pai voltando para casa na madrugada, trazendo detalhes da guerra civil que invadiu as ruas de Phnom Pehn, a capital do Camboja. Logo o mundo privilegiado da família real é misturado ao caos da revolução e ao êxodo forçado.

Nos quatro anos seguintes, enquanto o Khmer Vermelho tenta tirar da população qualquer traço de sua identidade individual, Raami se apega aos únicos vestígios de sua infância — lendas míticas e poemas contados a ela pelo seu pai. Em um clima de violência sistemática em que a lembrança é uma doença e a justificativa para execução sumária, Raami luta pela sua sobrevivência improvável. Apoiada no dom extraordinário da autora pela linguagem, o livro “À Sombra da Figueira”, de Vaddey Ratner, é uma história brilhantemente intricada sobre a resiliência humana.

Finalista do Prêmio PEN Hemingway, este livro vai levá-lo às profundezas do desespero e mostrar horrores abomináveis. Vai revelar uma cultura maravilhosamente rica, lutando para sobreviver por meio de pequenos gestos. Vai fazer com que jamais sejam esquecidas as atrocidades cometidas pelo regime Khmer Vermelho. Vai lhe encher de esperança e confirmar o poder que há ao se contar uma história de nos elevar e nos ajudar não somente a sobreviver, mas à transcendência do sofrimento, da crueldade e da perda.

“À Sombra da Figueira”, de Vaddey Ratner, com tradução de Sandra Martha Dolinsky. Geração Editorial, 360 páginas, R$ 49,90.

Dinossauros e outros monstros

11 de dezembro de 2015 0
Divulgação, Peirópolis

Divulgação, Peirópolis

A Editora Peirópolis lança, em parceria com a Editora da Universidade de São Paulo (Edusp), o livro “Dinossauros e Outros Monstros – Uma Viagem à Pré-História do Brasil”, neste dia 12 de dezembro. O livro é de autoria do escritor e professor de paleontologia do Instituto de Geociência da USP, Luiz Eduardo Anelli e ilustrado por Julio Lacerda. A obra narra a pré-história brasileira, descrevendo com rigor científico os principais episódios da evolução das espécies e do planeta Terra.

O livro conduz o leitor por uma época repleta de curiosidades sobre as primeiras formas de vida em terras brasileiras, revelando a história dos dinossauros e de outras criaturas no Brasil. Em uma sequência contínua, que obedece à cronologia precisa dos fatos, o autor revela um cenário onde mares, desertos, montanhas e pantanais eram extremamente diferentes dos dias atuais. Capaz de entreter de leigos a especialistas, a obra colabora para compreender que estudar o passado dos permite entender o presente e imaginar o futuro.

Além de ilustrações precisas, que completam a mensagem de cada capítulo, o exemplar conta com um mostruário repleto de informações detalhadas sobre as 39 espécies de dinossauros e outros monstros pré-históricos.

“Dinossauros e Outros Monstros – Uma Viagem à Pré-História do Brasil”, de  Luiz Eduardo Anelli, com ilustrações de Julio Lacerda. Editora Peirópolis, em parceria com a Editora da Universidade de São Paulo (Edusp), 248 páginas, R$ 65,00.

 

Cova 312

15 de junho de 2015 0
Divulgação, Geração

Divulgação, Geração

Menos de dois anos depois de seu surpreendente best-seller de estreia, “Holocausto Brasileiro”, Daniela Arbex volta com mais um livro corajoso e revelador: “Cova 312 – A Longa Jornada de uma Repórter para Descobrir o Destino de um Guerrilheiro, Derrubar uma Farsa e Mudar um Capítulo da História do Brasil”.

Escrito como um romance, nele se conta a história real de como as Forças Armadas mataram pela tortura um jovem militante político, forjaram seu suicídio e sumiram com seu corpo.

A autora reconstitui o calvário deste jovem, de seus companheiros e da família dele até sua morte e desaparecimento. E continua investigando até descobrir seu corpo, na anônima Cova 312 que dá título ao livro. No final, uma revelação bombástica muda um capítulo da história do Brasil. Uma história apaixonante, cheia de mistério, poesia, tragédia e sofrimento.

“Cova 312 – A Longa Jornada de uma Repórter para Descobrir o Destino de um Guerrilheiro, Derrubar uma Farsa e Mudar um Capítulo da História do Brasil”, de Daniela Arbex. Geração Editorial, 344 páginas, R$ 39,90 (livro impresso) e R$ 19,90 (e-book).

365 Dias que Mudaram o Mundo

23 de fevereiro de 2015 0
Divulgação, Editora Planeta

Divulgação, Editora Planeta

Dias que mudaram o mundo, que modificaram nossa maneira de contemplar a história, que promoveram mudanças abruptas no mundo: estamos falando de 365 eventos que influenciaram para sempre o curso da história.

Com aval do canal History Channel, este livro reúne alguns dos mitos e curiosidades que marcam o “antes e depois” em nossa vida. Momentos incríveis da humanidade passando por todos os séculos e diferentes culturas, uma verdadeira referência para compreendermos o mundo em que vivemos.

Acontecimentos que vão desde a liberação do voto feminino até a invenção da lata de cerveja, o lançamento do iPhone, o fim do apartheid, a Primavera Árabe, a primeira partida de futebol jogada no Brasil, a morte de Cleópatra, a aplicação cirúrgica da anestesia… O fato relativo a cada dia é acompanhado de um quadro com informações curiosas e divertidas acerca do tema abordado.

“365 Dias que Mudaram o Mundo”, Editora Planeta, 816 páginas, R$ 74,00.