Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "brinque-book"

Você sabe onde começa uma história?

15 de abril de 2016 0
Divulgação, Brinque-Book

Divulgação, Brinque-Book

Começo este post repetindo o título: você sabe onde começa uma história? Pode ser com uma palavra, uma cor, um desenho… No livro “Onde Começa a História?”, a autora/ilustradora Marie-Louise Gay rascunhou, rabiscou, traçou, esboçou, desenhou e pintou para contar como ideias brilhantes chegam quando você menos espera e como as palavras, algumas vezes, surgem do nada querendo ser escritas.

Esta história permite trabalhar temas como imaginação, interação com o leitor e metalinguagem. A autora estabelece um diálogo com seus jovens leitores a fim de explicar como é o processo de criação de seus livros.

Pode ser interessante realizar em sala de aula um trabalho coletivo semelhante ao descrito pela autora, utilizando palavras e imagens para a criação de uma nova história.

“Onde Começa a História?”, texto e ilustrações de Marie-Louise Gay, com tradução de Gilda de Aquino. Editora Brinque-Book, 54 páginas, R$ 36,80.

O cachorro perdido

15 de março de 2016 0
Divulgação, Brinque-Book

Divulgação, Brinque-Book

Na história “O Cachorro Perdido”, de Guido van Genechten, um cãozinho está aflito: ele se perdeu de seu dono! A tarefa dos leitores vai ser ajudar a encontrá-lo no meio da multidão. Ele usa sapatos pretos, grandes e com cadarços e meias vermelhas com bolinhas brancas… Por meio de sutis pistas, a história indica aos pequenos leitores a identidade e a aparência do dono desaparecido.

Esta delicada história convida os pequenos leitores a exercitarem o senso de observação a fim de descobrirem a identidade do dono desaparecido, que se encontra no meio da multidão. Um exercício interessante é sugerir aos alunos que descrevam um colega de classe ou um conhecido por meio de suas características e vestimentas.

Este livro permite trabalhar temas como: animais de estimação, amizade e humor.

“O Cachorro Perdido”, de Guido van Genechten, com tradução de Camila Werner. Editora Brinque-Book, 28 páginas, R$ 35,00.

O lobinho está com medo do escuro

01 de março de 2016 0
Divulgação, Brinque-Book

Divulgação, Brinque-Book

Você já ouviu falar de histórias com lobos, não é mesmo? Uma das mais famosas é aquela em que o temível bicho persegue Chapeuzinho Vermelho e sua vovozinha. Em outra, ele atormenta a vida de três porquinhos. Enfim, ele é um terror!Mas hoje tem uma dica em que esse bicho tem medo de… escuro! Bom, na verdade, isso até se justifica porque o personagem é um indefeso filhote, que protagoniza a história “O Lobinho Está com Medo do Escuro”, de Orianne Lallemand.

O livro, integrante da coleção “O Lobinho”, traz um tema bem comum aos pequenos: a hora de dormir. Esta divertida história permite trabalhar temas como: amizade, medo, cotidiano e convivência social. Para pais e professores, é possível trabalhar com questões como: quem já passou por situações parecidas como as que o Lobinho enfrentou? Quais foram as maiores dificuldades encontradas? E quais as melhores coisas que vieram de cada situação?

“O Lobinho Está com Medo do Escuro”, de Orianne Lallemand, com ilustrações de Éléonore Thuillier e tradução de Gilda de Aquino. Coleção “O Lobinho”, série “Brinque-Book na Mochila”, Editora Brinque-Book, 20 páginas (capa dura), R$ 24,90.

Você não vem brincar?

11 de fevereiro de 2016 0
Divulgação, Brinque-Book

Divulgação, Brinque-Book

A sugestão de hoje, “Você não Vem Brincar?”, de Ilan Brenman, trata de um tema bem atual: o apego das crianças, desde cedo, à tecnologia. Vários fatores influenciam nesse comportamento, como a redução dos espaços públicos para lazer e brincadeiras, a insegurança e, claro, o fascínio que os aparelhos causam nas crianças (na verdade, não só nelas, né?).

Neste livro divertido, o premiado autor conta a história de Pedro, um menino que, de tão distraído com suas brincadeiras eletrônicas, quase se esquece que há brinquedos que não precisam de bateria. Será que ele consegue encontrar um equilíbrio entre esses dois modos de brincar?

Os professores podem explorar a obra com questionamentos como: os alunos preferem as brincadeiras eletrônicas ou não? Por quê? Acreditam que deve haver um equilíbrio entre as duas formas de brincar? Quais brincadeiras gostam mais?

“Você não Vem Brincar?”, de Ilan Brenman, com ilustrações de Carlo Giovani. Editora Brinque-Book, 28 páginas, R$ 35,00.

O pequeno mundo de "Chin, Chan, Chun"

05 de fevereiro de 2016 0
Divulgação, Brinque-Book

Divulgação, Brinque-Book

O livro “Chin, Chan, Chun”, de Milton Célio de Oliveira Filho, conta que existia um lugar em que tudo era pequeno! Tudo lá era minúsculo! Num lugar não sei onde, existia uma ilha do tamanho de uma ervilha. Neste torrão mínimo, vivia uma gente miúda! No reino de Chan, um raio de sol bronzeava um milhão de banhistas, um simples pé de vento virava um vendaval, um só guarda-chuva cobria tudo e um grão de arroz dava para o ano todo.

Esta singela história permite trabalhar temas como solidariedade, humildade e cotidiano. Para pais ou responsáveis e professores, há algumas sugestões de exploração da obra: qual o tamanho do nosso planeta? Existem planetas maiores do que o nosso? Será que somos pequenininhos quando comparados a outros seres? Quais as menores criaturas que você conhece? E as maiores? Ser pequeno traz alguma vantagem ou desvantagem? E ser grande? Pequenas coisas podem ser importantes? Qual a menor coisa que você possui que você mais gosta?

Descubra pelo livro, também, que os grandes valores estão nas pequenas coisas!

“Chin, Chan, Chun”, de Milton Célio de Oliveira Filho, com ilustrações de Elma. Coleção “Brinque-Book na Mochila”, Editora Brinque-Book, 28 páginas, R$ 28,20.

Catando piolhos, contando histórias

18 de dezembro de 2015 0
Divulgação, Brinque-Book

Divulgação, Brinque-Book

Para encerrar a semana, a sugestão é o livro “Catando Piolhos, Contando Histórias”, de Daniel Munduruku. A obra traz memórias de um menino indígena que nos fala das tradições de seu povo munduruku transmitidas pela narrativa oral nos momentos felizes quando, sentado na aldeia, no colo dos mais velhos lhe faziam carinhos na cabeça.

“Ali, contávamos para todos os adultos presentes tudo o que havíamos feito durante o dia. Embora não parecesse, todos nos ouviam com atenção e respeito. Aquele era um exercício de participação na vida de nossa comunidade familiar.”

O livro tem oito histórias, algumas delas são mitos; outras, lendas dos espíritos da floresta; e outras, lições de vida ou narrativas de memórias de brincadeiras inocentes.

“Catando Piolhos, Contando Histórias”, de Daniel Munduruku, com ilustrações de Maté. Editora Brinque-Book, 48 páginas, R$ 35,50.

Ana, Guto e o Gato Dançarino

09 de dezembro de 2015 0
Divulgação, Brinque-Book

Divulgação, Brinque-Book

Talento e criatividade para transformar o mundo Ana tem. O que lhe faltava era coragem para mostrar ao mundo seu dom. Pelo que se sabia, Ana, personagem do livro “Ana, Guto e o Gato Dançarino”, de Stephen Michael King, fazia sapatos: marrons, pretos ou simples botinas de trabalho.

Ela não tinha coragem de mostrar tudo que era capaz de fazer. Ana podia pegar qualquer coisa e transformá-la em algo diferente, mas os habitantes de sua cidade só queriam saber do que era comum, prático e conhecido.

Seus dias eram todos iguais, até que a visita de dois menestréis, vindos de longe, mudou sua vida. Guto e o Gato Dançarino precisavam de novos sapatos, mas não tinham como pagar por eles. Ofereceram em troca aulas de dança. Ana aceitou e ficou tão agradecida pelas aulas e por seus novos amigos, que achou pouco retribuir somente com simples botinas. Ana tomou coragem e fez tudo aquilo que sabia fazer, presenteou seus amigos e mudou a vida de todos.

“Ana, Guto e o Gato Dançarino”, texto e ilustrações de Stephen Michael King, com tradução de Gilda de Aquino. Editora Brinque-Book, 36 páginas, R$ 34,20.

O caracol e a tartaruga são amigos

28 de outubro de 2015 0
Divulgação, Brinque-Book

Divulgação, Brinque-Book

O blog traz hoje um livro muito legal que fala sobre amizade. Mas eu falo de AMIZADE mesmo, não daquela de só dar um oi para quem está próximo.

No livro “O Caracol e  a Tartaruga São Amigos”, de Stephen Michael King, uma amizade inusitada mostra que uma boa companhia pode fazer qualquer dia ficar melhor. A obra busca passar uma mensagem de amizade verdadeira entre personagens tão diferentes.

Esta divertida história permite trabalhar temas como: amizade, cotidiano, convivência social e respeito às diferenças.

Algumas sugestões que podem ser exploradas por pais e professores: você tem algum amigo inseparável? Quais as atividades que ambos gostam de desenvolver? O que amigos devem fazer quando um dos dois prefere brincar de algo diferente? Qual a importância de aceitar e respeitar as diferenças entre as pessoas?

 

“O Caracol e  a Tartaruga São Amigos”, de Stephen Michael King, com tradução de Gilda de Aquino. Editora Brinque-Book, 32 páginas, R$ 35,00.

O Livro Secreto das Princesas que Soltam Pum

13 de outubro de 2015 0
Divulgação, Brinque-Book

Divulgação, Brinque-Book

Muitas coisas no mundo crescem: unhas, cabelos, pés, braços… Laura também cresceu. E quando crescemos, muitas vezes, nos esquecemos de coisas que aconteceram no passado.

Na obra “O Livro Secreto das Princesas que Soltam Pum”, de Ilan Brenman, a personagem se reencontrará com o famoso “Livro Secreto das Princesas”, lembranças e novas descobertas mudarão para sempre seu olhar a respeito dos vilões dos contos de fada.

Esta divertida história, mais um capítulo do best-seller “Até as Princesas Soltam Pum!”, permite trabalhar temas como: quem conhece outros vilões famosos? Como seriam as histórias antes de eles se tornarem tão malvados? Quem já perdeu a hora ao ler algum livro?

“O Livro Secreto das Princesas que Soltam Pum”, de Ilan Brenman, com ilustrações de Ionit Zilberman. Editora Brinque-Book, 28 páginas, R$ 36,30.

Ai, machuquei!

07 de outubro de 2015 0
Divulgação, Brinque-Book

Divulgação, Brinque-Book

Brincando no balanço, jogando bola, andando de triciclo, pulando na cama, explorando ambientes ao ar livre… As crianças adoram se divertir, mas, às vezes, acabam se machucando! Canela, pé, dedo, joelho, cabeça, barriga, nariz… nada escapa. Mas calma, não foi nada. Já vai passar! Interativo, o livro “Ai, Machuquei!”, de Thiago Lopes, traz um curativo com velcro para que os pequenos ajudantes socorram os personagens que enfrentaram algum contratempo.

A divertida história permite trabalhar temas como: livro interativo, corpo humano, brincadeiras, rima e humor. É na infância que o desenvolvimento cognitivo e motor acontece. Nessa fase, o caminho é longo e repleto de descobertas e novas experiências, e a interação com o ambiente que cerca os pequenos é fundamental. Assim, as crianças vão aprendendo, de maneira gradual, mais sobre seu próprio corpo, testando limites e superando-os.

É comum que em meio a esse processo acidentes aconteçam, pois os pequenos ainda estão aprimorando a atenção, o foco, a percepção, o raciocínio e a lógica. “Por que tudo acontece comigo?” é um pensamento corriqueiro na infância. Com o livro, é possível mostrar que os inconvenientes do dia a dia são inerentes a todos e que os contratempos muitas vezes podem ser superados sem maiores dificuldades.

“Ai, Machuquei!”, texto e ilustrações de Thiago Lopes. Editora Brinque-Book, 12 páginas (capa dura), R$ 32,30.