Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "história em quadrinhos"

Gilberto Freyre conta sobre algumas assombrações do Recife Velho

29 de maio de 2017 0
Divulgação, Global

Divulgação, Global

Para o livro Algumas assombrações do Recife Velho”, de Gilberto Freyre, foram selecionados sete contos do livro “Assombrações do Recife Velho” para serem adaptados para os quadrinhos. A HQ traz as seguintes histórias:  “O Boca-de-ouro”, “Um Lobisomem Doutor”, “O Papa-figo”, “Um Barão Perseguido pelo Diabo”, “O Visconde Encantado”, “Visita de Amigo Moribundo” e “O Sobrado da Rua de São José”. A adaptação foi conduzida por André Balaio e Roberto Beltrão, que possuem larga experiência na produção de histórias em quadrinhos e estão à frente do Projeto O Recife Assombrado (mais informações em http://www.orecifeassombrado.com/).

Gilberto Freyre sempre se interessou pelo universo das assombrações e do sobrenatural. Numa de suas incursões no campo da ficção, o sociólogo escreveu “Assombrações do Recife Velho”, uma reunião de histórias de assombração que tem como cenário sua cidade natal, Recife. O livro publicado por Freyre em 1955 foi o resultado de um longo trabalho iniciado por ele em 1929, quando esteve à frente do jornal recifense “A Província”. Para a concepção das histórias, Freyre beneficiou-se da pesquisa em arquivos e dos depoimentos de seus amigos e familiares, os quais lhe confidenciaram histórias de arrepiar sobre o passado assombrado da capital pernambucana.

Gilberto Freyre foi sempre um grande entusiasta das histórias em quadrinhos a ponto de, quando exercia o cargo de deputado federal (1946-50), propôs na Comissão de Educação e Cultura que fosse feita uma história em quadrinhos da Constituição de 1946. Para a felicidade do autor, sua obra-mestra “Casa-grande & Senzala” foi adaptada para os quadrinhos. Agora, suas deliciosas histórias de assombração ganham sua primeira adaptação para HQ.

Podemos antecipar que a experiência de leitura deste “Algumas Assombrações do Recife Velho” é, sem dúvida, espantosamente deliciosa e para ser vivida sem sustos!

“Algumas Assombrações do Recife Velho”, de Gilberto Freyre, com adaptação de André Balaio e Roberto Beltrão. Global Editora, 72 páginas,  R$ 49,00.

Um Batkit para Batfãs

16 de janeiro de 2017 0
Divulgação

Divulgação

Todo e colecionador sonha ter um produto exclusivo de seu personagem ou história em quadrinhos favorito — aquela peça que poucas pessoas no mundo podem se dar o luxo de ter, que ocupam lugar de destaque na estante e são motivo de orgulho e objeto de um carinho especial. Para atender aos fãs do Homem-morcego, a Editora Paninic Comics anuncia o lançamento que fã nenhum do Cavaleiro das Trevas e da DC Comics vai querer perder: o box “Coringa — Edição Especial Limitada”.

O box exclusivo, que custa R$ 75, reúne duas das HQs mais icônicas do personagem: “Batman — A Piada Mortal”, de Alan Moore, e “Coringa”, por Brian Azzarello, ambas em edição de luxo, com capa dura e página internas em couché. Com design concebido para marcar história, o box retrata, em uma face, a imagem mais famosa do clássico “Batman — A Piada Mortal”, e no outro lado a emblemática ilustração do “Coringa” de Lee Bermejo. Um selo holográfico marca a numeração exclusiva de cada exemplar desta edição limitada, e o selo comemorativo dos 75 anos do personagem completa o layout da caixa exclusiva.

No hotsite lançado recentemente pelo Grupo Livrarias Curitiba e Livrarias Catarinense, é possível comprar os itens para deixar sua coleção ainda mais completa. A novidade está disponível para compra pelo endereço http://www.livrariascuritiba.com.br/Hotsites/Batman.

Os Pingos agora em história em quadrinhos

13 de dezembro de 2016 0
Divulgação, Global

Divulgação, Global

Os Pingos, um grupo de personagens criado por Mary e Eliardo França, já brincaram com as cores, já cuidaram de plantações e até já saíram juntos para pescar. Dessa vez, o casal reúne histórias curtas e divertidas desses sete amigos inseparáveis na novidade “Os pingos em Quadrinhos” e traz uma forma lúdica para o público infantil refletir sobre amizade e diferenças.

Embora tenham a mesma forma, cada um dos personagens possui uma cor e um traço forte de personalidade, tornando impossível não se identificar com nenhum deles. Juntos, Pingo-de-Fogo, Pingo-de-Ouro, Pingo-de-Sol, Pingo-de-Mar, Pingo-de-Céu, Pingo-de-Flor e Pingo-de-Lua vão garantir o riso e estimular a imaginação da criançada!

“Os Pingos em Quadrinhos”, de Mary França, com ilustrações de Eliardo França. Global Editora, 24 páginas, R$ 27,00.

A gigantesca barba do mal

24 de outubro de 2016 0
Divulgação, Nemo

Divulgação, Nemo

Começando a semana, mais uma dica para a galerinha: “A Gigantesca Barba do Mal”, de Stephen Collins. A história se passa na ilha de Aqui, onde tudo é meticulosamente organizado e certinho. As ruas são asseadas, a grama é bem aparada e os homens são rigorosamente barbeados.

Dave não foge à regra. Tem um emprego que lhe permite pôr em prática todo o seu senso de organização, bem como distrair a mente de pensamentos indesejáveis, e encontra paz numa rotina totalmente ordeira.

Num dia fatídico, porém, Dave se vê como a raiz de um gigantesco problema: uma barba que irrompe de seus poros e desafia a lógica e a ciência. Logo ela se tornará uma questão de segurança pública e irá abalar as estruturas de Aqui, figurativa e literalmente.

A obra é uma fábula arrojada, que faz lembrar Roald Dahl, e convida a refletir sobre algumas das questões humanas deste século.

“A Gigantesca Barba do Mal”, de Stephen Collins, com tradução de Eduardo Soares. Editora Nemo, R$ 39,80.

Novidade especial para os fãs do Cavaleiro das Trevas

26 de julho de 2016 0
Divulgação

Divulgação

Batman é um dos personagens mais admirados pelos leitores da gigante DC Comics. Desde os anos 80, os itens que levam a marca do Cavaleiro das Trevas movimentam o mercado e mobilizam milhares de fãs — que saem à caça de todo e qualquer item da franquia.

Em tempos de mais um lançamento (o filme “Batman: A Piada Mortal”, lançado pela Warner Brothers), o Grupo Livrarias Curitiba (que integra as marcas Livrarias Catarinense e Livrarias Curitiba) disponibilizou um hotsite especial (www.livrariascuritiba.com.br/Hotsites/Batman) com trailers, livros, filmes, jogos e produtos diversos, tais como mochilas, cadernos, garrafas térmicas, copos e camisetas.

Na seleção especial, destaque para os produtos em pré-venda: o DVD “Batman: A Piada Mortal” (R$ 19,90) e o jogo “Batman – Return to Arkham” (R$ 229,90 ou 10 x R$ 22,90), disponível para os consoles PS4 e Xbox One.

As HQs do Batman estão com preços especiais, incluindo alguns em versão capa dura, como “Batman e a Piada Mortal” (R$ 22,90). O “Box Coringa” (R$ 75), publicado pela Editora Panini, reúne duas das HQs mais icônicas do personagem, “Batman: A Piada Mortal”, de Alan Moore, e “Coringa”, por Brian Azzarello, ambas em edição de luxo, com capa dura e página internas em couché.

Um selo holográfico marca a numeração exclusiva de cada exemplar desta edição limitada e o selo comemorativo dos 75 anos do personagem completa o layout da caixa exclusiva.

Mas um alerta aos fãs: as ofertas divulgadas no hotsite podem ser alteradas ou interrompidas a qualquer momento, enquanto durarem os estoques. Então é bom correr e aproveitar!

Divulgação

Divulgação

Abril lança "DuckTales" em encadernado de luxo

28 de junho de 2016 0
Divulgação, Abril

Divulgação, Abril

Após o sucesso da edição de luxo com as melhores histórias dos Escoteiros Mirins, a Editora Abril está de volta com mais um lançamento: o encadernado de luxo “DuckTales – Os Caçadores de Aventuras”!

Sendo uma das grandes séries de animação da Disney, a produção americana para televisão foi sucesso no Brasil entre os anos de 1980 e 90, tornando-se inclusive tema de uma série de 25 gibis editados à época pela Abril.

As três maiores e melhores tramas dos DuckTales produzidas especialmente para os quadrinhos estão reunidas no encadernado, além de uma reportagem completa sobre a animação, com todas as informações que os fãs desejam saber ou relembrar. Em breve, a série completará 30 anos de criação e estará de volta à televisão com episódios inéditos.

O encadernado de luxo “DuckTales” poderá ser comprado por R$ 59,90 nas bancas, sites de livrarias e lojas físicas. Os pontos de venda trazem também a reedição do “Manual do Escoteiro Mirim”, grande sucesso que acaba de dobrar sua tiragem nacional, e o encadernado de luxo com as melhores histórias dos Escoteiros Mirins, disponíveis respectivamente por R$ 39,90 e R$ 59,90.

Lançamento de HQs vai movimentar a Livrarias Curitiba do Shopping Mueller Joinville

17 de junho de 2016 0
Fotos Divulgação, Livrarias Curitiba

Divulgação, Livrarias Curitiba

Essa é para a galera que gosta de histórias em quadrinhos (HQ) colocar na agenda: na segunda-feira, dia 20, às 19h30, o autor Leonardo Melo vai participar de uma sessão de autógrafos na Livrarias Curitiba do Shopping Mueller Joinville, quando irá lançar as HQs “As Histórias Perdidas do Capitão Gralha” (R$ 39,90) e “O Tortuoso Caso do Fire Shadow” (R$ 26,90).

No enredo da primeira obra, o leitor é apresentado ao Capitão Gralha e seu criador, Francisco Iwerten, que se tornaram lendas do quadrinho nacional e  inspiraram um grupo de quadrinistas curitibanos a criar o super-herói conhecido como Gralha.

“O Tortuoso Caso do Fire Shadow” fala sobre uma conceituada banda de metal de Curitiba, que durante um show tem um de seus integrantes assassinado — cabendo ao leitor descobrir quem é o assassino.

Leonardo Melo é roteirista e editor de quadrinhos, administra o www.qdcomics.com, que distribui HQs digitais, e também a Editora Quadrinhópole, apoiando a publicação de quadrinistas independentes e trabalhando em projetos próprios.

SERVIÇO

O QUÊ: lançamento das HQs “As Histórias Perdidas do Capitão Gralha” e “O Tortuoso Caso do Fire Shadow” e sessão de autógrafos com Leonardo Melo.
ONDE: Livrarias Curitiba do Shopping Mueller — rua Visconde de Taunay, n° 235, terceiro piso, Centro.
QUANDO: 20/6, segunda-feira, às 19h30.
QUANTO: o acesso ao evento é gratuito.
MAIS INFORMAÇÕES: (47) 3145-2600.

Divulgação, Livrarias Curitiba

Divulgação, Livrarias Curitiba

Bombeiros Voluntários de Joinville lançam HQ

04 de maio de 2016 0
Divulgação

Divulgação

Essa sugestão é para todos colocarem na agenda porque é bem legal. Com o objetivo de perpetuar o trabalho feito pelos bombeiros na cidade, a primeira edição das histórias em quadrinhos (HQ) Liga dos Bombeiros Voluntários de Joinville destaca a rotina de uma das profissões que mais despertam a curiosidade nas crianças.

Os personagens principais são inspirados no contingente do Corpo de Bombeiros Voluntários de Joinville: comandante, aspirantes e socorristas, todos juntos em um roteiro lúdico, voltado para crianças que estão em fase de alfabetização. A ilustração ficou por conta dos irmãos Feitosa, valorizando a cultura joinvilense e trazendo elementos da cidade no gibi. O objetivo do projeto é trazer para o cenário infantil o dia a dia do socorro imediato, a importância da profissão para a sociedade, ensinamentos que podem ajudar no resgate, primeiros socorros e cuidados que as crianças devem ter em seus lares, além de explicar o funcionamento do Programa Bombeiro Mirim, incentivando a manutenção do voluntariado para as próximas gerações dos bombeiros de Joinville.

O lançamento da revista acontecerá na praça central do Shopping Mueller, às 19h de sexta-feira, dia 6/5, onde as crianças vão poder desenhar e pintar os super-heróis da primeira história com os responsáveis pela arte dos quadrinhos, além de acompanharem a apresentação da banda de música da corporação, exposição dos materiais de resgate e roupas de aproximação, em um momento de solenidade que vai marcar o lançamento com os apoiadores e patrocinadores.

A exposição vai permanecer no Shopping Mueller até domingo, e a partir de segunda-feira, os exemplares estarão disponíveis, tanto nas unidades operacionais dos bombeiros voluntários, como também nos eventos de que a banda de música participa, escolas e no próprio Programa Bombeiro Mirim, que tem como sede a unidade central, na rua Jaguaruna, número 13.

Esta será a primeira edição do gibi que será distribuído de forma gratuita. Cada edição trará um tema importante para o bem-estar das crianças. Nesta primeira história, o enredo se baseia no incêndio em residência, a principal ocorrência atendida na cidade.

O QUÊ: lançamento da história em quadrinhos dos Bombeiros Voluntários de Joinville.
QUANDO: dia 6 de maio, às 19h.
ONDE: Shopping Mueller – praça central de eventos.
QUANTO: o acesso ao evento é gratuito.

Clássico "Macunaíma" em história em quadrinhos

28 de janeiro de 2016 0
Divulgação, Peirópolis

Divulgação, Peirópolis

A Editora Peirópolis traz aos leitores a adaptação para quadrinhos de “Macunaíma”, uma das mais importantes obras da literatura nacional, escrita por Mário de Andrade (1893-1945), expoente do modernismo brasileiro. A obra entrou em domínio público em 1° de Janeiro de 2016 e esta é a sua primeira quadrinização.

“Macunaíma em Quadrinhos” é o 15° título da coleção “Clássicos em HQ”, que já conta com os sucessos “Dom Quixote”, “Os Lusíadas”, “Odisseia”, “Auto da Barca do Inferno”, dentre outros (para conhecer a coleção acesse: http://www.editorapeiropolis.com.br/catalogolivros/?cat=38&tit=Coleção+Clássicos+em+HQ).

Originado da primeira fase modernista do Brasil, o livro narra a história do anti-herói, preguiçoso; e é um ataque às desvirtudes que, em sua visão, caracterizavam o povo brasileiro, evidenciado no “herói sem caráter”, subtítulo do livro.

Escrito em apenas uma semana – em dezembro de 1926, e lançado dois anos depois – em 1928, a publicação causou extrema agitação. Prevendo esse impacto, Mário disse, na época, que o que escreveu “não é um romance, nem um poema, nem uma epopeia.” (…) “Diria antes, que é um “coquetel. Um sacolejado de quanta coisa há por aí.” E terminou chamando o livro de rapsódia. E como as rapsódias musicais, compostas por uma variedade de cantos populares, “Macunaíma” é construído numa espécie de colagem feita com folclore, histórias de origens variadas, superstições, neologismos, palavras em tupi e anedotas que condensam o caráter do povo e cultura brasileira.

A edição de Ângelo Abu e Dan-X transporta o leitor para a época tupiniquim no Brasil, preservando o espírito da obra ao mesmo tempo em que se adapta à linguagem moderna. Nesta adaptação, a obra conta com detalhes não imaginados no original, que agora ganham cor e traços. “Entender como cada autor representou determinadas personagens ou estruturas da composição matriz possibilita compreender que a quadrinização é uma outra obra, também autoral; é o depoimento de leitura de um artista gráfico para ser compartilhado. Ela pode ajudar a conquistar leitores para o clássico, abrir os significados do título e até motivar sua retomada”, afirma Renata Borges, diretora da Editora Peirópolis.

“Macunaíma”, e todos os títulos da coleção “Clássicos em HQ”, estão disponíveis em e-book em todos os formatos e para todos os dispositivos (Kobo/Cultura, Kindle/Amazon e e-pub Appel/demais plataformas de leitura).

“Macunaíma em Quadrinhos”, de Mário de Andrade, com edição de Ângelo Abu e Dan-X. Editora Peirópolis, coleção “Clássicos em HQ”, 80 páginas, R$ 39,00 (edição impressa) Preço da versão em e-book não foi divulgado.

Cerrado em quadrinhos

04 de dezembro de 2015 0
Divulgação

Divulgação

A sugestão de hoje, “Cerrado em Quadrinhos”, de Alves, trata deste importante tipo de vegetação no Brasil e que a garotada já deve ter visto nas aulas de geografia.

O cerrado costuma ser deixado um pouco de lado quando o assunto é a preservação ambiental, tendo sua importância ofuscada pela das grandes florestas verdes. Mas suas estranhas árvores retorcidas escondem incontáveis riquezas e uma das maiores biodiversidades do planeta.

Segundo maior bioma brasileiro, o cerrado abriga milhares de espécies; e povos indígenas, quilombolas, sertanejos e ribeirinhos estão entre as comunidades que encontram lar nesse colosso da natureza.

Nesta inspirada homenagem em forma de tiras, o cartunista Alves resgata a importância do cerrado e soma – ora com bom humor, ora em tom de denúncia – suas forças à daqueles que já lutam pela sua preservação.

“Cerrado em Quadrinhos”, de Alves. Editora Nemo, 64 páginas, R$ 29,90.