Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "literatura infantil"

Bíblia explicada para crianças

18 de outubro de 2017 0
Divulgação, SBB

Divulgação, SBB

Olá, galerinha que gosta de ler e ouvir a palavra de Deus. Hoje eu tenho uma dica muito legal: a “Bíblia Explicada para Crianças”.

A obra da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) foi desenvolvida a partir da necessidade de fazer com que a Bíblia seja compreensível para todos, inclusive pelas crianças. A edição é uma excelente ferramenta para despertar, no pequeno leitor, o interesse em estudar a Palavra de Deus.

Com lindas ilustrações da turma Mig & Meg, tem texto bíblico na Nova Tradução na Linguagem de Hoje, mais acessível e de fácil compreensão. Além disso, traz diversos recursos que ajudarão a criança a explorar, sozinha, os ensinamentos de Deus.

Com a “Bíblia Explicada para Crianças”, será mais fácil para as crianças entenderem como aconteceram as histórias narradas nas Escrituras Sagradas. A edição vem, ainda, com uma cartela de adesivos, para a criança levar a mensagem de Deus sempre com ela.

“Bíblia Explicada para Crianças”, da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), com ilustrações de Mig & Meg, 1.664 páginas, R$ 54,90.

Quatro clássicos da literatura para crianças

16 de outubro de 2017 0

 

Uma pesquisa realizada pelo Ibope, encomendada pelo Instituto Pró-Livro e divulgada em 2016, mostrou que 56% dos brasileiros dizem ter lido com frequência pelo menos um livro em partes ou inteiro nos últimos três meses, um número recorde no País. Segundo a mesma pesquisa, o brasileiro lê 4,96 livros por ano, do total 2,43 foram terminados e 2,53 foram lidos apenas em partes. Para Ana Regina Caminha Braga, psicopedagoga e especialista em educação especial e em gestão escolar, os números tendem a ser ainda mais positivos com o inventivo a leitura desde a infância.

De acordo com a especialista, a leitura traz benefícios importantes para o aprendizado e desenvolvimento dos pequenos. “Ler e incentivá-los a ler é muito benéfico. Com a leitura, as crianças não só aprendem coisas novas, como aprendem a escrever melhor, ampliam seu vocabulário e, é claro, melhoram seu desempenho escolar“, comenta. Não sabe por onde começar essa aventura com os seus filhos? A especialista separou quatro clássicos que vão tem ajudar nesta tarefa. Para ver as capas, é só clicar nas imagens da galeria no topo deste post.

“Fábulas”, de Monteiro Lobato — É um livro de 1922, que traz as mais variadas histórias, que, além de divertir, sempre tem uma lição moral para as crianças. Monteiro Lobato usa os bichos como personagens que falam, pensam e interagem com o homem. São contos que unem o lúdico e trazem lições importantes sobre a vida e nosso cotidiano.

“O Menino Maluquinho” — Clássico lançado em 1980 por Ziraldo, é uma referência mundial da literatura infantil. Versos e desenhos contam as aventuras e traquinagens de um menino e sua turma. Ele é quem alegra todas as casas, o menino que todos sonhamos ter sido.  É a aventura contagiante de uma menino feliz.

“Meu Pé de Laranja Lima” — Lançado em 1968 e escrito por José Mauro de Vasconcelos, foi traduzido para mais de 52 línguas e publicado em 19 países, além de adaptado para o cinema, a televisão e o rádio. O livro conta a história de Zezé, um menino de cinco anos de uma família pobre e numerosa, criativo e extrovertido, sua amizade com Portuga e sua relação com um pé de laranja-lima.

“O Pequeno Príncipe” — É um clássico francês do escritor Antoine de Saint-Exupéry, um dos livros mais com mais traduções no mundo, 220 idiomas e dialetos. Um piloto cai com seu avião no deserto e ali encontra uma criança loura e frágil. Ela diz ter vindo de um pequeno planeta distante. E ali, na convivência com o piloto perdido, os dois repensam os seus valores e encontram o sentido da vida.

A psicopedagoga lembra ainda, que mesmo depois que a criança já tiver adquirido esse hábito da leitura, é bom que os pais e professores continuem a incentivá-la. “Ler para a criança desde os primeiros anos de vida é algo muito importante, e continuar incentivando esse hábito durante seu crescimento trará inúmeros benefícios para seu aprendizado e desenvolvimento como ser humano”, completa Ana Regina.

Livro infantil ensina as crianças a plantarem alimentos

06 de outubro de 2017 0
Divulgação, Catapulta

Divulgação, Catapulta

Crianças em contato com a natureza desde cedo. Essa é a proposta da Catapulta Editores, que acaba de lançar o livro “Minha Própria Horta”, cujo objetivo é ensinar as crianças a plantarem seus próprios alimentos.

Desenvolvido pela paisagista e jardineira Clara Billoch, o livro é direcionado para crianças acima de oito anos e tem como objetivo  apresentar uma alimentação mais saudável e ensinar a plantar o seu próprio alimento, trazendo uma visão lúdica do processo entre plantio e colheita. Teórico e prático, o livro conta com 64 páginas de informações sobre como montar sua horta em casa e cinco projetos para a criança e a família plantarem morangos, alface, beterraba, manjericão e tomates.

“Dessa forma, é possível criar um elo entre a criança e o meio ambiente”, explica Carmen Pareras, diretora da Catapulta Editores. A obra é composta por materiais como luvas, pá, rastelo e plaquinhas de madeiras, que são essenciais para começar a plantação, além das informações do livro.

O livro, que tem 64 páginas, já está disponível nas principais livrarias do País como, Saraiva, FNAC, Livraria Cultura, Livraria da Vila, entre outras. O preço sugerido ao varejo é de R$79,90.

A menina do cabelo azul

05 de outubro de 2017 0
Divulgação

Divulgação

Sabe aquela história de que cor azul é de menino e a rosa é de menina? A dica de hoje tem uma personagem que não está nem aí para esses padrões.

O livro “A Menina do Cabelo Azul”, de Giselle Vieira, conta sobre uma menina determinada a fazer valer as suas escolhas, como brinquedos e o amor à cor azul.

Segundo a autora, a ideia é fazer com que os leitores possam compreender a importância de se respeitar as escolhas diferentes dos outros e que cada um tem o direito de gostar do que quiser.

“A Menina do Cabelo Azul”, texto e ilustrações de Giselle Vieira. Editora Penalux, 16 páginas, R$ 34,00.

Esopo — Liberdade para as Fábulas

04 de outubro de 2017 0
Divulgação, Escarlate

Divulgação, Escarlate

Histórias como a da raposa e das uvas, da lebre e da tartaruga ou da cigarra e da formiga são conhecidas por quase todos, mas muito pouco se sabe sobre seu criador. No livro “Esopo — Liberdade para as Fábulas”, de forma intrigante e original, o autor Luiz Antonio Aguiar procura jogar luz sobre a enigmática vida de Esopo, a respeito da qual pouquíssimo se sabe.

Intercalando e criando paralelos entre algumas das mais conhecidas fábulas do narrador grego com a história de sua vida, o autor cria um livro que interessará tanto aqueles familiarizados com as fábulas de Esopo quanto os que entram em contato com sua obra pela primeira vez.

Para se debater em sala de aula, há várias sugestões. Esta história permite trabalhar temas como fábulas, tradição oral, história e imaginação. Discuta com os alunos o conceito de fábula e suas características enquanto gênero literário (por exemplo, a presença de animais antropomorfizados ou a existência de uma “moral da história”). Apesar de Esopo ser possivelmente seu mais conhecido autor, existiram outros escritores que também se dedicaram a esse gênero (como Jean de la Fontaine). Os alunos conhecem algum outro? Sob certos aspectos, é possível dizer também que o autor cria uma biografia de Esopo, isso é, um relato sobre sua vida, apesar de existirem poucas informações sobre ela? Debata com os alunos sobre a função e relevância das biografias.

“Esopo — Liberdade para as Fábulas”, de Luiz Antonio Aguiar, com ilustrações de Márcia Széliga. Editora Escarlate, 80 páginas, R$ 35,00.

Baleias e pônei passeando pelo blog

02 de outubro de 2017 0
Divulgação, Vale das Letras

Divulgação, Vale das Letras

O Dia das Crianças está chegando. E todo mundo sabe que livro é um bom presente, afinal, livros ajudam no desenvolvimento, no conhecimento e ainda divertem. E se os personagens forem bichos, então, os olhinhos da criançada brilham. Por isso, o Blog do Aldo indica dois livros com essas características. Continue lendo.

O livro “As Baleias Brincalhonas”, de Daniella Mello (Editora Vale das Letras, 16 páginas, R$ 12,90), conta que nos mares do polo Norte vivem as baleias Bia e Toni. Elas passam os dias fazendo piruetas, nadando com outros animais marinhos e caçando. Certo dia, uma misteriosa vista tira o sossego das baleias. Será que algum perigo se aproxima?

“A Transformação de Hannah”, de Luziane F. de Gasperi (Editora Vale das Letras, 16 páginas, R$ 12,90), conta a história de uma pônei bem vaidosa. Ela costuma acordar cedo para pentear e arrumar seus cabelos. Até que um dia ela nota as inevitáveis mudanças de aparência na idade adolescente. E agora, o que seus amigos vão pensar dela? Como lidar com isso?

Os dois livros, indicados para crianças a partir dos quatro anos, permitem o desenvolvimento em habilidades em leitura, imaginação, criatividade e estímulo visual.

Divulgação, Vale das Letras

Divulgação, Vale das Letras

Desdobrando a diversão na fazenda e com dinossauros

28 de setembro de 2017 0
Divulgação

Divulgação

A cada desdobrada, uma descoberta nova, um animal novo, uma rima nova. Estimular a imaginação, criatividade e a curiosidade das crianças são os objetivos principais da Editora Catapulta com seus novos livros: “Desfile de Dinossauros” (12 páginas, capa dura, R$ 29,90) e “Desfile na Fazenda” (12 páginas, capa dura, R$ 29,90).

Em páginas desdobráveis, cada livro conta, em rimas e versos, como o desfile se formou. A criança, entretida, vai querer saber quem é o próximo na fila. Será que é o gato? O ratinho? Para descobrir, é muito fácil: é só desdobrar mais uma vez!

Com muitas cores, a nova série da Editora Catapulta envolve todos os sentidos que a criança precisa desenvolver, principalmente a coordenação motora com o ato de dobrar e desdobrar. Além do enredo bastante divertido, o dorso de cada página traz o nome de cada animal, ilustrando para o leitor quem é quem na fila. Confira mais informações sobre cada versão:

Desfile na Fazenda

Com uma variedade maior de animais, esse desfile conta com 21 bichinhos. Até o fazendeiro caiu na gandaia e ajudou na festa. Diversas espécies em uma fila só mostrando que é possível ter amizade e se divertir independente de suas diferenças.

Desfile de Dinossauros
São 14 espécies de dinossauros que participam do evento. Uns monstrinhos agradáveis que mostram a felicidade de participar da festança com seus amigos. Com direito a tambor, trompete e sanfona, todos os dinos marcham em um belo desfile.

Os dois livros, escritos por Thom Wiley e ilustrados por Benji Davies, já estão disponíveis nas principais livrarias de todo o Brasil, como Saraiva, FNAC, Livraria Cultura, Livrarias Curitiba, Leituras, Livraria da Vila, Travessa, Argumento, entre outras; além de lojas de brinquedos educativos.

Divulgação

Divulgação

Ternura no livro "Minhas Duas Avós"

27 de setembro de 2017 0
Divulgação

Divulgação

A Pólen Livros e a Editora Estratosfera se unem para trazer aos leitores o livro “Minhas Duas Avós”, de Ana Teixeira, com ilustrações dela e de seus netos Bruno e Tomás. Voltado para o universo infantil, a obra está disponível em versão impressa pela Pólen Livros e em e-book pela Editora Estratosfera.

O enredo da publicação se desenvolve a partir da observação dos próprios netos sobre Ana e Paula, as avós da história e da vida real. A autora Ana Teixeira conta a história de duas mulheres muito diferentes, que vivem juntas na Casa das Formigas — um universo lúdico de imagens de avós que todos nós gostaríamos de ter. Os desenhos dos meninos interagem com fotos da escritora dos ambientes em que a história se desenrola. As diferenças entre as personagens reforçam a mensagem do livro que tem objetivo de mostrar como somos iguais em nossas peculiaridades.

A edição impressa traz um espaço para que as crianças respondam à sua maneira à pergunta: “Quem é igual, afinal?” Já no digital, o público encontrará animações, áudio da narração e audiodescrição, em uma versão inclusiva e divertida.

“Minhas Duas Avós”, de Ana Teixeira, com ilustrações da autora e de seus netos Bruno e Tomás. Pólen Livros e Editora Estratosfera, R$ 35,00.

Escritor explora onomatopeias de forma inusitada

25 de setembro de 2017 0
o sapato-pato de pablo

Divulgação, SM

As amizades às vezes nascem de estranhas coincidências. Foi o que aconteceu com Pablo, personagem do livro “O Sapato-pato de Pablo”, de Marcelo Jucá, quando o menino viajou com os pais para um hotel-fazenda. Em meio à natureza e a tantos animais, ele se encantou com uma pata. O problema é que ela não estava nem aí para ele. Mas, ao enfiar o pé na lama, o garoto descobriu um jeito diferente e muito divertido de se comunicar com a ave.

Explorando onomatopeias e elencando uma série de bichos da fazenda, o livro — cujo texto foi finalista do 11º Prêmio Barco a Vapor de Literatura Infantil e Juvenil (2015) — aborda as relações familiares e o convívio com os animais com um argumento muito criativo e recheado de toques de humor e ternura.

Com um protagonista para lá de simpático, muito próximo do leitor em sua curiosidade, nas tiradas, na imaginação, na alegria de viver e até mesmo nas manhas e birras, o livro tem tudo para encantar as crianças, suscitando empatia e despertando o prazer pela leitura.

As ilustrações de Andréia Vieira, cheia de detalhes, com paleta atraente de cores e muito bem-humoradas, integram-se perfeitamente ao texto e desdobram sentidos narrativos.

“O Sapato-pato de Pablo”, de Marcelo Jucá, com ilustrações de Andréia Vieira. Edições SM, 40 páginas, R$ 38,00.

A noite chegou… e o sono não vem — um livro para crianças sobre a hora de dormir

05 de setembro de 2017 0
Divulgação, Franco

Divulgação, Franco

Divulgação

Divulgação

Amiguinhos que moram em Curitiba ou que estejam de viagem marcada para lá, vou deixar um convite: participar do lançamento do livro “A Noite Chegou… e o Sono não Vem”  é o mais novo livro da escritora (e minha amiga) Ana Rapha Nunes (foto), a qual dedica-se à literatura infantojuvenil. O personagem principal da obra é um garoto de cinco anos, o Dudu, que tem dificuldades para dormir.

A obra apresenta o universo infantil e a imaginação, algo tão aflorado nessa faixa etária. Além disso, valoriza a importância das histórias antes de dormir, o que seria um primeiro contato das crianças com a literatura.

Esse livro será apresentado ao público na tarde de lançamento e autógrafos, que ocorrerá no próximo dia 16, na Livraria A Página, no Shopping Cidade, em Curitiba, das 15h às 17h.

Sobre a autora

Ana Rapha Nunes nasceu no Rio de Janeiro e, ainda criança, mudou-se com a família para Curitiba. Atualmente, dedica-se à literatura para crianças e jovens, já tendo exercido por mais de dez anos a função de docente de Língua Portuguesa. Atuou também na formação de professores, partilhando distintas práticas pedagógicas. “A Noite Chegou… e o Sono não Vem” é o seu quarto livro, sendo autora da obra “Mariana”, a qual aborda o maior desastre ambiental do Brasil e está na 6ª edição em um ano, sendo trabalhada em várias escolas do País.

“A Noite Chegou… e o Sono não Vem”, de Ana Rapha Nunes, com ilustrações de Paula Kranz. Franco Editora12 páginas, R$ 26,00.

 

 

 

(Franco, 12 p. $26)