Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Literatura Infantojuvenil"

No Ninho da Coruja

05 de abril de 2016 2
Divulgação, Mundo Mirim

Divulgação, Mundo Mirim

O livro “No Ninho da Coruja”, de Manuel Filho, conta que, tal como a Rainha Branca de “Alice Através do Espelho”, Leandro também quer pensar em seis coisas impossíveis no mundo. O problema é que o garoto, que vive acompanhado de seu amigo imaginário – uma coruja inteligente e meio atrapalhada –, não consegue se lembrar sequer de uma coisa impossível.

Nesta obra, Manuel Filho propõe ao leitor que, junto com Leandro, questione a vida, os acontecimentos e os possíveis porquês de as coisas serem como são.

Ética, pluralidade cultural, meio ambiente, trabalho e consumo são os temas transversais que podem ser explorados ao se trabalhar a obra com a criançada.

“No Ninho da Coruja”, de Manuel Filho, com ilustrações de Márcio Baraldi. Editora Mundo Mirim, 40 páginas, R$ 29,90.

Contos de arrepiar revelados por Cora Coralina

31 de março de 2016 0
Divulgação, Global

Divulgação, Global

Quem não gosta de sentir aquele friozinho correndo a espinha quando se ouve uma boa história de assombração? Em “De Medos e Assombrações”, Cora Coralina nos faz voltar no tempo para a época em que as almas do outro mundo faziam procissões ou retornavam para dizer onde estava o pote de ouro.

São seis contos intrigantes publicados anteriormente nas obras “O Tesouro da Casa Velha” (6ª edição, Global Editora) e “Estórias da Casa Velha” (14ª edição, Global Editora): “As capas do diabo”, “O capitão-mor”, “Medo”, “O corpo delito”, “Candoca” e “Procissão das almas”. Cada um deles ilustrado por Rogério Soud, artista premiado que, nesta obra, corroborou, por meio de seus desenhos, com o suspense assustador de cada uma dessas histórias de arrepiar.

“O capitão-mor, mestre de campo, tinha desaparecido, misteriosamente, da cidade. Ninguém sabia dele [...]
[...] Algum crime?… Alguma vingança?… Alguma emboscada?… [...]
[...] Um século mais tarde, na Cidade de Goiás [...]”

No início da obra, a ilustração de um oratório, para o leitor fazer as suas preces antes de começar a leitura e, no final, outro, para o leitor conseguir dormir sossegado!

“De Medos e Assombrações”, de Cora Coralina, com ilustrações de Rogério Soud. Global Editora, 64 páginas, R$ 39,00.

A Lua que eu te dei

29 de março de 2016 0
a lua que eu te dei

Divulgação, Appris

Ana Rapha Nunes, escritora carioca radicada em Curitiba, colocou no mercado o livro “A Lua que eu te Dei…”, pela Editora Appris. O trabalho, seu primeiro romance, é uma história de amor que mostra os conflitos e os dilemas vividos por um casal de crianças que chegam à adolescência. Os joinvilenses terão a oportunidade de conhecer a escritora nos dia 9 e 10 de abril, durante a Feira do Livro de Joinville.O livro não é inspirado em uma história real, mas conta com diversos elementos daquilo que vivenciamos. Nisto, o enredo torna-se interessante não apenas para jovens e adolescentes, mas também para o público adulto.

A obra fala sobre uma bela amizade, uma doce infância, a Lua como presente. Bebel e Luan são amigos inseparáveis, desde o tempo das fraldas. Mas agora que cresceram surgem mudanças o tempo todo. Novos sonhos, novos amigos, novas histórias. Será que o sentimento deles sobreviverá a essa nova fase?

Luan seria capaz de tudo para provar o seu amor por Bebel? Quem não gostaria de ter a Lua ao alcance das mãos? E provar o sabor das estrelas? Será que Bebel resistirá a essa prova de amor?

Sobre a autora

Com aulas saborosas e prêmios, Ana Rapha, assim carinhosamente chamada pelos seus alunos, é uma professora que conquista pelo seu modo diferente de ensinar a língua portuguesa.

Além de professora do ensino fundamental II, ela acumula outras experiências: é professora universitária, formando docentes para ensinarem com criatividade, e já foi coordenadora de área, tendo capacitado profissionais, criado materiais didáticos, projetos literários e avaliações diferenciadas.

Apaixonada por cores e letras, adora apreciar um belo pôr do sol, saborear um delicioso chocolate ou dedicar-se a uma leitura. Além de escrever, adora viajar, por livros e por lugares desconhecidos, gosta de poesia e aprecia a natureza. A “Lua que eu te Dei…” é o seu primeiro romance, outros já estão a caminho. Tem realizado palestras e bate-papos em escolas de Curitiba e região, conversando com os alunos sobre leitura.

Ana Rapha é membro da Associação de Escritores e Ilustradores de Literatura Infantil e Juvenil (Aeilij) e tem uma coluna semanal, na qual publica crônicas, chamada A vida por Ana Rapha, no blog Faroeste Literário.

Recentemente, participou do programa de tevê “Vida em Ação”, apresentado por Cecília Comel, no canal Evangelizar, e também do programa “Negócios da Terra”, exibido na rede Massa. Também participou de uma entrevista para a Rádio Jornal (Recife – Fm 90.3). Há pouco tempo, participou do programa de rádio “Boa da Pan” (rede Jovem Pan). Seu livro tem sido alvo de várias resenhas feitas por blogueiros de todo o País.

O livro, ilustrado por Raphaela Athayde, pode ser comprado no site da editora (http://www.editoraappris.com.br/produto/a-lua-que-eu-te-dei), nas Livrarias Cultura ou diretamente com a autora (nesse caso, você poderá pegar uma cópia autografada) em contato via página do Facebook (https://www.facebook.com/escritoraanarapha) ou pelo e-mail escritora.anarapha@gmail.com.

A autora Ana Rapha Nunes está disponível para entrevistas, palestras e eventos literários. O telefone é (41) 9931-0621.

Todo mundo é misturado

22 de março de 2016 0
Divulgação, Escarlate

Divulgação, Escarlate

Pablo, o novo menino da classe de Júlia, é boliviano. Curiosa, ela logo quer saber mais sobre ele, mas seus colegas de classe não têm uma opinião tão favorável sobre o aluno novo que veio de longe. Uma série de mal-entendidos e palavras trocadas em português e espanhol armam um cenário nada amigável para Pablo. Será que Júlia conseguirá ajudar o novo amigo e fazer todos entenderem que, no fundo, somos todos “misturados”?

No livro “Todo Mundo é Misturado”, a autora Beth Cardoso traz de forma leve e bem-humorada temas como a tolerância e o respeito a diferentes línguas e culturas. Por meio da convivência entre Júlia e Pablo, a autora aborda tanto a relação do Brasil com culturas latino-americanas quanto a formação da nossa própria identidade por meio dos diversos povos e culturas que imigraram para o Brasil.

A história permite trabalhar temas como amizade, identidade, geografia e convivência social.

“Todo Mundo é Misturado”, de Beth Cardoso. Editora Escarlate, 108 páginas, R$ 28,70.

Poemas para brincar com Manuel Bandeira

21 de março de 2016 0
Divulgação, Global

Divulgação, Global

Em Pra Brincar, Manuel Bandeira faz um convite às crianças: conhecer a poesia por meio das brincadeiras com as palavras. São doze poemas acompanhados pelos traços artísticos de Cláudia Scatamacchia, que reavivam as recordações da infância. Entre eles estão “Pardalzinho”, “Lenda Brasileira”, “Na Rua do Sabão”, “Trem de ferro”, “Porquinho-da-Índia” e “Vozes da Noite”.

Bandeira soube, como poucos escritores de sua geração, captar os aspectos mais simples do cotidiano, resgatar em seus versos a cultura popular, o humor e dar a eles linguagem coloquial, musicalidade, ritmo, sonoridade e lirismo.

Possibilitar o contato com os clássicos da literatura o mais cedo possível é quebrar o preconceito de que o clássico é sinônimo de velho, quando é, na verdade, algo que o tempo eternizou, certamente, por algum valor especial.

Café com pão
Café com pão
Café com pão

Virgem Maria, que foi isto maquinista?

Agora sim
Café com pão
Agora sim
Café com pão

[...]

(Trecho de “Trem de Ferro”, de Manuel Bandeira.)

“Pra Brincar”, de Manuel Bandeira, com ilustrações de Cláudia ScatamacchiaGlobal Editora, 32 páginas, R$ 39,00.

Balada do Velho Chico

17 de março de 2016 0
Divulgação, Autêntica

Divulgação, Autêntica

“Na Serra da Canastra nasce o Velho Chico, olhinho d’água no Chapadão da Zagaia brotando aos borbotões.
De pedra em pedra o rio menino saltita com o sorriso de quem já se sabe rio, rio-mar, Opará!”O São Francisco, um dos rios mais importantes do Brasil, cujo nome indígena é Opará ou Pirapitinga e o apelido carinhoso, Velho Chico, é homenageado no livro “Balada do Velho Chico”, de Raimundo Carvalho. A obra traz histórias e paisagens do rio e de suas populações ribeirinhas. Há milhares de anos fonte de vida e riqueza, sua história recente é também a história do sofrimento de um rio.

Verdadeira declaração de amor ao Velho Chico, foi desenvolvido em parceria com o Centro de Pesquisas e Experimentação de Sistemas Multimodais da Fundação Rodrigo de Melo Franco de Andrade, da UFMG, sob o patrocínio da Hidroex/Unesco.

“Balada do Velho Chico”, de Raimundo Carvalho, com ilustrações de Demostenes Vargas. Autêntica Editora, 48 páginas, R$ 35,00.

"Titus e as Galinhas" em duas línguas

16 de março de 2016 0
Divulgação, Kapulana

Divulgação, Kapulana

“Titus e as Galinhas” (em inglês, “Titus and the Hens”) é uma obra bilíngue, em um só volume, criada pelo escritor e roteirista Aurélio de Macedo e publicada pela Editora Kapulana. Originalmente em português, o livro foi cuidadosamente traduzido para o inglês por Lucia Weg Fernandez, e ilustrado com maestria por Amanda de Azevedo.No livro, Titus, um menino muito curioso, mora na cidade grande. Entretanto, ele se muda para o interior, onde é surpreendido com coisas que nunca havia visto antes: novos animais, novas plantas e novas comidas. Com habilidade e graça, o autor incentiva os pequenos leitores a viverem incríveis descobertas e emocionantes aventuras todos os dias.

“Aprendeu a andar descalço no quintal. Ajudou a plantar um pé de abacate, um pé de café, outro de canela, uma laranjeira, um limoeiro e um pé de urucum.
Quando o urucum rachava a casca, Titus amassava as sementes, pintava o corpo e virava curumim o dia inteiro.”

As crianças mais jovens podem contar com uma leitura compartilhada com adultos, e as mais velhas podem fazer uma leitura independente. Além disso, são duas versões – em português e em inglês – que caminham juntas no mesmo volume: ao abrir o livro de um lado, está a história em português e, ao abri-lo de outro, está a história em inglês.

Para saber mais sobre o título e ler alguns trechos, acesse: http://www.kapulana.com.br.

“Titus e as Galinhas” (“Titus and the Hens”), de Aurélio de Macedo, com ilustrações de Amanda de Azevedo e tradução para o inglês de Lucia Weg Fernandez. Editora Kapulana, 36 páginas, R$ 32,90.

O cachorro perdido

15 de março de 2016 0
Divulgação, Brinque-Book

Divulgação, Brinque-Book

Na história “O Cachorro Perdido”, de Guido van Genechten, um cãozinho está aflito: ele se perdeu de seu dono! A tarefa dos leitores vai ser ajudar a encontrá-lo no meio da multidão. Ele usa sapatos pretos, grandes e com cadarços e meias vermelhas com bolinhas brancas… Por meio de sutis pistas, a história indica aos pequenos leitores a identidade e a aparência do dono desaparecido.

Esta delicada história convida os pequenos leitores a exercitarem o senso de observação a fim de descobrirem a identidade do dono desaparecido, que se encontra no meio da multidão. Um exercício interessante é sugerir aos alunos que descrevam um colega de classe ou um conhecido por meio de suas características e vestimentas.

Este livro permite trabalhar temas como: animais de estimação, amizade e humor.

“O Cachorro Perdido”, de Guido van Genechten, com tradução de Camila Werner. Editora Brinque-Book, 28 páginas, R$ 35,00.

Paciência e sua Turma

14 de março de 2016 0
Divulgação, Boa Nova

Divulgação, Boa Nova

Como falar com as crianças sobre assuntos como os pecados ou os defeitos e qualidades do ser humano? No livro “Paciência e sua Turma”, de Rose Mary Alves, a Professora Paciência ensina de maneira simples e descontraída aos pais, alunos e educadores a importância da mudança de atitudes e comportamentos negativos prejudiciais aos pequenos.Durante uma aula, a sábia professora resolve conversar com seus sete alunos: Gula, que só comia; Preguiça, que não gostava de fazer nada; Egoísmo, o amigo muito bonito que não pensava em ninguém; Vaidade, também muito bonita, e sua irmã gêmea, a Avareza, que não doava nada a ninguém; a muito inconveniente e metida Inveja; e o arrogante Orgulho.

A professora explica a cada uma das crianças as respectivas virtudes que, logo que adquiridas e trabalhadas, farão delas pessoas melhores.

O livro aborda o tema com uma linguagem simples e descontraída, além de encantar os leitores com graciosas ilustrações. A obra convida todos a refletirem sobre as atitudes e comportamentos e, com persistência e paciência, mudá-las.

“Paciência e sua Turma”, de Rose Mary Alves. Editora Boa Nova, 24 páginas, R$ 9,90.

Alice no País da Poesia

11 de março de 2016 0
Divulgação, Peirópolis

Divulgação, Peirópolis

No livro “Alice no País da Poesia”, de Elias José, a personagem Alice, de Lewis Carroll, é “flagrada” no momento em que descobre o mundo das palavras enquanto vivia no “país das maravilhas”.Esse é o ponto de partida do autor para alinhavar os 33 poemas repletos de lirismo e encantamento, em imagens que remetem a grandes textos da literatura universal.

O leitor continua em companhia de Sherazade, Peter Pan e Dom Quixote, além de um séquito de fadas e feiticeiras, duendes e sereias, reis e rainhas, príncipes e princesas, pássaros e cavalos mágicos.

Confira o “currículo” do livro:

  • Selecionado para o Programa Nacional Biblioteca na Escola (PNBE) – 2011.
  • Selecionado pela FNLIJ para o Acervo Básico 2010 / categoria poesia – Produção 2009.
  • Selecionado para o Programa Minha Biblioteca 2010.
  • Selecionado para o Catálogo de Bolonha 2010 – FNLIJ’s selection 47ª Bologna Children’s Book Fair 2010 – Categoria Poesia.
  • Selecionado pela Unesco, CBL e Imprensa Oficial de São Paulo para o Guia de Leitura do IAB – Instituto Alfa e Beto (2010).
  • Incluído entre os 30 melhores livros infantis lançados em 2009, segundo 35 especialistas convidados pela revista “Crescer” para fazer a lista.

“Alice no País da Poesia”, de Elias José, com ilustrações de Taisa Borges. Editora Peirópolis, 56 páginas, R$ 37,00.