Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts do dia 29 agosto 2007

E o Inter também...: Copa do Brasil 1992

29 de agosto de 2007 3

Por uma coincidência de tabela, hoje o Internacional também enfrenta um clube contra o qual decidiu (e venceu) um título de Copa do Brasil. Foi contra o Fluminense que, em 1992, o Colorado conquistou seu triunfo único na competição ao bater por 1×0 no Beira-Rio, após levar 2×1 nas Laranjeiras.

A então promessa Caíco (que nunca vingou), foi autora do decisivo gol como visitante no Rio de Janeiro. Coube ao capitão Célio Silva o gol do título em Porto Alegre, pênalti aos 42 minutos da etapa complementar, garantindo o quarto título nacional do Internacional.

Marquinhos, o ídolo Maurício, o goleiro paraguaio Fernández e o falecido centroavante Gérson eram os grandes jogadores daquele time treinado por Antônio Lopes. O restante do time era bastante limitado, mas fez resultados excepcionais, como um 4×0 sobre o Corinthians no Pacaembu, 2×0 sobre o Palmeiras em pleno Palestra Itália e eliminar o arquirrival Grêmio nos pênaltis nas quartas-de-final por 3×0, depois de dois empates em 1×1.

Veja abaixo um resumo da campanha colorada:

Postado por Alexandre Perin

Há 18 anos...Grêmio campeão da Copa do Brasil!

29 de agosto de 2007 3

Nesta quarta-feira o Grêmio enfrenta o Sport em Recife pelo Brasileirão. Alguns ainda se lembram que foi justamente contra o time pernambucano, em 1989, que o tricolor obteve o primeiro de quatro títulos da Copa do Brasil.

Na época o torneio era bastante desprestigiado pela CBF e sobretudo pela imprensa, mas valia vaga na Libertadores e o Grêmio aproveitou. O ponto forte da campanha foi um histórico 6×1 sobre o Flamengo nas quartas-de-final. Assis (o irmão de Ronaldinho), era o grande destaque técnico do time, mas Cuca, o então veterano zagueiro Edinho e Paulo Egídio eram outros jogadores afirmados na equipe.

Após um modorrento 0×0 em Recife, o tricolor saiu na frente com um gol de Assis no Olímpico. Então o veterano goleiro Mazaropi leva um frangaço, gol contra em escanteio e empatando o jogo em 1×1. No segundo tempo, Cuca (sim, o treinador do Botafogo), desempata e garante a conquista.

As imagens estão péssimas (quem tiver melhor, mande o link!), mas esta é a reportagem do Globo Esporte do dia seguinte:

Postado por Alexandre Perin