Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Quem ri por último, ri melhor

16 de setembro de 2007 1

Quarta-feira, 21 de junho de 2007. Na Final da Libertadores, um esforçado Grêmio enfrentou o multicampeão Boca Juniors, de Riquelme, Palermo e Palacios. No primeiro jogo, um 3×0 para o Boca em Buenos Aires deixou a reação quase impossível no Olímpico.

Por sete dias, a torcida do Grêmio mostrou sinais e uma fé inequívoca, de que empurraria o time até o fim e acreditava em uma reação. Porém o Boca não quis saber de conversa. Em uma atuação taticamente perfeita do time argentino e um show particular de Riquelme, um 2×0 em pleno Olímpico sepultaria as pretensões tricolores do tricampeonato da América. Fim do sonho, volta à realidade. E dê-lhe gozação dos colorados.

Vocês estão se perguntando: tá, e o Gre-Nal? O que uma coisa tem a ver com a outra? Pois bem, quatro dia depois, um desmantelado Grêmio (que perdeu Teco, Tuta e Tcheco lesionados na decisão continental) enfrentaria o Inter no Beira-Rio pelo Brasileirão. Atual campeão da América e Mundial, o Colorado fazia péssima temporada, com fiasco no Gauchão e Libertadores e início ruim no Brasileiro. Ele só havia brilhado no título da Recopa, garantindo a inédita Tríplice Coroa para o clube.

Outra vez, Mano Menezes ganhou a batalha tática dos técnicos, superando Alexandre Gallo jogando com um lateral no meio-campo. Contando com uma grande atuação de Lúcio e outra de Diego Souza, e muitas falhas de Iarley e Clemer, o Tricolor bateu o Colorado em pleno Beira-Rio por 2×0. O placar foi injusto, se o Inter merecia melhor sorte no primeiro tempo, nos minutos finais o Grêmio perdeu várias chances de ampliar o marcador.

Os gols: Logo no início do jogo, Lúcio aproveitou erro de Clemer e fez um golaço, 1×0. Na etapa complementar, foi a vez de Índio errar e Diego Souza chutar forte para ampliar, 2×0. E aqueles mesmos tricolores, que passaram 11 dias de inferno com as gozações dos colorados, deram o troco.

De alma lavada, os gremistas tripudiaram sobre o arquirrival e comemoraram a vitória como visitantes, repetindo a comemoração do título gaúcho de 2006. Aos colorados, lamentos sobre o segundo tempo desastroso e os incontáveis erros do técnico Gallo.

Veja o compacto do último Gre-Nal, vitória do Grêmio:

Comentários (1)

  • Mariane Batista diz: 16 de setembro de 2007

    Dá-lhe Grêmio…

    Lembro daquela frase: Na bombonera o velório, no Olímpico o enterro e no Beira Lago a ressureição…

    Hehehehe

Envie seu Comentário