Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 29 setembro 2007

O Juventude já foi rebaixado sim!

29 de setembro de 2007 5

A imprensa tem insistido no fato do Juventude estar há 12 anos na primeira divisão do Brasileirão e que isto pode terminar este ano, já que o alviverde faz péssima campanha no Brasileirão e está em penúltimo lugar.

É verdade que desde 1995, o time de Caxias do Sul tem disputado a Série A da principal competição nacional. Mas o Juventude já foi rebaixado em 1999, quando terminou rebaixado ao lado de Gama, Botafogo-SP e Paraná.

Foram apenas 5 vitórias em 21 jogos, totalizando somente 22 pontos na campanha de 1999. Logo depois do título histórico da Copa do Brasil, o Juventude desandou e terminou com esta campanha ridícula. Porém não precisou disputar a Segundona por causa de uma virada de mesa (felizmente a última da história até o presente momento).

Em 2000, o Ju só não disputou a Segunda Divisão por causa de mais uma arbitrariedade do STJD (novidade, heinhô Batista?…). Por deciões do sr. Luiz Zveiter em prol do Botafogo (seu time do coração), o Gama foi prejudicado e acabou na Série B.

O time de Brasília entrou na Justiça Comum e ganhou em todas as instâncias. Para resolver o impasse, a CBF entrou em %22acordo%22 e fez a %22Copa João Havelange%22, e aproveitou para subir os times queridos que estavam na Série B: Fluminense, Bahia, mais o Gama, o Botafogo-SP e o próprio Juventude. Não me perguntem porque o Paraná foi o único que teve de disputar a Série B que eu não sei.

Em 95, 97, 2002 e 2004, o time de Caxias fez ótimas campanhas e ficou entre os melhores times da competição. Porém em outros anos o Juventude não foi bem: 1998 (quando se salvou em um golaço de Marcos Senna quase do meio-campo), 2001, 2003, 2005 e 2006, quando namorou a zona de rebaixamento por um bom tempo.

Um vídeo para lembrar uma das maiores vitórias do Juventude, um impedoso 6×1 no poderoso Corinthians, causando a demissão do técnico Geninho:

Postado por Alexandre Perin