Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Os ingleses e os grupos fascistas no futebol

04 de outubro de 2007 7

O futebol inglês ficou por muitas décadas marcado pela violência. As maiores tragédias causadas por brigas de torcedores ocorreram em gramados ingleses e a visão de skinheads fascistas sempre foi uma tônica na representação destes grupos violentos, chamados hooligans. Porém nem todos os grupos de hooligans ingleses tem vinculações com grupos fascistas de direita.

The Muckers - Torcida neonazista inglesa do modesto Blackpool

Muitos eram de minorias (os Zulus , do Birmingham City, eram compostos essencialmente de negros), e tinham como bases apenas a incitação à violência, necessidade de auto-afirmação pessoal e a vontade de promover desordem pública. O  Red Army , do Manchester United era o mais numeroso deles, mas os grupos do Liverpool também se enquadravam neste estilo.

Entretanto, outros grupos tinham bases ideológicas fascistas, xenófobas e racistas. Torcedores do Blackpool (um obscuro time da terceira divisão inglesa), conhecidos como  Muckers (foto) , tinham sólidas relações com grupos neo-nazistas ingleses e por duas décadas aterrorizaram a Inglaterra em jogos da segunda e terceira divisão.

Já a torcida do Milwall, time médio da Inglaterra, ficou famosa mundialmente por sua torcida organizada violenta e de direita.  The Bushwackers por anos assolaram o país em choques contra a Polícia ou outras torcidas. Sua rivalidade com a  Inter City Firm , do West Ham United, se tornou mundialmente famosa no filme  Hooligans , com Elijah Wood.

Com times medíocres com resultados ruins e sem títulos expressivos, torcedores do West Ham e Milwall descontavam suas frustrações em brigas monumentais, sobretudo fora dos estádios. A diferença é que o Milwall tem histórico político de ultra-direita, enquanto a torcida do West Ham não tem esta tradição e inclusive tem alguma influência de esquerda..

Porém, o grupo de extrema-direita mais famoso do futebol inglês foi o  The HeadHunters . Do rico e xenófobo bairro de Chelsea, os torcedores do time londrino tinham vinculação formal com a Ku-Klux Khan, notório grupo racista, e com o Combat 18, grupo neonazista inglês. O líder dos  Headhunters , Jason Marriner, foi detido e condenado após uma reportagem investigativa na BBC.Vejam imagens de um conflito de 1993 contra os torcedores judeus do Tottenham Hotspurs:

SÉRIE ESPECIAL DO ALMANAQUE ESPORTIVO SOBRE O FASCISMO NO FUTEBOL:

- Iugoslávia: Futebol e fascistas: uma relação antiga na Iugoslávia

- Inglaterra: Os ingleses e os grupos fascistas no futebol

- Itália: Ultras: uma tradição italiana de violência

Comentários (7)

  • Sebastian Agostini diz: 5 de outubro de 2007

    Parabéns vcs é dos poucos que acompanha o Verdadeiro Futebol e sua Paixão dentro e Fora da Cancha, e não fala bobagens sem o menor conhecimento de causa! Faltou os Facistas do “M CITY”!Sugestão Barra-Bravas do Mercosul! Geral do Grêmio SEMPRE alentar para o Grêmio e SÓ ISSO! NOSSO UNICO AMOR!!!

  • Mariane Batista diz: 5 de outubro de 2007

    Depois de tantas felicitações… só posso dar os parabéns também!!!

    Perfeitas as colocações !!! :D

  • Cleiton dos Santos diz: 5 de outubro de 2007

    Perin, recomendo o filme The Football Factory, esse sim um filme sobre hooligans. O do Elijah Wood é muito hollywoodiano. Aliás, depois do filme, o ator principal Danny Dyer correu o mundo fazendo reportagens sobre torcidas (esteve inclusive no jogo Grêmio x Flamengo ano passado. Abraço

  • Lucas Winckler diz: 4 de outubro de 2007

    Parabéns pelo trabalho cara, geralmente na nossa imprensa o espaço é cedido a pessoas que além de não vivenciarem a “bancada”, não se dão o trabalho de correr atrás de informações sérias, colocando sua opinião totalmente desembasada.

  • Cleiton dos Santos diz: 5 de outubro de 2007

    Outra coisa Perin: sobre as marcas de roupa Hooligan e Barra-Brava. São apenas marcas de roupa, só isso. O tal do delegado “superstar” já alegou que quem usa a roupa é nazi etc. Pela visão dele, se eu usar uma camisa do Mayhem vou sair por aí queimando igrejas, não é? :P

  • Daniel Machado diz: 9 de agosto de 2012

    Excelente texto. Estou relendo ele hoje. Tens mais informações sobre essa torcida neonazista do Chelsea? Como eles reagiram quando o técnico era Avram Grant?
    A rivalidade entre Chelsea e Tottenham chega a ser maior e mais vilenta que entre Spurs e Arsenal?

    EDITADO: não sei se hoje eles tem esta força… E é menor, o Tottenham é o maior.
    -

  • Derick diz: 20 de dezembro de 2012

    Como vc pode dizer que o Blackpool é UM TIME obscuro????? que base vc tem nisso????? sorte sua que quem lê esse seu blog são as mesmas pessoas que assistem novela das 6, na globo, e depois vão comentar com os amigos o que aconteceu no big brother de ontem. Ótimo, vc tem seu público, agora por favor, nunca, eu disse NUNCA fale mal dos hooligans ou do futebol ingles, vc não sabe 1 terço do que é ser um hooligan. Ou melhor, vc nem sabe o que são hooligans, vc é mais um que assistiu as repostagens do fantastico ou do gugu a respeito do assunto, resumindo, vc é um incopetente e um BOSTA, aquela BOSTA que tá na agua uma hora alguém vai dar descarga. Seu merda, comedor de merda, YOU ASSHOLE!

Envie seu Comentário