Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Senna revoltado com direção de prova - GP DO JAPÃO DE 1990

03 de abril de 2008 4

Uma cena que pouca gente conhece envolvendo Nélson Piquet e Ayrton Senna na Fórmula-1. Eu mesmo só soube semana passada, por indicação do editor do ClicRBS Juliano Schüler.

Este é o briefing do GP do Japão de 1990, o primeiro após a corrida complicada de 1989, quando Senna foi desclassificado e perdeu o título por ‘cortar a chincana’ após o choque proposital de Alain Prost no GP do Japão.

Durante o transcurso da reunião, que acontece sempre antes de cada GP, Senna fica revoltado com os diretores japoneses, submissos às pressões da FIA e sai da reunião revoltado.

Pior: depois disto, o presidente da FIA Jean-Marie Balestre (ex-nazista e que morreu esta semana) exige que o pole-position (Senna) largue na parte suja da pista, beneficiando o segundo colocado Alain Prost. O resto é história: Prost consegue mais tração e sai na frente, e na primeira curva Senna bate de propósito em Prost e se sagra bicampeão mundial de Fórmula-1.

Vou traduzir o diálogo:

Diretor de Prova: - A corrida terá 53 voltas. Quem passar reto na chincana tem de voltar pelo traçado original.

Nélson Piquet: - Porquê não fica assim a medida de segurança: Se você passar reto, um fiscal de pista te interrompe. Caso não tenha tráfego, você fica livre para seguir pela chincana e retornar ao traçado. Pois dar meia-volta e entrar na contra-mão, com carros vindo na outra direção, é muito mais perigoso. Se outro carro vier e também errar a freada, vai bater em você.

Diretor de Prova: - OK, todos concordam?

Pilotos: – Sim

Neste instante, Senna se levanta revoltado, falando diretamente para o Diretor de Prova.

Senna: – Não aceito isto. Não aceito isto, só pode ser piada. O que aconteceu ano passado foi uma piada. Esta mesma situação. Ele acabou de provar isto. Eu não falei nada, e vocês todos viram outra pessoa (Piquet), levantando exatamente este assunto e todos concordaram. Ano passado foi muito ruim para mim.

Furioso, Senna sai da reunião…

Vejam a cena desconhecida por muitos, inclusive por mim:

PARA RELEMBRAR A HISTÓRIA

A batida de Prost em Senna, Japão 1989:

O troco de Senna em Prost, Japão 1990:

Comentários (4)

  • Daniel diz: 4 de abril de 2008

    Senna e Inter: tetracampeões de fato, mas roubados no tapetão!

  • Breno diz: 3 de abril de 2008

    E hoje nós somos obrigados a ver estas nabas que se dizem pilotos e não sabem guiar um F-1 sem o controle de tração. Podem falar o que quiser, mas o Shumi foi o ultimo “romantico” e se ele voltar, da pau em todos que ai estão.

  • Carlos diz: 3 de abril de 2008

    bah velho, mto bom esse vídeo do senna revoltado com os caras.

  • Tiago Mendes diz: 5 de abril de 2008

    Baita achado!! muito legal!! Curioso como o Piquet e vários outros pilotos olham para o Senna enquanto o diretor pergunta se todos estão de acordo… No fundo todos eles sabiam que o ano anterior tinha sido uma grande palhaçada. E o Prost nem precisava daquilo, pois mesmo marcando zero pontos nessa corrida, a vantagem ainda era toda dele pro GP seguinte.

Envie seu Comentário