Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts do dia 14 maio 2008

Destaques do Brasileirão 2008: 1° rodada

14 de maio de 2008 1

Troféu %22Gol de Placa%22: a tabelinha entre Michael e Hugo, do Coritiba. Seis toques entre eles antes do 2° gol na vitória de 2×0 sobre o Palmeiras no Couto Pereira

Troféu %22Rapadura azeda%22: o inacreditável gol perdido pelo promissor Ramires, do Cruzeiro. Driblou o goleiro e chutou para fora, incrível. Menos mal que o Cruzeiro ganhou de 2×0 do Vitória no Barradão.

Troféu %22Zico%22: Sem dúvida, o placar de Futsal Portuguesa 5×5 Figueirense. A Lusa esteve ganhando por 5×2, mas o Figueira foi bravo e arrancou o empate.

Troféu %22Marco Boiadeiro%22: Para o mau futebol de Vasco da Gama e Atlético-MG, jogando com titulares contra reservas. O alvinegro carioca perdeu para o Internacional, enquanto o Galo conseguiu a proeza de empatar em casa com o reservaço do Flu.

Troféu %22Hein? Surpresa!%22: Para o bom e aplicado futebol do Grêmio na surpreendente vitória de 1×0 sobre o São Paulo em pleno Morumbi. O odiado técnico Celso Roth fez um ótimo trabalho e dominou completamente  Muricy Ramalho.

Troféu %22Márcio Rezende de Freitas%22: para o árbitro do jogo Portuguesa 5×5 Figueirense, que não deu duas penalidades claras para o Figueira.

Postado por Alexandre Perin

Repetir 2007 vale para o Internacional hoje

14 de maio de 2008 1

Um dos jogos mais atípicos do ano passado foi Sport 1×5 Internacional, pelo Campeonato Brasileiro. Gol contra, gol olímpico, trapalhadas do péssimo árbitro Djalma Beltrami (sim, ele mesmo da %22Batalha dos Aflitos%22 e de Paulista x Internacional), e uma chuva de gols do visitante sobre o mandante. É exatamente isto que os colorados imaginam repetir na noite de hoje, contra o Sport em Recife pelas quartas-de-final da Copa do Brasil 2008.

Aquela tarde de domingo na Ilha do Retiro foi tão esquisita que até o Pinga fez gol (e olímpico!). O Internacional saiu na frente, levou o empate e depois empilhou gols. Foi o melhor momento do então técnico Alexandre Gallo, que venceria o Atlético-PR no jogo seguinte, levaria 4×1 do Flu na rodada posterior e depois desandou até ser demitido.

Postado por Perin