Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Destaques do Brasileirão 2008: 1° rodada

14 de maio de 2008 1

Troféu %22Gol de Placa%22: a tabelinha entre Michael e Hugo, do Coritiba. Seis toques entre eles antes do 2° gol na vitória de 2×0 sobre o Palmeiras no Couto Pereira

Troféu %22Rapadura azeda%22: o inacreditável gol perdido pelo promissor Ramires, do Cruzeiro. Driblou o goleiro e chutou para fora, incrível. Menos mal que o Cruzeiro ganhou de 2×0 do Vitória no Barradão.

Troféu %22Zico%22: Sem dúvida, o placar de Futsal Portuguesa 5×5 Figueirense. A Lusa esteve ganhando por 5×2, mas o Figueira foi bravo e arrancou o empate.

Troféu %22Marco Boiadeiro%22: Para o mau futebol de Vasco da Gama e Atlético-MG, jogando com titulares contra reservas. O alvinegro carioca perdeu para o Internacional, enquanto o Galo conseguiu a proeza de empatar em casa com o reservaço do Flu.

Troféu %22Hein? Surpresa!%22: Para o bom e aplicado futebol do Grêmio na surpreendente vitória de 1×0 sobre o São Paulo em pleno Morumbi. O odiado técnico Celso Roth fez um ótimo trabalho e dominou completamente  Muricy Ramalho.

Troféu %22Márcio Rezende de Freitas%22: para o árbitro do jogo Portuguesa 5×5 Figueirense, que não deu duas penalidades claras para o Figueira.

Postado por Alexandre Perin

Comentários (1)

  • Hélio Sassen Paz diz: 16 de maio de 2008

    Alexandre,

    Não sei se tu puseste o nome do troféu de Marco Antônio Boiadeiro em função do insólito sobrenome-apelido do jogador ou se lembras de como ele jogava e consideravas ele ruim… ;)

    Boiadeiro tornou-se famoso no inesquecível Brasileirão de 1987 que terminou em fevereiro de 1988, com a melhor final de todos os tempos entre São Paulo x Guarani.

    O Bugre tinha um belíssimo time. Boiadeiro era, definitivamente, o cérebro daquele time. Depois, foi para o Cruzeiro.

    []`s,
    Hélio

Envie seu Comentário