Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Os tempos dourados da Fórmula-1: as 10 melhores ultrapassagens da história

27 de maio de 2008 2

O colega Daniel Dias, do ótimo blog “Fórmula-1“, postou uma foto que sintetiza o sentimento de que passou a acompanhar a Fórmula-1 de 1982 até 1993. Sentadinhos, um do lado do outro: Senna, Prost, Piquet e Mansell.

Este foi um período no qual os seguintes campeões brilharam: Niki Lauda, Alain Prost, Nélson Piquet, Ayrton Senna, Nigel Mansell e um novato Michael Schumacher.

Do tempo que a categoria máxima do automobilismo deixou de ser um “circo da morte” (em certo momento dos anos 70, um em cada 7 pilotos morria nas pistas) em carros frágeis e pistas vergonhosamente inseguras, com armadilhas da morte, literalmente.

E que tivemos pegas fenomenais dentro das pistas. Campeonatos decididos somente no último ponto, da última corrida. São os casos de 1984 e 1986. Polêmicas dentro e fora das pistas, como em 1989 e 1990. Temporadas com alternância de predomínio entre pilotos e equipes, como foi o início de 1991 com um passeio de Senna, a reação da Williams de Mansell no meio da temporada, e o equilíbrio na decisão do campeonato.

Era uma época que os pilotos coadjuvantes além de terem chances de ganhar provas eventuais, casos de Gerhard Berger, Riccardo Patrese, Michele Alboreto, Keke Rosberg ou ainda Thierry Boutsen

Em homenagem à mais legal categoria do automobilismo mundial, uma seleção com as 10 melhores ultrapassagens da história da Fórmula-1:

Comentários (2)

  • Carlos Henrique diz: 27 de maio de 2008

    Ah, Alexandre! Houve ultrapassagens muito melhores que essas daí na história! Se bem que todas aí foram muito bonitas mesmo! Mas não dizer que aquela guerra entre René Arnoux e Villeneuve no GP de Dijon, em 1978, foi a maior de todos os tempos é brincadeira!!!

    Abraços!

  • Leonardo diz: 29 de maio de 2008

    Faltou a do Senna sobre o Damon Hill no GP Brasil de 1993

Envie seu Comentário