Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

O sucesso dos desconhecidos na Europa

28 de maio de 2008 0

Fred, Juca, Marcos Camozatto. Só os colorados, e mesmo assim somente os mais atentos, conhecem estes jogadores. Todos eles foram campeões nacionais na atual temporada européia, e em países tradicionais como a Bélgica e a Sérvia.

Vendidos no meio do ano passado para o Standárd Liége, da Bélgica, o zagueiro Fred (que nunca jogou no profissional) e o lateral-direito Camozatto (de poucas partidas no time de cima) foram campeões belgas, o primeiro como reserva (jogou 11 jogos na temporada), e o segundo como titular (31 partidas.

Foi o primeiro título do Standárd Liége em 25 anos! O time vermelho e branco, treinado pelo monumental ex-goleiro belga Michel Preud`homme (melhor goleiro das Copas de 1990 e 1994), vai disputar a Liga dos Campeões na próxima temporada. No time belga ainda o zagueiro Dante, ex-Juventude, e o atacante Igor, que foi para a Bélgica ainda com 17 anos.

Juca obteve ainda mais destaque atuando pelo tradicional Partizan Belgrad, da Sérvia. Foi campeão da Sérvia e também da Copa da Sérvia. O volante, sobrinho de Paulo César Carpegianni, que começou no Internacional e jogou ainda no Botafogo e Fluminense, foi eleito o melhor jogador do último Campeonato Sérvio.

O volante de 27 anos também fez o gol mais bonito da temporada, de empate no clássico contra o multicampeão Estrela Vermelha (jogo no qual atuou com o braço quebrado). Ao final da partida, por mais de 10 minutos, a torcida do Partizan gritava alucinadamente: “Juca, Juca, Juca“.  A única coisa que Juca não pode fazer em solo sérvio é usar qualquer camisa de cor vermelha… Corre o risco de apanhar na rua, já que é imensa a rivalidade com o Crvena Zvedza (nome oficial do Estrela Vermelha).

Do lado tricolor, o zagueiro Adriano há muitos anos joga no futebol italiano, alternando períodos na Atalanta e no Palermo. Já recentemente o atacante Guilherme foi parar no Omonia Nicosia, do Chipre aonde joga ao lado do também ex-gremista Magno.

O atacante Aloísio, de passagens fracassadas no time principal, foi jogar na Suíça, no Chiassio. Lembram do zagueiro Éder, que surgiu bem em 1997)? Ele foi rebaixado pelo Boavista em Portugal. O time está em péssima fase, mas já disputou Liga dos Campeões antes e Éder sempre foi um dos principais jogadores.

Bem mais conhecido, Carlos Eduardo foi vice-campeão da Segunda Divisão alemã no Hoffenheim. Porém isto não é nada em comparação com Anderson. O herói da “Batalha dos Aflitos” foi campeão europeu e inglês pelo Manchester United, tendo sido titular por grande parte da temporada.

P.S. Agradecimento especial ao grande amigo Guilherme Boeira, colaborador tradicional nestas pesquisas “alternativas” sobre jogadores e times obscuros…

Postado por Perin, caçando jogador até no Chipre

Envie seu Comentário