Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Regulamentos idiotas, parte III - O dia que o Náutico jogou para perder

04 de junho de 2008 1

Esta é a pior de todas: se um time não perdesse, seria ELIMINADO!

Me lembro de um Campeonato Pernambucano, 1986 acho. Três turnos, o campeão de cada turno mais o melhor por índice técnico disputariam o quadrangular final.

Se o mesmo time vencesse dois turnos faria a final contra o vencedor do outro turno com pontos extras, se vencesse os tres turnos seria campeão. Pois então o Sport e o Santa Cruz venceram os dois primeiros turnos.

No terceiro turno, Santa Cruz e Central de Caruaru disputavam o titulo, Náutico enfrentaria o Central nos Aflitos na penúltima rodada. O Náutico seria o time do índice tecnico se o Central vencesse o turno.

Entao, o Central venceu contando com toda a ajuda possivel do Náutico e a torcida vibrou nos gols do Central.

Mas como sempre, não adiantou em nada: o Santa venceu o terceiro turno e o Náutico se deu mal. Para piorar, ainda foi suspenso da Loteria Esportiva por dois anos (na epoca a grana da Loteca para os times valia bastante).

VEJA TAMBÉM

Sexta-feira, 29 de maio de 2009
Regulamentos idiotas, IV: Série D 2009, ou ‘como comparar laranjas com melancias’

Quarta-feira, 04 de junho de 2008
Regulamentos idiotas, parte III – O dia que o Náutico jogou para perder

Terça-feira, 03 de junho de 2008
Regulamentos Idiotas, parte II – O dia que o Grêmio jogou para perder

Sábado, 31 de maio de 2008
Regulamentos idiotas, parte I – O jogo que o time fez gol contra de propósito

Comentários (1)

  • Rafael diz: 29 de maio de 2009

    Alexandre, e aquela Eurocopa que Dinamarca x Suécia empataram em 2×2 pra eliminar a Itália? Esse tb foi um regulamento muito bruxo. Se o empate fosse em 0×0 ou 1×1, a Itália classificava. Mas não adiantou nada, tanto Dinamarca como Suécia perderam nas quartas.

Envie seu Comentário