Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 16 julho 2008

As maiores transferências da história do futebol gaúcho - Jul/2008

16 de julho de 2008 6

Quais foram as maiores transferências da história envolvendo jogadores da Dupla Gre-Nal até hoje? Mesmo com alguns números sendo discutidos, em linhas gerais temos dados interessantes envolvendo a maioria dos últimos ídolos do Rio Grande do Sul.

Alexandre Pato, a mais cara venda gaúcha da história/site oficial do Milan

A super-estrela Ronaldinho, vendido esta semana do Barcelona para o Milan, é somente a décima negociação da história do futebol gaúcho. A conturbada saída do astro gremista em 2001 fica atrás das vendas de Alexandre Pato, Fábio Rochemback, Lucas, Rafael Sobis, Nilmar, Anderson, Carlos Eduardo, Sídnei e Lúcio.

Sem sombra de dúvidas, a maior transação é a saída de Alexandre Pato do Internacional para o Milan, por aproximadamente 49 milhões de reais no ano passado. Foi a única negociação na qual o clube comprador pagou a multa recisória, ou seja: a transferência ocorreria com ou sem aval do clube vendedor.

Depois dele está a surpreendente venda do volante Fábio Rochemback em 2001. Em uma época de mercado altamente inflacionado, a transação rendeu ao Colorado quase 27 milhões de reais. No Grêmio, as recentes negociações de Lucas e Anderson foram as mais lucrativas da história.

Com a venda de Ronaldinho para o Milan, o Grêmio lucrou aproximadamente  1,9 milhões de reais. Porém esta contabilização está acrescida do crédito por formação de jogador, sempre obtido em cada negociação do atleta. Este valor também desconta os 10% aos quais o empresário Eltamar Salvadori recebeu ao investir um valor para pagamento de despesas do clube em 2000.

Em 2001, a FIFA ordenou o pagamento de US$ 4,5 milhões do Paris Saint-Germain por Ronaldinho, infinitamente abaixo do valor de mercado do jogador na época. Este é o valor que Ronaldinho custou ao PSG, na prática.

A revolta gremista se refere ao fato de que Ronaldinho chegou a ter uma proposta oficial de US$ 28 milhões do Real Madrid em 2000, além da fictícia US$ 80 milhões do Leeds United tão propalada na imprensa.

Em contra-partida, Ronaldinho e Assis sempre deixaram veladamente informado que os astronômicos salários pagos para jogadores como Zinho, Astrada, Amato, Paulo Nunes & Cia pela gestão de José Alberto Guerreiro e com dinheiro da futuramente falida empresa suíça ISL eram muito superiores aos 45 mil reais mensais que Ronaldinho recebia. Ou seja, a estrela do time, do futebol brasileiro e da Seleção Brasileira na época ganhava um salário muito abaixo de companheiros muito menos talentosos.

Mas isto é assunto para outro dia aqui no Almanaque Esportivo.

Vamos à tabela de transferências do futebol gaúcho até este momento: (CLIQUE PARA AMPLIAR)

As 10 maiores transferências da história do RS - Arquivo Pessoal



VEJA TAMBÉM