Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 17 setembro 2008

GP DA EUROPA: Inventaram um Mônaco espanhol...

17 de setembro de 2008 0

Com muito atraso, vamos para as premiações especiais do GP da Europa, disputado em Valência no final do mês passado. A nova pista ganhou muitos pontos por ser lindíssima, mas mostrou uma corrida bastante chata e dominada completamente pelo brasileiro Felipe Massa. Largou na pole, liderou a corrida inteira e desta vez não foi traído pelo motor Ferrari nas voltas finais.

Azar dos seu companheiro Kimi Raikkonen, que abandonou com uma quebra de motor exatamente com o mesmo problema que Massa tivera no GP da Hungria. Sem condições de acompanhar a Ferrari, Lewis Hamilton (muito gripado) fez uma corrida serena e ficou em segundo lugar, enquanto o polonês Robert Kubica se recuperou um pouco do baile que estava levando de Nick Heidfeld e conseguiu o bom terceiro lugar.

Acredito que os pilotos da Fórmula-1 ficaram com receio de arriscarem-se na pista nova, pois na GP2 os habitualmente inexperientes, estabanados e agressivos pilotos forçaram muitas ultrapassagens, quase sempre em dois pontos da pista.

Não tivemos quase nenhuma tentativa de ultrapassagem durante a corrida inteira, e a reclamação após a corrida foi geral. No mínimo decepcionante, para uma pista tão aguardada e tão bonita… Foi pior que as normalmente soníferas Barcelona e Hungaroring

Buenas, vamos aos prêmios aqui do Almanaque Esportivo:

Troféu “Jim Clark”: Para Massa, que largou em primeiro, liderou a corrida inteira e venceu a prova. De quebra, se igualou a Rubens Barrichello no número de vitórias (9) e poles-positions (13). Em Valencia, Massa começou a consolidar sua condição de favorito ao título na Ferrari. Menção honrosa para Sebastian Vettel, que largou na ótima sexta colocação e terminou na mesma, chegando aos pontos, assim como a Toyota, que seguiu consistente e encostou novamente na Renault.

Troféu “Rouge & Blanc”: para ninguém, pois não tivemos ultrapassagens.

Troféu “Chris Amon”: para Kimi Raikkonen, que teve o motor estourado no finalzinho. Lembrança para Fernando Alonso, que correu em casa e foi o primeiro a abandonar.

Troféu “Didi Mocó Prize For Technical Achievements”: para a Ferrari, afinal dois motores estourados em duas corridas seguidas, além de duas lambanças nos boxes. O erro no pit-stop de Massa foi quase fatal para o brasileiro, com mecânico acionando errado o sistema de liberação do piloto. Menção desonrosa para mais uma caquética atuação da Honda, que tem tido desempenhos nível Coloni e Osella em algumas provas.

Troféu “Dick Vigarista”: para David Coulthard, que resolveu bater em todos os pilotos que nunca bateu ao longo da carreira inteira. Rubens Barrichello é seu alvo primordial praticamente corrida sim, a outra também.

Troféu “Porque Eu Não Fiquei Com Minha Boca Fechada”: para ninguém, todos se comportaram no final de semana.

Troféu “Fiofó de Ouro”: Felipe Massa, que viu o companheiro ter a mesma “sorte” que teve na corrida anterior (motor estourado), e voltando a ficar em melhor situação na tabela de pilotos.

E que venha Cingapura no final

Postado por Perin, que odiou Valencia…